A “caça às bruxas” internacional de Julian Assange

 

Assange é um dos casos que servem como testes para formas reguladoras ditatoriais que devem ser impostas a milhões.

O processo contra o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, no Tribunal de Magistrados de Westminster em Londres, é uma farsa da justiça que irá marcar para sempre os governos dos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Suécia e Equador, bem como todos os indivíduos envolvidos.

Ao lado de Assange no tribunal na segunda-feira de manhã, seus advogados revelaram que lhes foram concedidas apenas duas horas para se encontrar com seu cliente na prisão de Belmarsh e revisar o que a advogada, Gareth Peirce chamou de quantidades “voluminosas”  de evidências.

Expressando o cinismo praticado pela justiça de classe britânica, a juíza Vanessa Baraitser disse que essa “não era uma posição irracional”, citando a falta de espaço na sala de entrevistas da prisão. Com o golpe de seu martelo, Baraitser enviou Assange de volta à sua masmorra em Belmarsh, onde aguarda sua audiência de extradição de fevereiro sob condições que o relator da ONU, Nils Meltzer, chamou de “tortura”.

Nesta etapa, depois de quase uma década de caça às bruxas internacional à Assange, ninguém deve se surpreender com essa vergonhosa ilegalidade por parte dos governos mais poderosos do mundo. Desde que promotores suecos, britânicos e americanos conspiraram em 2010 para emitir um mandado de prisão contra Assange em conexão com uma investigação sobre alegações falsas de má conduta sexual, essas “democracias avançadas” pisaram em suas próprias leis e tradições, sujeitando o jornalista a um pseudo-processo legal que seria considerado injusto mesmo nos padrões medievais.

O escárnio da justiça do dia 13 de janeiro de 2020 é uma escalada do ataque ao direito de defesa de Assange. Isso acontece depois que o jornal espanhol El País publicasse um relato detalhado de como uma empresa de segurança, a UC Global, espionou secretamente as discussões privilegiadas de Assange com seus advogados e alimentou a CIA. A UC Global também compartilhou imagens das câmeras instaladas em toda a Embaixada do Equador em Londres, onde Assange foi forçado a procurar refúgio de 2012 a 2019 para evitar a extradição aos EUA. Os relatórios do El País mostraram que a UC Global registrou todas as palavras que Assange falou e transmitiu essas conversas ao vivo para a CIA.

Apesar do apoio de uma mídia criminalmente cúmplice, tem se tornando cada vez mais difícil para os governos dos EUA e da Grã-Bretanha subestimar os precedentes profundamente antidemocráticos que se pretende estabelecer através do processo contra Assange.

Em um artigo de opinião publicado em janeiro no Hill, intitulado “Libertará Julian Assange o suposto abuso da CIA?”, o advogado americano James Goodale atacou com contundência a espionagem da CIA das comunicações privilegiadas advogado-cliente de Assange.

Goodale está entre os advogados mais importantes e respeitados dos EUA, mais conhecido por representar o New York Times quando o jornal foi processado pelo governo Nixon por publicar os Pentagon Papers em 1971. Os Pentagon Papers vazaram pelo analista da RAND Corporation Daniel Ellsberg , que também pediu a libertação de Assange e da informante Chelsea Manning.

Ellsberg, como Assange, foi processado sob a Lei de Espionagem por vazar documentos para o Times e o Washington Post. Durante o julgamento, os “encanadores” de Nixon invadiram o consultório do psiquiatra de Ellsberg e escutaram seu telefone. Nesse caso, o juiz William Matthew Byrne decidiu que a vigilância havia “infectado incuravelmente a acusação” e negou provimento às acusações, libertando Ellsberg. Goodale escreveu que “por razões semelhantes, o caso contra Assange deve ser julgado improcedente”.

Ele acrescentou: “ A reparação legal usual para a vigilância sem mandado judicial é a exclusão de qualquer informação obtida ilegalmente no julgamento, mas esse remédio é inaplicável aqui. A vantagem do governo em investigar Assange não é a aquisição de evidências tangíveis, mas sim idéias intangíveis sobre a estratégia legal de Assange. Não há como, portanto, julgar Assange em um julgamento justo, já que seus oponentes conhecerão todos os movimentos que ele fará.”

Cinqüenta anos após o colapso da acusação de Ellsberg, não há um setor da classe dominante americana ou britânica capaz de defender os princípios democráticos básicos.  Três décadas de permanente guerra e especulação financeira transformaram o mundo capitalista em um feudo de uma oligarquia global, protegida pelas guarnições do Estado, em que os imperativos do saque imperialista exigem maior repressão e censura em todo o mundo.

Assange e Manning, que expuseram crimes de guerra dos EUA e ajudaram a inspirar oposição social internacionalmente, são casos que servem como testes para formas reguladoras ditatoriais que devem ser impostas a milhões. É um grave perigo para os direitos de todos os que o sistema de “justiça” britânico está agora movendo para colocar Assange nas mãos dos mesmos funcionários que conspiraram por meses para realizar o assassinato do general Qassem Suleimani do Irã.

O Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos, a Convenção Européia de Direitos Humanos e a Lei Britânica de Extradição de 2003 proíbem o governo britânico de extraditar qualquer indivíduo para um país onde o governo assassina seus oponentes e é incapaz de garantir que o indivíduo não seja morto ou torturado.  A morte de Suleimani ressalta que os EUA são legalmente incapazes de manter tal garantia.

(Jomarion... açoes truculentas e imorais da CIA são mostradas na série "Messiah" da Netflix).

O processo pseudo-legal mostra que o que os governos britânico e norte-americano estão tentando realizar não é uma extradição, mas uma entrega extraordinária, definida pelo Tribunal Europeu de Direitos Humanos como detenção “fora do sistema legal normal”, que, “por sua evasão deliberada do devido processo é um anátema para o estado de direito e os valores protegidos pela Convenção [de Genebra]. ”

Essa farsa da justiça foi ignorada por todo o espectro da ala da esquerda do establishment político imperialista, incluindo Jeremy Corbyn, Alexandria Ocasio-Cortez, Bernie Sanders, Ilhan Omar e todos os associados ao Partido Trabalhista no Reino Unido e o setor Socialistas Democratas da América do Partido Democrata nos EUA.

O silêncio deles não é um descuido, é uma posição de classe. As camadas abastadas da classe média alta (em nome de quem esses políticos falam) jogaram seus cartazes antiguerra de décadas no lixo e se alistaram como líderes de torcida do imperialismo americano e britânico.

Por trás de seus argumentos sofisticados de que considerações “humanitárias” justificam guerras lideradas pelos EUA na Líbia e na Síria, as verdadeiras motivações residem em seus portfólios de ações, amplificados por saques imperialistas.

Existe apenas uma força social capaz de liderar a luta para libertar Julian Assange , defender os direitos democráticos e parar o impulso global em direção à ditadura e à guerra. O final de 2019 viu a classe trabalhadora, bilhões de pessoas fortes e mais interconectadas internacionalmente do que nunca, entrando-se na luta em uma escala nunca vista em décadas. É tarefa urgente dos socialistas dotar este movimento de uma perspectiva socialista revolucionária para transformar o mundo em uma base igualitária, livre de guerra e ditadura.

Lido em: https://www.cartacapital.com.br/justica/a-caca-as-bruxas-internacional-de-julian-assange/  (17.2.20)

Para Putin, casamento só existe se for entre "um homem e uma mulher"

(Jomarion... na mosca presidente... casamento ”gay” é ridículo e não forma uma família... não somos homofóbicos, podemos e devemos tolerar pessoas com sexo “trocado” mas “agenda transgênero” e “ideologia de gênero” jamais, temos que ser firmes nesta questão.)

O presidente russo afirmou que não aceitará mudanças positivas para os LGBTs em seu governo.  Vladimir Putin, declarou nesta quinta-feira 13 que casamento só é possível entre “um homem e uma mulher”, apoiando a ideia de estabelecer esse princípio na Constituição russa.

“O casamento é uma união entre um homem e uma mulher”, disse Putin durante uma reunião com um grupo de funcionários do Kremlin sobre a reforma constitucional proposta por ele em janeiro.  “É uma boa ideia e precisa ser apoiada. Só temos que refletir sobre como e onde sugeri-la”, ressaltou, diante de uma proposta feita pela conservadora Olga Batalina de fixar na Constituição o apoio do governo aos “valores familiares tradicionais”.

Segundo Batalina, o conceito de família está ameaçado atualmente por causa da tentativa de incluir termos como “pai número um” e “pai número dois”.

(Jomarion... Crianças precisam da figura do Pai – Homem e da figura da Mãe – Mulher para desenvolverem uma personalidade equilibrada.)

“Não é uma fantasia, é uma realidade em muitos países”, defendeu Batalina, que representa o partido Rússia Unida na Câmara Baixa do Parlamento (Duma), e que no passado apoiou ativamente a lei que proíbe “propagandas com conteúdo homossexual” no país.  “Quanto ao ‘pai número um’ e ‘pai número dois’ (…), enquanto for presidente, não aceitaremos isso. Teremos papai e mamãe”, finalizou o preside russo. .

Link: https://www.cartacapital.com.br/mundo/para-putin-casamento-so-existe-se-for-entre-um-homem-e-uma-mulher/  (16.2.20)

Pedofilia Corporativa

 

Publicidade com meninas 'hipersexualizadas' gera polêmica na volta às aulas no Chile

Algumas marcas foram acusadas de usar a imagem de meninas como "objetos sexuais" no Chile.  A fotografia de uma menina de 10 anos sentada com as pernas dobradas, vestindo uma saia justa e curta e tomando sorvete gerou forte controvérsia no Chile.  A imagem - publicada em diferentes partes do país como parte da campanha publicitária de uniformes escolares da marca chilena MONARC foi questionada por "hipersexualizar" uma menina menor de idade.

(Jô... Monarca? Que coincidência... é o nome do projeto satânico de controle mental onde “cantorinhas” são programadas para erotizar crianças e avançar a agenda pedófila!)

O caso da Monarch não é isolado: em meio a um intenso debate nas redes sociais surgiram mais fotografias usadas em propagandas escolares de outras marcas, como Mota ou C/Moran, e que geraram discussões sobre uma possível erotização infantil no Chile.

Meninas expondo a roupa de baixo enquanto olham para a câmera com as mãos na cintura ou adolescentes que mostram as pernas em posições sensuais em propagandas de sapatos são algumas das imagens que ganharam o centro da polêmica.

Algumas semanas antes do início do ano letivo (início de março) chileno, as campanhas publicitárias de uniformes foram motivo de controvérsia no país

(Jomarion... o que esta “mão de homem” faz aqui??)  

"Não se deve tolerar"

Autoridades políticas e coletivos feministas apontaram que, em muitas situações, publicitários expõem as imagens das meninas como "objetos sexuais".  "As pessoas não devem ser retratadas como objetos sexuais e casos como esse estão no limite", disse a uma rádio local a ministra do Desenvolvimento Social e Familiar, Carol Bown. "É impressionante que as empresas não tenham notado", acrescentou.

Por sua vez, a diretora da defensoria da infância do Chile, Patricia Muñoz, disse que esse tipo de publicidade "não deve ser tolerado" para garantir a proteção efetiva dos direitos das crianças e adolescentes envolvidos nas campanhas. O órgão liderado por Muñoz enviou uma denúncia ao Conselho de Auto-Regulação e Ética em Publicidade contra as marcas envolvidas.  O debate também abriu as portas para a discussão sobre a eficácia da "auto-regulação" da indústria do marketing.

Para alguns, como a deputada Camila Vallejo, a aprovação de projetos para resguardar menores de idade seria cada vez mais importante.  "A indústria da publicidade e a mídia devem entender que o sexismo e a hipersexualização das crianças não são OK!", disse a deputada pelo Twitter,

A pressão sobre as marcas cresceu tanto nos últimos dias que a empresa Monarch anunciou que retirará a polêmica fotografia da garota de todas as suas lojas.

"De forma nenhuma, o objetivo desta imagem foi provocar o que foi interpretado e lamentamos o que aconteceu. Isso não representa nosso pensamento como empresa e, portanto, estamos tomando medidas imediatas nesse sentido, começando pela revisão dos protocolos com as agências envolvidas", disse a companhia.  O mesmo aconteceu com a empresa C / Moran, que pediu desculpas e removeu as fotografias que expunham meninas ou adolescentes.

(Jô: isto acontece quando empresas (e governos) entregam alguns setores importantes (como publicidade e divulgação) para “qualquer pessoa” sem avaliar seu perfil, sua orientação, e seu currículo... e estas pessoas acham que podem “sugerir” coisas propostas por agencias de moda e entretenimento, compromissadas com satanismo, bizarrices e erotização infantil também. Isto aconteceu no Brasil em governos do PT e quando abriram os olhos já era tarde, um grande estrago já tinha sido feito)

"Pedofilia corporativa"

Para além da controvérsia no Chile, a que se refere especificamente o conceito de "hipersexualização infantil"?  O que as marcas buscam com este recurso e quais podem ser suas consequências?  Nas últimas duas décadas, várias instituições em todo o mundo abordaram esse problema, tentando explicar como ele se tornou uma tendência comum em materiais de publicidade e marketing. (Jô: acordaram tarde).

Através da publicidade, muitas meninas são impostas padrões adultos e, em seguida, desejam usar roupas ou maquiagem inapropriadas para suas idades.  O conceito - definido como a sexualização de expressões, posturas e roupas para fazer uma criança parecer mais velha do que realmente é - também foi descrito como "pedofilia corporativa".

De acordo com a psicóloga infantil Susana Saravia, o que as marcas procuram é "transmitir um caráter sexual por meio de um comportamento, conduta ou atitude de uma criança que não seja adequado à sua idade, quando ela deveria estar brincando ou se divertindo com os amigos".   "Assim, as crianças são impostas a uma sexualidade adulta que é prejudicial, porque não estão preparadas nem física, nem emocionalmente para isso", disse Saravia à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC.

As consequências podem ser complexas, explica a psicóloga. Por exemplo, ao reforçar atributos físicos, as crianças podem desenvolver distúrbios alimentares, como anorexia e bulimia, ou insegurança.  "A mídia e as redes sociais há muito tempo transmitem um estereótipo de beleza associado ao físico, à magreza, e essas informações chegam aos adolescentes em um período em que estão passando por mudanças físicas muito importantes", diz ela.  Ao reforçar o valor do físico nas campanhas publicitárias, as crianças podem desenvolver distúrbios alimentares, como anorexia e bulimia.

No caso do Chile, a especialista diz que as mulheres são as mais afetadas.

"Estamos em uma sociedade que reforça o valor do físico principalmente nas mulheres: como elas devem fisicamente para que sejam bem-sucedidas. Parte disso está relacionado a estereótipos que estão sendo construídos socialmente", diz ela.  Susana Saravia acredita que seja necessário regular a publicidade. Para ela, o episódio polêmico mostra que marcas "usam a imagem de garotas para vender, conquistar seguidores e atrair clientes" sem considerar os efeitos negativos que isso pode trazer para a população.

Lido em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-51517379  (15.2.20)

Ficou louco o careca?

 

Em tuíte sem sentido, Marcelo Tas ataca Lula, Papa Francisco, Netflix e Petra Costa de uma só vez

O jornalista Marcelo Tas, tido como um “colaborador” do governo dos Estados Unidos no Brasil, conforme revelaram vazamentos do WikiLeaks, usou seu Twitter nesta terça-feira (11) para, de uma só vez, atacar o ex-presidente Lula, o Papa Francisco, a plataforma de streaming Netflix e a diretora Petra Costa, que teve seu documentário “Democracia em Vertigem” indicado ao Oscar.

Olha a oportunidade para ‘Dois Papas’ – o documentário verdade- com direção de Petra Costa”, escreveu Tas.  A postagem irônica, no entanto, ganhou poucos adeptos. A maioria daqueles que comentaram no tuíte de Tas evidenciaram o suposto “recalque” do jornalista. “Recalque é isso aqui”, escreveu um usuário. “Sério @MarceloTas ? O ataque diz mais sobre o agressor do que o alvo”, escreveu outro internauta, em meio a dezenas de outras críticas.

Confira...

Lula vai encontrar Francisco no Vaticano. Alô @NetflixBrasil @netflix olha a oportunidade para “Dois Papas” – o documentário verdade- com direção de Petra Costa  -  (Marcelo Tas (@MarceloTas) February 11, 2020).

Lula no Vaticano

A notícia que irritou Marcelo Tas, para além do sucesso de Democracia em Vertigem, documentário que evidencia o golpe ocorrido no Brasil em 2016, é a que o ex-presidente Lula visitará o Papa Francisco no Vaticano nesta quinta-feira (13).  No encontro, Lula vai abordar com o papa o combate à fome, à desigualdade e à intolerância.

“Vou visitar o Papa Francisco para agradecer não só pela solidariedade que teve comigo em um momento difícil, mas sobretudo pela dedicação dele ao povo oprimido. Também quero debater a experiência brasileira no combate à miséria”, escreveu Lula em sua conta no Twitter na última quarta-feira (5).

Lido em: https://revistaforum.com.br/redes-sociais/em-tuite-sem-sentido-marcelo-tas-ataca-lula-papa-francisco-netflix-e-petra-costa-de-uma-so-vez/  13.2.20

Crise do Coronavírus expõe Sistema de Vigilância [Big Brother] Total da China

 

“O fluxo de cada pessoa pode ser claramente rastreado” o surto do coronavírus tira o estado de vigilância da China das sombras e o expõe

Os chineses sabem há muito tempo que são rastreados pelo sistema mais sofisticado de vigilância eletrônica do mundo. A emergência do coronavírus tirou parte dessa tecnologia das sombras, fornecendo às autoridades uma justificativa para métodos abrangentes de controle social de alta tecnologia. As empresas de Inteligência Artificial e câmeras de segurança se gabam de que seus sistemas podem procurar nas ruas pessoas com febre baixa, reconhecer seus rostos mesmo que estejam usando máscaras e denunciá-las às autoridades.

Nós  observamos  segunda-feira que a paralisia econômica na China provocada pelo coronavírus forçou os bancos chineses para oferecer bilhões de dólares em empréstimos a empresas nacionais para ajudar a conter e combater o surto pelo coronavírus.

Algumas das empresas listadas como possíveis candidatas a financiamento tinham investimentos em tecnologia de vigilância via I.A. que permitiria ao estado de vigilância total da China rastrear pessoas infectadas [ou pessoas determinadas como alvos] ou consideradas em risco. 

A Reuters  observa um incidente em que uma câmera com tecnologia de reconhecimento facial rastreou um homem de Hangzhou, que voltou para casa depois de uma viagem de negócios em Wenzhou, uma área com altos casos confirmados.  

O homem teve sua placa sinalizada e recebeu ordens das autoridades para ficar em casa por duas semanas. Mas no 12º dia de quarentena, ele decidiu sair para dar uma volta, quando foi imediatamente detectado pelas câmeras de reconhecimento facial por desobedecer à ordem das autoridades. 

“Fiquei um pouco chocado com a capacidade e eficiência da rede de vigilância em massa. Eles podem basicamente rastrear nossos movimentos com a tecnologia de IA e big data a qualquer momento e em qualquer lugar ”, disse o homem, que pediu para não ser identificado por medo de repercussões..

O surto de vírus permitiu à China sobrecarregar e aprimorar seu estado de vigilância TOTAL do indivíduo. Está chegando um novo software que pode monitorar as pessoas nas ruas e reconhecer se elas têm febre e / ou se estão usando máscaras. Se alguém for sinalizado como infectado, as autoridades receberão uma notificação imediatamente e decidirão a ação apropriada a partir daí.  

Aplicativos móveis para smartphones foram desenvolvidos para permitir que os usuários identifiquem se pessoas infectadas estão ao seu redor.  Mencionamos segunda-feira como bilhões de dólares estão sendo investidos em tecnologia para combater o vírus. O sistema de vigilância via telecomunicações rastrearam a localização dos usuários durante o surto. 

O plano do governo chinês para desenvolver um sistema de reconhecimento facial para todos os 1,3 bilhão de seus cidadãos, leva o Crédito Social ainda mais longe no campo da ficção científica.

“Na era do big data e da internet, o fluxo de cada pessoa pode ser visto com clareza. Portanto, estamos diferentes da época da SARS agora” (disse o epidemiologista Li Lanjuan ao CCTV da emissora estatal chinesa na semana passada. “Com essas novas tecnologias, devemos usá-las plenamente para encontrar a fonte de infecção e conter a fonte de infecção”, disse Li.

A startup de reconhecimento facial, Megvii, solicitou 100 milhões de yuans (US$ 14,32 milhões) aos bancos para desenvolver uma nova tecnologia para rastrear pessoas com febre, chamada “sistema de medição de temperatura I.A.“, que usa câmeras térmicas para medir a temperatura do corpo.

Zhu Jiansheng, da Academia Chinesa de Ciências Ferroviárias, disse à agência de notícias estatal Xinhua que a tecnologia para combater o vírus os ajudará a encontrar pessoas infectadas ou em risco de serem infectadas.

“Recuperaremos informações relevantes sobre o passageiro, incluindo o número do trem, o número do vagão e informações sobre os passageiros que estavam perto da pessoa, como pessoas sentadas três filas de assentos antes e depois da pessoa”, disse Zhu.

A China não está apenas reprimindo as pessoas infectadas. No mês passado, o estado de vigilância visou pessoas de pijama em público . Embora o uso da tecnologia de reconhecimento facial em câmeras de segurança continue sendo um tabu em todo o mundo, na China, o sistema é amplamente aceito e utilizado.

Claro, esse tipo de controle está bem porque a China está usando seu estado de vigilância para combater um vírus mortal, certo? Será?

Leia também: Wuhan é Racoon City de Resident Evil, laboratório de patógenos contaminou região ?

Zhu Jiansheng, da Academia Chinesa de Ciências Ferroviárias, disse à agência de notícias estatal Xinhua que a tecnologia para combater o vírus os ajudará a encontrar pessoas infectadas ou em risco de serem infectadas.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Fontes:  https://www.zerohedge.com/  +  https://www.reuters.com/  +  www.thoth3126.com

Link: https://thoth3126.com.br/crise-do-coronavirus-expoe-sistema-de-vigilancia-big-brother-total-da-china/

Bolsa Família: governo congela verbas nos 200 municípios mais pobres do País

 

Uma a cada três cidades mais pobres do País não teve auxílios liberados nos últimos cinco meses

O governo Bolsonaro congelou as verbas do Programa Bolsa Família nos 200 municípios de menor renda per capita do País. Um levantamento feito pela Folha de S. Paulo mostra que uma a cada três cidades mais pobres do País não teve auxílios liberados nos últimos cinco meses, com base em dados oficiais de junho a outubro de 2019.

Das 200 cidades, 37 tiveram apenas um novo benefício liberado de junho a outubro. Nos outros 64, houve bloqueio total do programa no período.

Desde o ano passado, a entrada de novos beneficiários no programa passou a ser controlada pelo governo, alegando falta de dinheiro. A fila de espera que havia sido extinta em julho de 2017 voltou e não há previsão de quando pode ser zerada novamente. Em janeiro, cerca de um milhão de famílias aguardam uma resposta do Ministério da Cidadania, em janeiro, para ingressarem no programa.

Sob o governo Bolsonaro, o Bolsa Família – que atende famílias com filhos de 0 a 17 anos e que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$89, e pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 reais por mês – enfrenta o período mais longo de menor entrada de novos beneficiários.

Segundo o Ministério da Cidadania, o enxugamento é causado por um pente-fino no programa, que cancelou benefícios pagos irregularmente a famílias. Este ano, a iniciativa tem orçamento de R$ 29,5 bilhões, abaixo dos R$ 32,5 bilhões de 2019. O governo anunciou, desde janeiro do ano passado, a intenção do reformular o programa, mas ainda não há previsão da apresentação da nova proposta.

Link: https://www.cartacapital.com.br/politica/bolsa-familia-governo-congela-verbas-nos-200-municipios-mais-pobres-do-pais/  (11.2.20)

Snowden - Imprensa está sendo amordaçada no Brasil, diz Edward Snowden

 

Para Snowden, a alegação usada pela justiça brasileira, que usa o termo 'conspiração' para descrever os jornalistas que fornecem e publicam os documentos vazados, 'é o mesmo argumento usado por Trump nos EUA para acusar Julian Assange'

O jornal francês Le Monde que chegou às bancas na tarde desta sexta-feira (31/01) traz um artigo de meia página assinado por Edward Snowden. O ex-analista da NSA diz que a liberdade de imprensa está em risco no Brasil e defende o jornalista Glenn Greenwald, acusado de auxiliar e orientar hackers a invadir telefones de autoridades brasileiras.   

Snowden começa o artigo afirmando que as acusações contra fundador do site The Intercept Brasil são “absurdas”. Ele tece elogios ao jornalista, lembrando Greenwald foi recompensado com um Pulitzer, o equivalente ao prêmio Nobel de jornalismo, e que algumas de suas revelações respingaram em personalidades de peso da política e da justiça brasileira, como o juiz Sergio Moro.

Para Snowden, a alegação usada pela justiça brasileira, que usa o termo “conspiração” para descrever os jornalistas que fornecem e publicam os documentos vazados, “é o mesmo argumento usado pela administração de Donald Trump nos Estados Unidos para acusar o fundador do WikiLeaks, Julian Assange”.

O ex-analista Agência de Segurança Nacional americana (NSA, na sigla em inglês), que está refugiado na Rússia após ter vazado informações sobre o programa de vigilância em massa do governo dos Estados Unidos, alerta para um impacto global do caso Greenwald. Segundo ele, as acusações visando o jornalista “ameaçam a liberdade de imprensa no mundo inteiro”.

Tanto Greenwald quanto Assange irritaram muita gente, relata Snowden. Principalmente por terem publicado informações que “grandes grupos tinham dissimulado por razões políticas”. “É provável que as autoridades desses dois países [Estados Unidos e Brasil] tenham imaginado que as divergências na opinião pública desviariam a atenção da população para o perigo maior que esses processos representam para a liberdade de imprensa”, martela nas páginas do Le Monde.

Dissuadir os jornalistas mais corajosos

Para Snowden, ambos os processos têm como objetivo “tentar dissuadir os jornalistas mais corajosos de fazerem investigações agressivas”.  Por essa razão, insiste o ex-analista da NSA, logo após o anúncio das acusações contra Greenwald e Assange, dezenas de associações de defesa das liberdades civis e dos jornalistas se manifestaram”. 

“Em todas as épocas, o jornalismo mais essencial é justamente o que os governos tentam silenciar. As acusações atuais mostram que, se tiverem a possibilidade, os governos brasileiro e americano estão prontos para amordaçar a imprensa”.

Lido em:  https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/62885/imprensa-esta-sendo-amordacada-no-brasil-diz-edward-snowden

China usa medicamento desenvolvido em Cuba no combate ao coronavírus

 

Antiviral IFNrec é utilizado também contra infecções provocadas pelo HIV, além de também ser usado contra o vírus papiloma humano e as hepatites tipos B e C

O antiviral cubano Interferón alfa 2B recombinante (IFNrec) é um dos medicamentos utilizados pela China nos tratamentos aplicados aos afetados pela epidemia do coronavírus, que foi primeiro identificado na cidade Wuhan, no leste do país, no final do ano passado.  O IFNrec é utilizado também contra infecções virais provocadas pelo HIV, além de também ser usado contra o vírus papiloma humano e as hepatites tipos B e C. Também se mostrou efetivo contra alguns tipos de câncer. 

Desde o dia 25 de janeiro, a planta mista ChangHeber, em Changchun, produz o medicamento, que foi um dos 30 escolhidos pela Comissão Nacional de Saúde da China para o combate ao vírus, segundo o embaixador cubano Carlos Miguel Pereira. A empresa é fruto de uma cooperação entre Cuba e China na matéria de biotecnologia.  O vírus já deixou ao menos 500 mortos no país asiáticos, além de 25 mil infectados, levando Pequim a decretar emergência máxima de saúde em 31 das 34 regiões administrativas do país.  A complexidade da situação epidemiológica levou a Organização Mundial da Saúde a declarar, há pouco mais de uma semana, emergência internacional, com a preocupação de que o vírus se espalhasse para países com sistemas de saúde deficientes.

(*) Com Cubadebate

Link: https://operamundi.uol.com.br/saude/62978/china-usa-medicamento-desenvolvido-em-cuba-no-combate-ao-coronaviru (7.2.20)

"Quem afundou foi a Veja", diz Lula em resposta a capa da revista

 

O ex-presidente Lula criticou nesta sexta-feira (7) a capa da edição da revista Veja desta semana, que traz uma ilustração com ex-presidente comandando um barco afundando e o título “Esquerda À Deriva”. O ex-sindicalista resgatou uma capa de 1979 mostrando que, desde então, a publicação pregava sua queda.  “Faz quase 40 anos que a Veja fala que o PT vai afundar e quem afundou foi a Veja… Quebrou por incompetência e foi vendida por menos que um apartamento do Minha Casa, Minha Vida”, disse o ex-presidente, lembrando dos problemas financeiros que a empresa passou. 

Na publicação, Lula resgatou a capa de 26 de março de 1979 da Veja, que traz como título “Greve, impasse e queda de Lula: Confronto no ABC”. Em 2016, o perfil pessoal de Lula também fez uma postagem com a mesma revista. “Em 1979, Raul Seixas lançava seu nono disco, Por Quem Os Sinos Dobram. Nos cinemas, Sylvester Stallone estrelava a sequência de Rocky. A nave Voyager, que já deixou o sistema solar, passava por Jupiter. Os Estados Unidos e a China estabeleciam relações diplomáticas. E a revista VEJA anunciava, pela primeira vez, a ‘queda de Lula'”, dizia a postagem.

O comentário do ex-presidente vem após a revista decidir estampá-lo na edição deste final de semana, culpando-o por um suposto naufrágio da esquerda. “A dependência de Lula aprisiona o PT, afasta antigos aliados e ameaça afundar o barco de uma frente de oposição a Jair Bolsonaro”, diz a chamada de capa da Veja.  Faz quase 40 anos que a Veja fala que o PT vai afundar e quem afundou foi a Veja… Quebrou por incompetência e foi vendida por menos que um apartamento do Minha Casa, Minha Vida. (Lula (@LulaOficial) February 7, 2020)

Livre há três meses, Lula cria atritos com aliados ao pôr seus interesses pessoais e os do PT acima dos planos de formação de uma frente de esquerda. Leia a reportagem: https://t.co/yU3907TiIr pic.twitter.com/JPJd4vNaeH (-VEJA (@VEJA) February 7, 2020

Lido em: https://revistaforum.com.br/politica/quem-afundou-foi-a-veja-diz-lula-em-resposta-a-capa-da-revista/

Benjamin Fulford – Boletim de 13.01.2020

 

NO IRÃ TIRO SAI PELA CULATRA E O RETORNO COMEÇA

Antes de avançarmos mais nas consequências, vamos resumir exatamente o que aconteceu. Basicamente, foi mais uma tentativa de começar a Terceira Guerra Mundial pelos loucos Judeus messiânicos que, por uma questão de simplicidade, chamaremos de Sionistas. Desta vez, orquestraram uma série crescente de eventos num esforço em vão para conseguir seu tão almejado Armagedon:

1. Assassinar um empreiteiro americano no Iraque e culpar os iranianos.

2. Convencer ou chantagear Trump para uma resposta desproporcional.

3. Conseguir que seus agentes iranianos e pessoas com lavagem cerebral se revoltem na embaixada dos EUA em Bagdá.

4. Forçar Trump a cometer um crime de guerra, assassinando o general iraniano Qasem Soleimani.

5. Sequestrar remotamente um avião ucraniano e voar com transponders em direção a uma base militar iraniana para enganar os iranianos, para derrubá-lo. (Para os leitores que ainda não percebem isso, no final dos anos 90, os EUA tinham equipamentos remotos de sequestro instalados em todas as aeronaves civis, supostamente como uma medida antissequestro. Essa habilidade foi repetidamente abusada para fins políticos pela máfia khazariana).

Os recentes eventos orquestrados pelo governo dos EUA no Irã saíram pela culatra e as repercussões estão apenas começando, concordam várias fontes. O pior resultado foi forçar os britânicos e o resto do mundo anglo-saxão a se afastarem de sua aliança com os EUA sob sua administração atual, dizem fontes do MI6. “O que aconteceu, nunca deveria ter acontecido e as potências Ocidentais precisam desocupar o mundo muçulmano e conter Israel”, dizem as fontes.

Até os israelenses estão acordando para os perigos das malucas estratégias evangélicas cristãs criadas, concordam fontes do Mossad.  É claro que o resto do mundo já vê os EUA como um estado pária e, agora, o Presidente dos EUA, Donald Trump, está totalmente isolado no cenário mundial.

Agora, estão tentando e falhando, orquestrar uma mudança de regime no Irã. Em vez disso, porém, essa operação malsucedida conseguiu despertar uma massa crítica dentro da comunidade militar/de inteligência Ocidental para o fato de o governo dos EUA ter sido sequestrado por um culto fanático que está tentando iniciar uma 3ª Guerra Mundial.  É por isso que o ministro da Defesa do Reino Unido, Ben Wallace, anunciou publicamente que seu país estava rompendo sua aliança militar com os EUA.

Também, houve uma enorme reação das mentes mais sãs do establishment industrial militar dos EUA contra os “fanáticos do fim dos tempos”, centrados no genro presidencial, Jared Kushner e seu culto a Chabad.

(Jomarion... tenho comentado neste site que o “Apocalipse” pode ser uma agenda dos escuros e dos deuses demiurgos que disputam esta Terra e  os Humanos... parece que Javé, Alah, Deus são a mesma divindade que briga pela Terra em guerras sem fim... urge pesquisar e estudar e ajudar outras pessoas a acordarem para isto.)

Por exemplo, o Secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, negou publicamente as alegações de Trump de que o Irã estava planejando atacar embaixadas dos EUA.  Fontes do Pentágono dizem: “Apesar da retórica, Trump não tem escolha a não ser retirar as tropas americanas de Syraq e, eventualmente, do Oriente Médio”.

A razão pela qual Trump não tem escolha é, entre outras coisas, financeira. Os EUA desperdiçaram mais de 7 trilhões de dólares em guerra sem fim na região e agora estão ficando sem dinheiro. A propósito, esses são os US $ 7 trilhões que os japoneses esperavam gastar para acabar com a pobreza e impedir a destruição ambiental antes que o regime norte-americano os roubasse.  Na semana passada, houve uma reunião entre um representante da Sociedade Dragão Branco - SDB (WDS) e um dos principais líderes da Sociedade Secreta Asiática para discutir, entre outras coisas, um plano para a reorganização da falência nos EUA.

O plano exige que o complexo industrial militar dos EUA forneça tecnologia até então oculta aos asiáticos em troca de apoio financeiro para a reconstrução da economia americana, dizem fontes da SDB.  Os asiáticos, por sua vez, têm receio de fazer acordos com qualquer povo europeu, considerando que muitas promessas foram quebradas por eles no passado. Este é o resultado de ações passadas de supremacistas Judeus que acreditam que não há problema em enganar e trapacear Goyim. Você colhe o que planta.

A SDB apontou que a Civilização Ocidental tinha um aspecto de Dr. Jekyll e Hyde (O Médico e o Monstro) e que a chave estava em fazer acordos com o lado bom do Ocidente. Foi-lhes explicado que era verdade que a Ásia, especialmente a China, havia sofrido muitas humilhações e traições pelo Ocidente. No entanto, também, era verdade que, embora o Ocidente tenha a capacidade técnica de matar todos os chineses, eles transferiram tecnologia, indústria e conhecimento para ajudá-los a desenvolver e modernizar.

A reunião, também, mostrou que há uma facção significativa na estrutura de poder chinesa que realmente acredita no absurdo Sionista, de que a Terceira Guerra Mundial é necessária para criar um governo e uma religião mundial. Foram avisados de que esta é uma armadilha Sionista projetada para matar 90% da população mundial e escravizar o resto.

Como alternativa, a SDB propôs dar ao Canadá e ao resto do mundo anglo-saxão a oportunidade de ajudar a restaurar a paz e a saúde do sistema norte-americano. Assinalou-se que a Inglaterra e o Canadá cumpriram historicamente suas promessas e agiram com honra. 

As discussões continuarão, mas as chances de paz mundial são agora muito maiores do que as chances de guerra mundial. Foi sugerida uma reunião em um nível mais alto entre representantes da Comunidade Britânica, P3 (os romanos ou o Vaticano) e os asiáticos. Agora, esperamos uma resposta dos asiáticos. As discussões continuarão em Fevereiro, com o início do ano novo chinês, de acordo com o lado asiático. 

Enquanto isso, espera-se novas provocações sionistas no Mar da China Meridional, Coréia do Norte, África etc., nenhuma das quais atingirá sua meta de uma Terceira Guerra Mundial.  Também, haverá uma continuação de assassinatos e mortes súbitas prometidas pelos líderes Sionistas, Pentágono e outras fontes. Não se perde no ciclo noticioso iraniano a morte do ex-comissário Sionista da NBA David Stern e a morte do filho do bilionário Judeu Ron Burkle. 

Burkle foi convidado do “Lolita Express” (o avião dos pedófilos), um angariador de fundos democrata e amigo de Billary [Bill e Hillary Clinton] e Epstein, dizem fontes. David Koch expirou em agosto passado, e outros bilionários nos livros de voo da Epstein incluem Steven Spielberg, Tom Pritzker, Glenn Dubin e Oprah Winfrey, acrescentam.

O antigo culto de assassinos do Irã, sem dúvida, vingará o assassinato de Soleimani. No passado, um de seus assassinos explicou a esse escritor como eles, cuidadosamente, se infiltram nos lares e famílias de seus alvos, antes de agirem, quando é menos esperado. Trump deveria ter ouvido os conselhos que certa vez dei a um representante da Coréia do Norte, Kim Jong-un: A melhor maneira de evitar assassinatos é evitar fazer inimigos.

Falando em evitar assassinatos, o Príncipe Harry, da Grã-Bretanha, anunciou publicamente que fugiu para o Canadá para salvar sua família do mesmo destino de sua mãe, a princesa Diana.  Eis o que um real europeu tinha a dizer sobre a situação: A coisa toda é uma vergonha e nos deixa com raiva. Se a monarquia continuar assim, as pessoas mostrarão a porta. O assunto será tratado com cuidado e corretamente, disse a fonte.

No entanto, já é certo que o Príncipe Charles nunca subirá ao trono da Inglaterra, disse ele. Os Illuminati Gnósticos, que se opõem ao governo da linhagem, tentarão explorar essa situação para derrubar a Monarquia Britânica. Dado o forte apoio do povo britânico a essa instituição, eles provavelmente fracassarão, mas, enquanto isso, os tabloides farão uma festa.  Na Inglaterra, o que quer que aconteça será insignificante em comparação com o que acontece na França. O Presidente Emmanuel Macron foi forçado por manifestações em larga escala a retirar seus planos de roubar dinheiro de pensão de seu povo.

No entanto, os franceses sabem que ele roubou as eleições que o levaram ao poder e que ele não está trabalhando para o povo francês. Como o padrão de vida francês continua a cair, seu regime não será capaz de estabilizar a situação. É hora dos generais franceses agirem antes que seja tarde demais.

Outra nação que em breve poderá ver grandes mudanças é o Japão. A população do país está desaparecendo a uma taxa de 500.000 pessoas por ano. Isso ocorre porque ninguém quer ter filhos em um país cujo futuro foi sequestrado por bandidos Sionistas. Segundo fontes, o gabinete do Primeiro-Ministro Shinzo Abe está cheio de idiotas com QI baixo. O resultado é que o padrão de vida japonês está caindo e o país está cheio de idosos empobrecidos.

Um sinal de quão incompetente é o governo japonês é toda a história sobre a prisão e fuga do ex-chefe da Nissan, Carlos Ghosn. Várias fontes dizem que o verdadeiro motivo pelo qual Ghosn foi perseguido foi porque ele planejava roubar os segredos militares dos patrocinadores de Abe da Mitsubishi Heavy Industries. Se fosse esse o caso, eles deveriam ter dito isso. Em vez disso, fizeram acusações ambíguas e zombaram do sistema judiciario japonês internacionalmente.

De acordo com as forças norte-americanas e japonesas, a polícia japonesa  está se preparando para retirar o poder dos Sionistas e entregá-lo aos burocratas ainda talentosos, embora sem líderes, segundo fontes de direita próximas ao novo Imperador.   Finalmente, novamente, esta semana, estamos ouvindo rumores sobre a Antártica e a divulgação. Um enviado da SDB foi enviado para se encontrar com um representante dos grupos que operam na Antártica. Esperamos ter algo a relatar na próxima semana.

