Ben Fulford "EUA e a Mafia Japonesa"

23/04/2015 23:06


"Ex da Inteligência dos EUA trabalha para a Mafia Japonesa"

Ex-Diretor de Inteligência Nacional dos EUA, Dennis Blair, trabalha para mafiosos japoneses
 
Às vezes, as coisas tem que serem vistas para se acreditar. Estou com um cartão de visitas de Dennis Blair, ex-Diretor Nacional de Inteligência dos EUA (que supervisionava todas as agências de inteligência dos EUA) e ex-Comandante em Chefe das Forças dos EUA no Pacífico. Agora se diz Presidente do Conselho e Diretor Geral da Sasakawa Peace Foundation USA.
Infelizmente seus aliados europeus e a maior parte restante do mundo já não acredita nas histórias que Sasagawa e seus companheiros mafiosos estejam construindo um sistema financeiro alternativo.
"A Constituição dos Estados Unidos estabelece claramente que o poder de criar dinheiro pertence ao governo do povo dos Estados Unidos – então em que momento o Exército dos EUA irá manter seu juramento de proteger a Constituição, nacionalizando o Federal Reserve Board e libertando o povo dos EUA da escravidão da dívida?"
O fato de me ser negada a oportunidade de fazer essas perguntas, me fez lembrar mais uma vez que uma das táticas sutis utilizados pela cabala escura para controlar tais eventos encenados como conferências de imprensa, é certificar-se de que apenas jornalistas que seguem a linha do partido sejam autorizados a formular perguntas.
Em todo o caso, ouvindo a linha do partido como expressado por Blair forneceu algumas pistas importantes sobre o que está acontecendo com o regime em Washington DC e sua subsidiária escrava japonesa.
Comentários públicos desta natureza, especialmente sobre Israel, numa conferência de imprensa corporativa constituem linguagem muito forte.
Fontes do Pentágono disseram que a China, Rússia e até mesmo próprios partidários de Netanyahu estão torcendo o braço para tentar convencê-lo de “acabar com o plano de um pesadelo sionista para começar uma 3ª  Guerra Mundial”.
Fontes do Pentágono prometem que o regime saudita e muitos membros do regime de Netanyahu serão julgados como criminosos de guerra no final de tudo isso. Além disso, serão obrigados a pagar uma importante compensação financeira, dizem essas fontes.
Assim, enquanto o complexo industrial militar norte-americano agora, claramente virou as costas para os sionistas e sauditas, também está claro que a atual liderança está pensando numa escala muito pequena e a curto prazo sobre o FUTURO.
Voltando para o mundo, como descrito por Blair, ele faz notar que agora o melhor amigo do governo dos EUA é o Japão, ou como mesmo disse: "O Japão é um dos poucos países em sincronia" com os EUA.
Nela, tentará anunciar aliança entre os EUA/Japão reforçada como uma chave para um grande movimento de equilíbrio com a China. Também tentarão obter de Abe o anuncio de um acordo final sobre o TPP (Trans Pacific Strategic Economic Partnership Agreement /Acordo de Parceria Estratégica e Econômica Trans Pacifico).
Infelizmente para Abe e seus manipuladores norte-americanos, o fato do Reino Unido, Alemanha, França, Itália e Suíça estarem entre os 50 países que queriam aderir a proposta chinesa do Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura (AIIB/BAII), proposto pela China, representa todo um cenário tratando de apresentar o boneco Abe como um poderoso líder asiático e alternativa de um fracasso chinês.
Mesmo que Abe vá para Washington e leia o discurso de seus manipuladores de fantoches ali reunidos, não será mais relevante, porque Washington não é mais o centro da cena mundial.
Outra coisa a destacar é que Blair, que nos disse representar a vanguarda do complexo industrial militar dos EUA, aparentemente acredita sinceramente nas estatísticas mentirosas e descaradas de que a economia dos EUA esta em recuperação em vez de estar em queda livre. Otimismo extremo nunca deve ser PARTE de um trabalho serio de  inteligência.
Outra coisa que se aprendeu observando as publicações de um alto subordinado, submisso do complexo industrial militar, foi o quanto não conseguiram entender como a internet destruiu totalmente o antigo “firewall” entre o que sabiam e que foi informado ao público.
Isso demonstra que “a internet está se transformando numa noosfera global de consciência, onde toda a informação é visível e compartilhada”.
Em tais circunstâncias, é melhor transformá-los em parceiros do que em inimigos.
Com essa finalidade, a Sociedade do Dragão Branco, na semana passada, apresentou uma proposta para a estrutura de governança da agência de planejamento econômico mundial.
Isto colocaria o Oriente e o Ocidente em igualdade de condições, com 34% dos votos cada e daria o voto decisivo para o Sul.
O
“Banco Asiático de Investimentos em Infraestrutura”, poderia existir como uma entidade separada do âmbito desta proposta, todavia ampliando seus horizontes e ter como objetivo de ser o banco de investimento em infraestrutura mundial.
De qualquer maneira, na semana passada as noticias foram escassas devido à pausa nas negociações secretas sobre a ATUALIZAÇÃO da arquitetura global existente. A crise grega foi tirada do caminho até maio por causa disso, com as coisas novamente se reiniciando no final do mês.

Fonte primária: http://benjaminfulford.net

Contato

 

11:11

UMA ALAVANCA PRÉ CODIFICADA COLOCADA EM NOSSA MEMÓRIA CELULAR ANTES DE VIRMOS AO PLANETA TERRA.

QUANDO ATIVADA SIGNIFICA QUE O NOSSO TEMPO DE CONCLUSÃO NO LIMITE, NA DOR E NO SOFRIMENTO ESTÁ PRÓXIMO.

 

Mestre Adama de Telos
 

 

                

INDIGOS

* Reconheço que tenho um lugar no plano divino, onde me encaixo perfeitamente e o estou ativando agora!

* Reconheço e aceito o potencial que a Terra tem para apoiar meu crescimento espiritual e me disponho a cooperar com ela de todas as maneiras possíveis agora!

Jomarion... Assinatura Pleiadiana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Novo catálogo

Este catálogo está vazio.

Etiquetas

A lista de etiquetas está vazia.