Autor: Benjamin Fulford 

Lido em: https://www.sementesdasestrelas.com.br/2020/01/benjamin-fulford-atualizacao-semanal_14.html

Dilma Rousseff acusa Pedro Bial de machismo por críticas a Petra Costa

 

Ex-presidente criticou apresentador por dizer que cineasta é uma ‘menina’ que cumpriu ‘ordens de mamãe’

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) acusou o jornalista Pedro Bial de ter cometido “grosseria misógina e sexista” contra a cineasta Petra Costa, autora do documentário Democracia em Vertigem, indicado ao Oscar 2020.  Em entrevista à Rádio Gaúcha, o ex-apresentador do reality show Big Brother Brasil disse que deu “muita risada” com a obra e opinou que a narração de Petra Costa é “miada”, “insuportável” e que fica “chorando o filme inteiro”. Ele ainda afirmou que a história contada pelo documentário é “ficção alucinada” e “mentirosa”.

“É um filme de uma menina dizendo para a mamãe dela que fez tudo direitinho, que ela está ali cumprindo as ordens e a inspiração de mamãe, somos da esquerda, somos bons, não fizemos nada, não temos que fazer autocrítica. Foram os maus do mercado, essa gente feia, homens brancos que nos machucaram e nos tiraram do poder, porque o PT sempre foi maravilhoso e o Lula é incrível”, disse Bial. 

Em uma sequência de publicações no Twitter, Dilma Rousseff também criticou a Secretaria de Comunicação da Presidência da República por divulgar um vídeo institucional para atacar Petra Costa. Na segunda-feira 3, o governo veiculou uma propaganda contra a artista, chamando-a de “militante anti-Brasil”.

“Como se não bastasse a grosseria misógina e sexista de Bial contra Petra Costa, ao chamá-la de menina insegura em busca de aprovação dos pais, a candidata brasileira ao Oscar com o filme Democracia em Vertigem foi vítima de intolerável agressão oficial do governo Bolsonaro”, escreveu a ex-presidente.  Dilma considerou que Bolsonaro desrespeitou a liberdade de expressão e disse que o presidente é machista e apoiador de ditaduras.

“A Secretaria de Comunicação da Presidência exibiu um vídeo, feito com dinheiro público, para ofender uma artista brasileira apenas porque exerceu o inalienável direito de criticar o governo numa rede de TV. Trata-se de censura e de brutal desrespeito à liberdade de expressão”, publicou. “Petra foi até serena na escolha das palavras, ao dizer uma pequena parte do que os brasileiros e o mundo já sabem: o Brasil é governado por um machista, racista, homofóbico, inimigo da cultura, apoiador de ditaduras, da tortura e da violência policial, e amigo de milicianos.”

A petista também disse que a Secom “usa a máquina pública para incitar ódio contra uma artista”, mas diz que Petra a “enche de orgulho”, por ser “mulher, talentosa, representar o país no Oscar e ter feito um filme que desmascara o golpe do impeachment ilegal de 2016 que levou o Brasil ao desastre chamado Bolsonaro”. 

Como se não bastasse a grosseria misógina e sexista de Bial contra Petra Costa, ao chamá-la de menina insegura em busca de aprovação dos pais, a candidata brasileira ao Oscar com o filme Democracia em Vertigem foi vítima de intolerável agressão oficial do governo Bolsonaro.  (Dilma Rousseff (@dilmabr) February 4, 2020)

O ex-presidente Lula também protestou. Em texto publicado nesta segunda-feira 4, o petista escreveu que “Bolsonaro age à revelia da verdade” e prestou solidariedade a Petra Costa. “Bolsonaro age à revelia da verdade, usando a estrutura do governo para atacar a cineasta Petra Costa. A perseguição à cultura é método dessa gestão. Minha solidariedade a Petra pela coragem em narrar os fatos em tempos de guerra à verdade”, disse o petista.

A obra de Petra Costa concorre na categoria “Melhor Documentário” com os filmes For Sama, Honeyland, Indústria Americana e The Cave. A cerimônia do Oscar ocorre no domingo 9, em Los Angeles, nos Estados Unidos. No documentário, a cineasta retrata o processo de impeachment de Dilma Rousseff, com imagens íntimas da ex-presidente e de Lula, durante a crise no governo petista.

Lido em: https://www.cartacapital.com.br/politica/dilma-rousseff-acusa-pedro-bial-de-machismo-por-criticas-a-petra-costa/

Justin Bieber apoia Agenda Pedófila

Por que Justin Bieber está marcando Bebês com "Yummy" no Instagram?

 

Jomarion responde: porque se tornou um monstro após programação “Monarca” feita sobre ele pela Indústria (satânica/pedófila/canibal) do Entretenimento ... Bieber virou “lixo” coberto de tatuagens... sabemos que ele e sua alma já estão perdidos para demônios do baixo umbral...mas ele e sua “família” disseram SIM aos programadores, afinal há muita grana envolvida... dinheiro vale muito mais que pessoas...ou almas...

Para promover seu novo single "Yummy", Justin Bieber postou fotos estranhas de bebês aleatórios com a hashtag "Yummy". Além disso, há muitas referências a pizzas (Jô... aqui está se referindo ao escândalo de pedofilia que assola os EUA onde pessoas alugavam e compravam crianças através de uma pizzaria de famosos - PIZZAGATE -)

Além disso, o vídeo de “Yummy” parece conter uma mensagem oculta. O que está acontecendo com Justin Bieber? Justin Bieber lançou um novo single chamado "Yummy" e este parece ter sido feito sob medida para irritar as pessoas. Para começar, o refrão da música é algo irritante por si só. É como se tivesse sido escrito para crianças pequenas.

“Sim, você tem aquele gostoso-gostoso... 

Aquele gostoso, gostoso, gostoso...

Sim, você tem aquele gostoso-gostoso

No entanto, os versos deixam claro que o assunto real da música é algo adulto e muito sexual.

Embora Bieber claramente não seja o primeiro artista a lançar uma música pop com insinuações sexuais, a promoção em torno do single torna as coisas extremamente estranhas e desconfortáveis. Quem quer que seja que toma conta do Instagram de Bieber, decidiu que seria uma boa ideia postar fotos de bebês aleatórios com a hashtag "Yummy".

A conta do Instagram de Justin Bieber contém muito mais fotos de bebês. Para tornar as coisas ainda mais estranhas, Bieber também postou o título da música com letras de pizza. (Jô... Alusão ao PIZZAGATE)

Agora é um fato amplamente conhecido que "pizza" é uma palavra-código usada em círculos pedófilos. Até se tornou um meme em fóruns da Internet como o 4Chan. Para quem entende os códigos doentios dessas pessoas, é difícil ignorar a combinação das letras da música com imagens de bebês e a palavra "Yummy" escrita em letras de pizza.

Outro meme amplamente conhecido associado a esses doentes é o pedobear   (Jô...ursinho-simbolo da pedofilia) . Aqui está outra postagem do Instagram de Bieber no meio da blitz promocional de "Yummy".

Para tornar as coisas ainda mais estranhas, seu novo videoclipe adiciona muitas imagens sugestivas.

O videoclipe acontece em um restaurante chique, que é frequentado por pessoas de aparência chique. É o tipo de lugar para onde as pessoas da elite vão. No início do vídeo, a câmera permanece focada em crianças tocando música. As únicas crianças do restaurante são “músicos”. Em  outras palavras, as crianças são o "entretenimento".  Enquanto as crianças tocam, Bieber aprecia a comida com algumas pessoas de aparência estranha. (Jô... O ambiente tem referências da elite oculta/escura e debochada)

Jantando com a elite oculta?  (Jô... e de roupinha cor de rosa) . Considerando a indústria da música, pode-se facilmente interpretar que essa "orgia de comida" está realmente representando uma "orgia de pessoas". Os closes nas pessoas sugestivamente comendo esses alimentos não são muito sutis.  Um homem mais velho é alimentado com um morango por esta mulher mais velha. Sugestivo.  A cena final explica o que a comida no vídeo realmente representa. Esse frame é tão simbolicamente importante que também foi postado na conta do Instagram de Bieber.

Um bolo é comido e revela o rosto de um Justin Bieber  muito jovem... com a palavra "Yummy" por baixo. O quadro final basicamente diz que os pratos representam crianças. E elas estão sendo "provadas". E Bieber é vítima do sistema que está se comemorando no vídeo.

O que está acontecendo com Justin Bieber?

Alguns podem se perguntar por que Justin Bieber está participando desse negócio de amantes de crianças, quando é provável que ele não aprove isso. A resposta curta é: ele não tem escolha. Desde o início de sua carreira, Bieber sempre foi um peão da indústria, com pouco ou nenhum controle sobre sua carreira. Como o último frame de "Yummy" parece dizer, o próprio Bieber pode ter sido abusado por esses doentes na indústria da música.

Outros se perguntam por que Bieber - que é um cristão devoto e franco - está participando desse negócio com a elite oculta. De fato, existem muitas postagens relacionadas a Jesus em sua conta no IG (embora estranhamente misturadas com fotos assustadoras relacionadas a "Yummy"). No entanto, para ter uma ideia melhor do que está acontecendo aqui, precisamos olhar para a igreja de Bieber: a poderosa Igreja Hillsong, repleta de estrelas.

Hillsong... a igreja pedófila e podre

A Igreja Hillsong passou de uma pequena igreja  local na Austrália para um "movimento internacional".  A igreja é famosamente frequentada por várias estrelas, como Selena Gomez, Kylie e Kendall Jenner, Kourtney Kardashian, Vanessa Hudgens, Nick Jonas, Hailee Steinfeld e Bono. Todos eles peões da elite oculta.  O fundador da igreja, Brian Houston, também tem laços estreitos com a elite política da Austrália.

A Igreja Hillsong atraiu apoio de políticos de alto nível, especialmente do Partido Liberal da Austrália. Em 1998, Brian Houston se reuniu com o então primeiro-ministro da Austrália, John Howard, e a maior parte de seu gabinete, no Parlamento em Canberra antes de compartilhar suas orações. Em 2002, John Howard abriu o Hillsong Convention Center no local de Baulkham Hills. Em 2004 e 2005, o então tesoureiro da Austrália, Peter Costello, falou em suas conferências anuais. ( Wikipedia, Hillsong Church).

(Jomarion...Lembro que um dos maiores anéis de pedofilia do planeta é na Austrália, e um dos grandes lá era o pai de Nicole Kidman que se suicidou quando foi descoberto)

Todo esse apoio da elite aconteceu apesar do fato de a Igreja ter um segredo sombrio: o pai do fundador da Igreja, Frank Houston, admitiu ter abusado de vários meninos na Austrália e na Nova Zelândia. E a liderança da Igreja fez todo o possível para encobrir esse assunto sórdido.

Frank Houston, pai do fundador da Hillsong Church, Brian Houston, era um pastor na Nova Zelândia e na Austrália que abusou de nove meninos no curso de seu ministério. Nas décadas de 1960 e 1970, uma vítima foi rotineiramente sujeita a abuso sexual dos 7 aos 12 anos. Em 1999, sua mãe denunciou o abuso à igreja. Embora Brian Houston estivesse legalmente obrigado a denunciar o crime, ele não o fez. Mais tarde, a vítima testemunhou à Comissão Real sobre Respostas Institucionais ao Abuso Sexual Infantil que Frank Houston lhe ofereceu US $ 10.000 como compensação em um McDonald's na presença do ancião da Igreja Hillsong Nabi Saleh.

Durante uma investigação interna da igreja, Frank Houston finalmente confessou o crime. A comissão também soube que ele estava envolvido no abuso sexual de outras crianças na Nova Zelândia. Frank Houston renunciou à sua igreja em 2000, que se fundiu com a Hillsong Church. Ao contrário do que é declarado na carta de demissão de Frank Houston, ele se aposentou do cargo de pastor sênior do Sydney Christian Life Centre em maio de 1999 e nunca foi empregado pela Hillsong Church. Uma investigação interna adicional das Assembleias de Deus na Austrália, em conjunto com as Assembleias de Deus na Nova Zelândia, encontrou seis alegações adicionais de abuso sexual infantil, que foram consideradas credíveis.

Em 2015, a comissão real examinou alegações que acusavam Brian Houston de ocultar os crimes de seu pai e o censuravam por não denunciar seu pai à polícia. Em novembro de 2018, a 60 Minutes exibiu um segmento revisitando o escândalo de abuso sexual, porque a documentação recém-revelada supostamente revela que Brian Houston estava profundamente envolvido em um acobertamento e que o comportamento abusivo de Frank Houston era pior do que se pensava inicialmente.

Brian Houston supostamente usou sua posição na denominação “Assembleias de Deus na Austrália” para ocultar o abuso sexual infantil em série de seu pai. O assunto foi encaminhado à Força Policial de Nova Gales do Sul, que confirmou que Brian Houston estava sob investigação criminal por não denunciar um crime grave. Após a história dos 60 minutos, Hillsong divulgou um comunicado em resposta às alegações.

Conclusão

Então, voltando ao título do artigo: Por que Justin Bieber marcou os bebês com “Yummy” no Instagram? Porque ele é um peão da indústria do entretenimento, controlada por algumas pessoas muito doentes.

Desde o início de sua carreira, Bieber foi pego em um turbilhão interminável de eventos estranhos e humilhantes e sempre demonstrou um comportamento bizarro. Ele sempre foi um "garoto chicoteado" da indústria e o rosto da música pop de baixa qualidade. Com "Yummy", o padrão continua. Seus manipuladores propositadamente transformaram "Yummy" em algum tipo de hino secreto de "amante de crianças", associando-o a imagens abertas e postagens assustadoras no Instagram. 

Em suma, Bieber foi usado para promover uma das agendas favoritas da elite: a normalização e a celebração do abuso infantil.

Fopnte: Site: The Vigilant Citizen

Lido em: https://danizudo.blogspot.com/2020/01/por-que-justin-bieber-esta-marcando.html  (2.2.20)

Paulo Guedes é uma vergonha para o Brasil... ele está levando o país a “servir” as elites ricas e seus bancos perdulários, prejudicando a classe média, os bancos brasileiros que deveriam investir na população e os mais pobres

Brasil garante 28% do lucro do Santander; mais que na Espanha

Jingle: "O tempo passa, o tempo voa e os juros caem, mas o lucro do Santander, de Ana Botin, no Brasil continua numa boa."

Em 2019, 1º ano do governo Bolsonaro, a filial brasileira lucrou 2,939 bilhões de euros, aumento de 16% na moeda europeia. Em reais, o valor foi de R$ 14,550 bilhões, um crescimento de 17,4% sobre 3018. Na contabilidade em euros, o Brasil respondeu por 28% do lucro global (29% no 1º semestre), superando a soma da matriz na Espanha (1,585 bilhão de euros, + 2% sobre 2018) e do Santander Consumer Finance (a financeira do grupo que ganhou 1,314 bilhão de euros + 2% sobre 2018). O lucro no Brasil foi maior em 40 milhões de euros. E compensou a redução de 16% no resultado do Santander no Reino Unido 1,077 bilhão de euros, reflexo antecipado do Brexit.

Na contramão dos grandes bancos, que fecharam agências e criaram PDVs para demitir funcionários, a filial brasileira fechou 2019 com 2.328 agências (+ 45 sobre 2018) e 47.819 empregados, com redução de apenas 193 postos no ano. Os 26,7 milhões de clientes, entre pessoas físicas e jurídicas, tiveram expansão de 8% no crédito, com destaque para o avanço de 26% no crédito consignado, de 16% no financiamento de veículos, segmento em que é o 3º maior banco privado assumiu a liderança no Brasil, e no crédito imobiliário, onde houve avanço de 15%.

O índice de inadimplência total caiu em dezembro de 2019 para 2,9%, abaixo dos 3% de setembro e dos 3,1% de dezembro de 2018. Nas pessoas físicas, a taxa cai dos 4,1% de setembro para 4% em dezembro de 2019, mas aumentou frente aos 3,9% do final de 2018. Nas pessoas jurídicas, o índice de 1,3% mostrou queda frente aos 1,5% de setembro e os 1,9% de dezembro de 2018.

O Santander foi o primeiro grande banco listado na bolsa brasileira a apresentar “resultados”. No dia anterior, a Cielo, que opera serviços de pagamentos e benefícios, registrou queda de 49,7% nos lucros de 2019. O Bradesco vai divulgar seu balanço de 2019 dia 5 de fevereiro. O Itaú apresenta os resultados na noite do dia 10, após o fechamento dos mercados no Brasil e Nova Iorque. A Petrobras fará a divulgação dia 19, também após o fechamento dos mercados, e a Vale, que sempre acompanhava o Santander, só o fará dia 20 de fevereiro.

Lido em: https://www.jb.com.br/economia/2020/01/1021908-brasil-garante-28--do-lucro-do-santander--mais-que-na-espanha.html (1.2.20)

E.U.A. comemoram o coronavirus.... que acham?

Coronavirus não é “doença nova”... o vírus é como outro qualquer (milhares de vírus convivem com os humanos e animais há milhares de anos), é mais uma “virose”, termo que os médicos atuais gostam muito, o problema é que a humanidade foi intencionalmente enfraquecida e seu sistema imunológico esta em colapso, ou seja, qualquer doença pode nos matar. Lembram da AIDS? Ficou provado que não existe tal doença... AIDS é o colapso total do sistema imunológico. A crise do “coronavirus” é fabricada, exagerada e o objetivo é apavorar, causar confusão e principalmente derrubar a China (país mais rico e próspero do mundo neste momento). Desliguem a mídia se quiserem viver em paz!

Secretário de Trump comemora: coronavírus pode trazer empregos aos EUA

 

O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, afirmou nesta quinta-feira (30) que o coronavírus pode criar empregos em seu país. O vírus já deixou 170 mortos na China e 8 mil infectados ao redor do mundo. Até agora, 15 países já foram afetados.  “Não quero falar de fazer uma volta da vitória em relação a uma doença muito infeliz e maligna, mas o fato é que dá aos negócios outro aspecto a levar em consideração”, disse ele ao canal de notícias Fox Business.  “Então, acredito que ajudará a acelerar o retorno de empregos para a América do Norte, alguns para os Estados Unidos e, provavelmente, para o México também”, afirmou.

O comentário de Wilbur Ross recebeu diversas críticas nas redes sociais. Uma das respostas veio de Georges Benjamin, da American Public Health Association, ao jornal The Washington Post. “Não há provas científicas, ou históricas, que apoiem o que está dizendo”, afirmou.  A Organização Mundial da Saúde (OMS) deve se reunir nesta quinta-feira (30) para decidir se a doença exige uma declaração de emergência global. Diversos governos pediram a seus cidadãos que não visitem a China, enquanto outros proibiram a entrada de viajantes procedentes de Wuhan, epicentro da epidemia.

Jomarion: O mundo tem aproximadamente 8 bilhões de habitantes, 1 bilhão só na China... a OMS (um dos chifres da ONU, a Grande Besta) está proclamando emergência mundial por conta de 170 mortes. Pesquisem e verão que se morre mais de: fome, sede, abandono, crises, pneumonia, malária,pobreza, etc... os refugiados aumentam em progressão geométrica... na época do ebola ficou provado que era uma doença “fabricada”nos biolabors do Pentágono, as provas foram refutadas e consideradas “teorias de conspiração”. Será???

Lido em: https://revistaforum.com.br/global/secretario-de-trump-comemora-coronavirus-pode-trazer-empregos-aos-eua/

FMI alerta para uma “Grande Depressão”e a Rússia esta à frente devido ao aumento de suas reservas de ouro

(City Moscow)

Na semana passada, o FMI emitiu um alerta severo sobre a SITUAÇÃO da economia [o Cassino] global. Enquanto a maioria dos grandes estados ocidentais é vulnerável a uma nova crise, a Rússia preparou suas defesas contra a crise que se avizinha no horizonte.  Kristalina Georgieva não é nenhuma teórica da conspiração; ela é a chefe do Fundo Monetário Internacional. E quando ela avisa que a economia global arrisca sofrer outra “Grande Depressão“, você pensaria que todo mundo ouviria e prestaria muita atenção, MAS … A MSM Presstitute (Mídia Prostituta) ignora o alerta

Mas a reação ocidental à sua declaração de alerta na semana passada foi abafada, com muitos meios de comunicação da Grande Mídia... deixando-a “enterrada nos ‘principais’ veículos da mídia  mainstream”. Ou simplesmente é a MSM ignorando a história.

Por exemplo, pesquisas rudimentares no Google sugerem que nem o ‘especialista’ Financial Times [Londres], nem o ‘especialista’ Wall Street Journal [New York], nem o ‘especialista’  The Economist [Londres] cobriram os seus importantes comentários. Nesse caso, é eticamente questionável, mas também compreensível, em um sentido cínico, dado seu apego completo à doutrina da economia neoliberal [e a agenda de quem os controla].

Um lugar em que as palavras de Georgieva não caíram no ouvido dos surdos é Moscou, porque seu aviso apenas confirma o que especialistas na capital russa vêm dizendo há anos [com grande conhecimento de causa]: um grande colapso financeiro ocidental é inevitável e razoavelmente iminente [pois vem sendo conscientemente preparado pelos controladores do sistema]. E fará com que o colapso de 2008 pareça muito leve em comparação.

As razões são simples, de acordo com especialistas da Rússia: os governos ocidentais acumularam muita dívida pública na última década e existem várias bolhas preocupantes no sistema. Isso inclui ações dos EUA, propriedades alemãs e britânicas e avaliações superestimadas de grandes dimensões de empresas de tecnologia, especialmente as startups que provavelmente nunca retornarão seus custos. Tenha a força de trabalho envelhecida, a estagnação salarial, custos de vida mais altos e interrupção das indústrias tradicionais da inovação em TI, e você tem todos os ingredientes necessários para um “big bang” que trará o caos aos mercados.

Como aponta o especialista russo Kirill Shamiev, “na academia, as pessoas têm sido bastante sinceras sobre a eclosão [uma grande recessão] de nova crise desde 2016-2017” e a Rússia “está em uma posição mais favorável agora do que em 2007/8 [com] menor dependência dos mercados ocidentais”.

Outro motivo pelo qual Moscou pode se sentir relativamente seguro, em comparação com outras “grandes [e contaminadas] economias europeias, é sua enorme reserva de caixa e de ativos reais como o ouro. Desde janeiro de 2015, o Kremlin aumentou seu fundo de “dias chuvosos” de US$ 376 bilhões para US$ 557 bilhões, apesar de uma profunda recessão e subsequente crescimento econômico anêmico. De fato, o estoque agora é maior do que antes da crise na Ucrânia em 2014 e não muito longe de onde estava em 2008 – uma época em que os preços do petróleo estavam subindo rapidamente.

A dependência das exportações de petróleo e gás provou ser perigosa para a economia da Rússia, com o rublo caindo drasticamente em 2014, quando os preços destas commodities caíram. Ansioso para evitar uma recorrência, o governo introduziu uma “regra fiscal”, na qual as receitas provenientes da venda de petróleo acima de US$ 40,00 o barril são depositadas, em vez de usadas para gastos do dia a dia.

O que também é interessante é como as reservas se diversificaram. Há apenas uma década, era tudo em dólares dos EUA, mas agora o ouro representa cerca de um quinto do total, o que significa que mais de US$ 100 bilhões estão atualmente amarrados no metal precioso. Alguns sugerem que o foco no ouro – que geralmente aumenta de valor durante uma crise – poderia ser parte dos preparativos da Rússia para um eventual novo sistema monetário global.

A Rússia não está sozinha em diversificar e se livrar da dependência da moeda norte americana. “As nações expandiram suas participações em ouro em cerca de 14% desde 2009”, informou a Bloomberg no ano passado, citando a China e a Polônia como outros grandes compradores do metal. Grandes países resolveram repatriar seu ouro de volta para seus cofres domésticos, como a Alemanha que sacou todo o seu ouro dos cofres do FED depositados em New York.

O jornalista de negócios russo Ivan Tkachev, do principal jornal diário RBC, descarta a ideia de que Moscou está bancando um colapso financeiro ocidental. “O próprio Putin (e economistas profissionais ao seu redor) não acredita e não apostaria em um eventual colapso da dívida nos EUA ou em outros lugares”, diz ele.

“Ele acredita sinceramente que é o poder militar dos EUA, bem como a vantagem geopolítica do dólar como moeda mais dominante no comércio global, as reservas oficiais e empréstimos internacionais, que permitem que os EUA desconsiderem sua grande [gigantesca] dívida pública que já gira em torno de US$ 23 trilhões de dólares, superando seu PIB.”.

No entanto, ele acredita que a política é proteger a Rússia de choques externos. “A política geral de acumulação de dinheiro e o conceito geral de” estabilidade” (fiscal, monetária, financeira) são, na minha opinião, a manifestação da profunda desconfiança de Putin pelo sistema que controla os países do Ocidente, acrescenta Tkachev. “[Ele deseja] garantir a extensão máxima contra o que ele vê o risco sempre presente de ações externas hostis (como mais sanções econômicas, restrições comerciais ou flutuações de preços de mercadorias que, aos olhos da Rússia, podem não ser inteiramente aleatórias e oscilações normais de mercado)”.

Na semana passada, Georgieva disse que as tendências econômicas globais atuais são semelhantes às da década de 1920, há exatos cem anos atrás, que terminou com a grande queda do mercado e o colapso de ações de 1929 no que ficou conhecido como “A Grande Depressão“. Ela disse que o aumento da desigualdade é uma grande preocupação.

“No Reino Unido, por exemplo, os 10% superiores (Elite) principais agora controlam quase tanta riqueza quanto os 50% inferiores. Essa situação é refletida em grande parte da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), onde a desigualdade de renda e riqueza alcançou ou está perto de atingir recordes máximos, disse Georgieva.

“De certa forma, essa tendência preocupante é uma reminiscência do início do século 20 – quando as forças gêmeas da tecnologia e da integração levaram à primeira era dourada, aos estrondosos anos 20 e, finalmente, ao desastre do colapso do mercado financeiro”.

2020 será o ano do colapso econômico, do colapso dos mercados e da explosão social

Se ela estiver correta, a Rússia está melhor preparada para os choques do que qualquer outra grande economia mundial.

Também está entre os principais estados europeus o fato de estar efetivamente livre de dívidas externas – não é tarefa fácil quando se considera que os passivos do governo da Itália somam mais de 130% do seu PIB nominal, de quase US$ 2,5 trilhões e nos EUA já alcançou o mesmo valor de seu PIB, de cerca de US$ 23 trilhões.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Fonte:  https://www.rt.com/op-ed/478865-imf-great-depression-russia/

Por Bryan MacDonald, an Irish journalist based in Russia.

Lido em: https://thoth3126.com.br/fmi-alerta-para-uma-nova-sera-a-ultima-grande-crise-msm-presstitute-ignora-os-alerta/

China roubou Coronavírus do Canadá e o armou, transformando-o em uma “arma biológica” Será?

 
 

No ano passado, um misterioso carregamento de Coronavírus foi pego sendo contrabandeado do Canadá. Foi atribuída a cientistas agentes chineses que trabalhavam em um laboratório canadense de alta segurança. Uma investigação subsequente da GreatGameIndia  vinculou os agentes  chineses ao Programa de Guerra Biológica da China, de onde se suspeita que o vírus tenha vazado, causando o atual e mortal surto de coronavírus em Wuhan. Um casal de cientistas chineses, a Drª  Xiangguo Qiu e seu marido, o Dr. Keding Cheng foram expulsos do Laboratório Nacional de Microbiologia em Winnipeg, no Canadá em 5 de julho de 2019.

Uma  amostra de coronavírus foi adquirida pelo diretor científico Dr. Frank Plummer, do Laboratório Nacional de Microbiologia (NML) do Canadá, em Winnipeg, diretamente de Fouchier, que a recebeu de Zaki. Este vírus foi roubado do laboratório canadense por agentes chineses .

O Laboratório Canadense

O coronavírus chegou às instalações da NML em Winnipeg, no Canadá, em 4 de maio de 2013, a partir do laboratório holandês. O laboratório canadense aumentou os estoques do vírus e o usou para avaliar os testes de diagnóstico usados ​​no Canadá. Os cientistas de Winnipeg trabalharam para ver quais espécies de animais podem ser infectadas com o novo vírus.

A pesquisa foi realizada em conjunto com o laboratório nacional da Agência Canadense de Inspeção de Alimentos, o Centro Nacional de Doenças de Animais Estrangeiros, que fica no mesmo complexo do Laboratório Nacional de Microbiologia.

O Laboratório Nacional de Microbiologia (Centro Canadense de Ciências para a Saúde Humana e Animal) em St. Arlington, em Winnipeg. Wayne Glowacki / Winnipeg Free Press. 22 de outubro de 2014

A NML tem um longo histórico de oferta de serviços abrangentes de teste para coronavírus. Isolou e forneceu a primeira sequência genômica do coronavírus SARS e identificou outro coronavírus NL63 em 2004.

Este laboratório canadense com sede em Winnipeg foi alvo de agentes chineses no que poderia ser chamado de espionagem biológica .

Espionagem Biológica Chinesa

Em março de 2019, em um evento misterioso, um carregamento de vírus excepcionalmente virulentos da NML do Canadá terminou na China. O evento causou um grande escândalo com especialistas em guerra biológica, questionando por que o Canadá estava enviando vírus letais para a China. Cientistas da NML disseram que os vírus altamente letais era uma potencial arma biológica.

Após a investigação, o incidente foi atribuído a agentes chineses que trabalhavam na NML . Quatro meses depois, em julho de 2019, um grupo de virologistas chineses foi retirado à força do Laboratório Nacional de Microbiologia do Canadá (NML). A NML é a única instalação de nível 4 do Canadá e uma das poucas na América do Norte equipada para lidar com as doenças virológicas mais mortais do mundo, incluindo o terrível Ebola, a SARS, Coronavírus, etc.

Acredita-se que uma cientista da NML que foi escoltada e expulsa para fora do laboratório canadense, juntamente com o seu marido, outro biólogo e membros de sua equipe de pesquisa, seja um agente chinês da guerra biológica, Xiangguo Qiu. Qiu foi chefe da Seção de Desenvolvimento de Vacinas e Terapias Antivirais do Programa Especial de Patógenos da NML do Canadá.

Xiangguo Qiu é uma excelente cientista chinesa nascida em Tianjin. Ela recebeu seu diploma de médica pela Universidade Médica de Hebei, na China, em 1985, e veio para o Canadá para estudos de pós-graduação em 1996. Mais tarde, foi afiliada ao Instituto de Biologia Celular e ao Departamento de Pediatria e Saúde Infantil da Universidade de Manitoba, que não está envolvido com o estudo de patógenos, em Winnipeg, 

Mas uma mudança ocorreu, de alguma maneira. Desde 2006, ela estuda vírus poderosos na NML do Canadá. Os vírus enviados da NML para a China foram estudados por ela em 2014, por exemplo (juntamente com os vírus Machupo, Junin, Febre do Vale do Rift, Febre Hemorrágica da Crimeia-Congo e Hendra)

Fontes dizem que  Xiangguo Qiu e seu marido Keding Cheng foram escoltados do Laboratório Nacional de Microbiologia em Winnipeg em 5 de julho de 2019. Desde então, a Universidade de Manitoba encerrou suas consultas, redesignou seus alunos de pós-graduação e alertou funcionários, estudantes e professores sobre viagens para a China. 

Todas as quatro instalações de guerra biológica chinesa mencionadas acima colaboraram com a Drª. Xiangguo Qiu no contexto do vírus Ebola, o Instituto de Veterinária Militar também participou de um estudo sobre o vírus da febre do Rift Valley, enquanto o Instituto de Microbiologia participou de um estudo sobre o vírus de Marburg .  Notavelmente, o medicamento usado no último estudo – Favipiravir – foi testado com sucesso pela Academia Chinesa de Ciências Médicas Militares, com a designação JK-05 (originalmente uma patente japonesa registrada na China já em 2006), contra o Ebola e vírus adicionais.

No entanto, os estudos da Drª. Qiu são consideravelmente mais avançados e aparentemente vitais para o  desenvolvimento de armas biológicas chinesas no caso dos vírus da febre de Coronavírus, Ebola, Nipah, Marburg ou Rift Valley serem incluídos.  investigação canadense ainda está em andamento e ainda restam dúvidas sobre se houve remessas anteriores à China de outros vírus ou outras preparações essenciais, de 2006 a 2018, de uma forma ou de outra.

O Dr. Gary Kobinger, ex-chefe de patógenos especiais (à direita), e a Drª.  Xiangguo Qiu , cientista da pesquisa (segunda à direita) se reuniram com o Dr. Kent Brantly e a Dra. Linda Mobula, professora assistente da Faculdade de Medicina Johns Hopkins e o médico que administrou o ZMapp a Brantly na Libéria quando ele foi infectado com o Ebola durante o surto de 2014-16. (Enviado por Health Canada) FONTE

A Dra. Xiangguo Qiu também colaborou em 2018 com três cientistas do Instituto de Pesquisa Médica do Exército dos EUA em Maryland, estudando imunoterapia pós-exposição para dois vírus Ebola e vírus Marburg em macacos; um estudo apoiado pela Agência de Redução de Ameaças de Defesa dos EUA.

O Coronavírus de Wuhan

A Dra. Xiangguo Qiu fez pelo menos cinco viagens durante o ano letivo de 2017-18 para o mencionado Laboratório Nacional de Biossegurança de Wuhan da Academia Chinesa de Ciências, que foi certificado para BSL4 em janeiro de 2017. Além disso, em agosto de 2017, a Comissão Nacional de Saúde da China aprovou atividades de pesquisa envolvendo o mortal vírus Ebola, o vírus Nipah e febre hemorrágica da Crimeia-Congo nas instalações de Wuhan.

Por “coincidência”, o Laboratório Nacional de Biossegurança de Wuhan está localizado a apenas 32 quilômetros do Mercado de Frutos do Mar de Huanan, que é o epicentro do surto de Coronavírus, apelidado de Coronavírus Wuhan.

O Laboratório Nacional de Biossegurança de Wuhan está instalado nas instalações militares chinesas do Instituto de Virologia Wuhan, vinculado ao Programa de Guerra Biológica da China . Foi o primeiro laboratório do país projetado para atender aos padrões de nível de biossegurança 4 (BSL-4) – o mais alto nível de risco biológico, o que significa que seria qualificado para lidar com os patógenos mais perigosos do planeta.

Em janeiro de 2018, o laboratório estava operacional ‘para experimentos globais em patógenos da BSL-4’, escreveu Guizhen Wu na revista Biosafety and Health. “Após um incidente de vazamento do vírus da SARS de seus laboratórios em 2004, o antigo Ministério da Saúde da China iniciou a construção de laboratórios de preservação de patógenos de alto nível, como SARS, coronavírus e vírus da influenza pandêmica”, escreveu Guizhen Wu.

Coronavírus... arma biológica?

O instituto Wuhan estudou os coronavírus no passado, incluindo a cepa que causa a Síndrome Respiratória Aguda Grave ou SARS, vírus da influenza H5N1, encefalite japonesa e dengue. Pesquisadores do instituto também estudaram o germe que causa o antraz – um agente biológico desenvolvido na Rússia.

“Os coronavírus (particularmente a SARS) foram estudados no instituto e provavelmente são mantidos nele”, disse Dany Shoham, ex-oficial de inteligência militar israelense que estudou a guerra biológica chinesa . Ele disse. “O SARS está incluído no programa chinês de Arma Biológica-Bio Weapon , em geral, e é tratado em várias instalações pertinentes.”

James Giordano, professor de neurologia da Universidade de Georgetown e membro sênior da Biowarfare no Comando de Operações Especiais dos EUA, disse que o crescente investimento da China em biociência, ética mais vaga em torno da edição de genes e outras tecnologias de ponta e a integração entre governo e academia aumentam a espectro de tais patógenos serem armados.

Isso pode significar um agente ofensivo ou um germe modificado liberado por procuradores, para os quais apenas a China tem o tratamento ou a vacina.  “Isso não é guerra, por si só”, disse ele. “Mas o que está fazendo é alavancar a capacidade de agir como salvador global, o que cria vários níveis de dependência macro e microeconômica e de bioenergia.”

Programa de Guerra Biológica da China

Em um artigo acadêmico de 2015, Shoham – do Centro de Estudos Estratégicos Begin-Sadat de Bar-Ilan – afirma que mais de 40 instalações chinesas estão envolvidas na produção de armas biológicas.

A Academia de Ciências Médicas Militares da China desenvolveu um medicamento contra o Ebola – chamado JK-05 -, mas pouco foi divulgado sobre ele ou a posse do vírus pelas instalações de defesa, o que levou a especulações de que suas células do Ebola fazem parte do arsenal de guerra biológica da China , disse Shoham ao jornal. National Post

O ebola é classificado como um agente de bioterrorismo de “categoria A” pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, o que significa que poderia ser facilmente transmitido de pessoa para pessoa, resultaria em altas taxas de mortalidade e “poderia causar pânico”. O CDC lista o vírus Nipah como uma substância da categoria C, um patógeno mortal emergente que poderia ser projetado para disseminação de infecção em massa.

Acredita-se que o Programa de Guerra Biológica da China esteja em um estágio avançado que inclua recursos de pesquisa e desenvolvimento, produção e armas. Acredita-se que seu inventário atual inclua toda a gama de agentes químicos e biológicos tradicionais com uma ampla variedade de sistemas de entrega, incluindo foguetes de artilharia, bombas aéreas, pulverizadores e mísseis balísticos de curto alcance.

Biotecnologia e Guerra biológica

A estratégia nacional de fusão civil militar-chinesa da China destacou a biologia como uma prioridade, e o Exército de Libertação Popular pode estar na vanguarda da expansão e exploração desse conhecimento.

O PLA está buscando aplicações militares para a biologia e procurando interseções promissoras com outras disciplinas, incluindo ciências do cérebro, supercomputação e inteligência artificial. Desde 2016, a Comissão Militar Central financiou projetos de ciências cerebrais militares, sistemas biomiméticos avançados, materiais biológicos e biomiméticos, aprimoramento [transhumanismo] do desempenho humano e biotecnologia de “novo conceito”.

Em 2016, um pesquisador de doutorado da AMMS publicou uma dissertação, “Pesquisa sobre Avaliação de Tecnologia de Melhoria do Desempenho Humano”, que caracterizou o CRISPR-Cas como uma das três principais tecnologias que podem aumentar a eficácia do combate das tropas. A pesquisa de suporte analisou a eficácia do medicamento Modafinil, que tem aplicações no aprimoramento cognitivo; e na estimulação magnética transcraniana, um tipo de estimulação cerebral, além de afirmar que o “grande potencial” do CRISPR-Cas é uma “tecnologia militar de dissuasão na qual a China deve “entender a iniciativa” no desenvolvimento.

Em 2016, o potencial valor estratégico da informação genética levou o governo chinês a lançar o National Genebank, que pretende se tornar o maior repositório mundial desses dados. Seu objetivo é “desenvolver e utilizar os valiosos recursos genéticos da China, salvaguardar a segurança nacional em bioinformática e aprimorar a capacidade da China de aproveitar as alturas estratégicas de comando” no domínio da Guerra Biotecnológica .

O interesse dos militares chineses pela biologia como um domínio emergente da guerra é guiado por estrategistas que falam sobre possíveis “armas genéticas” e a possibilidade de uma “vitória sem sangue”.

Ler na integra em:  

https://thoth3126.com.br/china-roubou-coronavirus-do-canada-e-o-armou-weaponized/

Fonte1:  https://www.zerohedge.com/

Fonte2: www.thoth3126.com

Matthew Ward

Os Incêndios na Austrália... o poder da oração e da visualização... WWIII (implantes de energia)... Presidentes dos EUA ( Obama e Trump)... Trabalhadores da luz: fadiga e  encorajamento

Os incêndios na Austrália foram criminosos [HAARP] 

Com saudações amorosas de todas as almas nesta estação, Eu Sou Mateus. Seu ano civil de 2020 teve um começo intenso, com incêndios na Austrália e chocalho de sabres pelos líderes no Irã e nos Estados Unidos. Em resposta aos seus comentários e perguntas sobre essas situações, abordaremos primeiro os incêndios devastadores na Austrália. Eles não estão sendo produzidos pela mãe natureza, os incêndios são criminosos provocados pelos Illuminati. 

O incêndio criminoso está envolvido, assim como a tecnologia de manipulação do tempo [HAARP], usada pelos servos dos Illuminati para impedir chuvas fortes e criar ventos fortes e incêndios.

O operador do respeitado site www.goldenageofgaia.com   perguntou se eu falaria sobre os incêndios e como os trabalhadores da Luz poderiam ajudar. Pedi a minha mãe que copiasse minha resposta, porque a oração e a visualização são aplicáveis ​​sempre que a energia da Luz do amor é necessária.

Austrália

As seguradoras receberam reivindicações no valor de A $ 240 milhões (£ 126 milhões; $ 165 milhões) desde outubro e esperam que o número cresça significativamente. As contas médicas dos incêndios e da névoa de fumaça também podem chegar a centenas de milhões. E uma análise sugere que interrupções causadas pela névoa de incêndio e fumaça podem custar a Sydney até US$ 50 milhões por dia. Os incêndios mataram vinte e oito pessoas e destruíram 2000 casas.

“Nesta estação, vemos os incêndios na Austrália sob duas perspectivas vibratórias – amor e tragédia.

As altas vibrações do amor – o derramamento de assistência e compaixão por todos os afetados pelos incêndios – estão ao lado das baixas vibrações da tragédia – as vidas perdidas, de pessoas e animais, a tristeza, o medo e a destruição.

Queridos irmãos e irmãs, suas orações e visualizações ajudarão este país e todos os seus residentes, aliviando a tristeza de Gaia pela perda das muitas formas de vida de seu corpo.

Orações que fluem do coração emitem as altas vibrações do amor. Não importa quais palavras você usa – a intenção da oração é o que conta. Visualizar gotas de chuva douradas que encharcam a terra seca da Austrália e acendem o fogo da Luz do Amor também emite altas vibrações.

Por favor, não duvide de sua capacidade de manifestar o que quer que seja, e saiba que quando muitos manifestam a mesma intenção amorosa e atenciosa, os efeitos benéficos aumentam cem vezes.

Todos os seres de luz neste universo estão continuamente transmitindo energia da Luz do amor para toda a Terra”.

III Guerra Mundial

Os tambores da guerra não levarão à uma Terceira Guerra mundial ou a uma guerra travada no Oriente Médio.  Questões de longa data em toda a região – facções religiosas x seculares, invasões, inimizade entre sunitas e xiitas, vingança por injustiças às gerações anteriores, cultura dominada por homens [patriarcado] – estão enraizadas em preconceitos passados ​​de cada geração para a seguinte.

Agora, ondas serpentinas de energia com esses acessórios de baixa vibração estão sendo dispersadas pelo aumento das vibrações. Durante esse processo de “desenrolar energético”, haverá confusão, emoções contraditórias e escaramuças muito prováveis, à medida que indivíduos e grupos desonestos se envolvem em terrorismo que “salva vidas” ou vingança. A resolução dessas numerosas situações complexas, bem como atitudes agradáveis, ocorrerá gradualmente, à medida que a discussão racional substitui a retórica ameaçadora e o que serve ao bem comum substituir a má vontade. O comentário a seguir, semelhante aos comentários ou perguntas de muitos outros leitores, está um pouco relacionado ao que acabamos de falar. 

Pergunta: “Sinto falta das idéias que Matthew e os guias usaram para nos dar sobre o presidente Obama e as pressões desconhecidas que ele enfrentou e gostaria que pudéssemos obter alguma orientação sobre o atual governo Trump”. 

Do nosso ponto de vista, vemos que o presidente Trump, ainda que involuntariamente, está incentivando as situações acima mencionadas no Oriente Médio a acelerar a dispersão de energias com anexos das trevas. Ele não sabe que alguns de seus conselheiros mais próximos e seu aliado em Israel, o primeiro-ministro israelense Netanyahu, são membros [satânicos] Illuminati. Embora ele tenha seguido o conselho deles de assassinar o general iraniano Soleimani, ele está resistindo à pressão deles para fazer guerra com o Irã e se voltar contra o presidente russo Putin, que, junto com seu país, a Rússia vem sendo constante e injustamente criticada por sua mídia MSM [Presstitute] controlada [pelos Illuminati].

Nos bastidores, Trump está trabalhando com outras pessoas influentes para responsabilizar os Illuminati por seus crimes contra a humanidadeOutros objetivos incluem revelar a verdade sobre o ATENTADO TERRORISTA de 11 de setembro às torres gêmeas em N. York e a existência e a presença na Terra de outras civilizações, acabar com o empobrecimento e a destruição do planeta e inaugurar uma nova era em um mundo pacífico.

Não estamos descartando suas opiniões desfavoráveis ​​e compreensíveis sobre o presidente dos EUA. Pedimos que você reconheça o bem maior a que ele está servindo, por mais inconsciente que seja quanto à atividade energética no Oriente Médio, e que coloque as políticas angustiantes de seu governo no contexto do que dissemos logo após a eleição presidencial de 2016:

"O resultado das eleições [nos EUA em 2016] condenou o plano dos Illuminati de colocar [mais] uma de suas marionetes [ a satânica Hillary Clinton] na Casa Branca depois de oito anos de ter que lutar contra um presidente que lutou de volta na medida do possível.

As vibrações planetárias fortalecerão e avançarão apenas os esforços que melhor sirvam a Terra e todas as suas formas de vida; qualquer coisa em contrário não pode ser duradoura.

Direitos conquistados com muito esforço e progresso na justiça social não podem ser desmantelados. Não é o destino dos povos da Terra retroceder, mas avançar sempre em direção à paz, respeito mútuo, cooperação e vida em harmonia com a Natureza.

Um mundo em que a vida seja assim e o planeta seja restaurado à saúde e sua à beleza originais – o mundo que você está ajudando a criar em seu tempo linear – já está florescendo de maneira vibrante no continuum do espaço-tempo."

O ex-presidente Obama é uma alma altamente evoluída que concordou em ir à Terra e se tornar presidente dos EUA... ela ficou cheia de luz quando encarnou e sua luz não diminuiu nem um pingo. As pessoas que reconhecem essa verdade não são enganadas pelas fotos compradas e pelos filmes fabricados disseminados pelos sombrios para manchar seu personagem.

O que é verdade é que, devido às ameaças dos Illuminati de matar sua família, se ele não cooperasse, ele cedeu às exigências que lhe disseram que eram inegociáveis. Uma delas foi a nomeação de Hillary Clinton como Secretária de Estado e a outra foi a candidatura dela na corrida presidencial de 2016 – as ameaças contra sua família estão em andamento. 

Um exemplo em que os Illuminati no Congresso e além fizeram seu caminho é a Lei de Assistência Acessível. Obama teve que abandonar seu plano abrangente, que incluía uma prestação de seguro único pagador e promover o programa de assistência médica desenvolvido pelos chefes das empresas de seguros e os grandes laboratórios farmacêuticas. Sobrancelhas enrugadas e cabelos grisalhos são os sinais físicos de sua luta emocional e mental que exigiram comprometer a integridade espiritual e moral para proteger sua família.

Pergunta: “Matthew lembra como é difícil aqui? como a densidade, a gravidade e o tempo pesam tanto sobre quem trabalha para ser cheio de Luz, mas é diariamente atacado pelo que nos desgasta? Eu acredito que sou um trabalhador da Luz. Que eu estou aqui para ancorar a Luz, seja o amor. Gostaria de acreditar que Mateus pode ver, sentir e entender que o peso da vida na Terra é esmagador. Sente-se como se estivéssemos depositados em uma linha do tempo da qual não há escapatória, não há esperança de corrigir os erros. A cada passo, sentimos que ainda temos que trabalhar mais e já estamos exaustos. Enviei isso com gratidão e ansiedade de que talvez eu não seja fiel o suficiente. ”

Esse trecho de um longo e-mail descreve os sentimentos da querida alma que os expressou de outras maneiras também e enumerou muitas razões. Outros trabalhadores da Luz escreveram da mesma forma. Tudo o que todos vocês estão enfrentando é importante para nós – nós os amamos !

Queridos, os sentimentos descritos vêm da preocupação com o que você vê como o estado do mundo. A sensação de que tanto esta errado que nunca fazem de tudo para dar certo parece impossível faz desgastar sua mente e pensar que você tem que trabalhar mais, mesmo que você já esteja exausto em um dreno de energia contínua. Os resultados dessas visões de vida são pesados ​​porque estão dentro das limitações da terceira densidade. O objetivo das mensagens nossas e de outros seres da Luz de fora do planeta é ajudá-los a superar essas limitações, para que ser um trabalhador da Luz seja alegre e gratificante.

Por favor, pense com que frequência dissemos que, simplesmente por ser a alma que você é, você irradia Luz para o mundo. Com a mesma frequência, dissemos a vocês que sua Luz está despertando os povos da Terra e inspirando-os a avançar na manifestação do mundo que desejam. Provavelmente, com mais frequência, o que dizemos a você é que seres de Luz em todo este universo estão apoiando vocês com o poder do amor incondicional ao longo de sua jornada na Terra.

De maneira alguma estamos minimizando o desconforto e o estresse das sensações deprimentes – o que tentamos sinceramente fazer é ajudá-lo a evitá-las ou dissipá-las. Aconselhamos ter conhecimento dos assuntos mundiais como observador e não entrar no drama das almas que experimentam lições cármicas escolhidas.

Pedimos que você use a lei universal da atração em seu benefício, alterando os pensamentos negativos para positivos, e oferecemos vários meios para se adaptar mais facilmente física, emocional e mentalmente às mudanças de energia, à medida que a Terra prossegue de maneira constante em seu curso de ascensão. E lhes falamos sobre o progresso da Luz que vemos do nosso ponto de vista e você não pode ver do seu.

Agora, sim, todos nós nesta estação realmente lembramos sentimentos cansados ​​do mundo. Como você, nos voluntariamos para ajudar civilizações atoladas na terceira densidade e, no contínuo atemporal, essas vidas estão acontecendo simultaneamente com a bem-aventurança nesta estação, portanto, sempre temos consciência delas.

Mais ainda, estamos inseparavelmente conectados a vocês e sentimos o que você faz. No entanto, não podemos deixar a desilusão ou desânimo durar muito tempo ou isso afetaria adversamente a frequência geral aqui – esses e outros sentimentos de baixa vibração afetam negativamente suas frequências pessoais também. E considere o seguinte: Deus sente o “peso esmagador da vida” na mesma medida que todos e cada um de seus filhos o fazem por todo esse universo. Para nós, essa intensidade é incompreensível.

Você está embarcando em um ano novo em 2020 de um passeio emocionante e ocasionalmente esburacado, enquanto a Luz continua expondo os bolsões de escuridão e os servidores das trevas nos governos, no setor econômico, financeiro, indústria de armas, nos sistemas jurídico e judiciário, nas tecnologias e nas estruturas corporativas.

As altas vibrações que são a força motriz das negociações pacíficas também estão desmoronando tudo o que é baseado em uma intenção sombria e com uma agenda que serve às trevas. Os criminosos tentarão manter aqueles estruturas que precisam, pois precisam dessa energia densa para se sustentarem, mas seu tempo acabou. O longo reinado de trevas na Terra está terminando.

Amados irmãos e irmãs, sigam em frente com confiança e otimismo. Suas contribuições inestimáveis ​​para a vitória da Luz ainda são necessárias!

Paz e amor, Suzanne Ward – suzy@matthewbooks.com

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Fonte: https://www.matthewbooks.com/january-9-2020/

www.thoth3126.com.br

Rússia divulga calendário do BRICS para 2020 e diz que bloco é 'navio' que resiste às tempestades

 

Vice-ministro interino das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, falou com repórteres sobre as expectativas e o calendário da presidência russa do BRICS em 2020. O "navio" dos BRICS deve resistir às atuais tempestades que assolam a política internacional, declarou o vice-ministro interino das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, nesta segunda-feira (20), em Moscou.

"O 'navio' dos BRICS atravessa de forma confiante as ondas causadas pela tempestade que assola a política mundial, age de forma confiante nesses tempos difíceis de turbulência política, em condições de desequilíbrio da arquitetura econômico-financeira mundial", disse Ryabkov na coletiva de imprensa.

O vice-ministro interino acrescentou que, para a Rússia, o BRICS é um exemplo de estabilidade e integridade independentemente da atual conjuntura mundial e das transformações de política interna nacionais.  "Tal como as presidências anteriores, nos esforçaremos para obter avanços nas três áreas da parceria estratégica dos BRICS: política e segurança, economia e finanças e contatos culturais e sociais", notou Ryabkov.

Vice-ministro interino das Relações Exteriores, Sergei Ryabkov, durante conferência de imprensa sobre BRICS, no dia 20 de janeiro de 2020.  Temas como o combate ao terrorismo, à lavagem de dinheiro, ao tráfico internacional de drogas, à corrupção e ao crime organizado internacional devem ser priorizados pelo BRICS em 2020.

"Para nós, as tarefas fundamentais da agenda política são a promoção de uma agenda global unificadora, a contribuição para a construção de uma ordem mundial mais democrática, baseada na observância das normas e princípios geralmente aceitos do direito internacional, inclusive os previstos na Carta da ONU", disse o vice-ministro.

Anteriormente, Ryabkov havia informado que o tema da segurança cibernética deve ocupar um lugar de destaque na agenda do bloco em 2020.

Calendário dos BRICS para 2020

O vice-ministro interino disse esperar que todos os líderes dos BRICS compareçam às comemorações dos 75 anos da Vitória na Segunda Guerra Mundial, a serem realizadas em Moscou no dia 9 de maio. "Todos os líderes dos países dos BRICS foram convidados para comparecer a esse evento. Nós gostaríamos e esperamos que todos eles venham a Moscou nesse dia", declarou Ryabkov.

A Cúpula de Chefes de Estado dos BRICS, o principal evento do ano, deve ser realizada entre os dias 21 e 23 de julho de 2020, na cidade russa de São Petersburgo. Na ocasião, também será realizada a cúpula da Organização para Cooperação de Xangai (OCX), informou o vice-ministro. A Conferência de Ministros das Relações Exteriores dos BRICS deve ser realizada em Moscou, entre os meses de março e maio de 2020.

O Fórum internacional de Tecnologia da Informação conjunto entre BRICS e Organização para Cooperação de Xangai será na Rússia, em 2019

Ryabkov disse haver a possibilidade dos líderes dos BRICS se reunirem informalmente em maio, mas confirmou que a tradicional reunião informal anual está prevista para ocorrer em novembro de 2020, em Riad, na Arábia Saudita, à margem do encontro do G20.

A presidência russa do BRICS deve promover mais de 150 eventos nos mais diversos níveis, inclusive duas cúpulas e 20 encontros ministeriais. Além de Moscou e São Petersburgo, a cidade russa de Chelyabinsk deve receber um número significativo de eventos do BRICS.

"Nessa cidade [Chelyabinsk] iremos realizar o festival cultural dos países do BRICS e da OCX, jogos esportivos dos países do BRICS, o tradicional fórum sobre urbanização, o 3º fórum da juventude do BRICS e da OCX e os encontros no âmbito dos ministérios da Cultura, da Agricultura e do Trabalho", informou o vice-ministro.

Outras cidades incluídas no calendário BRICS 2020 são Ekaterinburgo, Kazan, Novossibirsk, Samara, Saransk, Sochi, Ulianovsk, Ufa, Khanty-Mansiysk e Yaroslavl, todas na Rússia. "O BRICS é um exemplo real de como é possível resolver temas complexos na base do consenso, do respeito pela soberania intocável dos Estados, da não interferência nos assuntos internos", frisou Ryabkov.

No dia 1º de janeiro, a Rússia assumiu a presidência do BRICS, grupo de países que agrega o Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O lema da presidência russa será "Parceria do BRICS no interesse da estabilidade global, segurança comum e crescimento da inovação".

Independência financeira dos BRICS

O vice-ministro interino tratou de um tema caro à presidência russa, que será o estímulo ao uso de moedas nacionais no comércio internacional entre os membros do BRICS e a criação de sistemas de pagamentos seguros.

"A tendência é clara e, na nossa convicção, o volume de transações em moedas nacionais no comércio mútuo entre países do BRICS deve crescer. Isso se deve ao trabalho que intensificamos nos últimos tempos para criar instrumentos financeiros em moedas nacionais, inclusive a criação de um mercado de títulos de dívidas em moedas nacionais", disse Ryabkov.

O vice-ministro também anunciou a intenção de criar um sistema de pagamentos internacional para o BRICS que possa funcionar como um análogo ao SWIFT, sistema utilizado por gigantes do mercado financeiro como a Visa e a Mastercard.  "Nossas entidades especializadas criaram um sistema de troca de dados bancários – seria um análogo ao sistema SWIFT. A Rússia está fazendo esforços consideráveis para ligar os parceiros do BRICS ao funcionamento pleno desse sistema", disse.

"Consideramos que esse seria um primeiro passo muito relevante nessa área, que permitiria em grande medida que os membros do BRICS sejam menos expostos às manifestações voluntaristas da política de um conhecido grupo de Estados [...] que periodicamente ameaçam […] restringir o acesso ao referido sistema SWIFT", explicou Ryabkov.

Em julho do ano passado, o presidente russo, Vladimir Putin, apelou para que os países do BRICS realizassem transações comerciais e financeiras utilizando moedas locais.

Lido em: https://br.sputniknews.com/economia/2020012015028854-russia-divulga-calendario-do-brics-para-2020-e-diz-que-bloco-e-navio-que-resiste-as-tempestades/

Ciclone no Brasil.... Você ainda duvida que o clima está sendo manipulado? Você acredita que os incêndios devastadores na Austrália tiveram causa naturais?

Ciclone Kurumi deve atingir litoral do Sudeste nesta quinta, alerta Marinha

A Marinha emitiu na última terça (21) um alerta para possível formação de um ciclone subtropical no litoral do Sudeste. Nesta quinta (23), a informação foi confirmada.  O centro do ciclone, que foi chamado de Kurumi, "menino" em tupi-guarani, está localizado em alto mar a 250 km a sudeste de Macaé (RJ). 

"São esperadas condições adversas de mar e vento no litoral brasileiro entre as cidades de Laguna (SC) e Santos (SP) e, também, entre as cidades de Arraial do Cabo (RJ) e Ilhéus (BA), além de grandes acumulados de chuva sobre o litoral e sobre a área marítima de atuação do fenômeno", diz comunicado da Marinha. 

Por enquanto, a intensidade do vento é de 55 km/h, mas são esperados 87 km/h e com direção norte e nordeste, entre o Rio de Janeiro e a Bahia, e ondas de até 5 metros até o sábado (25).  Na direção sul, espera-se 61 km/h entre São Paulo e Santa Catarina até a manhã desta sexta (24), com ondas de até 3,5 metros. A Marinha também alerta para a chance de ressaca com ondas de até 2,5 metros entre as cidades de Tramandaí (RS) e Santos (SP) até a noite de sexta.

Lido em: https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2020/01/ciclone-kurumi-deve-atingir-litoral-do-sudeste-nesta-quinta-alerta-marinha.shtml (23.1.20)

Auditoria prova que 'caixa-preta' do BNDES é fantasia, dizem funcionários

 

A AFBNDES (associação dos funcionários do BNDES) afirmou nesta terça-feira (21) em nota que o relatório da consultoria Cleary Gottlieb Steen & Hamilton LLP comprova que nunca existiu a "caixa-preta" do banco.

O BNDES pagou R$ 48 milhões para que a empresa fizesse uma investigação sobre operações do banco com as empresas JBS, Bertin e Eldorado, entre os anos de 2005 a 2018. A auditoria não encontrou indícios de corrupção em oito operações investigadas.

Para a associação, o relatório "não é um fato isolado. Suas conclusões são convergentes com os fatos apurados em CPIs sobre o BNDES, em comissões de apuração interna e, muito importante, no primeiro posicionamento da Justiça sobre denúncia do Ministério Público contra empregados do BNDES".

A entidade cita que o juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, ao examinar a denúncia do Ministério Público sobre o tema, afirmou que "os depoimentos colhidos na fase investigativa (...) negam peremptoriamente qualquer interferência, influência, orientação, pressão, constrangimento ou direcionamento na tramitação dos processos de aporte financeiro do BNDES".

A AFBNDES diz que os fatos "desconstroem a fantasiosa 'caixa-preta' do BNDES, que políticos demagogos, com objetivos eleitorais mesquinhos, e alguns atores do mercado financeiro, que visam obter vantagens com a redução de tamanho do BNDES, lamentavelmente ainda tentam incutir na opinião pública".

Na nota, a associação também cobra que a diretoria do banco "faça ampla divulgação de suas conclusões defendendo a instituição que ela tem por obrigação representar e defender". Para o presidente da entidade, Arthur Koblitz, "as declarações da atual diretoria continuam cheias de ambiguidade". 

"Se as conclusões da consultoria ajudarem a redefinir o debate público sobre o BNDES, o valor gasto na sua contratação terá valido a pena. (...) Chega de perder tempo com discussões vazias e discursos demagógicos sobre supostos malfeitos completamente destituídos de evidências", diz o texto assinado por Koblitz.(Ivan Martínez-Vargas/FolhaPressSNG)

Lido em: https://www.jb.com.br/economia/2020/01/1021741-auditoria-prova-que--caixa-preta--do-bndes-e-fantasia--dizem-funcionarios.html

O que está por trás da tentativa de afundar o BNDES

 

O BNDES é um inimigo a ser eliminado. Dois fatores explicam por que tantas alas da direita brasileira estão querendo afundar um dos maiores bancos de desenvolvimento do mundo

Em poucas instituições estatais brasileiras pairam tantos contos da carochinha quanto no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Desde muito antes da sua campanha de 2018, Bolsonaro já insiste em desmoralizar o banco, querendo colar nele um selo de corrupto, repetindo como papagaio a existência de uma tal de caixa-preta.

Nem mesmo a fala agressiva do ex-presidente Paulo Rabello de Castro, que disse “ou eu sou um idiota completo, ou não existe caixa-preta”, desestimulou a caça às bruxas dos bolsonaristas, gerando, entre outros fatores, também a demissão de Joaquim Levy, primeiro presidente do BNDES no governo Bolsonaro e a contratação do amigo do filho do presidente, Gustavo Montezano.

Ao contrário do que o bolsonarismo tenta taxar, o BNDES é uma instituição muito respeitada pelos pesquisadores que o tomaram como objeto de pesquisa na Economia e na Ciência Política, no Brasil e no exterior.

Criado em 1952, como BNDE (sem o S de Social), no segundo governo Vargas, o banco foi instituição fundamental para o desenvolvimento econômico e para a modernização da burocracia brasileira. Como a professora de Ciência Política da Grinnell College, Eliza Willis, demonstrou em artigo clássico de 1995 sobre o tema, desde a sua criação o banco estatal foi um grande exemplo de instituição autônoma e com alto nível técnico.

Em trabalho recente apresentado no 43º Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Anpocs), demonstro, juntamente com outros dois cientistas políticos, que isto também é verdade para os últimos anos.

Em nossa pesquisa mostramos, por exemplo, que, de 1995 a 2016, apenas um indivíduo que ocupou um alto cargo (presidência, vice-presidência e diretoria) não tinha experiência profissional prévia (como ter trabalhado no próprio BNDES ou em outros bancos ou ser professor/pesquisador nas áreas de Economia e Engenharia).

Além disto, nenhum dos 59 indivíduos estudados por nós não possuía a formação adequada à sua função. O BNDES foi uma das primeiras instituições da burocracia brasileira à adotar concurso para ingresso de seus funcionários, e isto foi responsável por formar historicamente um corpo técnico do mais alto nível.

O BNDES ainda é, em tamanho, um dos maiores bancos de desenvolvimento do mundo, ao lado de instituições como o banco de desenvolvimento alemão Kreditanstalt für Wiederaufbau (KfW) e o Banco de Desenvolvimento da China (BDC). Além disto, o BNDES foi responsável pelo planejamento e a execução de alguns dos principais programas econômicos de diversos governos, como o Plano de Metas de JK, o Plano de Desestatização de Collor e o de Campeões Nacionais de Lula e Dilma – mesmo trafegando entre diferentes visões econômicas manteve-se o alto nível técnico.

A quem interessa o declínio no BNDES?

Mas se esta é uma instituição tão importante para a política econômica e respeitada internacionalmente, por que tantas alas da direita estão querendo afundar o BNDES?

Dois motivos me vêm à mente.

O primeiro é que o BNDES, a partir do seu braço de participações, o BNDESpar, possui muitas ações de empresas públicas e privadas, direcionando parte dos lucros desta empresa para os cofres públicos, ao invés de deixar este dinheiro para grandes empresários.

Na sua carteira de R$ 114,5 bilhões em ações, por exemplo, o banco estatal mantém 13,9% do capital da Petrobras, 21,32% da JBS, 6,12% da Vale, 18,72% da Eletrobras e 11,04% da Suzano. Vejam que são empresas extremamente lucrativas.

Mas por que um empresário gostaria que o Estado ficasse com o dinheiro que ele acha que deveria ser dele? É o exemplo do ex-deputado federal do PSDB-RJ, Ronaldo Cezar Coelho, que comprou a maior parte da venda das ações da Light ofertadas pelo BNDES, já como parte da política de desestruturação do banco estatal.

Em 2018, a empresa responsável pela distribuição de energia elétrica do estado do Rio, lucrou R$ 166 milhões. Por que o Estado teria que se apropriar desta parte do lucro, se este ex-deputado federal tucano poderá fazê-lo com muito mais alegria?

Mas a joia da coroa será mesmo a venda das ações da estatal Petrobras, que depois de alto investimento estatal para descobrir o pré-sal, lucrará bastante com a sua exploração. Como sempre, investimento público e lucro privado.

A segunda questão é em relação à sua parcela de mercado. O BNDES obstrui um grande mercado como banco de investimento público. A existência desta estatal impede que bancos como o Itaú, Bradesco e mesmo o BTG Pactual, do ministro da Economia, lucre com mais empréstimos a taxa de juros maiores do que as praticadas pela estatal. Assim sendo, o BNDES é, desde sempre, um inimigo a ser eliminado por estas instituições bancárias.

Bem, o resultado da auditoria encomendada e paga a peso de ouro pelo governo Bolsonaro para achar a tal “caixa-preta” é a cereja do bolo da política ridícula que o governo vem adotando para o BNDES.

Podemos criticar eventuais exageros de subsídios ou mesmo erros de cálculo para a efetividade do retorno do investimento em uma dada empresa. Mas o BNDES é e sempre foi fundamental para a economia brasileira. Enterrá-lo como algo corrupto e tosco, tal como deseja o bolsonarismo, será mais um passo para submetermos de vez a economia brasileira aos desmandos dos bancos privados e dos especuladores sedentos por mais patrimônio público.

Por Eric Gil Dantas - Economista do Instituto Brasileiro de Estudos Políticos e Sociais do Brasil (IBEPS), é doutor em Ciência Política pela UFPR.

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2020/01/direita-acabar-afundar-bndes.html

A máquina de propaganda da elite Illuminati por trás de Greta Thunberg

Um olhar sobre a poderosa máquina da MSM apoiada pela elite Illuminati incensando a adolescente Greta Thunberg e a verdadeira agenda por trás de sua turnê mundial.

Em questão de alguns meses, a adolescente Greta Thunberg passou de uma garota solitária protestando em frente ao parlamento sueco para se tornar um fenômeno internacional na mídia MSM. Embora a mídia de massa esteja fazendo parecer que essa ascensão meteórica à proeminência aconteceu natural e organicamente, isso simplesmente não é verdade

Atrás de Greta está uma máquina poderosa e importante, controlada por grandes atores internacionais e apoiada por grandes fundos de investimentos. Essa máquina de relações públicas permitiu que Greta fizesse capas de revistas, passasse a ser objeto de milhares de artigos de notícias, sendo fotografada com líderes mundiais e dando “palestras” em organizações da elite como as Nações Unidas.

Embora Greta possa muito bem se preocupar genuinamente com o destino do planeta, sua mensagem é cuidadosamente elaborada por aqueles que a controlam para gerar uma resposta específica da juventude. Em resumo, Greta é o rosto [e uma marionete] de um grande esquema de marketing – um esforço internacional fortemente coordenado para vender o aquecimento global através de uma lente específica: do medo, pânico, da culpa e da urgência.

A Agenda

A definição de “uma agenda” é a criação da conscientização pública e da preocupação de questões importantes pelos meios de comunicação de [controle mental da] massa. Além disso, a definição de agenda descreve a maneira como a mídia tenta influenciar os espectadores a aceitar a agenda e estabelece uma hierarquia de prevalência de notícias. Duas suposições básicas estão subjacentes à maioria das pesquisas sobre definição de agenda:

  • A imprensa e a mídia não refletem a realidade; eles filtram, manipulam e moldam a opinião pública visando obter o apoio das massas;
  • A concentração da mídia em algumas questões e assuntos leva o público a perceber “automaticamente” essas questões apresentadas como mais importantes do que outras.

A maioria dos meios de comunicação MSM {Mainstream Média] pertence a um punhado de megaempresas, tornando muito fácil para a elite Illuminati saturar o mundo com uma mensagem específica e convencer a população de que determinada ideia/agenda é “urgentemente necessária”. 

A ascensão meteórica de Greta é resultado desse tipo de saturação da mídia MSM. De fato, todo o seu movimento é uma prova inegável do alcance e poder extremos da mídia de massa mainstream no mundo atual, capaz de criar movimentos massivos e revoluções do nada.

A programação da mídia de massa é particularmente eficaz para aqueles que não desenvolveram um senso agudo de pensamento crítico [IMENSA MAIORIA] – principalmente os jovens, sob o “efeito zumbizante das mídias sociais”. E o fenômeno Greta foi feito sob medida para atender a essa demografia muito específica. Aqui está uma olhada na ascensão METEÓRICA de Greta a símbolo do “combate às mudanças climáticas”.

Os Laços familiares (família) de Greta Thumberg

Greta (à direita) posando com seus famosos pais para uma revista. Observe o sinal de um olho feito por ambas as crianças.

O pai de Greta Thunberg é o ator Svante Thunberg, cujo pai é o ator e diretor Olof Thunberg. A mãe de Greta é a famosa cantora de ópera Malena Ernman, que se tornou uma celebridade no Eurovision Song Contest em 2009. Em 2010, Ernman foi nomeada Hovsångerska (traduzido para “cantora da corte”) por Carl XVI Gustaf, [a familia real sueca que apoiou Hitler] da Suécia.

Malena no Eurovision 2009. Observe o sinal de um olho. Além disso, o concurso “Eurovision” sempre foi pura propaganda oculta da elite .  Em 2017, Ernman ganhou o prêmio “Herói Ambiental” do WWF por seu “envolvimento na questão climática nos últimos anos”. Cerca de um ano depois, a filha de Ernman, de 16 anos, Greta Thunberg é vista protestando em frente ao parlamento sueco. A tempestade perfeita começa.

Ascensão como destaque global

Em 20 de agosto de 2018, Greta Thunberg sentou-se em frente ao Parlamento sueco com uma placa dizendo “Greve escolar pelo clima”. Quatro dias depois, coincidente e convenientemente o livro “Scenes From the Heart foi publicado por sua mãe.

Escrito como uma “autobiografia de família”, o livro discute várias questões, como a síndrome de Asperger (autismo) de Greta, que Ernman descreve como uma “superpotência”. Em uma passagem bizarra, Ernman afirma que Greta pode realmente ver o dióxido de carbono emanando de veículos e edifícios.

O momento perfeito entre a greve de Greta pelo clima e o lançamento do livro não foi uma coincidência. E a greve de Greta certamente não passou despercebida.  No mesmo dia da primeira greve, uma foto de Greta foi publicada na página do Facebook da We Don’t Have Time , uma “rede social de mudanças climáticas”. A página é gerenciada por Ingmar Rentzhog (especialista em marketing financeiro).

Rentzhog também é presidente do “Global Utmaning Board”, um grupo de reflexão que “promove o desenvolvimento sustentável nas dimensões social, econômica e ambiental”.

O Global Utmaning Board foi fundado pela política e economista sueca Kristina Persson, que é filha do político e empreendedor bilionário Sven O. Persson.

(Nota do Thoth: As mudanças climáticas que o planeta esta enfrentando não inevitáveis, causarão grandes mudanças e tem como causa FATORES EXTERNOS, algo que muitos cientistas já descobriram. Saiba mais em: Cientistas confirmam que a causa das mudanças climáticas é externa ao sistema solar)

Apoiada por esta máquina milionária, a história de Greta atraiu intensa e imediata atenção da mídia na Suécia e, logo depois, em todo o mundo. Depois de alguns meses de greves semanais, Greta tirou um ano de folga da escola para se concentrar apenas nas mudanças climáticas e começou uma turnê pelas cidades europeias.

Durante esses eventos, muitas e muitas vezes uma mulher era vista “aconselhando” Greta: Luisa-Marie Neubauer.  Luisa-Marie Neubauer é membro da ONE Campaign (uma organização gerenciada por Bill Gates e Bono, que é fortemente financiada pela Open Society Foundation de George Soros.)

De acordo com o site da Fundação Bill e Melinda Gates, “A ONE Campaign se originou de conversas entre Bill Gates e Bono no início dos anos 2000 sobre a necessidade de informar melhor os americanos sobre a pobreza extrema em todo o mundo”. A ONE Campaign tem laços com Soros, fundador e presidente da Open Society Foundations, que trabalha para construir democracias. Brooke Havlik, oficial de comunicações da Open Society Foundations, disse à AP que a organização doou US $ 10 milhões para a One Campaign desde 2011. – AP, a ativista climática Greta Thunberg não tem um ‘manipulador’

Através dessas conexões poderosas, Greta disparou na mídia MSM no cenário mundial. Ela fez discursos nas negociações do Ted X, no Parlamento Europeu, nas Nações Unidas e até foi indicada ao Prêmio Nobel. Ela também conheceu líderes mundiais e celebridades em todo o mundo, incluindo o Papa, outra “personalidade” que defende o acordo das mudanças climáticas. Recentemente Greta foi eleita “Pessoa do Ano” pelo ícone da MSM norte americano, a revista TIME.

Greta tapa o olho, como as celebridades e marionetes da Elite

É claro que a mídia de massa MSM controlada pela elite se esforçou o máximo para transformar Greta em um ícone maior do que ela mesma, enquanto ela foi agraciada com capas de revistas em todo o mundo. De uma garota solitária e desconhecida protestando em frente ao parlamento sueco, Greta se transformou em uma figura de “heroísmo e martírio”.

Depois de viajar pela Europa inteira, Greta embarcou em um barco e navegou para a América, onde foi aclamada como uma heroína, provocando greves escolares maciças onde quer que fosse.  Através da mídia de massa, Greta se tornou um fator importante na política local e internacional e fez do debate sobre o aquecimento global uma prioridade no mundo ocidental. Mas qual é exatamente o papel REAL de Greta no grande esquema das coisas?

O Papel de Greta

Embora muitos estejam prontos para negar esse fato com grande vigor (porque isso vai contra a agenda deles), Greta é apenas [mais] um peão. Ela é controlada por pessoas poderosas e com muito dinheiro para promover uma agenda específica de interesse destas mesmas pessoas. A agenda não é apenas sobre mudanças climáticas – é sobre mudanças climáticas sob um ângulo muito específico.

Seu papel foi perfeitamente definido pela própria Greta durante um discurso no (muito elitista) Fórum Econômico Mundial em Davos:  “Os adultos continuam dizendo que devemos isso aos jovens, para lhes dar esperança. Mas eu não quero sua esperança. Eu não quero que você tenha esperança. Eu quero que você entre em pânico. Quero que você sinta o medo que sinto todos os dias”.

Elevada ao topo da publicidade pela mídia MSM, que é controlada pela mesma Elite Illuminati que tem interesse na aprovação do acordo sobre o clima e que patrocina Greta. Mais um produto da mesma elite que “fabricou a fraude Barack H. Obama”, que chegou a ser agraciado com o Nobel da Paz ….

Pânico, medo e a eco-ansiedade

Palavras que levam a respostas apressadas e irracionais das massas baseadas em emoções negativas. E esse medo e pânico está sendo profundamente arraigado na juventude, criando uma geração convencida de que o mundo está queimando irreversívelmente.

Greta é o rosto de um impulso massivo na mídia e no sistema educacional para convencer as crianças de que elas “pegarão fogo”. Como as crianças absorvem as informações que lhes são fornecidas sem nenhum tipo de questionamento, esse impulso criou um novo fenômeno preocupante: a eco-ansiedade.

Em vez de desfrutar da infância, as crianças estão crescendo com uma sensação de pavor, pânico e destruição iminente. Os pesquisadores já estão vinculando preocupações ambientais com casos de ansiedade, depressão e até suicídio. A própria Greta comunicou esse sentimento durante seu discurso na ONU:  “Como você ousa. Você roubou meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias.”

(Jomarion: esta é uma fala exagerada e ensaiada... Greta  vive num pais rico, com alta qualidade de vida, que não conheceu carência e pobreza e teve educação de excelência.)

Embora Greta possa estar genuinamente preocupada com a mudança climática, as pessoas que estão por trás dela têm uma agenda muito mais sombria e nefasta: criar uma geração de crianças cheias de ansiedade e depressão, dando a elite carta  branca para adotar medidas drásticas, que variam de aumento de impostos à perda de liberdades pessoais.

E não vamos esquecer o objetivo principal de tudo (que também é o principal objetivo das organizações de elite por trás de Greta):

A criação de um único governo mundial, governado pela elite mundial … para combater as “mudanças climáticas”, é claro.

Conclusão

Qualquer pessoa que ouse dar uma olhada crítica no fenômeno Greta é imediatamente confrontada com a mesma reação: “Como você se atreve a intimidar uma garota autista?” E “Você é um negador do clima”. Como visto acima, este artigo não era sobre a própria Greta, sua aparência ou sua saúde mental. Era sobre aqueles que agem por trás dela, escondidos nas sombras, a máquina poderosa que lhe proporcionou a plataforma para ela se transformar e tornar uma queridinha da mídia e das massas facilmente manipuláveis.

Além disso, este artigo não tratava de “negar” as mudanças climáticas ou quaisquer outras questões ambientais. É sobre como esse problema é “vendido” através de uma lente específica, baseada no medo, pânico e urgência. Como qualquer outra questão importante, a poluição precisa ser tratada de maneira racional, começando pelas principais fontes do problema. Nos EUA, os setores de transporte, indústria e energia elétrica respondem por mais de 80% das emissões de gases de efeito estufa. E a China, de longe, é o pais mais poluidor do mundo.

Em outras palavras, as empresas pertencentes à elite são os principais poluidores do mundo atual. São eles que emitem toneladas e toneladas de dióxido de carbono no ar, enquanto despejam toneladas e toneladas de resíduos tóxicos nas correntes de água. Em vez de enfrentar essas indústrias de frente, a elite desfila em torno de uma garota autista, filma líderes mundiais aplaudindo seus discursos e incentiva as crianças a ter medo e entrar em pânico.

Por quê? Porque o que eles realmente procuram é controle, aumento de impostos e mais submissão. E a melhor maneira de obter controle e submissão é criando uma população apavorada e em pânico permanente que implora aos governos que resolvam os seus problemas [a maioria inexistentes …].

(Jomarion: As mudanças climáticas são “criadas” por tecnologias climáticas, HAARP e outras “armas climáticas” com o propósito de espalhar pânico, desconforto e “apocalypses agendados”.)

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Fonte:  https://vigilantcitizen.com/latestnews/the-elite-machine-behind-greta-thunberg/

Lido em: https://thoth3126.com.br/a-maquina-de-propaganda-da-elite-illuminati-por-tras-de-greta-thunberg-e-o-clima/   (21.1.20)

É óbvio que Bolsonaro usou notícias falsas para se tornar presidente, diz ex-funcionária da Cambridge Analytica

 

Em entrevista à revista Veja, Brittany Kaiser afirmou que a campanha eleitoral do presidente Jair Bolsonaro foi 'muito parecida' com a de Donald Trump

A campanha eleitoral do então deputado Jair Bolsonaro à presidência do Brasil, em 2018, utilizou a internet para espalhar desinformação e notícias falsas para persuadir eleitores. A declaração foi dada por Brittany Kaiser, especialista em relações internacionais e ex-funcionária da Cambridge Analytica, empresa de consultoria política britânica, em entrevista à revista Veja publicada na última sexta-feira (17/01).

Kaiser afirmou que o presidente brasileiro utilizou métodos "muito parecidos" com a campanha de Donald Trump, mandatário dos Estados Unidos. "A campanha dele [Jair Bolsonaro] usou a internet para espalhar desinformação, viralizar notícias mentirosas, persuadir eleitores", disse.

"É óbvio que o presidente Jair Bolsonaro se apoiou nessa estratégia para se eleger. A Cambridge Analytica, depois de todos os escândalos, teve dificuldade para operar em solo brasileiro. Todavia, muitas empresas similares fizeram isso em favor de Bolsonaro", afirmou.

A especialista, que foi contratada pela Cambridge Analytica como diretora de negócios, disse que a diferença da campanha eleitoral entre Bolsonaro e Trump foi que o brasileiro "recorreu mais ao WhatsApp, e não ao Facebook", como o norte-americano. 

Em 2018, uma investigação revelou que a Cambridge Analytica, que trabalhou na campanha de Trump em 2016, obteve acesso à diversos dados de usuários da rede social Facebook para induzir nos resultados eleitorais. Após a eleição presidencial norte-americana, foi constatado que as coletas foram usadas de forma antiéticas e, possivelmente, ilegais.

A Cambridge desenvolveu um questionário para os usuários da rede social que continha perguntas sobre a personalidade de cada. A consultora alegou que não utilizaria tais informações pessoais para outros fins. Segundo a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos, a alegação da empresa foi "falsa e enganosa". 

A empresa usou os dados dos perfis para influenciar opiniões políticas. O Facebook se desculpou sobre o ocorrido e afirmou que a empresa pegou as informações de forma "inadequada". 

"A Cambridge não só trabalhava para convencer eleitores a optar por Trump. Também se esforçava para persuadir pessoas a não ir votar em Hillary Clinton, a ficar em casa no dia da eleição. Foram utilizadas muitas táticas chocantes. Antiéticas, certamente. E talvez se comprove serem ilegais", afirmou Kaiser.

A especialista também afirmou que atualmente os "novos tipo de populistas" querem "agir" nas redes sociais para "debilitar os direitos humanos, as noções de igualdade e justiça, o acesso universal a serviços básicos". "Aliás, com tudo isso, não se trata somente de agressores da democracia. Eles atacam a civilização", apontou.

Kaiser trabalhou na campanha presidencial de Barack Obama e disse que o ex-mandatário dos EUA "impunha um rigoroso guia de limites éticos". Segundo a ex-funcionária da Cambridge Analytica, Obama "não realizava campanhas negativas contra rivais nem espalhava desinformação, muito menos propagandas racistas, sexistas ou que tentavam convencer eleitores a não ir às urnas". 

Ainda na entrevista, Kaiser afirma que as rede sociais têm exercido um papel "mais para o mal do que para o bem" e que é necessário que elas "assumam seus erros para depois transformarem a forma como fazem negócios". "Aí conseguiríamos extrair o que há de mais positivo no uso dessas tecnologias". disse.

"Os algoritmos deveriam ser utilizados para, por exemplo, promover os direitos humanos, a ciência, a diversidade", defendeu Kaiser que depôs contra a empresa em 2019 e é protagonista no documentário “Privacidade Hackeada”, da Netflix.

Lido em: https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/62685/e-obvio-que-bolsonaro-usou-noticias-falsas-para-se-tornar-presidente-diz-ex-funcionaria-da-cambridge-analytica

'Economia global entraria em colapso’ se City de Londres parasse de lavar dinheiro, diz delator

Para o delator de fraudes financeiras Nicholas Wilson, o centro financeiro de Londres é a "capital mundial da lavagem de dinheiro" e se ele parasse suas atividades "a economia global entraria em colapso".  "Nada pode ser feito para limpar a City de Londres. Se algum político tentasse desmantelar o esquema da City de Londres a economia global entraria em colapso", disse.

Segundo o delator, durante a crise financeira de 2008, "dinheiro do tráfico de drogas foi a única coisa que manteve os bancos funcionando".  Wilson conta que o Reino Unido foi contra o projeto de lei proposto na União Europeia para regular as transações financeiras:

"A União Europeia queria endurecer as regras sobre lavagem de dinheiro e o Reino Unido foi o único país que votou contra", contou.  Wilson foi demitido após denunciar uma fraude milionária no Banco HFC, subsidiário do HSBC, que impunha ilegalmente uma taxa de 16% em consumidores com dificuldades para pagar seus créditos e hipotecas.

Em 2017, Wilson ganhou a batalha judicial contra o banco HSBC, que foi obrigado a pagar cerca de R$ 21 milhões aos clientes prejudicados.  Em 2019, mais 18 mil vítimas da fraude foram identificadas, forçando o HSBC a pagar mais R$ 162 milhões em compensações. Segundo as estimativas de Wilson, o banco deve arcar com cerca de R$ 1 bilhão em pagamentos decorrentes da fraude.

Reino Unido seria 'país mais corrupto do mundo'

O jornalista italiano, Roberto Saviano, que passou boa parte de sua carreira investigando a máfia, acredita que o Reino Unido é o país “mais corrupto do mundo”.

"Se eu perguntasse para você qual é o país mais corrupto do planeta, você iria me responder que é o Afeganistão, talvez a Grécia, Nigéria, o sul da Itália, mas eu te digo que é o Reino Unido. Não é a burocracia, não é a polícia, não é a política: o que é corrupto é o capital financeiro", afirmou Saviano.

O jornalista disse que 90 por cento dos donos de capital em Londres têm contas offshore, sugerindo que teriam interesse em esconder a origem dos recursos que mantêm. Nicholas Wilson disse concordar com a afirmação de Saviano, dizendo que a City de Londres é a "capital mundial de lavagem de dinheiro". Em 2016, o Comitê do Interior do Reino Unido alegou que cerca de R$ 544 bilhões são lavados a cada ano no mercado imobiliário londrino.

Navios cruzando o rio Tâmisa em Londres

Para Wilson, o banco com a pior reputação é o HSBC, que estaria implicado em 18 dos 25 escândalos de corrupção listados pela organização Transparência Internacional em junho de 2019.  Para o delator, a classe política e financeira britânica são bastante interligadas. Inclusive muitos membros alternariam cargos políticos com altos postos em instituições financeiras.

Procurada pela redação da Sputnik Internacional, a Corporação da City de Londres não quis comentar as declarações de Wilson. As opiniões expressas nesta matéria podem não necessariamente coincidir com as da redação da Sputnik.

Lido em: https://br.sputniknews.com/opiniao/2020011615014634-economia-global-entraria-em-colapso-se-city-de-londres-parasse-de-lavar-dinheiro-diz-delator/  (18.1.20)

Javé X Lúcifer

Quem é LÚCIFER e por que ele e seus seguidores estão aqui na Terra?

Lúcifer é etimologicamente definido como o “portador da luz” e “a estrela da manhã”, o portador da luz e da sabedoria. No entanto, Lúcifer também é amplamente considerado como a personificação do puro ‘mal’... escrever sobre Lúcifer pode estar entre os assuntos mais contenciosos de todos.

Muitos leitores provavelmente entrarão na discussão com noções (fruto do sistema de controle) pré-concebidas e gatilhos emocionais que são difíceis de serem deixados de lado, mesmo apenas pelo tempo que leva para ler este artigo. Mas coloque as suas emoções sobre o assunto à margem, caso existam, pois devemos agir assim, se quisermos ter uma conversa frutífera sobre este tópico controverso.

Eu não estou querendo convencer ninguém sobre uma opinião minha. Eu estou propondo elaborar uma reflexão para compreensão de quem e o que Lúcifer é que eu acho que explica melhor todo o corpo de informações que está lá fora sobre ele. Além disso, essa explicação é a que mais ressoa com o paradigma que atualmente tenho sobre espiritualidade e meu entendimento sobre por que estamos aqui no lindo planeta Terra neste momento (crucial e definitivo para todos os seres encarnados).

O MAO  OCULTA

Algumas de minhas informações vêm de um tópico num fórum entre um autoproclamado “membro de uma família de linhagem sanguínea da elite governante” e membros do fórum que fazem perguntas à pessoa que está respondendo sob o apelido de “Mão (Hidden Hand)  Escondida”. Eu encontrei esta informação e a entendi particularmente como “iluminando” vários pontos sobre o personagem Lúcifer.

Contexto

Um entendimento geral com o qual eu trabalho sobre a nossa vida aqui no planeta é que nós encarnamos nesta realidade da 3ª densidade’ para evoluir, individual e coletivamente, para dimensões superiores.  David Wilcock e outros falam sobre a nossa ascensão à 4ª dimensão como um evento que foi programado para ter início em torno do final do calendário maia em dezembro de 2012, e permanece iminente, como ele fala em seu livro The Ascension Mysteries .

Essa ascensão de nossas almas individuais e de grupo, desdobrando-se de acordo com os ciclos astronômicos aos quais nosso sistema solar está ligado, é o “movimento” espiritual por excelência de todos os seres sencientes em nosso universo, estejam eles concentrados em seus próprios avanços rumo à ascensão terminando em um retorno à unidade com o criador supremo, ou retendo-se por escolha (ou omissão) para ajudar outros seres a emergirem dessas densidades mais baixas. Este é o ‘jogo’ que foi criado, para dar vitalidade, direção, consciência e propósito a sua vida.

Criação

Uma maneira muito simples de explicar como a “Criação” funciona nesse contexto ajudará em nossa compreensão de quem é Lúcifer. Basicamente, o primeiro e único “Criador Supremo” não criou tudo o que existe como tal. O primeiro e único “Criador Supremo” criou incontáveis “sub-criadores”. Um sub-criador (também conhecido como “Logos“) poderia criar “sub-sub-criadores”. Em outras palavras, existe uma hierarquia ou ‘cadeia’ de “deuses” na criação que sai do ‘Supremo Criador’ não manifestado e chega até nós como almas individuais, que também são ‘criadores’ por seu direito próprio. Em termos simples, há seres criadores que são criadores de planetas, sóis, galáxias e até mesmo universos.

Quando perguntado “QUEM” nos criou diretamente, o Hidden-Hand respondeu assim:

“O Seu Criador (da humanidade, do “Adão e Eva” de BARRO), aquele que (alguns de) vocês chamam de “Javé”,  não é “DEUS” na medida em que sua bíblia se refere a ele como sendo “o ÚNICO e Verdadeiro Deus”. Ele é “um” Criador (ou Sub-Sub-Logos, ou seja um sub, sub “deus”) e não o Criador Infinito (por QUEM o próprio Yahweh foi CRIADO). Ele nem é um Logos de nível Galáctico ou solar, mas sim o (ATUAL) Logos Planetário para este planeta (a Terra).”

Fique comigo agora. Se pudermos considerar a possibilidade de que a criação seja multinível (multidimensional), e que no nível “planetário” o “criador” de um planeta tenha livre arbítrio para criar como quiser, então as histórias que ouvimos do livro de Gênesis, na Bíblia, nos levam adiante com mais significado.

Aparentemente, Javé decidiu criar um belo planeta que seria um paraíso, porque essencialmente o mal não existia e os seres humanos viviam em um estado de iluminados (ausência do “mal”), reverência e “obediência restrita” a ele (Javé) que estava fornecendo aos seres humanos tudo o que eles precisavam.

Não obstante, na ausência de conflito, desafio ou estresse, nem os humanos nem o próprio Javé estavam evoluindo para sua reunião e retorno ao “Supremo Criador” de tudo que é, foi e será. Como mencionamos anteriormente, é o “jogo” que todos nós nos inscrevemos para participar. Os humanos não tinham nenhum ‘livre arbítrio’ (DIREITO DE ESCOLHER) porque na “ausência do mal” em seu mundo “PERFEITO” as coisas eram ‘todas boas’ e não tinham nada para escolher. Entremos diretamente em Lúcifer.

LÚCIFER 

De acordo com o personagem “Mão Oculta” (Hidden Hand), Lúcifer (o ‘portador da luz’) é um avançado ser de 6ª densidade (ou uma ‘alma do grupo’ da sexta dimensão) que concordou em descer (a nossa) 3ª densidade aqui no planeta Terra para fornecer o ‘contexto’ pelo qual nós, os seres humanos poderíamos experimentar uma realidade planetária com o direito de “Livre Escolha” (ou Arbítrio). Esse contexto foi possível graças à introdução do “mal” no ambiente planetário.  Diante do “mal”, os seres humanos poderiam pela primeira vez escolher (e ter consciência de) algo “bom” em detrimento de outra coisa.

Hidden-Hand descreve como a polaridade e a presença do mal vieram pela primeira vez a acontecer na experiência da humanidade:

“(deus) Javé concordou que introduziríamos a possibilidade do livre-arbítrio (o direito de escolher viver de acordo com os seus desejos) aos habitantes da Terra, proporcionando-lhes uma oportunidade de escolha inicial, se eles “queriam” ou não assim proceder. Daí o conceito da “Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal” (ou, mais precisamente, o Conhecimento da Lei da Polaridade, da existência dos polos Positivo ou Negativo).”

“Javé leva sua criação para um novo ”jardim” (àquele, do “Éden”) e diz a eles que poderiam fazer o que quisessem (o homem e a mulher como representando a humanidade total), exceto uma coisa, criando assim o desejo de fazer a única coisa que lhes foi dito que eles não poderiam fazer, desde modo dando a OPORTUNIDADE de exercer seu LIVRE ARBÍTRIO. Por isso, passou a haver uma “escolha, opção”. Nós (Lúcifer e seus seguidores) fornecemos o catalisador dizendo-lhes dos benefícios de obter conhecimento, então eles comem o “fruto” da “Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal” e o resto é história”.

Por isso, Lúcifer “tenta” (e TESTA) a humanidade em um mundo agora polarizado, pois a polaridade é o contexto pelo qual o conhecimento (entre o BEM e o MAL) pode ser adquirido e o DISCERNIMENTO ser desenvolvido. Em essência, Lúcifer concordou em desempenhar um papel muito desafiador em nosso planeta, a fim de ser um catalisador de nossa evolução para as densidades mais altas.

Não se trata de um endosso da “Doutrina Luciferiana”. Embora Lúcifer aqui tenha sido caracterizado como um ser Portador da Luz e do conhecimento altamente evoluído...  não estamos apoiando os princípios ou à prática da “Doutrina Luciferiana”. 

RESUMO

  • Os fatos: A “Queda de Lúcifer” pode ser entendida como o cumprimento de um acordo para trazer a POLARIZAÇÃO à Terra, a fim de criar dualidade e, portanto, a possibilidade de termos o direito de livre escolha (LIVRE ARBÍTRIO). Lúcifer é uma alma de grupo que se individualizou através de 13 linhagens sanguíneas aqui na Terra.

  • Refletir sobre: Como nossos relacionamentos interpessoais mudariam se acreditássemos que todo o mal em nosso mundo estava realmente aqui para nos permitir ter livre arbítrio? Como isso afetaria nossa evolução pessoal? 

  • Como descrevemos acima, Lúcifer é considerado uma ‘alma de grupo’ altamente evoluída, tendo atingido a 6ª dimensão, enquanto o nosso mundo está atualmente na 3ª densidade em transição para a 4ª densidade e além. O conceito de “alma de grupo” é importante aqui, pois sugere que, à medida que as almas individuais evoluem para a reunião com o Criador Uno, elas se reúnem em subgrupos de consciência cada vez maiores, de onde vieram.

Neste contexto, a “Queda de Lúcifer” é na verdade baseada em um acordo entre Lúcifer e o Logos planetário (o deus criador responsável pela Terra conhecido como Javé (Yahweh). O acordo era destinado a introduzir a polarização, o “mal” no planeta a fim de promover a possibilidade do uso do LIVRE ARBÍTRIO pelos seres humano e subsequentemente acelerar a própria evolução humana.

O Anjo caído

Na Bíblia há referência à queda de Lúcifer, caracterizada como um “castigo” de Deus por ele ser um anjo egocêntrico que aspirava estar acima do único Deus Todo-Poderoso:

“Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo”.  Isaías 14:12-15

O que isso de fato representa é a “ira de Javé” contra sua população humana, tendo desobedecido a ele e sucumbindo à tentação de Lúcifer no “jardim do Éden”. Javé/Yahweh havia aceitado com relutância a proposição de que seus “súditos” (escravos) humanos recebessem o direito de ter seu livre arbítrio, e na verdade seguiu em frente acreditando que a humanidade não o desobedeceria.

Como Deus, o Criador, poderia ficar com raiva?

Javé não é o único criador, mas simplesmente o criador/responsável de apenas UM planeta, a nossa Terra, e como logos planetário ele não evoluiu além da raiva, inveja e vingança além de outros sentimentos “tão humanos” para uma divindade.  Apesar de ser plenamente consciente e muito poderoso, a alma/espírito de Javé não cresceu muito desde a criação do planeta e da humanidade. É, de fato, a evolução da raça humana que é o veículo para a própria evolução de Javé rumo à dimensões mais altas.

Lúcifer Confinado nos Planos Astrais da Terra

E assim Javé jogou sua ira, não apenas sobre a sua população humana – o que está bem documentado no Antigo Testamento – mas também sobre Lúcifer. Ele confinou a alma de grupo conhecida como Lúcifer aos planos astrais da Terra. A “queda da graça” de Lúcifer é na verdade uma conseqüência do ciúme de Javé/Yahweh, porque Lúcifer, como uma alma do grupo de 6ª densidade, se tornou um ser mais evoluído que Javé.

Aqui está como Hidden-Hand explica o retorno das ações de Javé:

“Agora que o livre-arbítrio havia sido concedido, Javé não podia retratá-lo, e temos que ficar aqui como contratados para continuar a fornecer ao planeta a escolha da polaridade. Desde então, Javé nos confinou (como uma Alma de Grupo) aqui dentro dos Planos Astrais da Terra (o que é muito restritivo e desconfortável para um Ser de nossa Sabedoria e experiência).”

“O Conselho de Anciãos nos deu a escolha de sermos libertados (contra a vontade de Javé)...  mas no cancelamento do nosso contrato para “servir” o planeta terra (ou permanecer e cumprir nossa designação) temos que suportar a auto-proclamada “ira” de Yahweh. Nós ficamos, mas como um resultado cármico do confinamento de nosso grupo de alma por Javé... e nossas almas individualizadas receberam o mandato (pelo Conselho) de “governar” o povo de Javé durante nossas encarnações físicas aqui em seu planeta.”

O fato de que as almas individualizadas do grupo de Lucifer receberam o mandato de “dominar o povo de Yahweh” é de suma importância. Isso nos dá uma compreensão muito maior e mais profunda da natureza da presença do MAL neste planeta. As referências negativas, feitas muitas vezes a um grupo nefasto como a “‘Cabala”‘ ou os ”Illuminati” que comanda o planeta... parecem ser validadas nesta visão geral.

As 13 linhagens sanguíneas

Com efeito, devido ao karma que Javé criou por seus pequenos atos de ciúme e raiva, a alma de grupo chamada “Lúcifer” não estaria simplesmente atiçando de longe as chamas do mal no planeta, mas as almas individualizadas daquela alma de grupo encarnariam na Terra através de 13 linhagens sanguíneas para realmente governar o planeta a partir de um nível muito mais alto de consciência e autoconsciência que os humanos teriam.

A “encarnação” original parece corresponder aos Nephilim ou “Anjos Caídos”, cuja integração na raça humana é descrita em Gênesis 6: 4:  “Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama”.  Gênesis 6:4

Eles conscientemente entenderam seu papel na Terra, e tiveram uma estrutura para manter a coesão em seu papel de governantes, por meio do entendimento de que fazem parte da “Família”, um entendimento que é transmitido por todas as gerações. O Hidden-Hand, na verdade, identifica-se como um ‘membro geracional’:

“Eu sou um membro geracional de uma Família Governante das Linhagens Sanguineas, a nossa linhagem pode ser rastreada para além da antiguidade. Desde os primeiros tempos de sua “história” (humana) gravada, e além, nossa Família tem “direcionado” (e comandado) o “jogo” por trás das cenas no planeta, de uma forma ou de outra”.

“Existem 13 linhagens originais ‘base’ ou ‘núcleo’. No entanto, existem muitas outras linhas que surgem delas, assim como os rios dos oceanos. Se você imaginar as 13 linhas originais como cores primárias, que podem ser misturadas para criar uma vasta gama de outras cores, então você terá alguma compreensão.  Mais uma vez, não há concorrência, apenas a família”.

Disciplinas de treinamento dentro da família

A Família, então, parece ser essencialmente a alma do grupo de Lúcifer, cujos membros centrais se unificam em torno de seu propósito único e original, para fornecer o catalisador para o crescimento humano, desempenhando o papel de controlar os governantes do planeta. Eles fazem isso, de acordo com a Hidden Hand, por meio de um programa muito abrangente de treinamento de membros da família em áreas-chave da influência humana:

“Existem seis disciplinas de treinamento dentro da Família, e cada membro da Família é educado extensivamente em todos eles, desde a primeira infância. Todos nós temos uma área de especialidade, embora tenhamos experiência em todas as esferas. As seis esferas ou “escolas” de aprendizado são: militar, governamental, espiritual, bolsa de estudos, liderança e ciências. Na prática, no “palco” da vida pública, ocupamos posições-chave em todas essas áreas importantes. Com a adição da máquina da mídia como cúmplice e o controle da propriedade de seus estabelecimentos financeiros (bancos), todas as bases (do sistema de controle) estão cobertas”.

A Influência da Mão (Hidden Hand) Escondida

Essas posições de poder não são sobre QUEM primeiro pensamos – os políticos, generais, chefes de empresas, empresários, banqueiros, até mesmo a monarquia visível. Em referência a uma pergunta sobre a realeza britânica, Hidden-Hand disse o seguinte:

“A realeza britânica não é da linhagem mais poderosa (das treze famílias). Os nomes que você conhece não possuem o poder antigo real. Existem outros acima dessas linhagens na Hierarquia. Você não saberá os nomes dessas linhagens”.

Assim, as almas individualizadas de Lúcifer de fato desempenham o papel de uma  mão oculta e detêm o verdadeiro poder por trás daquelas pessoas, organizações e instituições que parecem exercer a maior autoridade em nosso mundo.  Essas poderosas almas luciferianas, na verdade, perpetram o mal no mundo, ou estão apenas incitando o mal dentro dos seres humanos? 

RESUMO:

  • Os fatosO envolvimento de Lúcifer nos assuntos humanos culmina na colheita vindoura onde, de acordo com a HIDDEN HAND, alguns ascenderão positivamente, alguns ascenderão negativamente, e alguns terão que permanecer (em outros planetas POLARIZADOS semelhantes à Terra atual, isto é, em 3ª dimensão) por outro ciclo inteiro (talvez milhares de anos) antes que a colheita venha novamente, em outro ambiente planetário.

  • ReflexãoVocê provavelmente se tornaria mais orientado a estar em serviço para os outros (ALTRUÍSMO) se soubesse que isso significaria a diferença entre ascender a uma NOVA era de ouro ou voltar a repetir um ciclo de longas eras (encarnando em outros) planetas de 3ª dimensão) antes de ter outra chance de EVOLUIR?

Ao tentar conciliar as opiniões muito polarizadas sobre Lúcifer – como o portador da luz e da sabedoria, por um lado, como a personificação do mal puro e da licenciosidade, por outro lado – torna-se importante visualizar nossa realidade como multicamadas, através das quais algo que parece muito real em um nível é determinado em um nível mais alto COMO SENDO uma mera ilusão (fruto da POLARIDADE), ainda que proposital.

Em última análise, no discurso espiritual, há apenas uma verdade que liga todas as tradições em sua raiz – o fato de que, no mais alto nível de percepção (O TAL do discernimento), somos todos um (e oriundos da MESMA FONTE). Tentar construir uma cosmologia espiritual que não provenha dessa verdade fundamental é onde começa a confusão e a contradição.

As Religiões Ocidentais são Baseadas na Dualidade

Enquanto as tradições espirituais orientais estão enraizadas na ideia de que dualidade – yin e yang – é o veículo imanente do movimento ao redor da roda do karma, as religiões ocidentais como o catolicismo, o islamismo e o judaísmo parecem ter se transformado em um sistema de crenças onde a dualidade ainda é presente na mais alta ordem da realidade. 

Parece haver uma estranha noção, por exemplo, de que o único Deus verdadeiro criou tudo, mas, de algum modo, parte de sua criação escorregou de seu alcance; que as forças do mal – chamam de Lúcifer, Satanás, o Diabo, seja o que for – estabeleceram algum tipo de “realidade independente” fora dos portões do Reino... assim retratam a luta entre o Bem e o Mal,  tão onipresente em todos os níveis da realidade. Onde há indícios de um completo retorno à unidade, isso só é visto como ocorrendo uma vez que Deus de alguma forma, interfere.

Há uma noção no catolicismo romano de que, se formos julgados como tendo sido “bons” nesta vida, iremos desfrutar do paraíso no Céu para a eternidade e, se formos julgados como “maus”, iremos sofrer no fogo do inferno pela eternidade.

Essa noção poderia generosamente ser chamada de simplificação excessiva. Mas é mais uma notável separação do princípio fundamental da auto-evidente “unidade” de Deus da qual emerge o discurso espiritual maduro. No final, o discurso católico existe e foi mantido para servir como uma das várias ferramentas e instrumento de controle para a Igreja Católica Romana (uma instituição controlada por… Lúcifer). 

Evolução Humana Através de Densidades

O desejo de “voltar ao Céu” que alguns de nós sentem intuitivamente está ligado a uma jornada muito mais longa e mais elaborada do que o dogma católico nos faz crer, envolvendo muitas e sucessivas encarnações pelas quais aprendemos e crescemos a fim de subir uma oitava entre dimensões mais elevadas’. 

Os humanos (ou as almas encarnadas dentro deles), procuram “retornar à Luz” e ao Amor, de onde vieram, à medida que iniciam a jornada de progressão, da 3ª dimensão até a 8ª dimensão, e o retorno ao Infinito ÚNICO (a UNIDADE primordial).

À medida que atingimos dimensões mais elevadas, é natural para nós, como almas individuais, começar a retornar aos “grupos” de consciência de onde viemos. Assim, uma vez que nos aproximemos da 6ª Densidade, cada um de nós provavelmente terá começado a assimilar nossa ‘identidade’ individual (a espiritual) com outras almas que vemos como parte de nós.

O papel de Lúcifer na evolução da ALMA humana

O papel de Lúcifer tem sido o de estimular os seres humanos a evoluírem da 3ª Densidade para a 4ª Densidade, que alguns chamaram de “Ascensão”. Como descrito em uma edição anterior, os habitantes da Terra viviam em um paraíso, mas não havia possibilidade de evolução, porque havia uma falta significativa de dualidade (ou seja, bem e mal) e, portanto, não há liberdade real de qualquer tipo de escolha a não ser obedecer. A decisão da Humanidade de participar da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal através da tentação de Lúcifer, colocou a humanidade em um curso de evolução para a 4ª dimensão que tem sido amplamente profetizado para estar prestes a ocorrer neste exato momento em nossa história:

Pergunta: O momento atual já é o fim dos tempos, conforme descrito no livro de revelações ou Apocalipse?

Mão-Escondida:  Sim. Não apenas descrito no livro de Apocalipse, mas também nas profecias de praticamente todas as religiões, filosofias espirituais e tradições de misterio ao longo da história. Esta hora está agora à mão. Para usar o seu próprio exemplo, no entanto citamos: 

“E olhei, e eis uma nuvem branca, e assentado sobre a nuvem um semelhante ao Filho do homem, que tinha sobre a sua cabeça uma coroa de ouro, e na sua mão uma foice aguda. E outro anjo saiu do templo, clamando com grande voz ao que estava assentado sobre a nuvem: Lança a tua foice, e sega; a hora de segar (colher) te é vinda, porque já a seara da Terra está madura. E aquele que estava assentado sobre a nuvem meteu a sua foice à Terra, e a Terra foi segada (a Colheita)”.  Apocalipse 14:14-16

A “Terra” esta de fato madura para a colheita. A questão é: QUEM estará pronto? E a Colheita será Positiva ou Negativa?

A Colheita

A ‘colheita’ descrita aqui pelo Mão Oculta (Hidden Hand) é comparada ao ‘dia do julgamento’, pelo qual na hora escolhida o trigo deve ser separado do joio, significando a separação do bem do mal. A boa vontade “ascende” a uma densidade mais alta e desfruta dos frutos de seus PRÓPRIOS esforços para evoluir. 

Durante esta Ascensão, haverá uma divisão de três vias para as almas que habitam a Terra. Aqueles da Polaridade predominantemente Negativa, nos acompanharão à medida que nos formos graduando através da Colheita Negativa (ou Serviço para Si Mesmo-EGOÍSMO). Nós (lúciferianos) criaremos uma nova Terra de 4ª Densidade, baseada na Polaridade do Auto-atendimento Negativo.

Devemos “trabalhar” nossa própria parte do efeito Kármico Negativo incorrido em toda a negatividade criada neste planeta.  Uma vez que o tenhamos feito isso, seremos libertados para mais uma vez assumir nosso lugar como Guardiões da Sexta Densidade e Professores de Sabedoria em toda a Galáxia.

Aqueles da Polaridade predominantemente Positiva (Amor e Luz) Ascenderão a uma bela Terra da 4ª Dimensão, onde começarão a trabalhar sobre o seu aprendizado e demonstração de Amor e Compaixão. Será uma época muito bonita e “dourada”. A 4ª Dimensão começa a se abrir para voce os seus Verdadeiros Poderes como um aspecto único e individualizado do Infinito ÚNICO (a UNIDADE primordial).

Você realizará obras e maravilhas do tipo daquele que vocês chamam de “Jesus” prometeu que voces fariam “coisas ainda maiores do que estas” (os “milagres” que ele praticou). Será um momento muito mágico para vocês.

Para a maioria dos Humanos na Terra que poderiam ser considerados, diríamos em estado “morno” (nem quente [Luz} nem frio [Trevas}, os “omissos”, eles experimentarão um período de (o que parecerá “extático”) tempo zero, onde vocês se sentirão totalmente Um com o Criador, dando a você um lembrete encorajador e um vislumbre de quem você realmente é, antes que o véu do esquecimento mais uma vez desça sobre você, e você será transportado para outro planeta da 3ª Densidade (uma espécie de ‘Réplica da Terra’), para continuar trabalhando em si mesmo e aprendendo que a vida aqui é toda sobre fazer escolhas.

Você permanecerá “em quarentena” encarnando na 3ª Densidade até o tempo da próxima Colheita; Em um tempo que você terá que ter provado a si mesmo que aprendeu a ser mais Positivo, focado mais em servir aos outros (ALTRUÍSTA), ao invés de procurar apenas servir a si mesmo (egoísta).

Enquanto todo o propósito deste exercício da parte de Lúcifer é ajudar tanto a humanidade a ter uma ascensão positiva para a 4ª dimensão, Hidden-Hand nos diz que para Lúcifer ter sucesso em seu contrato particular com Javé eles devem trazer humanos junto com eles para uma nova Terra de 4ª densidade...  

Junto com Lúcifer, esses humanos terão que passar pelo árduo processo de trabalhar seu karma na 4ª dimensão, a fim de passar para a orientação positiva ou de serviço para os outros. Não há outro caminho para ascender à 5ª Densidade, porque a energia na 5ª densidade torna impossível a predominância de uma orientação predominantemente de serviço para SI MESMO (egoísta). O processo de trabalhar com o karma negativo na 4ª densidade é provavelmente a coisa mais próxima do “Inferno” nessa cosmologia.

A Inércia... a apatia da Alma

A questão principal aqui, no entanto, é o grupo humano intermediário. Hidden-Hands nos diz que, para ascender positivamente, os seres humanos devem ser pelo menos 51% positivos, o que significa que pouco mais da metade do tempo seus pensamentos, palavras e ações precisam estar ao serviço dos outros. 

A fim de ascender negativamente, os seres humanos devem ser um completo 95% de auto-serviço egoísta, o que significa que quase todos os seus pensamentos, palavras e ações devem ser egoístas. Isso deixa o grupo do meio, que fica entre 5% e 51% positivo. Hidden-Hand observa que  você pode se surpreender com quantas pessoas no planeta estão longe de chegar a 51% de positivo”.

O maior desafio no que Hidden-Hand chama de “o jogo”, que é o elaborado caminho da evolução através das densidades que todas as almas neste universo se inscreveram, é motivar as almas a fazer o esforço para subir a escada da ascensão... e ao mesmo tempo não infringir o livre-arbítrio de qualquer outra alma. As almas são propensas à inércia se as circunstâncias criadas não forem favoráveis, como vimos no Jardim do Éden. Mas a extensão da crueldade, do horror e do mal que vemos em nosso mundo hoje – algo que podemos atribuir diretamente a Lúcifer – é realmente necessário para esse fim? 

Autor: Richard Enos

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Fonte1:  https://www.collective-evolution.com/

Fonte2: www.thoth3126.com.br

Arrogante, ignorante, sem educação e blasfemo... este é Fábio Porchato... o cara que devemos boicotar, não assistir, não prestigiar e quando ele ofender o “Mestre Maior” em filminho lixo, vamos protestar!

 

“A única coisa positiva que Bolsonaro fez foi tirar o PT do poder”, diz Porchat

Em entrevista confusa, Porchat ainda chamou Lula de "safado" e declarou voto em Luciano Huck. Nas redes sociais, humorista foi chamado de "Luana Piovani de calças"

Uma entrevista recente do humorista Fábio Porchat repercutiu fortemente nas redes sociais. Em uma das frases mais polêmicas, o apresentador do GNT (Rede Esgoto de Televisão) afirma que “a única coisa boa que Bolsonaro fez foi tirar o PT”.

As confusões mentais expostas por Porchat na entrevista e a superficialidade com que ele colocou as suas ideias o tornaram um alvo perfeito para os internautas. O nome do humorista figurou entre os assuntos mais comentados do Twitter nesta quinta-feira (16).

Algumas pessoas compararam as falas de Porchat com as declarações de Luana Piovani, que tornou-se um símbolo de manifestações vazias contra a corrupção.  “Porchat sempre foi uma Luana Piovani de calças. Sua canastrice sempre passou mais, porque ele é homem e o machismo impera até nisso”, lembrou uma internauta.

“Porchat, não existe nada de positivo em um presidente que despreza minorias, sangra a educação e destrói a cultura de um país. Generalizar a corrupção mostra como você é raso no assunto, possivelmente reflexo de sua posição privilegiada”, criticou outro.

“O pessoal de Lula e do PT, que foi impedido por Bolsonaro de seguir no poder, é o mesmo que saiu em defesa da veiculação do filme do Porta dos Fundos. O pessoal de Bolsonaro, que tirou o PT, foi quem esperneou e tentou censurar o filme na Netflix. Eis o tamanho da ignorância política e ideológica de Porchat”, cravou mais um usuário.

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2020/01/porchat-lula-pt-bolsonaro.html (16.1.20)

'Democracia em vertigem' é indicado ao Oscar e irrita Jair Bolsonaro

 

Documentário brasileiro 'Democracia em vertigem' é indicado ao Oscar 2020, premiação mais importante do cinema internacional. Filme mostra o processo de impeachment de Dilma Rousseff e a crise política no Brasil. Irritado, Jair Bolsonaro dispara contra a obra.

O documentário “Democracia em vertigem”, da diretora brasileira Petra Costa, foi indicado a melhor documentário no Oscar 2020. O filme é impactante e mostra o processo de impeachment de Dilma Rousseff e a crise política no Brasil, e foi lançado pela Netflix em junho de 2019.

Nas redes sociais, Petra Costa celebrou a indicação do documentário ao Oscar 2020. “Estamos absolutamente emocionados e extasiados por nossos colegas terem reconhecido a urgência deste filme, e honrados por estarmos na companhia de documentários tão importantes.”

A diretora mineira Petra Costa, de 36 anos, assinou os documentários “Elena” (2012) e “Olmo e a gaivota” (2014), premiados respectivamente nos festivais de Brasília e do Rio. Esta é sua primeira indicação ao Oscar.

A cerimônia dos melhores do cinema acontece no dia 9 de fevereiro em Los Angeles. Confira todos os filmes que concorrem ao Oscar 2020 na categoria ‘Melhor Documentário’:

♦ “American factory”
♦ “The cave”
♦ “Democracia em vertigem”
♦ “For Sama”
♦ “Honeyland”

Jair Bolsonaro se irrita...

Nesta terça-feira (14), o presidente Jair Bolsonaro classificou o documentário ‘Democracia em vertigem’ como ficção e disse que a obra é boa “para quem gosta do que urubu come”.

Em entrevista na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro foi perguntado se tinha algum comentário sobre a indicação do filme ao prêmio mais famoso da indústria cinematográfica.

“Ficção. Para quem gosta de, para quem gosta do que urubu come, é um bom filme”, respondeu Bolsonaro, aparentemente irritado. Questionado se tinha assistido o documentário, o presidente respondeu: “Eu vou perder tempo com uma porcaria dessa?”

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2020/01/democracia-em-vertigem-e-indicado-ao-oscar-e-irrita-jair-bolsonaro.html

História da ”Dinastia Rothschild”

 

História dos judeus khazares da ”Casa de Rothschild’‘ e sua “INFLUÊNCIA” nefasta na história do mundo ocidental (Europa, Américas, Oriente Médio, Europa do Leste e Rússia) 

Controle, controle e mais controle

Os Rothschilds têm estado no controle do mundo ocidental há muito tempo, especialmente através da manipulação, corrupção e especulação no controle do sistema financeiro ocidental, seus tentáculos atingindo muitos aspectos de nossas vidas diárias, como está documentado no artigo a seguir. No entanto, antes de irmos para a linha do tempo, vamos ler esta introdução inestimável que nos ajudará a entender claramente quem são os Rothschilds em oposição a quem eles dizem ser.

Definição de sionismo: uma organização política dos chamados judeus khazares cujo objetivo foi criar uma nação no Oriente Médio para os judeus europeus.

Definição de Judaísmo: Judeus coletivamente que praticam uma religião baseada na Torá e no Talmude.

Khazares (*)Ashkenazis: Os Rothschilds alegam  que eles são judeus, quando na verdade eles são “khazares”.  Eles são da raça ariana caucasiana (não semita) de origem de um país chamado Khazaria, que ocupava as terras existentes entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, que agora é uma região predominantemente ocupada pela Ucrânia e Georgia. A razão pela qual os “judeus” khazares Rothschilds alegam ser judeus é que os khazares sob a determinação do seu rei,  em cerca de 740 d.C., foram convertidos à fé judaica, mas é claro que isso não inclui a conversão de seus genes do homem branco caucasiano ariano aos genes do povo judeu semita autêntico.

Eles são uma FARSA HISTÓRICA GIGANTESCA, e são uma parte importante de um plano maquiavélico para dominar o planeta.

Acima: O reino da Khazaria, conquistado pelos russos ao final do século XII, após intermináveis conflitos.

Entre 85 – 90% dos que se dizem Judeus atuais são, de fato, Khazares, um povo caucasiano  ariano da raça branca, NÃO SEMITA como o povo judeu original (da tribo de Judá). Você descobrirá que aproximadamente entre 85 – 90% das pessoas no mundo hoje que se dizem Judeus são na verdade Khazares, ou como eles gostam de ser conhecidos, Judeus Ashkenazi.

{*Asquenazes ou asquenazim (do hebraico אַשְׁכֲּנָזִי “ashkenazi”; plural אַשְׁכֲּנָזִים  ashkenazim) são os judeus  provenientes da região da Europa Central  e Europa Oriental. A palavra provém do termo hebraico medieval para Alemanha, chamada Ashkenaz  (em hebreu אשכנז). Nos dias de hoje, o termo  ashkenazim é utilizado para tratar das tradições dos judeus que viviam na Europa Oriental, assim como as de seus descendentes, espalhados por todo mundo após o holocausto.

Essas pessoas conscientemente mentem para o mundo com suas alegações de que a terra de Israel é deles por direito de primogenitura, quando na verdade sua terra natal real esta a mais de 1250 quilômetros de distância na atual Ucrânia e Geórgia. Vamos fingir que somos o povo eleito!

Então, da próxima vez que você ouvir um primeiro-ministro israelense falando sobre a suposta perseguição dos judeus, considere isso; todo primeiro-ministro de Israel tem sido um judeu khazar asquenazita.  Portanto, quando todos esses primeiros-ministros saíram a favor do restabelecimento de uma pátria judaica, eles deliberadamente mentiram para você, na medida em que os khazaress nunca foram daquela região, e eles sabem disso, porque são eles que chamam-se judeus (khazares) asquenazis. 

A Sinagoga de Satanás: A História Secreta da Dominação Mundial pelos Judeus Khazares

No “Livro do Apocalipse”, esta escrito: (“Conheço as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico), e a blasfêmia dos que se dizem judeus, e não o são, mas são a sinagoga de Satanás”. ( Apocalipse 2:9). 

“Eis que eu farei aos da sinagoga de Satanás, aos que se dizem judeus, e não o são, mas mentem: eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés, e saibam que eu te amo”.  (Apocalipse 3:9). 

A linhagem da família judia/khazar mais rica do mundo, e os líderes dos judeus khazares no mundo de hoje, é a Família Rothschild. Como você verá na linha do tempo abaixo, os Rothschilds obtiveram essa posição através de mentiras, manipulação sedição, traição, golpes, fomentando e financiando guerras e assassinato.  

1834:   O líder revolucionário italiano, Guiseppe Mazzini, é selecionado pelos Illuminati para dirigir e implantar seu programa revolucionário em todo o mundo e serviria nessa capacidade até sua morte em 1872.

1835:   Em 30 de janeiro, um assassino tenta atirar no Presidente Jackson, dos EUA, mas milagrosamente ambas as pistolas do assassino falharam. O Presidente Jackson afirmaria mais tarde que sabia que os Rothschilds eram responsáveis ​​por essa tentativa de assassinato.  Ele não é o único, o assassino, Richard Lawrence, que foi considerado inocente por motivo de insanidade, mais tarde se gabou de que pessoas poderosas na Europa o haviam contratado e prometeram protegê-lo caso fosse pego.

Os Rothschilds adquirem os direitos de exploração nas minas de mercúrio Almadén na Espanha. Esta era na época a maior concessão do mundo e como mercúrio é um componente vital no refinamento de ouro ou prata, isso deu aos Rothschilds um virtual monopólio mundial sobre o produto.

1836:  Após seus anos de luta contra os Rothschilds e seu banco central na América, o presidente Andrew Jackson finalmente conseguiu expulsar o banco central dos Rothschilds dos EUA, quando a carta do banco não foi renovada. Não seria até 1913 que os Rothschilds seriam capazes de estabelecer seu terceiro banco central na América, o Federal Reserve, e para garantir que nenhum erro fosse cometido, desta vez eles colocariam um de sua própria linhagem, Jacob Schiff, responsável pelo projeto. Nathan Mayer Rothschild morre na Inglaterra e o controle de seu banco, N.M. Rothschild & Sons é passado para seu irmão mais novo, James Mayer Rothschild.

1837:  Os Rothschilds enviam um dos seus, August Belmont, um judeu Khazar Ashkenazi, para a América para salvar seus interesses bancários derrotados pelo Presidente Andrew Jackson.

1840:  Os Rothschilds se tornam corretores de ouro do Banco da Inglaterra. Eles montam agências na Califórnia e na Austrália, onde grandes jazidasdo metal foram descobertas.

1841: O Presidente John Tyler (o 10º Presidente dos Estados Unidos de 1841 a 1845) vetou o ato de renovar o regulamento do Banco dos Estados Unidos. Ele passa a receber centenas de cartas ameaçando-o de assassinato.

1844: Salomon Mayer Rothschild adquire as “United Coal Mines de Vítkovice” (hoje na República Tcheca) e a “Austro-Hungarian Blast Furnace Company”, que se tornaria uma das dez principais empresas industriais do mundo. Benjamin Disrael,  um judeu khazar asquenazi (que viria a se tornar o primeiro-ministro britânico duas vezes – o único judeu khazar a conseguir esta façanha) publica o livro Coningsby, no qual ele caracteriza Nathan Mayer Rothschild como “o Senhor e Mestre dos mercados monetários” do mundo, e, claro, praticamente Senhor e Mestre de todo o resto. Ele literalmente penhorou as receitas do Sul da Itália para si, e monarcas e ministros de todos os países “cortejavam seus conselhos e foram guiados por suas sugestões “.

1845:  “Eu matei o banco!” : O Grande Patriota Americano, Andrew Jackson (7º Presidente dos Estados Unidos) morre. Antes de sua morte, ele é questionado sobre o que considerou sua maior conquista. Ele responde sem hesitação,  “Eu matei o banco”, isto é em referência ao fato de que ele baniu o Segundo banco central controlado pelos Rothschilds, o Banco dos Estados Unidos em 1836.  Jacob (James) Mayer Rothschild (que se casou com sua sobrinha, Betty Salomon, filha de Mayer Rothschild), agora conhecido como Barão James de Rothschild, ganha contrato para construir a primeira linha ferroviária principal em toda a França. 

1847:  Lionel De Rothschild agora casado com a filha de seu tio, Kalmann (Carl) Mayer Rothschild, é eleito para a sede parlamentar da cidade de Londres. Um requisito para entrar no parlamento britânico era fazer um juramento na verdadeira fé de um cristão. Lionel De Rothschild recusou-se a fazer isso porque era judeu e sua cadeira no parlamento permaneceu vazia por 11 anos até que novos juramentos fossem permitidos. Ele deve ter sido um representante inestimável para o seu eleitorado, tendo em mente que ele nunca poderia votar em qualquer projeto de lei na medida que ele nunca entrou no parlamento! Eu me pergunto como ele conseguiu manter seu assento parlamentar por 11 anos?

1848:  Karl Marx, um judeu khazar asquenazi, publica o Manifesto Comunistaem parceria com Friedrich Engels. O “Manifesto Comunista” (Das Kommunistische Manifest), originalmente denominado “Manifesto do Partido Comunista” (em alemão: Manifest der Kommunistischen Partei), publicado pela primeira vez em 21 de fevereiro de 1848, é historicamente um dos tratados políticos de maior influência mundial.

Comissionado pela Liga dos Comunistas e escrito pelos teóricos fundadores do comunismo Marx e Engels, expressa o programa e propósitos da Liga.  Curiosamente, ao mesmo tempo em que ele está trabalhando nisso, Karl Ritter, da Universidade de Frankfurt, estava escrevendo a antítese que formaria a base para o “nietzscheanismo”.

Este “nietzscheanismo” foi desenvolvido mais tarde no fascismo e então no Nazismo e foi usado para fomentar a primeira e segunda guerras mundiais. Marx, Ritter e Nietzsche foram todos financiados e atuaram sob a instrução dos Rothschilds. 

A ideia era que aqueles que dirigiam a conspiração geral pudessem usar as diferenças nessas duas chamadas ideologias para permitir que dividissem facções cada vez maiores da raça humana em campos opostos, para que pudessem estar armados e depois sofrerem uma lavagem cerebral para combater e destruírem-se uns aos outros, e particularmente, para destruir todas as instituições políticas e religiosas. 

1849:  Gutle Schnaper, esposa de Mayer Amschel Rothschild, morre. Antes de sua morte ela afirmaria indiferente: “Se meus filhos não quisessem guerras, não haveria nenhuma”. 

1850:  Começa nesta década a construção dos castelos senhoriais de Mentmore na Inglaterra e Ferrières na França e  mais Rothschilds Manors seguirão surgindo por todo o mundo, todas cheias de obras de arte. Acredita-se que a de Jacob (James) Rothschild na França valha $ 600 milhões de francos, e que nessa época possuía cerca de $ 150 milhões de francos a mais do que todos os outros banqueiros da França somados juntos.

1852:  Na Inglaterra a N.M. Rothschild & Sons começa a refinar ouro e prata para a Royal Mint e o Bank of England e outros clientes internacionais.

1853:  Nathaniel de Rothschild, genro de Jacob (James) Mayer Rothschild, compra o castelo Mouton Brane, o vinhedo de Mouton de Bordeaux, e o chama de Château Mouton Rothschild (hoje uma famosa vinícola da região de Médoc, França, localizado na comuna de Pauillac)

Ela produz um dos mais prestigiados vinhos de Bordeaux. O Château Mouton Rothschild é um “Premier Grand Cru Classé”, de acordo com a classificação oficial dos vinhos de Bordeaux 1855.  Propriedade do ramo inglês da família Rothschild desde 1853, o Mouton Rothschild é particularmente famoso por duas razões (além da excelência dos seus vinhos).

1854: Caroline Stern, esposa de Salomon Mayer Rothschild, morre.

1855:  Amschel Mayer Rothschild morre. Salomon Mayer Rothschild morre. Kalmann (Carl) Mayer Rothschild morre, como vimos, não importa a riqueza e o poder, um dia todos morrem mesmo os Rothschilds (eles acabam voltando e reencarnando dentro da própria família.)

1858:  Lionel De Rothschild finalmente toma seu assento no parlamento quando a exigência de prestar juramento na fé verdadeira de um cristão é ampliada para incluir outros juramentos. Ele se torna o primeiro membro judeu do parlamento britânico.

1861: O presidente Abraham Lincoln (16º presidente dos Estados Unidos de 1860 até seu assassinato em 1865) se aproxima dos grandes bancos em Nova York para tentar obter empréstimos para apoiar a guerra civil americana em curso. Como esses grandes bancos estavam fortemente sob a influência dos Rothschilds, eles oferecem-lhe um acordo de empréstimo que eles sabiam que ele não poderia aceitar, com 24% a 36% de juros em todas as verbas emprestadas. Lincoln fica muito zangado com esse alto nível de juros e, por isso, ele imprime (emite) seu próprio dinheiro livre da dívida e informa ao público que isso agora é moeda legal para dívidas públicas e privadas.

1862:  Até abril, US$ 449.338.902,00 em dinheiro livre da dívida de Lincoln foram impressos e distribuídos. Ele afirma isso, Demos ao povo desta república a maior bênção que já tiveram, seu próprio papel-moeda para pagar suas próprias dívidas. Nesse mesmo ano, o The Times de Londres publica uma reportagem contendo a seguinte declaração:

Se essa política financeira tiver sucesso, com sua origem na Republica Norte-Americana, deverá se tornar um dispositivo adotado, então o governo (de qualquer país) obteria e forneceria seu próprio dinheiro sem custos (sem pagar JUROS a nenhum banqueiro parasita), e pagaria todas as suas dívidas e não teria mais dívidas, e teria todo o dinheiro necessário para continuar seu funcionamento. Assim ele se tornará próspero além de quaisquer precedentes na história dos governos “civilizados” (controlados) do mundo. Deste modo, os cérebros e a riqueza de todos os países irão para a América do Norte. Esse governo deve ser destruído ou ele vai destruir cada monarquia existente no globo.”

1863:  O presidente Abraham Lincoln descobre que o czar da Rússia, Alexandre II (1855 – 1881), estava tendo problemas com os Rothschilds, pois ele recusava suas tentativas contínuas de estabelecer um banco central na Rússia. O czar, então, dá ao presidente Lincoln uma ajuda inesperada na Guerra Civil Americana. O czar emitiu ordens de que se a Inglaterra ou a França intervieram ativamente na Guerra Civil Americana e ajudassem o Sul Confederado, a Rússia consideraria tal ação uma declaração de guerra e ficaria do lado do Presidente Lincoln. Para mostrar que ele não estava brincando, ele enviou parte de sua poderosa frota naval do Pacífico para o porto de São Francisco, na costa oeste e outra parte para Nova York, na costa leste.

A casa bancária Rothschild em Nápoles, Itália, CM de Rothschild e Figli, fecha após a unificação da Itália. Os Rothschilds usam um dos seus próprios agentes e discípulo na América, John D. Rockefeller, para formar um negócio de petróleo chamado Standard Oil, que eventualmente assume o controle de toda a sua concorrência.

1864:  August Belmont Rothschild, que agora é o presidente nacional do Partido Democrata (nos EUA), apoia o general George McClellan como o candidato democrata a concorrer a eleição presidencial contra o presidente Abraham Lincoln na eleição daquele ano. Para a ira de Belmont, o presidente Lincoln vence a eleição.

1865:  Em uma declaração ao Congresso, o Presidente Abraham Lincoln afirma:  “Eu tenho dois grandes inimigos, o Exército do Sul na minha frente e as instituições financeiras às minhas costas (em Wall Street). Dos dois, o que está na minha retaguarda é meu maior inimigo.” 

Mais tarde naquele ano, em 14 de abril, o presidente Lincoln é assassinado, menos de dois meses antes do fim da Guerra Civil Americana. As últimas tropas sulistas renderam-se em 28 de junho de 1865. Após um breve período de treinamento no Rothschilds London Bank, Jacob Schiff, um Rothschild, nascido na casa da dinastia em Frankfurt, chega aos Estados Unidos aos 18 anos, com instruções e o financiamento necessário para comprar uma casa bancária lá. O objetivo disso foi realizar as seguintes tarefas.

  1.  Obter o controle do sistema monetário americano através do estabelecimento de um banco central.
  2.  Encontrar homens desejáveis, que por um preço, estariam dispostos a servir como lacaios dos Illuminati e promovê-los a altos escalões no governo federal, no Congresso, na Suprema Corte e em todas as agências federais.
  3.  Criar disputas por grupos minoritários em todos os estados, particularmente visando os brancos e negros.
  4.  Crie um movimento para destruir a religião nos Estados Unidos, com o cristianismo como alvo principal.

Nathaniel de Rothschild torna-se membro do Parlamento para Aylesbury em Buckinghamshire.

1868:  Jacob (James) Mayer Rothschild morre, logo depois de comprar o Chateau Lafite, um dos quatro vinhos grands premier grand crues da França. Ele é o último dos filhos do patriarca Mayer Amschel Rothschild a morrer.

1870:  Nathaniel de Rothschild morre. “Vamos todos usar nossos lenços !!!”

1871:   Um general americano do sul confederado (luciferiano, maçom “grau 33” e marionete dos Rothschild) chamado Albert Pike,  que foi seduzido pelos Illuminati por Guissepe Mazzini, completa seu projeto militar para criar três guerras mundiais e várias revoluções em todo o mundo, culminando em levar essa grande conspiração ao seu estágio final de implantação. A primeira guerra mundial deve ser travada com o propósito de destruir o czar na Rússia, como prometido por Nathan Mayer Rothschild em 1815.  O czar deve ser substituído pelo comunismo (a ideologia do judeu khazar Karl Marx) que deve ser usado para atacar e acabar com as religiões, predominantemente o cristianismo. As diferenças entre os impérios britânico e alemão devem ser usadas para fomentar essa guerra.

Os Illuminati como autores das guerras mundiais

Os defensores dessas teorias da “Conspiração”, citam a suposta existência de uma série de cartas escritas entre 1870  e 1871, prevendo as duas guerras mundiais (embora elas se tornassem conhecidas após as duas guerras) que seriam mantidas em um arquivo da biblioteca do Museu Britânico entre um general e maçom confederado, Albert Pike (na verdade o único representante da Confederação, enquanto um membro ativo da Ku Klux Klan, homenageado com uma estátua em Washington DC) e o maçom Giuseppe Mazzini, filósofo e político italiano, que procurou unificar os estados italianos e que supostamente tinha sido selecionado pelos Illuminati para dirigir suas operações mundiais em 1834. O Museu Britânico nega a existência de tais cartas. De acordo com William Guy Carr, uma das cartas é datada de 15 de agosto de 1871 e teria sido escrita por Pike para Mazzini:

Promoveremos três guerras que envolverão todo o mundo.

A Primeira Guerra Mundial deve decorrer de forma a permitir que os Illuminati derrubem o poder dos Czares da Rússia (e o comunismo judeu khazar de Karl Marx seja implantado na Rússia) e garantir que esse país se torne um bastião do comunismo ateísta. As divergências causadas pelos agentes Illuminati entre a Alemanha e a Inglaterra serão usados para fomentar esta guerra. No final da guerra, um mundo exausto pelos conflitos, não irá interferir no processo de construção da “nova” Rússia e no estabelecimento do comunismo global, que será usado de forma a destruir outros governos e ainda para enfraquecer e destruir as religiões.”

A Segunda Guerra Mundial deve ser fomentada de forma a tirar vantagem das diferenças entre as facções  ultraconservadoras e os políticos sionistas judeus khazares. Esta guerra tem de surgir de forma a que as ditaduras sejam destruídas e o sionismo político se torne forte suficiente para instituir um Estado soberano de Israel na  Palestina que era reivindicado desde tempos imemoriais pelas comunidades judaicas. Durante a Segunda Guerra Mundial, o comunismo internacional tem de se tornar forte suficiente de forma a contrabalançar a Cristandade (o Ocidente), o qual deverá então ser refreado e contido em cheque, até ao momento em que nós voltaremos a “necessitar dele” para o derradeiro cataclismo social.”

A Terceira Guerra Mundial tem de ser fomentada de forma a tirar vantagem das diferenças causadas pelos agentes Illuminati entre os políticos judeus khazares Sionistas e os líderes do mundo Islâmico. Esta guerra tem de ser conduzida de forma a que o Islã (Mundo Árabe Muçulmano) e o Sionismo político (Estado de Israel) se destruam mutuamente. Entretanto as outras nações, mais uma vez divididas nesta matéria serão constrangidas a lutar até ao ponto de completa exaustão física, moral, espiritual e econômica. Nós iremos então libertar os niilistas e os ateus, e então iremos provocar um formidável cataclismo social em que em todo o seu horror mostrará claramente a todas as nações as consequências do ateísmo absoluto, origem de selvageria e agitação sangrenta.

A segunda guerra mundial deve ser usada para fomentar a controvérsia entre o fascismo e o sionismo judeu khazar político (a “síndrome” do povo eleito), com o massacre dos judeus na Alemanha como um instrumento essencial para provocar o ódio contra o povo alemão.  Isto é projetado para destruir o fascismo (que os Rothschilds criaram) e aumentar o poder do sionismo político. Esta guerra também é projetada para aumentar o poder do comunismo ao nível que igualou o da cristandade unida. 

A terceira guerra mundial deve se desenrolar agitando o ódio do mundo muçulmano com a finalidade de jogar o mundo islâmico e os sionistas políticos um contra o outro arrastando o resto do mundo para uma guerra total, com seu palco principal sendo a Europa. Enquanto isso, as nações restantes seriam forçadas a lutar contra um estado de exaustão mental, física, espiritual e econômica.

A “religião” dos Illuminati é o Satanismo.

Em 15 de agosto de 1871, Albert Pike escreve uma carta (agora catalogada no Museu Britânico) para Guiseppe Mazzini na qual ele afirma o seguinte:

“Vamos libertar os niilistas e os ateus e provocaremos um grande cataclismo social que em todo o seu horror mostrará claramente a todas as nações o efeito do ateísmo absoluto, as origens da selvageria e da mais sangrenta turbulência”.

“Então, em todo lugar, o povo será forçado a se defender contra a minoria dos revolucionários mundiais e exterminará aqueles destruidores da civilização e as multidões desiludidas com o cristianismo cujos espíritos estarão a partir daquele momento sem direção e liderança e ansiosos por um ideal, mas sem saber para onde enviar sua adoração, receberá a verdadeira luz através da manifestação universal da pura doutrina de Lúcifer trazida finalmente à vista do público. Uma manifestação que resultará de um movimento reacionário geral que seguirá a destruição do cristianismo e do ateísmo; ambos conquistados e exterminados ao mesmo tempo.”

Pike, que foi eleito como Grande Soberano Comandante da Maçonaria do Rito Escocês da Jurisdição do Sul dos EUA em 1859, era o maçom mais poderoso da América. Ele manteria esse posto por 32 anos até sua morte. em 1891. Ele também publicou um livro sobre o assunto em 1872 – “Morais e Dogmas do Rito Escocês”, no qual ele afirma abertamente o seguinte:

“LUCIFER, o Portador da Luz! Nome estranho e misterioso para se dar ao Espírito das Trevas! Lúcifer, o Filho da Manhã! É ele quem carrega a Luz, e com seus esplendores e cega os (néscios) intoleráveis, as almas fracas, sensuais e egoístas.”

1873:  As deficitárias minas de cobre da Rio Tinto na Espanha são compradas por um grupo de financistas estrangeiros, incluindo os Rothschilds. Essas minas representavam a maior fonte de cobre da Europa.

1875:  No dia 1º de janeiro deste ano Jacob Schiff, agora genro de Solomon Loeb depois de se casar com sua filha, Teresa, assume o controle de uma casa bancária khazariana nos EUA. Ele passa a financiar a Stander Oil (atual EXXON) de Rockefeller, o Império das Ferrovias de Edward R. Harriman e Império de Aço de Andrew Carnegie. Isso é tudo com dinheiro de Rothschild. Ele então identifica os outros maiores banqueiros da América naquela época. Eles são, JP Morgan, que controla Wall Street, e os Drexels e os Biddles da Filadélfia. Todos os outros financistas, grandes e pequenos, dançaram à música dessas três casas. Schiff então consegue que os europeus Rothschilds criem filiais européias desses três grandes bancos, com o entendimento de que Schiff, e portanto Rothschild, será o chefe dos bancos em Nova York e, portanto, nos Estados Unidos.

O fundador da dinastia Rockefeller foi John Davison Rockefeller, descendente de judeus khazares alemães que chegaram nos EUA em 1733. Junto com a saga do grupo bancário Morgan e Warburg-Kuhn & Loeb-Lehman, constituiu o triunvirato plutocrático chamado Império do Oeste. Seu império de negócios foi concebido durante os anos da Guerra Civil (1861-1865) que opôs escravagistas do sul com os comerciantes e proprietários de terras do Norte industrial dos EUA.

A N.M. Rothschild & Sons realiza uma emissão de ações para levantar capital para o projeto do primeiro túnel do canal para ligar a França à Inglaterra, com metade de seu capital vindo da Compagnie du Chemin de Fer du Nord, controlada por Rothschild. Este ano Lionel De Rothschild também empresta ao primeiro-ministro da Inglaterra (um judeu khazar) Benjamin Disraeli o financiamento para o governo britânico para comprar ações no Canal de Suez, de Khedive Said do Egito. Isso foi feito porque os Rothschilds precisavam que essa rota de acesso fosse mantida por um governo que eles controlassem, para que pudessem usar as forças armadas desse governo para proteger seus enormes interesses nas rotas comerciais no Oriente Médio.

1876: Otto Eduard Leopold von Bismarck-Schönhausen, Príncipe de Bismarck, Duque de Lauenburg (Schönhausen, 1 de Abril de 1815 — Aumühle, 30 de Julho de 1898)} afirma:  

A divisão dos Estados Unidos em duas federações de igual força foi decidida muito antes da guerra civil pelo alto poder financeiro da Europa. Estes banqueiros temiam que os Estados Unidos, se permanecessem em um bloco e como uma nação, alcançaria independência econômica e financeira, o que perturbaria a dominação financeira sobre o mundo do clã Rothschild. A vontade e interesses dos Rothschilds predominava acima dos interesses de nações e povos. Eles previam o espólio tremendo a ser abocanhado se pudessem substituir duas vigorosas democracias, endividadas aos financistas, pela vigorosa República, confiante e auto-suficiente. Por isso, eles começaram a enviar os seus emissários a fim de explorar a questão da escravidão e, assim, cavar um abismo entre as duas partes da emergente República norte americana”. 

1879:  Lionel de Rothschild morre.

1880: Os agentes de Rothschild começam a fomentar uma série de “progrons” predominantemente na Rússia, mas também na Polônia, Bulgária e Romênia. Esses pogroms resultaram no massacre de milhares de judeus inocentes, causando a fuga de aproximadamente dois milhões de judeus, principalmente para Nova York, mas também para Chicago, Filadélfia, Boston e Los Angeles. 

A razão pela qual esses pogroms foram iniciados foi criar uma grande base judaica na América, que quando eles chegassem e começassem a agir, seria educada para se registrar como eleitores democratas. Cerca de vinte anos depois, isso resultaria em uma enorme base de poder democrata nos Estados Unidos e seria usado para eleger homens de frente e marionetes dos Rothschild, como Woodrow Wilson, para a presidência, para cumprir as ordens dos Rothschilds. 

1881: O Presidente James A. Garfield (20º Presidente dos Estados Unidos que durou apenas 100 dias) declara duas semanas antes de ser assassinado:  

“Quem controla o volume de dinheiro em nosso país é o mestre absoluto de toda indústria e comércio… e quando você percebe que todo o sistema é muito facilmente controlado, de uma forma ou de outra, por alguns homens poderosos no topo, você não precisa ser informado de como os períodos de inflação e depressão se originam”.

Edmond James de Rothschild tem um filho, Maurice de Rothschild.

1883:  Depois de 6.000 (cerca de 1.800 metros apenas) pés de túnel no projeto do túnel do Canal da Mancha sendo escavado, o governo britânico suspendeu o projeto citando o fato de que o túnel seria uma ameaça à segurança da Grã-Bretanha.

1885: Nathaniel Rothschild, filho de Lionel De Rothschild, torna-se o primeiro judeu a receber o título de Lord Rothschild e passa a fazer parte da nobreza inglesa..

1886:  O banco francês Rothschild, de Rothschild Frères, obtém a aquisição de quantidades substanciais dos campos petrolíferos russos e forma a Companhia do Mar Cáspio e do Mar Negro, que rapidamente se torna o segundo maior produtor de petróleo do mundo.

1887: O traficante de ópio na China, o judeu khazar Edward Albert Sassoon, casa-se com Aline Caroline de Rothschild, a neta de Jacob (James) Mayer Rothschild.  O pai de Aline Caroline, Gustave, juntamente com seu irmão, Alphonse, assumiu o braço francês dos Rothschild após a morte de seu pai Jacob. Os Rothschilds financiam a fusão das minas de diamantes de Kimberley na África do Sul. Eles se tornam, subseqüentemente, os maiores acionistas desta empresa, a De Beers, e das minas de pedras preciosas na África e na Índia. A familia judeu khazar de Sassoon é chamada de os Rothschild do Oriente e são os maiores traficantes de ópio do planeta.

1888:  Nasce Noémie Halphen, futura esposa de Maurice de Rothschild.

1891:  O líder trabalhista britânico faz a seguinte declaração sobre o tema dos Rothschilds,

Esta família sugadora de sangue tem sido causa de incontáveis ​​maquinações e miséria na Europa durante o presente século, e acumulou sua prodigiosa riqueza principalmente através do fomento de guerras entre Estados que nunca deveriam ter lutado entre si.  Sempre que há problemas na Europa, onde quer que seja. rumores de guerra circulam e as mentes dos homens estão perturbadas com medo de mudança e calamidade, você pode ter certeza de que um Rothschild de nariz adunco está praticando seus jogos em algum lugar perto da região da perturbação”

Comentários como esse preocupam os Rothschilds e, no final de 1800, eles compram a agência de notícias Reuters para que possam ter algum controle da mídia.

1895:  Edmond James de Rothschild, o filho mais novo de Jacob (James) Mayer Rothschild visita a Palestina e subsequentemente fornece os fundos para fundar a primeiras colônias judaicas lá, este é um dos primeiros passos calculados para promover seu objetivo a longo prazo de criar um país judeu khazar de propriedade dos Rothschild. 

1897:  Os Rothschilds fundam o Congresso Sionista para promover o sionismo (um movimento político com o único objetivo de mandar todos os judeus para um estado-nação singularmente judeu a ser criado na Palestina) e marcar sua primeira reunião em Munique. No entanto, devido à extrema oposição dos judeus locais, que estão muito felizes onde estão, esta reunião deve ser transferida para Basileia, na Suíça, e aconteceu no dia 29 de agosto. A reunião é presidida pelo judeu khazar Ashkenazi, Theodor Herzl que afirmaria em seus diários:

“É essencial que os sofrimentos dos judeus … se tornem piores … isso ajudará na realização de nossos planos … Eu tenho uma excelente ideia … eu devo “induzir” os anti-semitas a liquidar a riqueza judaica … Os anti-semitas nos ajudarão com isso, pois fortalecerão a perseguição e a opressão dos judeus. Os anti-semitas serão nossos melhores amigos”.

Herzl é posteriormente eleito Presidente da Organização Sionista que adota o “Hexagrama de Rothschild”, como a bandeira sionista que 51 anos depois terminará como símbolo na bandeira de Israel. Edward Henry Harriman torna-se diretor da Union Pacific Railroad e passa a assumir o controle da Southern Pacific Railroad. Tudo isso é financiado pelos Rothschilds.

1898:  Ferdinand de Rothschild morre.

1901:  Os judeus das colônias instaladas na Palestina por Edmond James de Rothschild, enviam uma delegação para ele que lhe diz:  “Se você deseja salvar o Yishuv (o assentamento judaico) primeiro tire suas mãos dele, e … pela primeira vez permita que os colonos tenham a possibilidade de corrigir por si mesmos o que precisa ser corrigido”.  Edmond James de Rothschild fica muito irritado com isso e afirma:  “Eu criei o Yishuv, eu sozinho. Portanto, nenhum homem, nem colonos nem organizações têm o direito de interferir em meus planos”. A casa bancária de Rothschild em Frankfurt, na Alemanha, MA von Rothschild und Söhne, fecha porque não há nenhum herdeiro masculino de Rothschild para levá-la adiante.

1902:  Philippe de Rothschild nasce. 

1905: Um grupo de Rothschild apoiou judeus sionistas liderados por Georgi Gapon, na tentativa de derrubar o czar na Rússia em um golpe comunista. Eles falham e são forçados a fugir da Rússia apenas para se refugiarem na Alemanha. A Enciclopédia Judaica (Vol. 2, p.497) afirma:  “É uma sequência um tanto curiosa para a tentativa de estabelecer um concorrente católico para os Rothschilds pois que no momento atual estes últimos são os guardiões do tesouro papal.” 

1906: Os Rothschilds afirmam que, devido à crescente instabilidade na região e crescente concorrência de Rockefeller (a família Rockefeller são descendentes de Rothschild através de uma linhagem feminina) é proprietária da Standard Oil (EXXON), e é por isso que eles vendem sua Companhia do Mar Cáspio e do Mar Negro à Royal Dutch and Shell. Este é outro exemplo dos Rothschilds tentando esconder sua verdadeira riqueza. 

1907:  Jacob Schiff, o chefe da Kuhn, Loeb and Co., em um discurso para a Câmara de Comércio de Nova York, adverte que,  “a menos que tenhamos um Banco Central com controle adequado dos recursos de crédito, este país vai sofrer o mais grave pânico financeiro de longo alcance em sua história”. De repente, a América encontra-se no meio de outra corrida típica do moinho Rothschild, numa engenharia de nova crise financeira, que como de costume arruína a vida de milhões de pessoas inocentes em toda a América e faz bilhões de lucros para os Rothschilds. 

1909: Jacob Schiff funda o “National Advancement for the Association of the Coloured People” (Avanço Nacional para a Associação das Pessoas de Cor). Isso foi feito para incitar os negros à rebelião e motim, saquear e outras formas de desordem, a fim de causar um racha entre as comunidades negra e branca nos EUA. O historiador judeu, Howard Sachar, afirma o seguinte em seu livro, “Uma História dos Judeus na América“ . Em 1914, o Professor Emérito Joel Spingarn da Columbia University tornou-se presidente da NAACP e recrutou para seu conselho líderes judaicos como Jacob Schiff. Jacob Billikopf e o rabino Stephen Wise.” Outros co-fundadores judeus Khazar incluíam Julius Rosenthal, Lillian Wald e o Rabino Emil G. Hirsch. Não foi até 1920 que a NAACP nomeou seu primeiro presidente negro, James Weldon Johnson.

Maurice de Rothschild casa-se com a judia/khazar Noémie Halphen, nascida em 29 de junho de 1888 em Paris, França.  

1911:  Werner Sombart, em seu livro, ” Os Judeus e o Capitalismo Moderno” , declarou que a partir de 1820 foi a  “Era dos Rothschild” e concluiu que havia “Apenas um poder na Europa, e ele era os Rothschild “. 

1912:  Na edição de dezembro da revista “Truth”, George R. Conroy afirma que o banqueiro Jacob Henry Schiff  (10 de janeiro de 1847 – 25 de setembro de 1920), é o chefe da grande banca privada de Kuhn, Loeb, e Co, que representa os interesses dos Rothschilds neste lado do Atlântico, ele tem sido descrito como estrategista financeiro e tem sido durante anos o ministro financeiro do grande poder impessoal conhecido como Standard Oil. Ele estava de mãos dadas com os Rockefellers em todos os seus empreendimentos ferroviários e se tornou o poder dominante no poder ferroviário e financeiro da América.” 

1913:  Em 4 de março, Woodrow Wilson é eleito o 28º Presidente. Um pouco depois de ser empossado, ele é visitado na Casa Branca pelo judeu khazar asquenazi, Untermyer do escritório de advocacia Guggenheim, Untermyer e Marshall, que tenta chantageá-lo pela soma de US$ 40 mil em relação a um caso extraconjugal que Wilson tinha tido, enquanto ele era professor na Universidade de Princeton, com a esposa de um colega professor.

O presidente Wilson não tem dinheiro, então Untermyer se oferece para pagar os US$ 40 mil do próprio bolso para a mulher com quem Wilson tivera um caso, sob a condição de que Wilson prometesse nomear para a primeira vaga na Suprema Corte dos Estados Unidos um candidato seu, para ser recomendado ao presidente Wilson por Untermyer. 

Wilson concorda com o acordo (a velha tática de chantagem sexual levada a efeito pelos Rothschild). Jacob Schiff cria a Liga Anti-Difamação (ADL) nos Estados Unidos. Esta organização é formada para caluniar qualquer um que questione ou desafie a conspiração global dos Rothschild como “anti-semita”. Estranhamente, no mesmo ano em que eles fazem isso, eles também criam seu último e atual banco central na América, o Federal Reserve, que eles controlam até os dias atuais. O congressista Charles Lindbergh afirmou após a aprovação da Lei da Reserva Federal em 23 de dezembro de 1913. (Esta  lei estabelece a confiança mais gigantesca na Terra. Quando o presidente assinar este projeto de lei, o “governo invisível” do poder monetário será legalizado … O maior crime das eras é perpetrado por esta lei bancária e da moeda.) 

É importante notar que o Federal Reserve (FED) é uma instituição, uma empresa privada, não é nem federal nem tem nenhuma reserva. Estima-se de forma conservadora que os lucros excedam US$ 150 bilhões por ano e que o Federal Reserve nunca tenha publicado nenhum balanço em sua história. 

1914: O começo da Primeira Guerra Mundial

Nessa guerra, os Rothschilds alemães emprestam dinheiro para os alemães, os Rothschilds britânicos emprestam dinheiro para os britânicos e os franceses Rothschild emprestam dinheiro para os franceses.  Além disso, os Rothschilds têm o controle das três agências de notícias européias, Wolff (est. 1849) na Alemanha, Reuters (est. 1851) na Inglaterra, e Havas (est. 1835) na França. Os Rothschilds usam Wolff para manipular o povo alemão em um fervor pela guerra. Por volta desta época, os Rothschilds raramente são relatados na mídia, porque eles já possuem e controlam a mídia.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Fonte1: https://humansarefree.com/

Fonte2: www.thoth3126.com.br

Página: https://thoth3126.com.br/historia-da-dinastia-rothschild-iii/

Cinco coisas que você deveria apagar das redes sociais (principalmente após ver série “Você” na Netflix)

 

Estreou recentemente a segunda temporada da série Você, da Netflix, sobre um homem que persegue uma jovem de forma perturbadora.  Desde o início, “Você” mostra como as fotos, os dados e as reflexões que costumamos publicar nas redes sociais sem nos preocuparmos com as consequências podem acabar sendo usados ​​contra nós.

A série, baseada no romance homônimo de Caroline Kepnes, conta como o vendedor de livros Joe Goldberg tenta fazer a aspirante a escritora Guinevere Beck se apaixonar por ele e, para isso, entre outras coisas, usa informações que ela compartilha nas redes sociais.

"Joe sabe muito bem que o Instagram é uma mentira, o Twitter é puro robô e o Facebook é um buraco negro, mas ele também sabe que é aí que as coisas interessantes estão para ele", escreveu o jornalista especialista em TV James Donaghy no jornal britânico The Guardian.

"Conhecimento é poder, e cada grama revelador que você extrai desses lugares inclina a balança ainda mais a seu favor na sua busca por Beck", acrescentou.  Mas embora você deva sempre pensar duas vezes antes de postar nas redes, há informações com as quais você deve ser especialmente cuidadoso. E, se você as publicou, é melhor apagá-las.

1. Impressões digitais

Posar para uma foto com o símbolo de paz e amor é comum em muitas partes do mundo. Mas e se esse gesto inocente estivesse nos colocando em risco perante criminosos digitais?  Isao Echizen, pesquisador do Instituto Nacional de Informática no Japão, alerta que mostrar a parte interna do indicador e do dedo médio na câmera pode facilitar o roubo de nossa identidade.

Segundo o especialista, as novas tecnologias permitem ampliar facilmente as imagens e escanear graficamente as impressões digitais, principalmente se os dedos estiverem "expostos a uma luz intensa".  Para provar isso, o professor realizou um experimento com fotografias em que os sujeitos mostravam as pontas dos dedos a até três metros de distância.

Echizen afirmou à BBC Mundo (serviço da BBC em espanhol) que, uma vez digitalizadas, as impressões digitais estão "amplamente disponíveis" para reprodução indiscriminada, algo que "qualquer um pode fazer".  Segundo o especialista, essse tipo de foto é um comportamento cada vez mais perigoso, devido ao avanço das ferramentas biométricas usadas para garantir a segurança em dispositivos móveis, como telefones celulares.

2. Seu destino de férias

Informar, através das redes sociais, qual será o seu destino de férias traz vários riscos.  Por um lado, você pode chamar a atenção para possíveis criminosos no local e, por outro, anuncia que deixou sua casa vazia, à mercê de assaltantes.  De acordo com um estudo publicado em 2018 no Reino Unido, cerca de 22% dos entrevistados afirmaram que tiveram suas casas furtadas durante as férias. Todos os participantes que responderam sim haviam publicado fotos de seus dias de folga nas redes sociais.

Segundo o jornalista especialista em questões de tecnologia e mídia social Nilton Navarro, existem algumas empresas que podem não pagar o seguro em caso de assalto, se você mostrou no Facebook ou no Instagram o quanto estava feliz na praia. "Algumas empresas consideram que, de alguma forma, você é responsável pelo furto, tornando sua ausência pública", disse Navarro em seu blog.

Além do seu destino de férias, você também não deve postar fotos do cartão de embarque do voo no qual você embarcará. Com esses dados, por exemplo, é possível extrair as informações que compartilhou com a companhia aérea e até o número do cartão de crédito com o qual você fez a compra.

3. Data de nascimento

"Para alguém roubar sua identidade e cometer fraude em seu nome, em muitos países você só precisa ter seu nome, endereço e data de nascimento. É simples assim", escreveu a analista de segurança informática Amelia Murray no jornal britânico The Telegraph.  É comum ser parabenizado em seu aniversário por meio das redes sociais e incluir as informações sobre quantos anos você tem. Isso facilita o cálculo de quando você nasceu.

"A data de nascimento é uma parte crucial da identificação, pois é o único fato que nunca muda. E, uma vez publicada on-line, fica disponível para sempre", disse John Marsden, da empresa Equifax.  É recomendável também evitar senhas que estejam relacionadas a informações pessoais, a exemplo da data de nascimento.

4. Número do telefone pessoal

Se você pensar bem, terá muitas informações armazenadas no seu telefone celular: fotos, e-mails, acesso à maioria das suas redes sociais. Por esse motivo, especialistas apontam que a publicação do número de telefone pessoal está abrindo a porta para várias ameaças e que isso pode comprometer seriamente a sua privacidade.

"Se você já usou seu smartphone para pagar algo on-line, um hacker especialista pode obter informações sobre cartão de crédito simplesmente com o número", disse James Robbins, do portal de segurança virtual Mighty Call. Portanto, os especialistas recomendam ter um número profissional que possa ser compartilhado.

5. Fotos de seus filhos (ou de crianças em geral)

Quanto você compartilha na internet sobre a vida de seus filhos? E até que ponto você deseja ver informações sobre a vida dos filhos de outras pessoas nas redes sociais?

Sharenting — um termo que faz a combinação das palavras em inglês compartilhar (compartilhar) e paternidade (paternidade) — consiste em documentar os primeiros sorrisos, palavras, etapas... e cada uma das histórias dos pequenos no Facebook, no Instagram e em outras redes sociais.

No entanto, de acordo com a empresa de serviços financeiros Barclays, o compartilhamento é uma porta para fraudes na internet.  Segundo a companhia, muitos pais estão comprometendo a segurança financeira futura de seus filhos (e dos seus) compartilhando dados de menores de idade na rede sem moderação.

De fato, a empresa estima que até 2030 o compartilhamento de dados pessoais custará mais de US$ 870 milhões em fraudes online — sendo responsável por dois terços do phishing na próxima década — e diz que cometer golpes na internet "nunca foi tão fácil" .

Lido em:  https://www.bbc.com/portuguese/geral-51078797

BENJAMIN FULFORD - "ATUALIZAÇÃO SEMANAL" – 06.01.20

 

O Assassinato de Soleimani

DESESPERADO MOVIMENTO SIONISTA PARA INICIAR DRASTICAMENTE UMA TERCEIRA GUERRA MUNDIAL

  • Soleimani foi morto porque iria disparar armas nucleares, na tentativa de iniciar uma Terceira Guerra Mundial e trazer o Mahdi ou o Messias, disseram os britânicos... (Jomarion... assistir o quanto antes a serie “MESSIAH” da Netflix)

  • os enormes incêndios florestais que ameaçam a Austrália, agora, estão sendo classificados pela polícia e fontes militares australiana como um ataque deliberado àquele país  (Jomarion: provocados por incendiários e não o aquecimento global)... os incêndios criminosos estão sendo acompanhado por uma enorme campanha da mídia corporativa, com o objetivo de tentar forçar o governo australiano a pagar um imposto sobre o Carbono aos cabalistas

  • A França, por sua vez, enfrenta uma revolução enquanto os sionistas tentam se manter à tona, roubando o dinheiro da aposentadoria/pensão dos franceses, assim como já roubaram os fundos de pensão do Japão. (Jomarion... e acabam de aprovar no Brasil)

  • a paz mundial é muito mais provável de acontecer do que uma guerra mundial.

  • Os chineses e os russos também estão dizendo aos radicais iranianos que não estarão envolvidos na Terceira Guerra Mundial

O assassinato do principal general iraniano Qasem Soleimani perpetrado por norte-americanos, foi um “movimento brilhante no xadrez” ou um erro muito estúpido que, embora, de qualquer forma, prejudicou gravemente os Sionistas.

“O martírio de Soleimani, pode ter sido uma jogada brilhante de xadrez do Presidente dos EUA, Donald Trump, para desencadear o anti-semitismo global e acabar com Israel, Arábia Saudita, Sionismo, Exxon e o estado profundo, usando Irã, Rússia, China, Turquia, UE e seus aliados”, foi como uma fonte do Pentágono resumiu a situação.

No entanto, a Inteligência Britânica teve uma história muito diferente de suas contrapartes americanas, que disseram que Soleimani foi morto porque “iria disparar armas nucleares, na tentativa de iniciar uma Terceira Guerra Mundial e trazer o Mahdi ou o Messias. Acredite nessa desculpa e observe que “era altamente incomum o Pentágono não ter avisado a Grã-Bretanha”, segundo fontes do MI6.

Independentemente disso, apesar da incrível batida dos tambores de guerra Sionistas, fontes do Pentágono, Rússia e China concordam que esse incidente não poderá escalar numa Terceira Guerra Mundial.

“Como Einstein disse: 'Não sei com que armas a Terceira Guerra Mundial será travada, mas a Quarta Guerra Mundial será travada com paus e pedras’. Precisamos garantir que a situação do Irã não ameace a civilização moderna”, foi como uma fonte da Sociedade Secreta Asiática descreveu a visão da China dessa crise engendrada.

“...Eliminar funcionários de outro Estado-membro da ONU… Viola os princípios do Direito Internacional e deve ser condenado", foi a resposta do Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, com relação ao incidente. A comunidade mundial apoiará as acusações iranianas de crime de guerra contra Trump e ele acabará na prisão por esse crime, prometem fontes russas do FSB.

O “Veteran's Today”, está relatando que o governo dos EUA cometeu um crime de guerra ao convidar oficialmente Soleimani, sob a promessa de imunidade diplomática e o levantamento de sanções contra o Irã, apenas para emboscá-lo e matá-lo.

Fontes do Pentágono dizem que, pelo fato de Trump ter sido “enganado e ordenar o ataque [contra Soleimani], devido à falsa inteligência israelense”, agora, tem uma causa e pode demitir agentes Sionistas [Secretário de Estado Mike] Pompeo, [Secretário de Defesa Mark] Esper, [Chefe da CIA Gina] Haspel e até javanka [Jared Kushner e Ivanka Trump].

“A bandeira vermelha da Jihad foi declarada em Israel e na Arábia Saudita, já que o Irã recebeu  casus belli  e aprovação global, enquanto Trump tem cobertura política para tirar as tropas e os cidadãos dos EUA do perigo”, dizem as fontes.

Além disso, “as Forças Especiais dos EUA poderão até caçar israelenses no Iraque Curdo, na Síria ou em outros lugares antes de partirem, podendo executar mandados de prisão expedidas pelo Tribunal Penal Internacional contra criminosos de guerra israelenses”, preveem as fontes.

“Na medida em que as acusações seladas se aproximam do número bíblico de 144.000, a guerra cinética pode ser combinada com a lei, através, do TPI e dos tribunais militares, para travar uma guerra total contra os Sionistas”, continuam. “O TPI, também, pode processar Israel e Arábia Saudita por crimes de guerra no Iêmen, crimes contra a humanidade na Síria, Iraque e Líbia e quaisquer Sionistas ou agentes do estado profundo que ajudem ou incentivam o ISIS [Daesh]”, dizem elas.

Os Sionistas podem ter feito essa desesperada tentativa de iniciar uma guerra contra o Irã, por causa da rede de arrasto que está se aproximando deles. Por exemplo, estão surgindo evidências na grande imprensa de que ataques de armas químicas contra Síria foram acobertados pela Organização Sionista para a Proibição de Armas Químicas, controlada por Sionistas. Isso significa que sua grade de controle de informações está entrando em colapso.

De qualquer forma, a tentativa de iniciar uma Terceira Guerra Mundial com o Irã está definitivamente ligada às negociações de falências da Corporação dos EUA, concordam várias fontes da Sociedade Secreta. Até agora, a Corporação dos EUA não encontrou financiamento para continuar suas operações depois de 31 de Janeiro e essa pode ser a verdadeira razão pela qual, mais uma vez, jogaram sua cartada de guerra, observou uma fonte da Sociedade Secreta Asiática.

Certamente, a histeria da mídia sobre o Irã distraiu as pessoas do fato de que a economia dos EUA está em queda livre, pior do que a crise do Lehman, de 2008. Aqui estão alguns sinais recentes disso.

  • Nos últimos três meses, o Baltic Dry Index caiu 64%, na medida em que o mundo pára de negociar com os EUA.
  • Em Dezembro, os preços dos caminhões usados nos EUA caíram 50%, enquanto o frete ferroviário caiu 11,5%.
  • A produção industrial dos EUA caiu para o nível mais baixo desde 2009, imediatamente após o Lehman.

Outra indicação de que a Corporação dos EUA está desesperada por fundos é o fato de que a NASA  (Not A Sapace Agency) está exigindo dinheiro para sua sobrevivência no Japão.  A Corporação dos EUA conseguiu enganar a China e arrecadar fundos para manter suas operações, após a crise do Lehman, prometendo um presidente negro – Barack Obama. 

Desta vez pode ser diferente porque, até agora, apenas o Conselho da Reserva Federal está comprando ações e títulos do Governo dos EUA. No entanto, nenhum dinheiro da FRB é aceitável para os pagamentos internacionais da Corporação dos EUA, que vencem no dia 31 de Janeiro. 

O fato é que a dívida dos EUA está aumentando, enquanto que bombas populacionais e a negação da realidade com dinheiro falso não resolverão o problema. O que o povo americano precisa entender, é que o mundo está tentando libertá-lo da escravidão babilônica por dívida da Corporação dos EUA e restaurar a República dos Estados Unidos da América. Isso levará a um enorme salto no padrão de vida nos Estados Unidos, semelhante à quase duplicação do padrão de vida russo, depois que Vladimir Putin expulsou a máfa Khazariana de seu país. 

Mesmo que a Corporação dos EUA consiga financiamento para após 31 de Janeiro, o mundo está caminhando para uma extrema turbulência e um grande expurgo, na medida em que a besta Sionista é derrubada, dizem fontes do Pentágono. 

A situação no Irã tem gerado distração de muitos eventos radicais que estão acontecendo em outras partes do mundo. Por exemplo, a imprensa Sionista está ignorando as notícias de que seu líder da oposição venezuelana e autoproclamado “Presidente” Juan Guaidó foi afastado de seu cargo de chefe da Assembleia Nacional, como noticiaram vários veículos de comunicação venezuelanos. Isso significa que não poderão usar o petróleo venezuelano para pagar suas contas. 

Enquanto isso,  os enormes incêndios florestais que ameaçam a Austrália, agora, estão sendo classificados pela polícia e fontes militares australiana como um ataque deliberado àquele país. Estes incêndios criminosos estão sendo acompanhado por uma enorme campanha da mídia corporativa, com o objetivo de tentar forçar o governo australiano a pagar um imposto sobre o Carbono aos cabalistas, informam fontes de inteligência australianas. A polícia diz que, em sua  maioria, os incêndios foi causada por incendiários e não pelo “aquecimento global”. 

A França, por sua vez, enfrenta uma revolução enquanto os sionistas tentam se manter à tona, roubando o dinheiro da aposentadoria/pensão dos franceses, assim como já roubaram os fundos de pensão do Japão. As greves maciças e o ano de manifestações só se intensificam, na medida em que o nível de vida francês continua a mergulhar sob o regime do Presidente (e escravo Rothschild) Emmanuel Macron.

Fontes maçônicas P3, dizem que a França irá experimentar uma mudança de regime em 2020. “ este é um bom momento para investir em futuros de guilhotina”, brincou uma fonte morbidamente. 

A P3, também, revelou um pouco mais sobre si mesma, dizendo que a P1 foi criada há dois séculos e substituída pela P2, há sessenta anos. A P2 foi substituída pela P3 em 2020. A maior diferença entre o P3 e a P2 é que a P3 não tem mafiosos entre seus membros, dizem. 

Os maçons P3, dizem que os alemães comandados por Angela Merkel, agora, são o principal obstáculo à paz mundial e à criação de uma futura agência de planejamento. Isto significa que  Merkel estará sob grande pressão para renunciar, em 2020, segundo uma das fontes. Isto é visto na forma de uma UE cada vez mais desestabilizada, afirmam. 

O outro evento não relatado, todavia, drástico é a guerra secreta entre os chineses e os Satanistas khazarianos. O abastecimento alimentar da China está sendo atingido com “Ebola suino” e por “vermes do exército” e, agora, os chineses estão sofrendo de uma doença semelhante à SARS. 

Além disso, mais importante general de Taiwan foi morto num acidente de helicóptero, tido como quase que certamente um assassinato. De acordo com relatórios da inteligência britânica, os chineses estão respondendo a esses ataques usando tecnologia de armas escalares para atingir certos americanos. 

Agora, os Sionistas, também, estão agitando seu sabre nuclear, quando o Primeiro-Ministro Satanista, Benjamin Netanyahu acidentalmente, de propósito, disse que Israel é uma “potência nuclear”. Recentemente, também, fizeram várias ameaças contra o Japão, reivindicando direitos japoneses e outras fontes. A mais recente, é uma ameaça renovada com o uso de armas de energia dirigida para causar a erupção do Monte Fuji.  

Os Illuminati Gnósticos e outros, ameaçam retaliar contra qualquer novo ataque contra o Japão, explodindo Washington, D.C., Roma e Jerusalém com bombas nucleares de 500 megatons. Além disso, a máfia khazariana, também, foi lembrada que centenas de terremotos foram registrados na ilha de La Palma, imediatamente, após o ataque de 11 de Março de 2011 contra Fukushima. Se a precária formação rochosa de La Palma cair no mar, a costa leste dos EUA e do Sul da Europa será atingida por um tsunami, com ondas de 100 metros de altura.

Apesar de todas essas ameaças e contra ameaças, não devemos esquecer a realidade de que a paz mundial é muito mais provável de acontecer do que uma guerra mundial. As pessoas do mundo rejeitam esmagadoramente a tentativa dos Sionistas e seus colegas no Irã de provocar uma Terceira Guerra Mundial. 

Os militares americanos e aliados europeus rejeitam pedidos de guerra contra o Irã. Os chineses e os russos também estão dizendo aos radicais iranianos que não estarão envolvidos na Terceira Guerra Mundial. O governo iraniano manteve conversações de paz com a Arábia Saudita e os EUA. O Presidente iraniano. Hassan Rouhani visitou recentemente o Japão. Após o ataque a Soleimani, os Estados do Golfo, incluindo a Arábia Saudita, exigiram paz. 

Certamente, pode haver mais provocações por parte dos Sionistas, na medida em que seu projeto Satânico se desmorona às suas voltas. No entanto, estes perderam a capacidade de enganar e manipular as forças militares do mundo para uma guerra mundial. Isto significa que para os Sionistas, a escrita está no muro e diz: “Paz na Terra, aos homens de boa vontade”. 

Autor: Benjamin Fulford 

Lido em: https://www.sementesdasestrelas.com.br/2020/01/benjamin-fulford-atualizacao-semanal.html

As diferenças entre sunitas e xiitas, que explicam boa parte dos conflitos no Oriente Médio

 

Essa é grande divisão do mundo muçulmano: sunitas e xiitas. Hoje, ela está particularmente em evidência por causa das tensões entre Estados Unidos, seu grande aliado na região, a Arábia Saudita, e o Irã.

A ordem do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de matar o general iraniano Qasem Soleimani provocou uma resposta militar do Irã, que atacou com mísseis balísticos duas bases que abrigam tropas americanas no Iraque.

Para muitos analistas, as diferenças entre os dois ramos do Islã são um lembrete claro das complexas relações entre os dois principais inimigos no Oriente Médio.

Ambos os países estão envolvidos em uma luta feroz pelo domínio regional — e essa disputa de décadas é agravada por essas diferenças religiosas.

Cada um deles segue um ramo: o Irã é majoritariamente xiita, enquanto a Arábia Saudita tem os sunitas como principal vertente.

A divisão remonta ao ano de 632 e à morte do profeta Maomé, que resultou em uma luta pelo direito de liderar os muçulmanos. De certa maneira, essa disputa continua até hoje.

Embora as duas vertentes coexistam há séculos, compartilhando muitas crenças e práticas, sunitas e xiitas mantêm diferenças importantes em questões de doutrina, rituais, leis, teologias e organização.

Seus respectivos líderes também tendem a competir por influência religiosa.

E da Síria ao Líbano, passando por Iraque e Paquistão, muitos conflitos recentes enfatizaram ou até agravaram essa divisão, separando comunidades inteiras.

A BBC News Mundo, serviço em espanhol da BBC, explica nesta reportagem em que consistem esses dois ramos do Islã e suas principais diferenças.

Quem são os sunitas?

Os sunitas são a maioria entre os muçulmanos — cerca de 86% a 90% pertencem a essa corrente. Os adeptos se consideram o ramo mais tradicional e ortodoxo do Islã.

De fato, o nome sunitas vem da expressão "Ahl al-Sunna": "o povo da tradição". Nesse caso, a tradição se refere a práticas derivadas das ações do profeta Maomé e seus parentes.

Assim, os sunitas veneram todos os profetas mencionados no Alcorão, mas particularmente Maomé, que é considerado o profeta supremo. Já os líderes muçulmanos subsequentes são vistos como figuras temporárias.

Em contraste com os xiitas, professores sunitas e líderes religiosos têm historicamente ligações com o Estado e com governos.

A tradição sunita, que tem a maior expressão na Arábia Saudita, também defende um sistema jurídico islâmico claramente codificado, além de pertencer a uma das quatro escolas de direito.

Quem são os xiitas?

Os xiitas começaram como uma facção política: literalmente "Shiat Ali", ou partido de Ali.

O Ali em questão era genro do profeta Maomé, e os xiitas reivindicam o direito dele e o de seus descendentes de liderar os muçulmanos.

Ali foi morto como resultado de intrigas, violência e guerras civis que marcaram seu califado. Ele tinha dois filhos, Hassan e Hussein. No entanto, foi negado a eles o direito — que muitos consideravam legítimo — de suceder Ali

Acredita-se que Hassan foi envenenado por Muawiyah, o primeiro califa — isto é, o líder dos muçulmanos da dinastia omíada. Já seu irmão Hussein morreu em um campo de batalha, junto com vários membros de sua família.

Esses eventos estão por trás do conceito xiita de martírio e rituais de luto.

De fato, a fé xiita também é caracterizada por um elemento messiânico. Os religiosos dessa vertente também têm uma hierarquia de clérigos que praticam uma interpretação aberta e constante dos textos islâmicos.

Estima-se que atualmente existam entre 120 a 170 milhões de fiéis xiitas, aproximadamente um décimo de todos os muçulmanos.

Eles são a maioria da população no Irã, Iraque, Bahrein, Azerbaijão e, segundo algumas estimativas, também do Iêmen.

Mas também existem comunidades xiitas importantes no Afeganistão, Índia, Kuwait, Líbano, Paquistão, Catar, Síria, Turquia, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos.

Qual o papel dessa divisão nos conflitos políticos?

Nos países governados por sunitas, os xiitas geralmente fazem parte da parcela mais pobre da sociedade e se vêem como vítimas de opressão e discriminação.

Alguns extremistas sunitas também pregam ódio contra os xiitas.

Em 1979, a revolução iraniana lançou uma agenda islâmica radical do lado xiita, o que desafiou os governos sunitas conservadores, particularmente no Golfo Pérsico.

E a política de Teerã de apoiar partidos xiitas e milícias em países vizinhos foi compensada pelos países do Golfo com mais apoio aos governos e movimentos sunitas no exterior.

Por exemplo, durante a guerra civil no Líbano, os xiitas ganharam destaque graças às atividades militares do Hezbollah.

E os extremistas sunitas, como o Talebã, fizeram o mesmo no Paquistão e no Afeganistão, onde frequentemente atacam locais de culto xiitas.

Inimigo comum

Enquanto isso, os conflitos atuais no Iraque e na Síria também adquiriram tintas sectárias.

Muitos jovens sunitas se juntaram aos grupos rebeldes nesses países, muitos dos quais reproduzem a ideologia extremista da Al Qaeda, um grupo sunita.

Já seus colegas xiitas geralmente lutam nas forças do governo ou ao lado delas, embora o Irã e a Arábia Saudita tenham identificado um inimigo comum: o auto-denominado Estado Islâmico.

Lido em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-51068470  10.1.20

Quem trata animais como filhos pode sofrer transtornos, diz pesquisador

 

Quando alguém trata um cachorro como se fosse humano, ele rompe com a interação homem-cão que foi formada há 20 mil anos

Os distúrbios psicológicos estão entre as possíveis alterações que uma pessoa que trata seus animais de estimação como filhos pode sofrer, disse Raúl Valadez Azúa, especialista da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM).

"Quando alguém trata um cachorro como se fosse humano, ele rompe com a interação homem-cão que foi formada há 20 mil anos", disse Raúl Valadez, pesquisador do Instituto de Pesquisa Antropológica da UNAM, através de comunicado divulgado hoje.

De acordo com o especialista, a introdução de um animal em um esquema que não faz parte de sua essência "afeta sua perspectiva e ele fica incapaz de procriar", pois não reconhece os membros de sua espécie como seus pares.

Ele ressaltou que essa nova tendência tem sido favorecida pelo consumismo e pelo individualismo e é resultado do isolamento pessoal, da insegurança e da cibercomunicação.  O pesquisador lamentou que na década de 1980, "os cães se tornaram um item comercial", pois quando você compra um, acaba comprando muitos objetos para ele também.  "Isso foi reforçado quando apareceram filmes onde eles eram os protagonistas. Todos queriam certas raças, independentemente de serem as mais adequadas para as necessidades da família", afirmou.

Raúl Valadez Azúa disse que a relação entre cão e humano data de 33,5 mil anos atrás e ficou mais próxima quando começaram a compartilhar atividades como caça, comida e território.  "A partir desse momento, o homem promoveu a formação de animais mais dóceis, obedientes e servil", afirmou.

Ele explicou que nesta sociedade, o homem sempre foi o líder, uma condição que os cães reconhecem sem dificuldade, "a menos que o primeiro não possua habilidades ou desista da liderança", afirmou.  Segundo dados do Conselho Nacional de População, desde 2000, milhares de jovens mexicanos preferem adotar animais do que ter filhos.

Enquanto o Instituto Nacional de Estatística e Geografia (Inegi) informou que desde aquele ano, o número de nascimentos no país vem diminuindo.  De acordo com um estudo do Centro de Opinião Pública da Universidade de Valle do México, publicado em 2018, 60% dos lares mexicanos têm um animal de estimação e quase 70% dessas famílias os consideram como um membro o os tratam como tal.

O estudo também observa que o vínculo com eles é tão intenso que 57% os consideram emocionalmente muito próximos, 29% falam com eles e 26% sempre procuram conforto com seus animais quando estão tristes. Além disso, 57% se sentem muito felizes quando chegam em casa e os encontram.

Lido em: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/efe/2020/01/08/quem-trata-animais-como-filhos-pode-sofrer-transtornos-diz-pesquisador.htm

A Terceira Guerra Mundial já está em curso: é a guerra explícita da comunicação

 

"Acossado por um processo de impeachment que ninguém sabe muito bem se pode ou não prosperar no Senado, Donald Trump resolveu arregaçar as mangas e se precaver promovendo aquilo que a imprensa internacional mais ama: uma crise bélica em que as opiniões políticas se estilhaçam como fragmentos de granada", afirma o linguista Gustavo Conde, sobre os ataques de Trump ao Iraque e ao Irã

O cerco vai se fechando e os agentes políticos do horror partem para movimentos agônicos de tudo ou nada, calculando variáveis que vão desde a hegemonia política à economia, passando, sobretudo, pela batalha de comunicação nas redes sociais, a nova arena da disputa por influência global.

Acossado por um processo de impeachment que ninguém sabe muito bem se pode ou não prosperar no Senado, Donald Trump resolveu arregaçar as mangas e se precaver promovendo aquilo que a imprensa internacional mais ama: uma crise bélica em que as opiniões políticas se estilhaçam como fragmentos de granada.

É um movimento muito bem pensado, mas que aposta no caos do discurso para ganhar espaço político. Explico: enquanto a opinião pública internacional ficar especulando sobre as razões de Trump assassinar o general iraniano Qasem Soleimani e mais dois milicianos iraquianos no aeroporto de Bagdá - eles também têm milícias - o rolo compressor da espionagem, do aparelhamento judicial, das sanções, do protecionismo e do fanatismo ocidental revestido de ódio vai prosseguir impávido e turbinado pela couraça do novo assunto galvanizante.

Depois de muito citarmos James Carville e seu “é a economia, estúpido”, é hora de começarmos a citar Chacrinha: “eu não vim para explicar, eu vim para confundir”, ou, pelo menos, adaptar para: “é a comunicação, estúpido”.

O general iraniano assassinado por Trump era uma estrela no Instagram. Isso certamente assustou mais os engenheiros da guerra que o fato de ele ser o general mais admirado do Irã. Em tempo de redes sociais e fake news, o exercício da influência política migrou da disputa rudimentar por petróleo ou dólares para o campo de guerra da comunicação digital. E eles irão matar por isso, como ficou claro com mais este atentado terrorista de Trump.

O terrorismo de Estado está em alta, nos EUA, no Brasil e em boa parte do mundo. E ele se reaclimatou no Brasil, entre outras coisas, com o forro eficiente da premonição reversa, dispositivo retórico do universo Steve Bannon: lança-se o medo, através de especulações sobre o possível terrorismo de movimentos sociais populares, sindicatos e partidos (MST, MTST, CUT, PT), instala-se um discurso institucional para combatê-lo (Moro e seu projeto anticrime) e a palavra “terrorismo” passa a ser furiosamente usada por todos os veículos de comunicação, inclusive com a colaboração dos comentadores progressistas (que são obrigados a falar sobre o tema).

O sentido de terrorismo está em cena e passa a ser disputado por duas linhas políticas: a sem caráter (a extrema direita que é terrorista) e a ingênua (a esquerda que ainda sonha em convencer a opinião pública com argumentos racionais).

No Brasil, com o jornalismo que temos, fica fácil de prever quem leva a melhor.

Pior do que isso é a realidade incontornável dos fatos: a extrema-direita produz terrorismo, o Estado não se manifesta (e também produz terrorismo) e ambos acusam a esquerda de ser terrorista (basta pensar em Luciano Hang e em sua Estátua da Liberdade inflamável).

É o caos do sentido que acaba por favorecer os franco-atiradores de projéteis, extremistas de profissão, terroristas de discurso. Trump, Bolsonaro, Nethanyahu e racistas em geral, eles vieram para matar e o mundo inteiro sabe disso, inclusive e sobretudo o mundo jornalístico, que se abstém de emitir cifras de opiniões no corpo das matérias supostamente factuais em nome da neutralidade asséptica da informação.

Como na experiência do nazismo e do holocausto, depois é tarde para se arrepender.

O timing de Trump é perfeito. O terrorismo do Estado americano gosta de surpreender nos primeiros dias do ano cristão. É um recado daqueles que acreditam que uma nova era virá, a era de sempre, a era da guerra e da morte.

Trump garante, assim, sua reeleição. A Europa assiste inerte como sempre e a América do Sul respira, pois com as atenções realinhadas à clássica engrenagem EUA-Oriente Médio-Petróleo-Europa-Vassala, a energia necessária para prosseguir com a devastação institucional latino-americana será realocada.

Aliás, diga-se de passagem: a América Latina já foi destruída, com destaque para o Brasil. Não é mais preciso investir preocupações com este subcontinente sob escombros.

Curioso é constatar que tem muito brasileiro que se diz de esquerda que pondera sobre o dedo americano nas jornadas de 2013, no golpe contra a democracia e na eleição fraudulenta de Bolsonaro.

Eles veem um governo assassinar um general de outro país em um aeroporto internacional e oferecer as imagens como bônus midiático para uma imprensa internacional acuada pelo poderio semiótico das redes sociais e optam pela cegueira doméstica e pela ingenuidade generosa dos adesistas de turno.

O ataque dos americanos à soberania dos povos do Oriente Médio é um soco nesses brasileiros que negam o papel dos americanos nas jornadas de 2013 e nos golpes que se sucederam em toda a América Latina nos últimos 70 anos.

Jornais brasileiros costumam chamar cachorramente o discurso realista que destaca a ingerência americana sobre o Brasil de “antiamericanismo”. Para eles, o PT é antiamericanista - o que na tradução correta, torna-se um tremendo elogio (pois trata-se de um sinônimo de defesa da soberania).

A guerra da comunicação associada à carnificina das guerras tradicionais está de volta, com a pompa das velharias editoriais caquéticas das agências internacionais. Não é a toa que o sintagma “Terceira Guerra Mundial” tenha sido o assunto mais comentado do mundo, instantes após o atentado terrorista do governo americano em Bagdá.

Uma guerra sem Twitter, sem Instagram, sem Facebook, sem Google, simplesmente não existe no atual estado apodrecido de coisas. Ela começa nas redes e depois de alastra com os assassinatos (que a imprensa convencional chamará de “baixas” de guerra”).

Estamos, sem dúvida, diante de uma novidade. Essa guerra anunciada atende a todos os mesmos velhos interesses do império, mas tem-se agora o componente adicional das redes sociais, cujo significado prático ainda é uma incógnita.

Como vão se comportar as redes diante de uma guerra que também será cultural e narrativa? Como se comportarão os ideólogos do terrorismo digital como Steve Bannon e Carlos Bolsonaro diante de um novo estilhaçamento moral propiciado por imagens de crianças fuziladas e mulheres com a carne retorcida nos escombros de suas casas?

Um gesto terrorista de guerra como este de Trump é um acelerador de história. Teremos desafios importantes pela frente, não mais só recobrar a democracia perdida no Brasil, como recobrar a capacidade de repensar formas de governo e de civilização.

Trump deve conquistar a fatia do eleitorado americano com pendores racistas e provincianos com este ataque. Mas o mundo estará sendo lançado ao seu limite de tolerância contra a extrema violência dos fanáticos conservadores.

O Brasil, finalmente, pode ter encontrado o caminho para liberar as amarras de sua inércia social e confirmar o que 9 entre 10 analistas de América Latina têm defendido em suas leituras: o próximo país a entrar na engrenagem dos imensos protestos no continente será o Brasil.

Quando associada aos estudos da linguagem, a história costuma ser até um pouco previsível. Não é, não foi e nem será gratuito o retorno do tema “Jornadas de 2013” neste presente ingrato e complexo que nos rodeia. Trata-se de uma ferida ainda aberta na compreensão do Brasil recente.

A mera menção a 2013 está latejando na medula da história brasileira: “preparem-se, porque agora os protestos serão para valer”.

Lido em: https://www.brasil247.com/blog/a-terceira-guerra-mundial-ja-esta-em-curso-e-a-guerra-explicita-da-comunicacao

A Natureza da “BESTA” e o “JOGO” que ela controla

 

(Informação por canalização)

“ Eu, Ceres Anthonious... chego na Luz Única da Fonte do Criador.. tenho uma mensagem que gostaria de compartilhar... à luz dos acontecimentos iniciados pelo “atentato terrorista” que ocorreu em 11 de setembro de 2001 e os fatos que se desenrolaram em seguida nestes quase vinte anos...”

O que muitos de vocês estão sentindo são estímulos internos de premonição ou reconhecimento de que algo muito grande foi colocado em ação, e que a energia prestes a se manifestar no domínio físico da Terra terá um “momentum” que causará grandes mudanças nas vidas de todos no planeta, SEM EXCEÇÃO.

A maioria não entende exatamente porque é que eles estão tendo dificuldade em dormir, ou porque estão tendo pesadelos com bombas e guerras. O fato é que nós dos Reinos Iluminados Superiores, que interagem com vocês como Guias e Anjos, estamos fazendo grandes esforços para ajudar todos os que se envolvem nas escolhas, decisões e crenças individuais que as massas estão comprando (cegamente).

Você poderia dizer que a consciência está sendo despertada por dentro, enquanto as energias emocionais mais baixas do medo e da raiva continuam a permear os éteres. Nós estamos tendo muito “trabalho nos sonhos” durante o período noturno com aqueles dispostos à ajudar.

Existem outros fatores que estão afetando os padrões de sono das massas, como o uso das tecnologias relacionadas ao HAARP que foram ativadas desde os incidentes com os aviões em Nova York (2001). A reação do choque emocional fornece “cobertura” para o bombardeamento de energia crescente, já que eles são rápidos em culpar sua insônia como  choque emocional interno, em vez de as freqüências eletromagnéticas com as quais voces estão sendo propositalmente bombardeados para manter um estado de confusão mental e de medo.

Aqueles realmente responsáveis ​​pelo que aconteceu no início do século XXI não querem que você esteja em um estado suficientemente claro e desperto para fazer perguntas que possam apontar um dedo de suspeita em direção a eles.

Aqueles que são mais influenciados, são aqueles que não ouvem a sua própria razão, mesmo que você lhes mostre provas além de qualquer refutação. Estes são os que estão clamando pela guerra, e que podem estar aterrorizando, em suas próprias vizinhanças ... esses humanos carregados de medo e ódio, obscurecidos pelas suas emoções negativas, se tornaram exatamente o que eles desejam destruir – os “terroristas”.

Por quê isto acontece? Para a maioria das pessoas é pelo que viram e ouviram na “televisão” e estes não têm  capacidade de DISCERNIMENTO. Como esses mesmos se sentirão quando finalmente perceberem que foram manipulados como tolos e néscios que fizeram sua parte sem questionar os fatos apresentados?

Existe uma Força extra-dimensional das TREVAS muito real que sabe que não será mais capaz de continuar a ofuscar e funcionar no ambiente da Terra que está evoluindo. Esta Força é de grande inteligência analítica e racional, mas vive (por escolha própria) quase desprovida de quaisquer sentimentos superiores como Amor e Alegria e Felicidade. Esta “força” sabe que deve se retirar em breve da Terra, o seu ambiente, pois não haverá mais “sombras das trevas” para se esconder e mais ninguém que não reconhecerá sua presença imediatamente e a verá como ela é: TREVAS.

Mas, esta Força das Trevas deseja persistir na sua luta o quanto puder, pois sua percepção de si mesmo é a de um “grande e poderoso deus” que luta para encontrar dentro de si os meios para se libertar do Criador Uno que a criou. Essa luta é o que causa o distanciamento interior dos sentimentos superiores.

À medida que seu ambiente se torna cada vez mais positivo (de maior e mais elevada frequência vibratória – MAIS LUZ), as manipulações e ofuscações das almas na forma humana tornam-se mais difíceis de se manter. Assim, surge a necessidade de criar condições que gerem fortes emoções negativas, de modo a criar uma atmosfera negativa (de baixa frequência) que retarde o Despertar Global.

O maior problema com este esforço é que chega um ponto em que esses seres das trevas” se juntam com grandes massas de entidades ofuscadas sob sua influência... quando se deparam com outro ser das trevas que joga o mesmo jogo... ambos querem estar no controle... e nenhum deles está disposto a ceder. Assim, o experimento se repete e nada é realmente alcançado a não ser uma destruição generalizada.

Enquanto isso, vocês que escolheram a experiência da sala de aula física da Terra fizeram isso sabendo que haveria esses tipos de desafios a serem enfrentados, desafios que o levariam a entrar e enfrentar as tentações desagradáveis ​​apresentadas por essas entidades da Criação de orientação Sombria. A maioria dos que experimentam a vida no físico da Terra desejam a paz, a beleza, a felicidade, a alegria e o amor, acima de tudo. No entanto, parece sempre haver um desafio que impede que isso seja totalmente reconhecido e conquistado e, assim, realizado.

O que é que você deve aprender para encontrar aquele ponto de equilíbrio duradouro em que uma felicidade verdadeiramente sustentada e duradoura é alcançada?

Para a maioria de voces, é o Conhecimento e a Consciência Interior de quem você é realmente e a NATUREZA do jogo (mencionado acima) que está sendo jogado na Terra. Isso leva mais do que uma história generalizada sobre o jogo. É preciso o reconhecimento ativo das instâncias emocionais internas, ao longo de todas as suas experiências, onde essa influência obscura foi PERMITIDA para ofuscar você.

Estes seriam os momentos em que você se permitiu ficar com raiva, tomava atos deliberados para ferir o outro, permitia-se ficar sobrecarregado de medo a um ponto em que optava por se fechar emocionalmente e todas as infinitas variações possíveis onde a dor ou a sobrecarga emocional eram permitido a persistir dentro de você.

Quando você percebe que estes são exemplos em que você permitiu a ofuscação vinda de uma natureza Negra que prospera nos estados emocionais inferiores de desconexão da Fonte do Criador, você então perceberá o valor da escola física e eventualmente escolherá a prática do Amor, Compaixão, Tolerância, Paciência, Alegria e Paz. sobre os seus opostos de baixa frequência. Isso entrará em equilíbrio quando você tiver aprendido a observar essas coisas de polaridade negativa sem se tornar uma parte do que está observando e sem se envolver mais com elas e, assim, evitar dar à negatividade uma posição dentro de você.

Isso geralmente vem como resultado de um esforço diligente para reconhecer os vários bolsões de negatividade que você guarda dentro de você como se fossem alguns “tesouros valiosos”, para nunca serem liberados por medo de reviver a dor e liberar o mesmo para o “nada” que merece. Somente com clareza de coração e mente pode haver o equilíbrio que você procura.

Permita que os eventos dos desdobramentos neste início de século sirvam como um catalisador para você observar as emoções e reações emocionais internas que você pode estar tendo em resposta ao “choque” de tudo isso. Essas emoções estão sendo desencadeadas por vários motivos. Sua reação é raiva? E quanto ao medo? Você está em um estado de “terror”? O que exatamente você está sentindo?  Dependendo de suas respostas, você pode receber uma pista sobre o que eu falo.

A Raiva

Por exemplo, se você está sentindo raiva (a resposta mais comum), então como essa raiva o ajuda a encontrar equilíbrio e paz? Ele faz isso mostrando que você ainda está suscetível às manipulações externas de outras pessoas que projetaram deliberadamente a situação para criar a mesma raiva que você está sentindo!

Nos momentos em que você está realmente sentindo raiva, você está diminuindo sua capacidade de permanecer centrado e equilibrado. Assim, você se torna mais desconectado da Fonte Superior e, portanto, mais suscetível à ofuscação da Escuridão das trevas através das respostas reacionárias de baixa frequência que emergem dessas emoções básicas.

Onde exatamente essas respostas reacionárias se originam ou começam? Poderia ser que você esta recebendo “ajuda/ estímulo” de uma entidade negativa que prospera em tais estados emocionais em seu momento de raiva (que combina perfeitamente com seu padrão vibracional e, assim, dá origem a pensamentos, ações e atitudes que só servem para propagar e prolongar o condição negativa).

Luz ou Trevas, sempre será uma opção pessoal, fruto da ignorância ou do discernimento.

Meus amigos, seu maior desafio é aprender a estar no mundo físico sem a necessidade de fazer parte dele.  Observe, sem perder o seu estado interior de Paz e Sabedoria, que TODA a experiência é por uma razão e que a razão última é para seu próprio Crescimento, Entendimento e uma Consciência Maior de si e dos outros e do ambiente natural que o cerca. Em essência, TODA  experiência tem um valor positivo quando vista de uma perspectiva suficientemente mais ampla e sem envolvimento EMOCIONAL, apenas sinta com o seu coração.

Este assunto não será fácil de engolir, pois a ideia de que você foi ofuscado de vez em quando é um pouco desconcertante. Mantenha seu espírito ELEVADO, e mantenha o amor em seu coração em todos os momentos. Use equilíbrio e discernimento para SABER que o que está sendo dito ou mostrado a você - particularmente em relação aos eventos  que se desenrolam no cenário mundial atualmente - pode ter pouco a ver com A VERDADE pois é parte de uma imensa manipulação mental.

Vá para dentro. Peça Orientação, Esclarecimento e Assistência quantas vezes desejar. Há miríades de Seres Iluminados prontos para ajudar a todos que pedirem ajuda, pois respeitamos o seu LIVRE ARBÍTRIO.

Eu Sou Ceres Anthonious

www.thoth3126.com.br

Lido em: https://thoth3126.com.br/a-natureza-da-besta-e-o-jogo-que-ela-controla/   (7.1.20)

Matthew Ward

 

Importância do Perdão... a lei universal que afeta as trevas... as palavras de Deus... mudanças virão quando o controle Illuminati terminar

Importância do perdão

“ O quanto o Perdão ajuda a mudar a energia que causa tempestades, provoca a mudança na consciência de massa do planeta e ajuda a Terra?”  Não é exagero dizer que o perdão é uma das formas mais vitais de ajudar a Terra e os povos de seus países. a sua civilização. A energia do perdão emite as altas vibrações que estão sustentando a ascensão planetária, pessoal e coletiva, e sucede o mesmo com a energia da gratidão, compaixão, bondade e compartilhamento do coração – todas esses sentimentos são plenos de luz, a mesma energia do amor, e a força mais poderosa do cosmos.

Perdoar aqueles que tratam voce com injustiça ou maldade – e tenha em mente que eles podem estar fazendo exatamente o que você e eles escolheram em acordos pré-natais para ajudar uns aos outros a evoluir – elimina as baixas vibrações de amargura e ressentimento e permite que a luz penetre em seu coração e mente. Vocês se beneficiam de sentimentos elevados, assim também aqueles cujas vidas vocês tocam, a leveza de todos vocês entram na consciência coletiva da Terra e na consciência de massa universal – e assim é que a Luz carregada no perdão é poderosa!

Controle do clima

Ainda assim, há duas considerações quando se trata de mudar a energia que causa as tempestades. Ao liberar uma grande dose de negatividade, as tempestades são uma forma de limpeza planetária e, se fossem deixadas para a Mãe Natureza, seriam menos e mais brandas. Mas por muitos anos isso não tem acontecido. 

A tecnologia {que manipula as condições climáticas} controlada pelos Illuminati, que eles mantêm escondida de você, é usada – muito mal usada – para aumentar a intensidade das tempestades, acelerar os ventos e concentrar turbulentas nuvens de chuva em área específica, para que possam causar chuvas torrenciais e inundações; e tripulações extraterrestres da Luz usam sua tecnologia para reduzir esses fatores na medida do possível.

Pergunta: “Como um dos muitos trabalhadores da luz que focam nossas intenções em acalmar tempestades, incêndios florestais e outros desafios ambientais, eu gostaria de saber se nosso trabalho está tendo um efeito da perspectiva de Mateus.”  

Como as tempestades, os incêndios também estão limpando o planeta liberando negatividade, e, se nenhuma mão humana estivesse envolvida, a Mãe Natureza lidaria com incêndios florestais de uma forma que rejuvenescesse as florestas. Mas os seres das trevas atuam aqui. Uma vez que um incêndio começou – uma pequena chama que foi incendiada por uma faísca de uma linha elétrica, por exemplo – eles (elite escura) tecnologicamente aumentam a velocidade do vento e direcionam as rajadas em diferentes direções para que as chamas rapidamente se tornem um incêndio fora de controle. .

Mas absolutamente as intenções do seu foco são notáveis ​​em muitos avanços ambientais! Considere a crescente ênfase em reduzir as causas da mudança climática provocadas pelo homem, preservar as florestas tropicais, proteger os habitats naturais dos animais e criar outros tipos de renda para os caçadores, usando ou desenvolvendo fertilizantes e herbicidas naturais e protestando contra o uso de produtos químicos tóxicos... bem como fazendo a limpeza de praias e oceanos, reciclando materiais usados. 

É a Luz nas intenções benevolentes que motiva as pessoas a iniciar ou a aderir a movimentos progressistas como esses, e onde quer que você dirija esse tipo de intenções, você está intensificando a Luz do amor no planeta e de seus residentes. Você se sentiria tão encorajado quanto nós se pudesse ver seu mundo a partir de nossa perspectiva: À medida que a incandescência da Luz continua se espalhando pelo mundo,

Pergunta: “Eu sei que é importante perdoar os seres das trevas que causam sofrimento para tantas pessoas, mas eu não consigo tirar da minha mente o que eles estão fazendo e eu nunca vou ser capaz de tolerar isso. Por favor, pergunte a Matthew como posso lidar com isso.”  

Nós dizemos a esta querida alma e para outros que podem ter sentimentos semelhantes, perdoar não significa tolerar ações que causam dor e angústia ou anular essas emoções de sua mente. Aconselhamos, no entanto, não ficarem preocupados com o que os perpetradores do mal estão fazendo, e perdoá-los é deixar ir embora o ódio, a raiva, a vingança ou um intenso desejo de vê-los severamente punidos. O perdão é um processo que permite a cura da mente, das emoções, do corpo e do espírito, e como a Luz engendrada por tais curas atinge a consciência de massa, o poder do perdão é incalculável.

Condenados ou não em seus tribunais da Terra, indivíduos que cometem crimes contra a humanidade serão julgados pelas leis do universo. De acordo com a energia que eles geraram ao longo da sua vida física, eles serão atraídos para a camada mais baixa do Nirvana; e durante a revisão impressa, a revivência de cada momento, eles sentirão a mesma intensidade de trauma causado e sofrido para todas as pessoas cuja vida eles afetaram pelas suas atividades sombrias. E, para equilibrar o carma em que incorreram, eles encarnarão inúmeras vezes em circunstâncias adversas em mundos profundos da terceira densidade.

Temos insistido em enviar-lhes Luz porque, de todas as almas de nossa família universal, são elas que mais precisam; sua falta de Luz os isolam em um vazio escuro, e isso influencia suas escolhas conscientes. Aquelas almas, as mais fracas na Unidade de Todos, são amadas incondicionalmente e não são julgadas – como todas as outras almas, os seres das trevas também são almas da pura essência da Luz do amor do Criador.

Pergunta: Por favor, pergunte a Mateus o que podemos esperar depois de nos livrarmos de todos os Illuminati”.

Os efeitos de seu longo e obscuro reinado NÃO terminarão com a queda deles. A revelação sobre quem eles são e como essa sociedade secreta tem controlado a vida na Terra durante séculos será um choque semelhante aos efeitos de uma tempestade de categoria 5. E, embora décadas atrás a Luz tenha vencido as forças das trevas do seu sistema solar, a influência dessas forças permanece em ditadores tirânicos e dinastias que não são Illuminati, e esses regimes têm que desmoronar para que o povo oprimido possa ser livre.

Saber que as religiões foram planejadas para controlar as massas e manipular o cristianismo e que são baseadas em falsidades também será chocante. Assim também será ao aprenderem que existem outras civilizações ao longo deste universo, com muitas formas diferentes que seriam surpreendentes para os seres da Terra e que são muito mais evoluídas do que os humanos da Terra.

As pessoas cujas crenças e confiança forem destruídas pela mudança de paradigma precisarão de tempo e assistência para se curarem (de sua ignorância) – elas precisam conhecer o poder do perdão para que a cura possa começar perdoando aqueles que as enganaram durante tanto tempo. Você tem o conhecimento e a sabedoria inata para ajudá-los durante seu ajuste a verdades que serão surpreendentemente diferentes daquilo que lhes foi ensinado e, neste momento, as vibrações sempre crescentes serão seu aliado e delas. À medida que sua consciência humana e espiritual crescem, a paz, o amor, o respeito mútuo e estar em harmonia com a Natureza se tornarão o novo fundamento da vida na Terra.

Os muitos passos que construirão essa nova fundação não podem acontecer rapidamente, e haverá confusão e desconfiança quando os governos, sistemas políticos, legais e da justiça, grandes corporações multinacionais, mídia tradicional e todas as outras organizações e agências que impactam {controlam e manipulam} a vida na Terra forem expurgadas  e depois reformadas. por indivíduos sábios com integridade moral e espiritual e capacidade de liderança.

Depois que UM NOVO SISTEMA de uma nova economia global for estabelecido, a principal tarefa será acabar com o empobrecimento, reconstruir países devastados pelas intermináveis guerras e facilitar o retorno dos milhões que fugiram de seus lares. 

Porque as pessoas foram mantidas ignorantes da história factual e da ciência real, bem como de sua conexão desde o início com o Criador, novos livros didáticos contando a verdade, para todas as idades, serão escritos e impressos em todas as línguas e distribuídos aos sistemas educacionais em todo o mundo.

As indústrias que produzem a engrenagem da máquina da guerra fabricarão produtos projetados para um novo mundo saudável e pacífico, e os milhões em serviço militar ou cujos empregos foram perdidos devido a inovadoras tecnologias receberão treinamento em novos campos que serão abertos ou expandidos para acomodar todos os que desejarem trabalho.

Extensa infra-estrutura será construída ou modernizada sempre que necessário; o comércio, a indústria, a medicina e os sistemas de transporte, informação, comunicação e energia mudarão radicalmente. Em resumo, tudo o que Gaia imaginou para a Era de Ouro da Terra se concretizará.

Queridos, é provável que muitos de vocês deixem o planeta antes que essa Era chegue à sua plenitude, mas vocês não ficarão desapontados – vocês verão o panorama inteiro de onde quer que estejam. Você não apenas se sentirá gratificado por ter ajudado os povos da Terra a manifestarem seu novo mundo, mas ao fazê-lo, você avançou na evolução da sua própria alma. E, mais uma vez ciente de seus poderes ilimitados como almas multidimensionais, você pode experimentar quaisquer aventuras alegres que você escolher.

Todos os seres de Luz neste universo honram vocês por voluntariamente deixarem sua origem estelar para ajudar a civilização da Terra a despertar e tomar seu lugar de direito em nossa família universal de seres mais evoluídos não mais dominados pelos seres das trevas.

Suzanne Ward – suzy@matthewbooks.com

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Fonte:  https://www.matthewbooks.com/

Lido em: www.thoth3126.com.br

Dimenstein vence Véio da Havan (bolsonário malandro, oportunista e aproveitador)  na Justiça e republica matéria incômoda ao empresário

 

O jornalista Gilberto Dimenstein, editor do site Catraca Livre, resolveu, nesta quinta-feira (19), republicar uma matéria incômoda ao empresário Luciano Hang, mais conhecido como Véio da Havan. Trata-se de um texto crítico ao fato de Hang ter comprado um jatinho milionário enquanto arrasta dívidas com o INSS. A matéria foi publicada em agosto deste ano.

O Véio da Havan, então, entrou com uma ação na Justiça para que a matéria de Dimenstein fosse retirada do ar. Segundo o jornalista, no entanto, o juiz que cuidava do caso negou o pedido. “Luciano Hang entrou na Justiça pedindo que eu retirasse do ar post crítico em que mostro o óbvio: enquanto ele gasta milhões com um jatinho, deve milhões ao poder público. Decisão da Justiça: não. Repito o post”, escreveu o jornalista em seu Twitter.

Luciano Hang entrou na Justiça pedindo que eu retirasse do ar post crítico em que mostro o óbvio: enquanto ele gasta milhões com um jatinho, deve milhões ao poder público. Decisão da Justiça: não.
Repito o posthttps://t.co/HFemYFo7GR  -  (Gilberto Dimenstein (@GDimenstein) December 19, 2019)

Hang, dono da rede de lojas Havan, é um dos maiores apoiadores do presidente Jair Bolsonaro no meio empresarial.

“Incomodado com Luciano Huck, Jair Bolsonaro resolveu mostrar o financiamento do BNDES que o apresentador recebeu para comprar um jatinho. Na lista, aliás, há vários empresários. Mas pergunto: por que Bolsonaro não fala nada de Luciano Hang, o dono da Havan. Ele não teve financiamento do BNDES. Mas comprou um jato bilionário, quando tem dívidas gigantescas com o INSS. Por que não pagou a dívida? A diferença é que Bolsonaro é apoiado com dinheiro por Luciano Hang”, diz a matéria de Dimenstein que o empresário não quer que ninguém veja.

O jatinho comprado à época por Luciano Hang é avaliando em US$ 62,310 milhões (R$248 milhões), sendo um dos jatos executivos mais caros do mercado.

Lido em: https://revistaforum.com.br/noticias/dimenstein-vence-veio-da-havan-na-justica-e-republica-materia-incomoda-ao-empresario/ 3.1.20

Amigos leitores...  vou postar duas matérias interligadas... leiam e tirem suas conclusões

Crianças Trans

 

Vejam o absurdo que a “agenda trans” está fazendo com crianças e pais... na reportagem abaixo ninguém falou do “porque” da confusão de gênero (intencional e jogada na sociedade atual como normal). Trata-se de engenharia social e enfiada goela abaixo em filmes preditivos e novelas podres... observem como os pais se esquivam e se recusam a educar!

"Minha filha nasceu menino": pai conta caminhos que trilhou com filha trans

Paulo começou a conversar comigo em um almoço na casa de uma amiga. Eu estava com meu filho que, como já contei aqui, se veste com roupas femininas (Jô: esta fala é da repórter que fez esta matéria, tão alienada quanto o entrevistado). Paulo me disse que também tinha uma filha trans.

Ficamos um pouco sem jeito, os dois. Do meu lado, porque meu filho, adolescente, não se vê como trans. "Sou menino, mas também gosto de ser menina." É desse jeito que meu filho se define – ou não se define,. o que é um direito dele 

(Jô: não é “direito” pois crianças pequenas não têm discernimento, não sabem tomar decisões importantes e precisam ser educadas... nada mais tenebroso que pais/paus mandados por crianças/filhos/ditadores)

Paulo tem uma menina de 7 anos, sua caçula, que chamaremos aqui de Gil. Ela nasceu menino. Mas, ainda pequena, Gil começou a se identificar com coisas de menina. Paulo e a mãe (agora ex-companheira) ficaram confusos, tentaram orientar o filho mas, com o passar do tempo, Gil foi pedindo para pintar unhas, usar batom,  usar adereços na cabeça para imitar um cabelo longo, para usar camisetas que poderiam passar como vestidos, ser chamada de menina – Flora à época. E eles aceitaram. (Jô: pais debilóides e irresponsáveis  que não se informam, não estudam e não educam).

Como foi a decisão de tratar seu filho como filha?

Foi um processo sem receita, longo, cheio de incertezas, mas com muita confiança no que era melhor para o Gil. Desde pequeno, aos 2 anos, ele foi mostrando que se identificava muito com o universo feminino, principalmente pelo aspecto estético. Gostava de usar camiseta na cabeça para fazer de conta que tinha cabelos compridos. Isso, aliás, acontece muito em meninos que se identificam como meninas. Gil também gostava de usar roupas maiores para imitar vestidos. Um pouco antes, ainda, começou a pintar a unha, a se maquiar.

(Jô: caso típico de espirito pouco evoluído que foi mulher vaidosa e narcisista que acabou de reencarnar... saibam que o plano astral, muito acessado por “espiritas” e “espíritos” está em conluio com a “agenda trans”)

Quais foram as incertezas que você citou? 

Eu não sabia se faltavam referências masculinas, tinha muito essa dúvida. Será que Gil sabia a diferença entre homens e mulheres? Será que eu estava dando o exemplo certo? Eu e a mãe dele nos perguntávamos: a culpa era nossa? Ora, achávamos que era só fantasia de criança, que a gente não tinha que reprimir, ora, eu dizia: você é um menino, não pode usar essas coisas.

(Jô: Alô Pai!...  a sociedade atual vem implantando agenda trans, agenda pedófila e pornografia há décadas através do entretenimento podre (filmes, series, novelas, musicas, cartoons, jogos, etc)

O que foi que te deu a certeza? 

Vimos uma reportagem no Fantástico  (Jô: Globo... a escola do saber, a faculdade do comportamento chulo e amoral) sobre um núcleo de pesquisas que funcionava no Hospital das Clínicas [em São Paulo] estudando o comportamento de crianças com incongruência de gênero, esse é o termo médico para pessoas que se sentem ou desconfortáveis com o corpo que nasceram ou confortáveis em ter características dos dois.

O que você viu no ambulatório? 

Vi muita seriedade nos profissionais que nos atendiam e pesquisavam o assunto. Eles não queriam modificar as crianças, queriam acompanhá-las e ajudá-las a conviver bem consigo mesmas. Vi também muito sofrimento, tanto entre as crianças quanto no grupo de pais. Era muito comum ouvir histórias de crianças deprimidas ou que se mutilavam. E não estou falando de adolescentes, mas de crianças mesmo. O Gil tinha 3 anos e pouco quando a gente começou a frequentar o Ambulatório.

(Jô: a medicina do sistema não está preparada para tratar deste “problema” pois são “ferramentas e agentes” do processo global de transgenerização que usa vacinas, remédios e muita enganação para a população “não ver” o derrame de estrógenos e disruptores endócrinos causadores de confusão de gênero em milhares de produtos)

Lembro de um pai que falou que a filha vivia se machucando, até que ela contou que odiava usar roupas femininas. Um dia, esse pai jogou as roupas dela fora e comprou roupas de menino. e ela parou de se machucar. Isso foi um grande alerta pra gente. Se o Gil estava sofrendo por usar roupas de menino, então, a gente ia comprar outras roupas para ele, e não ficar adaptando. Começamos com uma saia-calça. Depois, passamos para um vestido. Muita gente não entende, mas imagina o sofrimento para uma criança não poder ser quem é? Se expressar como realmente se identifica?

(Jô: a atual geração de pais (educados pela TV e filmes) foi preparada para colaborar com a transformação da sociedade em pessoas trans num primeiro momento, no segundo momento virá o  “transhumanismo” e o canibalismo)

E por que você acha que tantos pais fazem isso? 

Acho que, principalmente, por desconhecimento. O que não é conhecido, assusta. Parece mais fácil a gente tentar trazer os filhos para as caixinhas, os papéis que consideramos normais. Mas a vida não funciona assim. As crianças não nascem iguais, não crescem iguais. Mesmo tendo características físicas masculinas, por exemplo, uma criança pode se sentir uma menina. Ou se sentir menina e também menino. Ou seja: a identidade do ser humano não cabe apenas nos papéis de homem e mulher (uma mentira preditiva, repetida muitas vezes para ser aceita).

Tentar espremer o filho dentro de uma caixa que não serve para ele é de uma violência enorme que a gente só comete por não entender que a vida é mais complexa e rica do que aprendemos.

(Teoria “nova” e exdrúxula, sem nenhum fundamento científico/religioso pronta e aplaudida pela elite (cabala escura) que comanda a humanidade ainda hoje).

Sua filha tem 7 anos hoje. Como ela está? 

Gil está bem. Ela estuda numa escola que é muito receptiva, que aprende que existem diferenças que devem ser respeitadas. Tem dois irmãos que a adoram, pais que a apoiam e que defendem a liberdade da criança de ser o que quer ser. Gil hoje tem cabelos compridos, compridos de verdade, veste roupas de meninas, mas não quer ser tratada apenas como menina, o que eu acho muito interessante e muito novo, uma característica dessa geração talvez, que não precisa se enquadrar em papéis tão fechados de identidade de gênero ou de sexualidade.

(Jô: pensamento e idéias de “pessoas descoladas”, pseudo inteligentes, babacas que não conseguem educar uma criança em uma sociedade/planeta/humanidade obviamente organizada em 2 generos: machos e femeas)

E os colegas da escola, como reagem? 

Quando Gil começou a usar short-saia e deixar o cabelo crescer, os colegas começaram a falar sobre isso nas famílias. Então, a escola puxou uma reunião com os outros pais para explicar a história da Gil. ...

O que você aprendeu como pai? 

Estou aprendendo e estou aberto a aprender. Aprendi que Gil não se enxerga como menino, mas também não é uma menina. (Jô: caso típico e clássico de confusão de gênero).

Existe uma ansiedade grande dos pais para que se defina logo a identidade, como se fosse mais fácil saber que a partir de tal momento seu filho é uma menina ou vice-versa....

Qual sua maior preocupação? 

Como pai, minha maior preocupação é a presença da Gil em lugares públicos: banheiros de shopping, escola. Quando ela for adolescente, talvez eu me preocupe com a segurança dela das ruas.

(Amigos leitores... pesquisem sobre disruptores endócrinos, estrógenos nos alimentos, produtos que alteram a sexualidade, vacinas e remédios, e principalmente “predição” - implantação de ideias, crenças e conceitos nas mentes mais jovens usando linguagem subliminar, pulsos eletromagnéticos em celulares e Tvs,  filmes/novelas/series com mensagens podres embutidas e supervisão de adultos debilóides e ignorantes sobre nossas crianças.)

Ler na íntegra esta matéria em:  https://nos.blogosfera.uol.com.br/2019/12/28/minha-filha-nasceu-menino-pai-conta-caminhos-que-trilhou-com-filha-trans/

Segunda Matéria... juntem os pontinhos pois uma coisa leva a outra

“Um Livro Infantil de Demônios” ensina Crianças a invocá-los

Embora essa possa ser a pior ideia para um livro infantil da história do mundo, "Um Livro Infantil dos Demônios" existe. Ele foi publicado e amplamente distribuído pela Amazon, no Walmart e em algumas das maiores livrarias dos EUA.

 
O Corydon
 
Há várias coisas que vale a pena notar aqui. Primeiro, o desenho do demônio é altamente inspirado em Baphomet, com o sinal da mão "o que está em cima é como está embaixo".  Segundo, o nome Corydon não é aleatório. É o nome de um personagem pedófilo nos "Éclogas" de Virgílio: um pastor apaixonado por um garoto chamado Alexis.  A associação do nome com "amor de menino" foi cimentada pelo autor francês André Gide, que intitulou seu livro, defendendo a homossexualidade e a pederastia (uma relação sexual entre um homem adulto e um adolescente púbere ou adolescente), "Corydon".  Então, sim, essa é uma escolha estranha de nome para um livro destinado a crianças de 5 a 10 anos.
 

Veja um pequeno trecho livro do autor Aaron Leighton:

"Não quer tirar o lixo hoje à noite? Talvez você esteja cheio de lição de casa? Talvez esse valentão esteja sendo uma chatice de verdade? Bem, pegue seus lápis de cor e suas habilidades de desenho de sigilos e invoque alguns demônios! Mas tenha cuidado, mesmo que esses espíritos sejam mais tolos do que assustadores, eles ainda são demônios."

Uma resenha do livro diz:

Leighton integra um elemento prático deste guia brincalhão que convida os leitores a conjurar demônios gentis escrevendo seus sigilos, que servem como "um número de telefone" diretamente para o espírito. Os demônios precisam de invocação específica (Corydon exige um sigilo "desenhado em vermelho brilhante, a cor do nariz de um palhaço - de preferência enquanto você está rindo") e expressa características e habilidades específicas que variam de pragmático a bruto. Eles incluem "Flatulus", cujo talento é soltar gás; "Quazitoro", especialista em encontrar objetos perdidos; e "Spanglox", "o demônio mais bem vestido do submundo", que oferece conselhos de moda de ponta. As representações de Leighton dos demônios de vários olhos, dentes múltiplos e afiados são estranhas sem serem assustadoras, e o conceito criativo provavelmente inspirará alguns leitores a criar seus próprios demônios. Idades 5-10.

"Um Livro Infantil de Demônios" é basicamente um grimório (manual de bruxaria para invocar demônios e o espírito dos mortos) para crianças. Ele contém 72 demônios que podem ser evocados pelas crianças para seu benefício pessoal (que é a definição de magia negra). Cada demônio é acompanhado por um sigilo (um símbolo representando um demônio imbuído de poder oculto) e um desenho "fofo" (repleto de simbolismo oculto).

Então, para invocar esses demônios, as crianças são incentivadas a reproduzir seus sigilos, que são muito semelhantes aos sigilos reais em Goetia (livro de símbolos, referência clássica para magia negra.

Acima a tabela de sigilos do livro infantil e abaixo uma página da Goetia (livro de magia negra)

Goetia ou Goëtia é uma prática que inclui a conjuração de demônios, especificamente os invocados pela figura bíblica do rei Salomão. O uso do termo em inglês deriva amplamente do grimório do século XVII, Chave Menor de Salomão, que apresenta um Ars Goetia como sua primeira seção.  (Wikipedia, Goetia)

O autor -  Aaron Leighton -  é um ilustrador e diretor de arte premiado, além de fã de tudo o que é oculto. Seu primeiro livro na Koyama Press, Spirit City Toronto, foi publicado em 2010. Aaron mora em Toronto, Canada.

Comentário de John Podesta (pedófilo e traficante de crianças amigo de celebridades e políticos podres)

Magia Negra Não é Um Jogo.  "Um Livro Infantil de Demônios" é mais uma tentativa de normalizar a magia negra e o satanismo para crianças. Ao atender aos desejos e necessidades das crianças (tarefas, trabalhos de casa etc.), o livro simplifica demais o mundo extremamente sombrio e complexo da magia cerimonial e o transforma em um jogo divertido. No entanto, qualquer ocultista diria: magia negra não é um jogo. E definitivamente não é para crianças.

Para realmente entender a magia negra, é preciso ler as palavras dos ocultistas reais, e não os blogueiros que diz que bruxaria é divertida. Eliphas Levi (o cara que desenhou Baphomet) escreveu em seu clássico "Dogmes et Rituels da Haute Magie":

Magia Negra é realmente apenas uma combinação graduada de sacrilégios e assassinatos projetados para a perversão permanente da vontade humana e para a realização em um homem vivo do fantasma hediondo do demônio. É, portanto, propriamente dita, a religião do diabo, o culto das trevas, o ódio ao bem levado ao auge do paroxismo: é a encarnação da morte e a persistente criação do inferno.  (Eliphas Levi, Dogmes et Rituels da Haute Magie)

Outro ocultista proeminente e maçom de 33º grau Manly P. Hall explica o alto preço da magia negra.

A verdadeira magia negra é realizada com a ajuda de um espírito demoníaco, que serve ao feiticeiro por toda a vida terrena, com o entendimento de que após a morte o mago se tornará o servo de seu próprio demônio. Por essa razão, um mágico negro alcançará objetivos inconcebíveis para prolongar sua vida física, já que não há nada para ele além do túmulo.

A forma mais perigosa de magia negra é a perversão científica do poder oculto para a satisfação do desejo pessoal. Sua forma menos complexa e mais universal é o egoísmo humano, pois o egoísmo é a causa fundamental de todo mal do mundo. Um homem trocará sua alma eterna por poder temporal e, através dos tempos, um processo misterioso foi desenvolvido, o que realmente lhe permite fazer essa troca. (Manly P. Hall, Ensinamentos Secretos de Todas as Idades).

Em resumo, invocar demônios é a última coisa com que as crianças deveriam brincar. Mesmo que demônios possam ser inventados, os sigilos podem ter implicações psicológicas reais.

Lido em: https://danizudo.blogspot.com/2019/12/um-livro-infantil-de-demonios-ensina.html

Jomarion... Agenda transgenero para a humanidade é um projeto demoniaco e satânico. Basta uma breve pesquisa na internet (textos e videos) e fica claro que é uma agenda maligna implantada pela elite negra.)

Era Fake News: vendas de Natal não foram essa “brastemp” toda

*É um dado plantado. É uma mentira. Estamos desconfiados de que foi manipulação com alguma segunda intenção, declarou a ABLOS.*

 

Semana passada, toda mídia do País divulgou, até o Jornal Nacional dedicou alguns minutos, o governo federal e seus seguidores surfaram na onda: as vendas de Natal dos shopping centers teriam batido recorde - alta de 9,5% em relação ao ano passado, faturamento de 37 bi -, um índice inesperado no país onde 11 entre 10 desempregados, e são milhões, parece que andam entregando lanches com aquelas caixas térmicas, feito televisores pendurados nos costados, alguns ciclistas, outros motoqueiros, todos sob o sol escaldante.

Agora vem a Ablos (Associação Brasileira dos Lojistas Satélites) contestando o tal do "crescimento" das vendas. Diz que pretende entrar na Justiça contra a Alshop, associação de lojistas de shopping, que teria inventado o tal sucesso, alegando ser mentira, fake news. E diz que a turma está, sim, é reclamando: venderam muito pouco, shopping cheio não é loja cheia.

Diz o empresário Tito Bessa Jr., presidente da Ablos: "É um dado plantado. É uma mentira. Estamos desconfiados de que foi manipulação com alguma segunda intenção".

Bessa diz que a Ablos fez pesquisa. E teria chegado à conclusão de que 70% das lojas tiveram desempenho pior ou igual a 2018. Outro empresário, Fernando Kherlakian, corroborou: "A gente teve uma queda de 2% e eles estão falando que o mercado em geral cresceu 9%. Não é real isso".

Agora é esperar as cenas dos próximos capítulos.

Lido em: https://www.jb.com.br/pais/informe_jb/2019/12/1021256-era-fake-news--vendas-de-natal-nao-foram-essa-brastemp-toda.html

Quais são as diferenças entre o Natal católico e o ortodoxo?

A Igreja Ortodoxa compartilha a maioria das crenças e ritos com a Igreja Católica.

Há muitas igrejas cristãs no mundo, de acordo com as diferentes crenças: católicos, evangélicos, anglicanos, pentecostais, protestantes, mórmons, ortodoxos...

Hoje existem cerca de 41 mil denominações e organizações cristãs no mundo, que compartilham uma série de crenças baseadas na figura de Jesus Cristo, de acordo com o Centro para o Estudo do Cristianismo Global (CSGC, na sigla em inglês). No total, reúnem cerca de 2,4 bilhões de adeptos.

Para muitas dessas igrejas, como a católica ou a protestante (as que têm o maior número de fiéis do mundo), a celebração do Natal — uma das principais em seu calendário — é no dia 25 de dezembro.

Outros, como as Testemunhas de Jeová, simplesmente não comemoram o Natal.

E o que mais chama atenção é a Igreja Ortodoxa, que compartilha com os dois maiores grupos do cristianismo grande parte da doutrina, fé e ritos. O Natal da maioria dos ortodoxos, no entanto, é comemorado no dia 7 de janeiro.

Por que?

Direito de Nas cidades onde a religião ortodoxa predomina, crianças e adultos saem às ruas para se reunir no dia de Natal.

"Na verdade, nós, ortodoxos celebramos o Natal em 25 de dezembro, mas seguindo o calendário juliano. No calendário gregoriano, essa data cai no dia 7 de janeiro", disse à BBC Mundo Xena Sergejew, membro da Igreja Ortodoxa Russa.

"Não fazemos a comemoração na noite de véspera de Natal, mas fazemos a celebração religiosa do Natal", explicou.

As diferenças têm a ver com os diferentes calendários, a Primeira Guerra Mundial e várias interpretações da verdadeira data do nascimento de Jesus.

Natal ortodoxo em janeiro

No século XI, devido a diferenças nos rituais — mas também a questões teológicas ou doutrinárias, como o conceito de purgatório e a chamada "controvérsia trinitária" — houve uma separação dentro da Igreja Católica.

Foi nessa época que ocorreu o que é conhecido como "cisma do Ocidente e do Oriente", que resultou na criação da Igreja Ortodoxa, que tem cerca de 300 milhões de fiéis. Está presente nos países da Europa Oriental, incluindo a Rússia e Grécia, assim como na Turquia e em países da África e América.

Embora compartilhem semelhanças, as celebrações de ambas as igrejas estão se distanciando.  Velas são uma parte importante da celebração ortodoxa.

Por exemplo, a celebração dos ortodoxos todo dia 7 de janeiro acontece depois de 40 dias de jejum.

E nenhum presente é dado, como acontece no Ocidente há décadas.

Por que isso acontece? É aqui que entra a Primeira Guerra Mundial.

Quando a guerra terminou, boa parte do mundo mudou para sempre: impérios inteiros terminaram e novas nações apareceram.

Após o conflito, muitos dos países em que a ortodoxia cristã era a religião predominante ficaram sob a influência de países que já usavam ou acolheram — como no caso da União Soviética — o calendário gregoriano, estabelecido pelo papa Gregório XIII no século XVI.

No entanto, a igreja ortodoxa decidiu não aplicar a mudança de calendário e continuou basear as datas de seus ritos eclesiásticos pelo calendário juliano — implementado por Júlio César no século I aC. Nesse calendário, o dia 25 de dezembro corresponde ao que é hoje o dia 7 de janeiro.

Uma das semelhanças entre as duas religiões tem a ver com o encontro familiar e a reunião social promovida pelas celebrações.

"Nós, ortodoxos, usamos o calendário civil para as 'coisas do mundo', e um calendário eclesiástico para manter as tradições originais dos crentes em Cristo", escreveu Gonzalo Xavier Celi, da Igreja Ortodoxa do Equador, no site oficial da congregação.

"Embora seja amplamente aceito que a data real do nascimento do Senhor foi provavelmente em março ou abril, acreditamos que é bom manter a festa tradicional que os primeiros cristãos escolheram, abolindo assim a festa pagã ao deus Sol, colocando Cristo como o centro ou o sol de nossas vidas", acrescentou.

Na Rússia, por exemplo, 89% dos russos comemoram o Natal em 7 de janeiro e os demais, em 25 de dezembro. É nesse país que estão concentrados cerca de 35% dos cristãos ortodoxos do mundo.

Celebração

Em contraste com a religião católica, o Natal dos ortodoxos russos é precedido por um forte jejum de 40 dias. Nos dias seguintes, os fiéis participam da liturgia. Depois, muitos caminham em procissão até mares, rios e lagos.

Durante esses dias, os crentes ortodoxos se reúnem para realizar cerimônias ao ar livre com a ideia de abençoar a água. Em alguns países, os rios estão congelados nessa época, então eles perfuram o gelo para alcançar a água que desejam abençoar.

Alguns levam água para suas casas para proteger seus lares. Presentes não fazem parte da celebração do Natal pelos ortodoxos.

Depois, uma grande festa é organizada nos interiores, onde eles se reúnem para comer e se divertir. Mas não trocam presentes. Na Rússia e em outros países, a entrega de presentes ocorre durante a celebração do Ano Novo.

"Isso tem mais a ver com uma questão política. Durante anos, a União Soviética, sendo um estado ateu, mudou essa comemoração para o ano novo. Mas tradicionalmente não era assim", acrescentou.

Agora, um dos principais costumes é servir bolos de Natal e cantar canções de Natal. A tradição se mistura om outras, pagãs, da Rússia antiga, para que as pessoas possam visitar seus vizinhos disfarçados, dançar, cantar e pedir presentes — uma tradição semelhante a pedir doces.

Outra diferença entre o costume católico e o ortodoxo tem a ver com a importância atribuída a ele: enquanto no Ocidente o feriado religioso mais difundido é o Natal, para os ortodoxos é a Páscoa.

A maior semelhança é que, tanto no Oriente quanto no Ocidente, o Natal tem um forte componente de reunião de família e reunião social.

Lido em: https://www.bbc.com/portuguese/geral-50903246   (24.12.19)

Entenda a Constelação Familiar de Bert Hellinger

 

O lugar de cada um no sistema familiar

Cada integrante de nosso sistema familiar, quando nasce, garante naquele momento seu lugar na familiar. Este lugar é bem claro: ele é depois de todos que vieram antes e antes de todos os que virão depois.

Este lugar não pode ser trocado em hipótese nenhum. Da mesma forma, este lugar não pode ser ocupado por outros de nenhuma maneira.  Ainda assim, o movimento de quebra da ordem familiar é um dos mais comuns observados na Constelação Familiar.

E como se quebra a ordem?

Quando me julgo superior aos pais, quando interfiro nos problemas dos outros, quando me intrometo em assuntos que não me pertencem.  Hellinger escreveu em seu livro “Ordens do amor”: “Quando alguém atenta contra a ordem de origem, quando, por exemplo, um filho se arroga o direito de saber e julgar o que se passa entre os pais, ele se coloca acima deles.

Sempre que acontecem processos trágicos em sistemas, como acidentes graves, suicídios e coisas semelhantes, trata-se de consequências da transgressão da ordem. Alguém em posição posterior colocou-se no lugar de alguém em posição anterior, e consequentemente reage com uma necessidade inconsciente de fracassar, ficar infeliz ou morrer.

Permanecer em seu lugar, assumindo suas responsabilidade, limites e também sua própria liberdade resulta em uma vida leve. E nisso, a Constelação Familiar pode ajudar.

Constelação familiar não é mágica

Há um componente muito importante para os bons resultados de uma Constelação Familiar: a responsabilidade pessoal.  É através dela que o cliente consegue se apropriar do que foi visto na Constelação e partir para a ação e para as possibilidades que se abrem após um trabalho com as Constelações Familiares.

Mas isso também tem um custo: sair do papel de vítima e dizer sim aos erros, e também aos acertos. É ver a realidade, com tudo que a compõe.  Isso dá força, algo muito próprio que nos direciona para uma vida mais leve e madura.  A Constelação Familiar encontra aqui também um desafio: a medida que este conhecimento se difunde, muitas pessoas chegam nele querendo terceirizar essa responsabilidade.

Sim, há ação do campo familiar e há reflexos em todo o sistema. Mas sem uma postura realmente madura diante da própria realidade em relação às dores, aos insucessos, ao que é difícil, os efeitos verificados na Constelação se perdem. Isso porque, ainda que inconsciente, somos os maiores agentes de acontecimentos (bons e ruins) em nossa vida. E se não tomarmos a possibilidade de mudança como nossa responsabilidade, nós iremos, novamente, criar o ambiente para que certos situações difíceis voltem a acontecer.

Constelação Familiar não é mágica. É uma chance de ver e aceitar o nosso lugar e nosso papel no nosso sistema familiar. Com a postura certa, nos auxilia a assumir a responsabilidade que nos pertence e assim tomar as atitudes necessárias para caminhar adiante.  Ela exige bastante mudanças daqueles que chegam até ela. Porém, os resultado tem se mostrado muito eficiente para todos aqueles que desejam e se compromentem realmente consigo mesmo no movimento das mudanças.

Porque repetimos?

Você sabe porque repetimos as situações difíceis do nosso sistema familiar? O conhecimento trazido pela constelação fala de como recebemos influências dos acontecimento difíceis de nossa rede familiar, mesmo de pessoas que sequer tivemos convivência.  Isso acontece pelo nosso vínculo familiar, pela lealdade e amor (muitas vezes inconscientes) que temos com todos aqueles que pertencem ao nosso sistema, em especial em um espaço de 4 gerações.

Hellinger, pioneiro neste conhecimento, escreveu no livro “Ordens do Amor”:

“Na comunidade de destino, constituída pela família e pelo grupo familiar, reina portanto, em razão do vínculo e do amor que lhe corresponde, uma necessidade irresistível de compensação entre vantagens de uns e as desvantagens de outros, entre a inocência e a sorte de uns e a culpa e a desgraça de outros, entre a saúde de uns e a doença de outros, e entre a vida de uns e a morte de outros. Em razão dessa necessidade, se uma pessoa foi infeliz, uma outra também quer ser infeliz; se uma ficou doente ou se sente culpada, uma outra, saudável ou inocente, também fica doente ou se sente culpada; e se uma morreu, outra, próximo a ela, também deseja morrer.”

Nesse movimento inconsciente, somos levados à repetição do que é difícil. Porém, entrar em contato com esta identificação e olhar com amor e respeito para o que foi difícil nos permite liberar do amor cego e seguir para uma vida mais leve.  É isso que a Constelação Familiar oferece. Um conhecimento que nos auxilia a seguir adiante para além das dificuldades.

A força do vínculo

Por efeito do vínculo, os membros subsequentes e mais fracos da família querem segurar os antecedentes e mais fortes para que não se vão, ou pretendem segui-los se já partiram. Também por efeito do vínculo, os membros que obtiveram vantagem querem assemelhar-se aos que ficaram em desvantagem.

Assim, filhos saudáveis querem assemelhar-se a pais doentes e filhos inocentes a pais culpados. O vínculo faz ainda com que membros da família com boa saúde se sintam responsáveis por membros doentes, inocentes por culpados, felizes por infelizes e vivos por mortos. Assim, pessoas que se sentem em vantagem se dispõem também a arriscar e oferecer sua saúde, inocência, vida ou felicidade pela saúde, inocência, vida ou felicidade dos outros. Pois alimentam a esperança de que, renunciando à própria vida e à própria felicidade, poderão assegurar ou salvar a vida e a felicidade de outros membros dessa comunidade de destino, restituindo e recuperando a vida e a felicidade deles, mesmo que tenham sido perdidas.

Dessa maneira, no interior dessa estreita comunidade de destino, o vínculo e a necessidade de compensação levam ao equilíbrio e à participação na culpa e na doença, no destino e na morte de outros. Com isso, tenta-se pagar a salvação do outro com a própria desgraça, a cura do outro com a própria doença, a inocência do outro com a própria culpa ou expiação, e a vida do outro com a própria morte.

O olhar sistêmico

A Constelação Familiar e Sistêmica é um conhecimento que olha para influências pessoais que surgem do vínculo a um grupo, seja ele familiar, profissional ou de qualquer outro tipo. Considerar o sistema e suas atribuições significa que o todo NÃO pode ser explicado a partir da análise separada de cada elemento.  Na verdade, na inter-relação entre seus integrantes, uma realidade maior surge, estando esta além para a simples soma da contruibuição individual de cada integrante.

“O todo é mais do que a soma dos elementos. As propriedades sistêmicas são mais – e pode-se até dizer que são algo distinto – do que a mera adição de seus elementos. As propriedades de um sistema não podem ser concluídas a partir da análise dos respectivos elementos, elas só são acessíveis quando o sistema como um todo é considerado na inter-relação entre as suas partes.” (trecho de Klaus Grochowiak e Joachim Castella, no livro “Constelações Organizacionais – Consultoria Organizacional Sistêmico-Dinâmica).

Bert Hellinger, no livro “A fonte não precisa perguntar pelo caminho” escreve:

“A família tem uma memória. O que dela vem à luz nos é presenteado. Mas ainda estão presos a ela o escuro e o oculto do qual vêm. Isto é, o seu essencial nos permanece oculto, por exemplo, o seu “de onde” e o “para onde”. Não só nos permanece somente oculto, mas também em segurança, isto é, subtraído ao nosso acesso. Por isso, podemos e nos é permitido dispor dele somente quando se mostra, e nós paramos aí, onde nos é ocultado.

Por isso, o que veio à luz não trai o oculto e nem aquilo que está em segurança, somente nos é mostrado por ele de maneira limitada. Nossas opiniões se colocam na frente do que vem à luz, encobrindo-o. A opinião, tão logo a tenhamos formado, nos permite permanecer no subjetivo e por isso bloqueia o conhecimento.

Ao contrário, o que veio à luz nos força ao desconhecido, insólito e novo. Quando nos concentramos neste trabalho, então nos concentramos naquilo que permanece oculto, atrás do que quer vir à luz. Nós nos submetemos não somente ao que vem à luz, mas também àquilo que permanece oculto e a tudo aquilo que se manifestou e que volta a imergir.

Por isso, estamos em harmonia com os dois movimentos e nos submetemos a ambos. Este trabalho deixa aparecer o essencial e, por isso, não se limita ao que está em primeiro plano, por exemplo, à cura de uma doença. Por isso, ele é em sua essência mais do que simples psicoterapia.”

Constelações familiares – Filosofia aplicada

“Vou esclarecer com um exemplo: Um cliente reclama de seus pais ou reclama do que ele ou ela vivenciou de ruim na infância.  Originalmente tínhamos pena desse cliente e pensávamos: ‘Vamos ajudá-lo’. Mas se penso filosoficamente, através do espírito, não existe nada de ruim. Isso não pode existir.  Se atrás de tudo atua uma força criativa, não existe nada que possa contradizer isso.

Portanto, agora olho filosoficamente para essa situação e peço ao cliente que ele também veja a sua situação filosoficamente e que diga: ‘Não importa o que tenha sido: obrigado. Tomo isso como uma força. Eu tomo esses pais como pais especiais, que me dão forças especiais e essenciais para a minha vida’.

De repente, tudo o que aconteceu se transfigura. Fica preciso. Como o terapeuta se comporta então? Ele já não é mais um terapeuta, é agora, na verdade, um filósofo. Ele não tem nenhum pesar. Pelo contrário, concorda também com aquilo que é ou que foi. Com isso são liberadas forças que ultrapassam a psicoterapia”.

Para entender a constelação familiar 

Algumas pessoas estranham o termo “Constelação Familiar” e isto é bem natural. Aqueles que não conhecem os estudos de Bert Hellinger sobre os relacionamentos humanos e as influências do sistema familiar sobre os seus integrantes, acham que se trata de algo místico.

Por isso, geralmente é um desafio falar da Constelação Familiar de Hellinger para aqueles que nunca participaram de uma vivência. Então, para fim de explicação e buscando facilitar o entendimento, vamos usar aqui neste post um termo mais diretamente relacionado com o objeto deste trabalho. Usaremos “Posicionamento Familiar” no lugar de Constelação Familiar.

O “Posicionamento Familiar” (Constelação Familiar) é uma dinâmica terapêutica com o objetivo de observar como membros de uma família se relacionam em um sistema.

Dadas algumas regras que regem o sistema familiar, como descobriu o psicoterapeuta Hellinger, ao fazer o “Posicionamento familiar” com base numa questão trazida pelo cliente, é possível verificar onde está a possível fonte da identificação do cliente com seu sistema e que se manifesta como dificuldade em sua vida.

Essa dinâmica fica clara para o cliente, servindo como um rápido diagnóstico e incitando mudanças. Como é uma experiência que se manfesta em seu corpo, a compreensão é muito mais rápida e efetiva, diferente por exemplo, da terapia onde o cliente fala sobre suas questões.

Outras teorias também se propõem a explicar outros resultados da Constelação, que vão para além do trabalho com o cliente. Como estas informações que transparecem no “Posicionamento Familiar” advém do insconsciente familiar do cliente, este também é impactado, gerando movimentos em todo o sistema.

O trabalho de Hellinger é impressionante e tem encontrado resultados expressivos em todo o mundo, já sendo aplicado há mais de 40 anos. Hoje, este conhecimento se expande para todo local onde há relações sistêmicas, como na Administração, na Saúde, na Pedagogia e no Direito.

A repetição como forma de expiar algo difícil

Bert Hellinger, no livro “Ordens do Amor

“A expiação é uma forma de compensação, e por sinal, uma compensação cega. Existe uma lei natural que busca sempre compensar um desequilíbrio. Essa lei atua igualmente na psique, onde também busca sempre compensação. Assim, a expiação é uma tentativa de compensar alguma coisa instintivamente. Muitas vezes ela funciona de um modo que escapa do controle do indivíduo. Há, porém, uma forma de libertar-se do contexto instintivo e de compensar de acordo com uma ordem superior, que chamo de ordem do amor. Ela se encontra em um nível superior e leva a compensar de uma forma que dispensa a expiação.”

A forma de cessar a expiação é olhando para a realidade com respeito, lidando com a responsabilidade que lhe cabe. Assim, nos liberamos e liberamos os outros em relação a este acontecimento.

Manoela Z. Bruscatto

Lido em: https://verdademundial.com.br/2019/11/entenda-a-constelacao-familiar/

"SISTEMA FINANCEIRO - ATUALIZAÇÃO"

 

Existe muita coisa acontecendo nos bastidores do sistema financeiro. Há uma divisão dentro da Nobreza Negra sobre como proceder com seus planos. 
Uma facção da Nobreza Negra deseja travar o atual sistema através do mercado de recompra o mais rapidamente possível e substituí-lo por sistema financeiro criptográfico centralizado do FMI, onde as pessoas pagariam com seus telefones celulares (smartphones), sendo seu comportamento monitorado e avaliado com um sistema de crédito de pontuação social.

(Jomarion..aqui está a “marca da besta” sendo apresentada – smartphone obrigatório – vejam que tentarão atrelar a população da Terra ao FMI e Banco Mundial sobre a benção da ONU... quem não entrar na nova tetra, não poderá comprar e nem vender.)

O JP Morgan e o Deutsche Bank são os principais atores da próxima crise financeira e apoiados por essa facção da Nobreza Negra. Essa facção, também, apóia o FMI e a política do BCE, sendo Christine Lagarde uma de suas principais protagonistas:  https://en.wikipedia.org/wiki/Christine_Lagarde
Nesse momento, essa facção achou que estava pronta para o próximo movimento e, no mesmo dia, desencadeou uma enorme anomalia no mercado de recompra, ainda mais expandida pela retenção de liquidez do JP Morgan em outros bancos: https://seekingalpha.com/article/4303050-was-september-repo-spike-anomaly
De Setembro a Dezembro, essa facção continuou com seus planos: https://www.jpmorgan.com/global/treasury-services/IIN
O plano deles era colapsar o atual sistema financeiro através do mercado de recompra para, em seguida, implementar o novo sistema neste Ano Novo: https://pro.paradigm-press.info/p/awn_sdrblockchainv2_0418/EAWNV509/Full
Seus planos começaram a irem por água abaixo na semana passada, quando a outra facção da Nobreza Negra entrou em ação. Essa outra facção apoia o atual sistema de escravidão por dívida do banco central e não quer que o sistema entre em colapso, apoiando o Fed.
Essa outra facção lançou o seguinte artigo: https://www.zerohedge.com/markets/its-about-get-very-bad-repo-market-legend-predicts-market-crash-days
O artigo no link a seguir levou a situação no mercado de recompra à conscientização do público com o Fed percebendo que o sistema poderia falhar no Ano Novo se não intervisse. Sua resposta foi massiva e rápida, planejando injetar 500 bilhões de dólares em liquidez no sistema nas próximas semanas: https://www.zerohedge.com/markets/avoid-repo-crisis-fed-will-flood-market-gargantuan-365-billion-year-end-liquidity
Não haverá colapso financeiro global no Ano Novo, todavia, sem a intervenção do Fed estivemos mais próximos do colapso total do que em qualquer outra época da história.
As Forças da Luz NÃO desejam um colapso rígido do sistema, entendendo que um apenas colapso gradual e equilibrado do sistema, combinado com o aumento da conscientização levaria ao Reset financeiro positivo.
A semana de negociação, entre 13 e 17 de Janeiro, será o momento de maior probabilidade em que a situação nos mercados financeiros venha a estourar em plena crise, o que levará ao colapso do atual sistema financeiro.
Algumas pessoas esperam que o colapso do Deutsche Bank ocorra por volta de 15 de Janeiro:
O analista financeiro Martin Armstrong, está estudando os ciclos de mercado e sua conclusão é que o ciclo de confiança econômica atingirá seu ponto mais baixo por volta de 18/19 de Janeiro.
Duas fontes independentes comunicaram que as instituições europeias não permitirão o colapso do Deutsche Bank e o salvarão no último momento, semelhante a algo como isto:  https://www.thisismoney.co.uk/money/news/article-2415003/ALISTAIR-DARLING-INTERVIEW-Britain-hours-away-total-social-collapse--Former-Chancellor-crisis-erupted-FIVE-years-ago-week.html
De qualquer forma, o atual sistema financeiro, baseado em dívida, não pode ser sustentado por muito mais tempo e os bancos centrais europeus já estão se preparando para o colapso: https://www.voimagold.com/insight/german-central-bank-gold-is-the-bedrock-of-stability-for-the-international-monetary-system

Ler na integra em:   https://www.sementesdasestrelas.com.br/2019/12/cobra-sistema-financeiro-atualizacao.html  (19.12.19)

Departamento de História da FFLCH repudia exibição de série com Olavo de Carvalho na TV Escola

 

O Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP) divulgou, nesta segunda-feira (16), uma nota de repúdio contra a exibição da série “Brasil a última cruzada”, “estrelada” por Olavo de Carvalho, o “guru” da família Bolsonaro, na TV Escola. O documentário é uma peça de propaganda ideológica de extrema direita e erra fatos históricos.

 

Além disso, a nota critica a decisão do governo de fechar a TV Escola e de suspender o contrato com a Associação Roquette Pinto (Acerp), responsável pelo conteúdo do canal.

Veja a íntegra da nota:

Alerta à sociedade

A TV Escola é um canal público, do Ministério da Educação, que tem por objetivo formar a opinião pública e capacitar os professores do sistema educacional brasileiro em diferentes áreas.  Em recente acordo com a empresa LHT HIGGS, a TV Escola iniciou a transmissão da série “Brasil: a última cruzada”. São seis episódios supostamente dedicados à História do Brasil, que foram inicialmente publicados na plataforma do YouTube entre 2017 e 2018.

A série é, de fato, uma peça de propaganda ideológica de um grupo extremista.  Profissionais sem trabalhos de pesquisa e sem formação específica em História dedicam-se a construir uma narrativa fantasiosa, equivocada e preconceituosa do processo de colonização do Brasil. É uma produção alheia aos métodos avalizados pelas instituições e profissionais que têm trabalhado com afinco durante muitos anos.  O objetivo da série é defender uma posição política de extrema direita, alinhada com o pensamento do atual grupo que exerce a Presidência da República e sua guerra particular contra a cultura e o conhecimento científico.

Não se trata de uma série com “visão ideológica de direita e conservadora”, como considerou a Folha de São Paulo (09.12.2019). Efetivamente, a série apresenta uma narrativa negacionista, sem lastro em pesquisas historiográficas reconhecidas pela comunidade científica, produto – como afirmou o historiador Pierre Vidal-Naquet no livro Os assassinos da memória – de uma seita “minúscula, mas obstinada”, que “dedica todos os seus esforços e emprega todos os seus meios… para destruir, não a verdade que é indestrutível, mas a tomada de consciência da verdade”.

Para agravar ainda a situação de desmonte das instituições culturais, no momento em que redigimos esta Nota recebemos a lamentável notícia de que o Ministério da Educação pretende não renovar o contrato de gestão que permite a TV Escola funcionar.

Docentes, pesquisadores e alunos do Departamento de História da Universidade de São Paulo manifestam sua indignação com a autorização para que versões mentirosas e sem nenhum amparo na ampla e responsável produção historiográfica nacional e internacional sejam transmitidas em um canal voltado para a formação de docentes, mas também da população em geral.

São Paulo, 13 de dezembro de 2019

Profa. Dra. Ana Paula T. Magalhães Tacconi

Profa. Dra. Ana Paula Torres Megiani

Prof. Dr. Carlos Zeron

Prof. Dr. Carlos Roberto F. Nogueira

Prof. Dr. Carlos de Almeida Prado Bacellar

Prof. Dr. Eduardo Natalino dos Santos

Prof. Dr. Elias Thomé Saliba

Prof. Dr. Everaldo de Oliveira Andrade

Prof. Dr. Francisco Alambert

Prof. Dr. Francisco Carlos Palomanes Martinho

Prof. Dr. Horácio Gutiérrez

Profa. Dra. Iris Kantor

Prof. Dr. Jorge Luis da Silva Grespan

Prof. Dr. José Antonio Vasconcelos

Profa. Dra. Leila Leite Hernandez

Prof. Dr. Lincoln Secco

Prof. Dr. Marcelo Rede

Prof. Dr. Marcos Napolitano

Profa. Dra. Marina de Mello e Souza

Prof. Dr. Marcos Silva

Profa. Dr. Maria Cristina Pereira

Profa. Dra. Maria Cristina Cortez Wissenbach

Profa. Dra. Maria Helena Pereira Toledo Machado

Profa. Dra. Maria Helena Rolim Capelato

Profa. Dra. Mary Anne Junqueira

Profa. Dra. Miriam Dolhnikoff

Prof. Dr. Osvaldo Coggiola

Prof. Dr. Ozias Paese Neves

Prof. Dr. Pedro Puntoni

Prof. Dr. Rafael de Bivar Marquese

Prof. Dr. Sean Purdy

Profa. Dra. Stella Maris Scatena Franco

Filipe Petres (representante discente)

Ulisses Franco (representante discente)

Guilherme P. C. Arruda (representante discente)

Daniel Freitas Porto (representante discente)

Centro Acadêmico de História da USP “Luiz Eduardo Merlino” (CAHIS-USP)

Diretório Central dos Estudantes Livre da USP “Alexandre Vannuchi Leme” (DCE-Livre da USP)

Lido em: https://revistaforum.com.br/comunicacao/departamento-de-historia-da-fflch-repudia-exibicao-de-serie-com-olavo-de-carvalho-na-tv-escola/   (18.12.19)

Brasil... mais uma vergonha mundial... falta de respeito e tato com pessoas religiosas (católicos, evangélicos, espíritas e cristãos em geral) repercute mal no mundo...vamos repudiar e não assistir, não importa de você se vê como direita ou esquerda, vamos boicotar este deboche.

Una parodia en Netflix en la que Jesucristo es homosexual provoca la indignación en Brasil

 

Una petición en change.org para prohibirla ha alcanzado casi dos millones de firmas.

Jesucristo vuelve a casa por Navidad junto a un amigo Orlando, con el que al parecer mantiene una relación. Esta es la trama principal de la sátira estrenada en Netflix Brasil y que ha provocado la ira de las comunidades religiosas en este país.

El pasado 3 de diciembre se lanzó en la plataforma 'La primera tentación de Cristo', un especial de Navidad, de 46 minutos de duración y realizado por la compañía de comedia brasileña "Porta dos Fundo", con más de 16,2 millones de seguidores en YouTube y ganadora este año de un Emmy Internacional por el especial de Navidad de 2018.

La sinopsis, en la que se adelanta que se trata de un "especial incorrecto", dice: "Jesús cumple 30 años y lleva a un invitado sorpresa a conocer a su familia".

"¿Quién es?, ¿no lo presentas?, ¿de dónde salió?", preguntan a Jesucristo cuando este llega a casa tras pasar 40 días en el desierto.  "Del desierto. No lo conoces, padre", responde Jesucristo.  "¡Un mariposón blanquito! El otro tenía la piel oscura", exclama una tía.  "No le hagas caso", se disculpa Jesucristo ante su amigo.  "Déjalo, mi tía dice lo mismo de los leprosos y de los zurdos", responde Orlando.

(Gays e Trans  deveriam ser os primeiros a boicotar isto pois estão sendo comparados a leprosos, surdos, etc... é grotesco e visa confundir as pessoas pois uma coisa não tem nada a ver com a outra.)

Fuertes críticas

La comedia ha sido fuertemente criticada y una petición de change.org para prohibirla ya ha alcanzado casi dos millones de firmas.  

"Por la eliminación de la película del catálogo de Netflix y para que Porta dos Fundo sea considerada responsable del crimen de vilipendiar la fe. Queremos una retractación pública, ya que han ofendido gravemente a los cristianos", denunció uma denominação evangélica.

"Jesucristo es representado como una adolescente indeciso en relación a su misión en la tierra. Consume drogas, tiene una relación homosexual con el diablo y piensa que Dios es su tío", criticó uma outra denominação religiosa.  

También la Asociación Nacional de Jurista Islámicos (Anaji) expreso en una nota su desagrado. 

"No se puede permitir que una persona intolerante pueda agredir a cualquier otra, motivada por su ignorancia y falta de compresión básica a la hora de respetar la religión ajena, sobrepasando así los límites de la ley", aseveró. 

En Twitter, Porta dos Fundo celebró la acogida que está teniendo la comedia...

Gregório Duvivier, el humorista que encarna a Jesucristo en la polémica comedia, admitió en declaraciones a la Folha de S. Paulo que el contenido "puede resultar ofensivo". "Pero la ofensa es un criterio totalmente subjetivo. Contrariamente a la calumnia, el Estado no tiene derecho de arbitrar sobre qué es ofensivo, porque eso no existe", justificó. 

Lido em:  https://actualidad.rt.com/actualidad/337066-polemica-brasil-parodia-netflix-jesucristo-homosexual

Viúva de Paulo Freire responde a Bolsonaro: “Um homem nefasto, sem pudor e sem caráter”

Ana Maria Araújo Freire, educadora e viúva de Paulo Freire, aos 86 anos, deu uma resposta à altura a Jair Bolsonaro, que ofendeu um dos principais educadores da história do Brasil e reconhecido mundialmente. O presidente chamou Freire de “energúmeno”.

“A palavra não se adequa a Paulo. Paulo não é isso. Paulo não é nenhum demônio que veio à Terra. Pelo contrário, Paulo veio à Terra para pacificar o mundo”, disse Ana Maria, em entrevista à coluna de Guilherme Amado, na Época.

“No fundo, ele (Bolsonaro) pensa que Paulo é um grande homem, como é. Ele destrata dizendo que Paulo é um ser diabólico. Paulo foi um ser da paz. No fundo, ele tem um pouco de inveja também, queria ser como Paulo foi, mas não pode, não consegue. Tem de estar o tempo todo de pontaria armada para atingir alguém”, disse a educadora.

Ela afirmou, ainda, que o tipo de crítica feita por Bolsonaro não é “postura de um presidente” e que ele é um homem “nefasto”. “Paulo está lá sossegado no lugar dele, está lá no céu. Bolsonaro é um homem sem nenhum pudor, sem nenhum caráter, sem nenhuma autocensura. Tudo o que ele tem na cabeça é contra as outras pessoas, ele só tira das ofensas os três filhos, nem os outros dois ele tira. É um homem nefasto, uma coisa absolutamente terrível”.

Lido em: https://revistaforum.com.br/brasil/viuva-de-paulo-freire-responde-a-bolsonaro-um-homem-nefasto-sem-pudor-e-sem-carater/

(Jomarion... observem como a foto não parece real... motivo: é fruto de montagem... a Nasa continua nos iludindo e enganando com fotos digitalizadas, fotoshopadas e remontadas...)

 
 

NASA revela em belíssima FOTO como continente americano fica iluminado à noite (Sputnik)

NASA publicou foto espetacular na qual cidades do continente americano se tornam pontos de luz pela noite.  A foto foi feita com o intuito de mostrar a evolução do uso da eletricidade na Terra desde que a primeira lâmpada elétrica foi feita há 140 anos.  Conforme publicou a agência, a imagem mostra o contraste entre a luz e a escuridão durante a noite, fruto do progresso da humanidade, enquanto as principais cidades do continente americano, vistas do espaço, se tornam pontos brilhantes.

Além disso, resultado da compilação de diferentes imagens feitas pelo satélite meteorológico Suomi NPP, a fotografia faz parte de um trabalho de observações da evolução do uso da eletricidade no planeta, que se estendeu pelas últimas décadas.  A NASA publicou ainda dois mapas-mundo nos quais são reveladas diferentes fontes de iluminação e evolução do planeta.

No mapa feito em 1980, os pontos amarelos mostram incêndios em poços de petróleo. Os pontos vermelhos são fruto das queimadas em florestas, principalmente observadas na América do Sul e África. Por sua vez, as manchas azuis são as cidades.  Imagens da NASA mostram como planeta Terra evoluiu entre os anos 80 e 2016.  Já o mapa que data de 2016 mostra eventos semelhantes mais recentes.

Lido em: https://br.sputniknews.com/ciencia_tecnologia/2019121414892009-nasa-revela-em-belissima-foto-como-continente-americano-fica-iluminado-a-noite-/   (14.12.19)

Google espalha os tentáculos no Brasil rural

 

Dois milhões de moradores rurais de SP terão endereço fornecido pelo Google

Voce achou a noticia boa? Então vamos ler corretamente... Google espalha os tentáculos, rápidamente, sobre todos os lugares e pessoas, o motivo é a Guerra com a Huawei, ambas estão desesperadas pelo controle global... total.

O Google firmou uma parceria com o governo de São Paulo para criar endereços digitais a cerca de 2 milhões de pessoas que moram em áreas rurais do estado e cujas casas não aparecem em serviços de localização como Google Maps e Waze

A iniciativa foi anunciada em evento no Palácio dos Bandeirantes nesta quarta-feira (11).

De acordo com o governo, a parceria vai iniciar o registro de 60 mil quilômetros de estradas que ainda não foram mapeadas nos 645 municípios estaduais.

A meta é mapear as casas nos próximos 36 meses e incluir essa população digitalmente. Será possível que os cidadãos recebam entregas dos Correios e de varejistas do ecommerce.

As estradas serão mapeadas em parceria com a Secretaria de Agricultura, que tem um programa em curso chamado Rotas Rurais.

O projeto com a empresa americana consiste basicamente em uma interoperabilidade para que dados georreferenciais já coletados pelo poder público sejam compatíveis ao Plus Code, que é um código universal do Google que simplifica em poucos números e letras as coordenadas de latitude e longitude. A precisão é de três metros quadrados.

A ferramenta é gratuita e a parceria visa incorporar a tecnologia ao sistema do governo. Pessoas que hoje não têm endereço poderão receber uma placa em casa com sequências numéricas como 97WQ+R4F (endereço do Palácio dos Bandeirantes, por exemplo).

O Google e o governo afirmam que a medida visa a inclusão digital.  (Jomarion... é uma preparação para a implantação da "marca" , Goggle/Magog quer se assegurar de que todos recebam a marca)

A empresa diz que o acordo não prevê compartilhamento de dados pessoais no contrato. A Lei Geral de Proteção de Dados, em vigor a partir de agosto de 2020, impõe restrições nesse tipo de relação.

"Cabe ao proprietário rural tomar a decisão de compartilhar esse Plus Code com governo ou empresas", diz Newton Neto, diretor de parcerias para América Latina. "O Plus Code passará a ser o endereço do proprietário [rural]", afirmou à Folha.

(Atenção... os dados não irão pro governo, não precisa, pois estarão no Google, coração e mente da I.A. que controlará a humanidade)

Em paralelo, o Google trabalha com varejistas e bancos  (e nossa vida ficará mais infernal do nunca com ofertas e sugestão de compras, pois comprar e vender é tudo!) para incentivar o uso do código. Segundo a empresa, o Plus Code não está ligado a uma pessoa individual, apenas correlacionando latitude e longitude.

No futuro, o governo diz que seria possível enviar também uma carta física apenas escrevendo o código do endereço.  O Google afirma que não vai monetizar com a medida e que se trata de um projeto de código aberto para “tornar a informação transversalmente acessível”.

No longo prazo, porém, a empresa se beneficia do mapeamento com maior geração de dados locais, devido ao aumento do consumo online, e possibilidade de oferecer recursos monetizáveis. Já o governo consegue poupar em processos de endereçamento, que também costumam ser demorados.

De acordo com Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento do Estado, o projeto poderá ser escalado a favelas  (ninguem escapará)  e, depois, servirá a modelos de desenvolvimento para cidades inteligentes. O programa também facilitará a atuação da polícia  (quem não concordar vai ter que explicar o porque), segundo o governo.

A parceria será feita por meio do IEA (Instituto de Economia Agrícola), que desenvolve um software para sobrepor todas as bases de dados georreferenciais, como o CAR (Cadastro Ambiental Rural) e o Lupa (censo de unidades de produção agrária).  O projeto será um casamento entre a tecnologia do Google e a do IEA. As duas são plataformas de código aberto.

Lido em: https://www1.folha.uol.com.br/tec/2019/12/dois-milhoes-de-moradores-rurais-de-sp-terao-endereco-fornecido-pelo-google.shtml

País tem de pagar R$ 1 bi a organismos multilaterais

 

A equipe econômica discute a liberação de R$ 1 bilhão ainda em 2019 para quitar dívidas com entidades internacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU). A medida é tratada como urgente dentro do governo para evitar o desgaste de perder o voto em discussões dessas organizações ou até rebaixar a nota de bancos internacionais que têm o Brasil como importante acionista.

(Jô... lembro que a ONU é a “cabeça” da elite satânica (também chamada de cabala escura)

Segundo nota técnica do Ministério da Economia assinada na terça-feira, 3, o governo pretende pagar débitos de 2019 com a ONU, de US$ 126,6 milhões; Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), de US$ 45 milhões; Corporação Interamericana de Investimentos (BID Invest), de US$ 27,6 milhões; Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), de US$ 27,6 milhões e a Agência Internacional de Desenvolvimento (AID), de R$ 43,2 milhões.

A movimentação do governo ocorre dias após a ONU cobrar uma dívida de US$ 415,9 milhões, que coloca o Brasil no posto de segundo maior devedor à entidade. “Há risco considerável de que o Brasil, pela primeira vez na história, perca o direito a voto na ONU a partir de 1.º de janeiro de 2020”, alerta nota técnica assinada pelo secretário de Assuntos Econômicos Internacionais, Erivaldo Alfredo Gomes.

Ao pedir recursos ao Ministério da Economia, o secretário-geral das Relações Exteriores, Otávio Brandelli, afirma que Bolsonaro fez um discurso “histórico” na Assembleia-Geral da ONU. “Posicionou o Brasil na vanguarda do esforço para recuperar a vocação original da ONU como espaço que congrega nações soberanas.”

Ainda segundo o secretário, não acertar a dívida põe em risco, inclusive, a capacidade de negociar temas administrativos e orçamentários naquele organismo. “A palavra e o voto do Brasil, membro fundador das Nações Unidas, são registrados sem interrupções desde 1946. A eventual perda do direito a voto teria graves repercussões negativas para a credibilidade do País e sua atuação multilateral.”

(Jô... o Brasil, como a maioria dos países, come na mão da ONU)

Na troca de ofícios entre a equipe econômica e o Ministério das Relações Exteriores, obtida pelo jornal O Estado de S. Paulo, não há, no entanto, indicação sobre de qual área o governo deve retirar o valor para fechar as contas com organismos internacionais. Procurados, os ministérios não quiseram se manifestar.

Em outro documento, o secretário Gomes reforça a “importância” de fazer os pagamentos até o fim de 2019. (Jô...e a crise econômica que afeta a população brasileira não é importante?)“Tendo em vista o cenário ainda mais restritivo que se delineia para 2020, em função dos limites impostos pelo teto de gastos públicos.” O teto de gastos é o mecanismo que limite o crescimento das despesas à inflação.

Ainda de acordo com o secretário, os valores previstos no próximo Orçamento para esse tipo de pagamento são “irrisórios”.  A equipe econômica ainda argumenta, ao tratar da liberação de R$ 1 bilhão, que em 2019 destinou apenas R$ 15,95 milhões para pagamento a ONU e outros organismos internacionais, quando o compromisso do País somava de R$ 1,74 bilhão.

Estadão Conteúdo

Da Redação  redacao@grupojbr.com

Lido em: https://jornaldebrasilia.com.br/economia/pais-tem-de-pagar-r-1-bi-a-organismos-multilaterais/

Greve geral: Sindicato fala em 1,5 milhão nas ruas da França contra reforma da previdência de Macron

 

Na capital, a polícia reprimiu uma marcha que seguia próximo à praça da República, no centro da cidade. Cerca de 6 mil policiais foram mobilizados na capital por conta das manifestações desta quinta. Segundo dados da prefeitura de Paris, até às 19h30 (14h30, no horário de Brasília) 90 pessoas haviam sido presas durante as manifestações na capital. De acordo com a CGT, 45% dos trabalhadores do setor público aderiram à greve geral de hoje. Só na capital, a central sindical ainda afirma que marcharam 860 mil pessoas neste dia de paralisações.

'Estão nos tirando antigas conquistas'

Os protestos realizados neste quinta-feira contaram com trabalhadores de vários setores, estudantes, professores e também aposentados. À rádio RFI, a pensionista Chantal Vignot falou sobre sua insatisfação com o governo de Emmanuel Macron e disse que o governo está retirando "antigas conquistas".  "Começo a cansar de verdade desse governo, que está nos sugando tudo. E as pessoas que não tiveram aposentadorias como as nossas, os jovens, sofrerão bem mais do que nós. Acho que eles têm que seguir nessa lutar se quiserem obter alguma coisa", disse.

Por sua vez, Sandrine Berger, professora de engenharia na Universidade de Paris e representante da central sindical CGT disse ao jornal britânico The Guardian que a população não deixará o governo implementar a reforma proposta.  "[A greve] é sobre proteger os serviços públicos, que estão sendo rifados e direcionados para um modelo norte-americano de privatizações", afirmou.  A base projeto previdenciário de Macon é fornecer um "sistema universal de pontos" em troca dos 42 “regimes especiais” que já existem no país.

Entretanto, apesar de não alterar a idade mínima legal da aposentadoria, estabelecida atualmente em 62 anos para mulheres e homens, o projeto cria a noção de uma idade "ideal" de aposentadoria aos 64 anos, chamada de "idade pivô", que viria com um incentivo em dinheiro para quem continuar trabalhando até 64 anos, enquanto que aqueles que decidirem partir aos 62 anos receberiam uma pensão menor.

Lido em: https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/62006/greve-geral-sindicato-fala-em-1-5-milhao-nas-ruas-da-franca-contra-reforma-da-previdencia-de-macron   (6.12.19)

Greve Geral reúne 250 mil nas ruas de Paris contra a reforma da Previdência

 

Nesta quinta-feira (5), cerca de 250 mil pessoas foram às ruas de Paris para protestar contra a reforma da Previdência que pode ser aprovada na França.

O número foi estimado pelo sindicato nacional francês, a Confederação Geral do Trabalho. Na organização estavam alguns dos principais grupos franceses de sindicalistas. Cerca de 6 mil agentes de segurança foram mobilizados para acompanhar a manifestação, conforme publicou a emissora BFMTV.

Em alguns locais, houve confrontos entres manifestantes e a polícia. Além disso, houve depredação de lixeiras e uso de fogos de artifício e pacotes explosivos contra os policiais, que responderam com uso de gás lacrimogêneo.

Esta é a maior greve nacional desde que Emmanuel Macron foi eleito presidente da França, há mais de dois anos. A proposta de reforma propõe substituir o atual sistema de aposentadorias por um baseado em pontos.

Lido em: https://br.sputniknews.com/brasil/2019120514857890-greve-geral-reune-250-mil-nas-ruas-de-paris-contra-a-reforma-da-previdencia/

Salário mínimo (998,00) em novembro deveria ter sido de R$ 4.021,39, diz Dieese

 

Em novembro, o salário mínimo necessário para sustentar uma família de quatro pessoas deveria ter sido de R$ 4.021,39. O valor é 4,03 vezes o salário mínimo em vigor em 2019, de R$ 998. A estimativa é do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos) e foi divulgada hoje.

O departamento divulga mensalmente uma estimativa de quanto deveria ser o salário mínimo para atender as necessidades básicas do trabalhador e de sua família, como estabelecido na Constituição: moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e Previdência Social.

Esse valor é calculado com base na cesta básica mais cara entre 17 capitais pesquisadas. No mês passado, o maior valor foi registrado em Florianópolis (R$ 478,68). Os valores mais baixos foram observados em Aracaju (R$ 325,40) e Salvador (R$ 341,45).

A diferença entre o salário mínimo real e o necessário subiu de outubro para novembro. Em outubro, o ideal era que o mínimo fosse de R$ 3.978,63 (3,99 vezes o salário mínimo atual).

Lido em: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/12/05/salario-minimo-em-novembro-deveria-ter-sido-de-r-402139-diz-dieese.htm

MATTHEW WARD MENSAGEM DE ATUALIZAÇÃO

 

Eventos para acabar com as atividades sombrias... plano divino no alvo... enviando luz às trevas... julgamento... dieta baseada em vegetais... alimentos OGM... especulações, previsões E hoje no contexto da história.

Pergunta: Se realmente há uma era de ouro, como pode ser isso com a riqueza e o poder mal utilizados que ainda estão mantendo milhões em uma rigidez ou escravidão que parece tão complicado? O que devemos despertar para fazer alguma liberdade em nossa vida; digamos – nos próximos 20 anos? 

Resposta: Queridos, vocês têm ajudado a manifestar progresso a cada passo do caminho. Tudo que precisam fazer é continuar sendo quem são – a personificação do Amor e da Luz – e irradiando sua essência!
Para vocês, sabemos que é difícil de verem os avanços extraordinários dos povos da Terra... porque
pontos quentes ao redor do mundo sempre estão no epicentro das atenções da mídia.

A combinação do que é divulgado ao público – convulsões, dificuldades e sofrimento – e o que é desconhecido – a extensão da riqueza e do poder mal utilizados e o fim de tudo isso – não é complicada porque o objetivo é claro.  O fato é que algumas considerações significativas estão envolvidas.
A remoção dos últimos vestígios de controle de todos os que abusaram seriamente de seus livres-arbítrios para alcançar e usarem seus poderes é um fator. Muitos desses indivíduos estão em posições de autoridade nos governos, bancos, indústria de mídia e cinema, corporações internacionais, casas reais, o corpo da igreja cristã, energia e campos médicos e agrícolas. Se todos eles fossem removidos de uma só vez, o resultado seria desorganização e confusão generalizadas: Portanto, o tempo é um elemento para que pessoas experientes e com integridade espiritual e moral estejam prontas para ocuparem as posições mais vitais.


Outro problema são as discussões entre as pessoas de grupos que estão envolvidos no fim do antigo reinado das trevas no planeta. Suas inteligências, ideias visionárias e sabedoria assim levaram a seu status influente atual, havendo opiniões divergentes sobre quais são as melhores para melhorar rapidamente seu mundo com o mínimo de interrupções.

Ainda outra consideração é...
qual a melhor maneira de revelar verdades ainda ocultas, para não chocar a psique coletiva?  Vocês sabem o que a maioria da população nem suspeita: todos os dogmas religiosos são criados pelo homem e foram criados para controlar as massas.  Doenças foram deliberadamente criadas ou espalhadas para eliminação de muitos milhões de vidas; algumas pessoas controlam a economia global; membros anteriores e atuais de governos e celebridades nos campos de esportes e entretenimento estão entre os envolvidos em atividades obscuras. Essa é uma quantidade enorme de informações para as pessoas inconscientes assimilar e aceitarem como verdade.

Dessa forma, não podemos estabelecer um prazo em que todas as almas na Terra possam viver livremente, pacificamente e com Amor, no entanto, podemos dizer que o plano divino de Gaia para seu corpo planetário e seus residentes está no alvo. O curso continuará a mudar dessa maneira e por algum tempo, enquanto os sombrios lutam para manter sua influência, fazem acordos com os sistemas legais ou tentam escapar às acusações, mas eles não podem mais evitar a prestação de contas na Terra, nem podem evitá-la, quando morrerem.

Nas mensagens anteriores, pedimos que enviassem Luz a essas trevas – de todas as almas de nossa família universal, essas são as que mais precisam serem iluminadas. É a falta de Luz que as levou a causar guerras e sofrimentos generalizados. A compaixão, em vez de condenação por esses elos mais fracos da nossa família, promove o crescimento espiritual e consciente que eleva a vida, não apenas na Terra, mas em todo o Universo.

Isso não significa ignorar o que aquelas almas fizeram, nem apagar seus atos dos registros da história da Terra. Pelo contrário, com esse ato, estarão renunciando ao julgamento pessoal e honrando o processo universal. E, quando esses indivíduos fizerem a transição para um mundo espiritual, a revisão de suas vidas compreenderá o mesmo trauma físico, mental e emocional sentido por todos, cujas vidas tocaram. Uma experiência que certamente pode ser chamada de “inferno”.

*****************************************************************************************************
Pergunta: O entendimento comum que está sendo apresentado é que as pessoas estão realmente exigindo mais produtos à base de plantas, sua demanda está aumentando. Também, se entende que não podemos evitar produtos produzidos por OGM, porque, caso contrário, não podemos alimentar o planeta. Os OGMs devem ser evitados, se possível, ou de fato não prejudica os organismos humanos e animais?

Resposta: Primeiro, digamos que a tendência para uma dieta baseada em vegetais seja devida à crescente conscientização de seus benefícios para a saúde e o bem-estar geral do planeta e de todos os seus residentes.
A modificação genética de plantas, que começou há muito tempo, através, de cruzamentos e enxertos foi realizada nos últimos anos por métodos semelhantes e outros para produzir novos tipos de frutas, vegetais, outras plantas alimentares, algodão e flores, bem como a resistência das plantas à infestação por insetos.

De fato,
os alimentos OGM podem ser prejudiciais à saúde, já, a necessidade de evitar a fome em massa, foi algo originado por fomentadores de alimentos obscuros visando criar baixas vibrações, advindas das preocupações sobre esses produtos, em que foram muito bem-sucedidos em convencerem a muitos a acreditarem nessas falsas informações. Observem que não existe tal aviso grave sobre sementes de grãos que foram sombriamente projetadas para serem irreprodutíveis.

Os alimentos geneticamente modificados não são tão prejudiciais, todavia os produtos químicos do inseticida são, portanto, é importante lavar cuidadosamente esses alimentos e todos os outros produtos. Além disso, produtos químicos e açúcar em alimentos processados não são saudáveis e devem ser evitados. 
Independentemente de qual alimento for consumido, expressar gratidão à fonte por disponibilizá-la aumenta seus benefícios para o corpo, a mente e o espírito.
Abençoar os alimentos e pedir que sirvam ao seu bem maior, também, agrega valor nutricional.
******************************************************************************************************
Agora, então, falaremos brevemente sobre questões que foram tratadas em mensagens anteriores. Mais uma vez estão levantando preocupações devido as situações atuais e especulações ou previsões:

No
Oriente Médio, a situação não levará à Terceira Guerra Mundial, nem a grandes guerras entre nenhum dos países envolvidos. Com o tempo, as negociações resolverão todos os conflitos nacionais e internacionais.

A
mudança climática não resultará em inundações ou águas invadindo todas as costas marítimas até o nível das montanhas e afogando milhões, nem causará a morte de toda a vida marinha.

Os fortes ventos  que alastram os
incêndios na Califórnia não se devem às mudanças climáticas. São causados pela tecnologia de manipulação do tempo, assim como tempestades selvagens, inundações, secas e temperaturas extremas.

Em pouco tempo, a atividade dos Illuminati a esse respeito será interrompida e as tecnologias suprimidas e usadas para fins malévolos serão divulgadas ao público e, a partir de então, usadas apenas para fins benevolentes.

Nenhuma “
civilização alienígena malevolente” está em seu sistema solar. A verdade é que algumas das pessoas que estão causando estragos na Terra são reptilianos. Entretanto, outros reptilianos que vivem entre vocês são almas cheias de Luz, que estão ajudando a extinguir com todas as atividades causadas por reptilianos e humanos obscuros.

A robótica industrial mudará consideravelmente as condições trabalhistas, todavia, o treinamento em campos satisfatórios e a prosperidade, sem ter que trabalhar 30 a 40 anos, com intervalos curtos de férias substituirá sua situação atual em seus empregos.

O
sistema econômico global, baseado em metais preciosos será implementado para evitar confusões em sua maior extensão possível.
Também, estamos nos perguntando como a vida na Terra chegou ao estado atual e, isso, precisa ser colocado no contexto da história de seu mundo
Ao longo dos tempos, os fortes conquistaram os fracos e alguns indivíduos governaram o resto da população, que viveu em circunstâncias terríveis, sem esperança de melhoria.

Impérios subiram e caíram; guerras revolucionárias, civis, internacionais e mundiais, geralmente, colocaram diferentes indivíduos no controle e, muitas vezes, mudaram as fronteiras nacionais. Ao longo desses milênios, a ganância e a luxúria pelo poder continuaram, assim como a vida com temor, empobrecimento e desesperança para a maioria dos povos do mundo, uma vez que a escuridão permaneceu firmemente entrincheirada.

Um vislumbre de mudança começou há oitenta e alguns anos atrás, quando, a pedido de Gaia, poderosas civilizações distantes irradiaram Luz ao seu corpo planetário para mantê-lo vivo. Na medida em que a luz se intensificava e as pessoas absorviam suas altas vibrações, a disparidade profunda e conflituosa entre ricos e pobres passou gradualmente da aceitação de “é assim que a vida é” para “isso não é mais tolerável” e a decepção nos governos, corporações e setor econômico começou a aparecer.

Hoje, as vozes das massas que protestam estão sendo ouvidas em todo o mundo. Seus principais meios de comunicações enfatizam a turbulência, porque é isso que eles fazem, embora, nem os controladores nem os repórteres saibam o que está por trás da vastidão da agitação. Não sabem que
as crescentes demandas por mudanças são devidas ao avanço da consciência coletiva .  A crescente consciência das pessoas de sua autocapacitação está abrindo o caminho para um mundo pacífico, onde todos compartilharão sua abundância e viverão em harmonia com a natureza.

Queridos irmãos e irmãs, tudo está acontecendo na ordem que deve ser. Condições intoleráveis tiveram que provocar inquietação suficiente para evocar ação; as pessoas tinham que transformar seus temores por seus governos na coragem necessária para se revoltar e exigir mudanças. E, com sua assistência inestimável, a civilização da Terra está trazendo tudo a uma velocidade, universalmente, sem precedentes.

A aceleração contínua das taxas vibratórias que está afetando todas as almas e toda ação em todo o mundo, trará a concordância da discórdia, a ordem do caos. Na medida em que os esforços no topo começarem a se misturar com crescentes sucessos nos níveis populares, as liberdades virão num país após o outro e o AMOR e a LUZ a permearem corações e mentes.

Todos os Seres de Luz deste Universo honram seus serviços à Terra e os apoiam com Amor Incondicional.
  Com saudações amorosas de todas as almas nesta estação, este é Matthew Ward.
Canalizado por sua mãe: Suzanne Ward

Lido em: https://www.sementesdasestrelas.com.br/2019/11/mensagem-mensal-de-matthew-ward.html  (3.12.19)

Leiam esta matéria absurda que mostra a arrogância dos EUA e de Trump “ameaçando” a America Latina, se esta se mobilizar contra o neoliberalismo... dá para acreditar? Lembro também que a violência nos protestos é planejada por grupos pagos pela CIA. 

EUA oferecem 'ajuda' à América Latina para 'prevenir que protestos virem tumultos'

 

Secretário de Estado ainda afirmou que Washington agirá para impedir que Cuba e Venezuela 'sequestrem' os protestos na região.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, afirmou nesta segunda-feira (02/12) que os Estados Unidos "ajudarão" países da América Latina a "prevenir" que os protestos populares se tornem "tumultos violentos". O secretário do presidente Donald Trump se referiu às manifestações populares que tomaram as ruas de países como Chile, Colômbia e Equador rechaçando medidas neoliberais implementadas pelos respectivos governos.

Em discurso realizado na Universidade de Louisville, em Kentucky, Pompeo ainda disse que Washington agirá para impedir que Cuba e Venezuela "sequestrem" os protestos na região. O norte-americano acusou os dois países de realizarem "terrorismo" durante as manifestações.  "Nós, do governo Trump, vamos continuar a apoiar países que tentam evitar que Cuba e Venezuela sequestrem esses protestos, e nós trabalharemos com governos legítimos para prevenir que protestos se transformem em tumultos e violência que não refletem a vontade democrática do povo", disse.

Pompeo também elogiou o governo que se formou na Bolívia após o golpe de Estado do dia 10 de novembro que forçou a renúncia do ex-presidente Evo Morales e disse que o país está "reconstruindo sua democracia".  O secretário comemorou o retorno do embaixador norte-americano ao país.  "Há mais democracia cooperativa hoje no hemisfério do que em qualquer outro período da história. Estamos felizes por tê-los ajudado a chegar nesta posição", disse.

Ainda em suas declarações, Pompeo disse que os Estados Unidos também serão "vigilantes" com os novos líderes que foram eleitos na região. 

(Jomarion pergunta: Trump por acaso é dono do mundo? Dos países e das pessoas? Quem é ele para ameaçar os governos eleitos?)

Nesta segunda-feira, o secretário parabenizou o direitista Luiz Lacalle Pou pela vitória no segundo turno nas eleições presidenciais do Uruguai realizadas em 24 de novembro.  "Parabéns ao presidente eleito do Uruguai, Luis Lacalle Pou, na sua vitória eleitoral. Valorizamos nossa forte parceria com o Uruguai e esperamos fortalecer nosso relacionamento de longa data e ampla cooperação". disse pelo Twitter.

Lido em: https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/61941/eua-oferecem-ajuda-a-america-latina-para-prevenir-que-protestos-virem-tumultos     (2.12.19)

Vai que cola? Espectador da Globo se sente enganado pelo aviso 'estamos apresentando'

 

A Globo botou em risco uma coisa chamada confiança com o público no capítulo de “Amor de Mãe” desa quinta-feira (28). Após uma cena de suspense em que Lurdes (Regina Casé) é detida por bandidos, veio um intervalo comercial. A gente até estava esperando, pelo andar do relógio, que aquilo fosse o encerramento do capítulo, a fim de nos atrair de novo para a frente da novela no dia seguinte.  Mas não.  Apareceu lá: “Estamos apresentando”.  Oba, vamos aguardar para ver o que vai acontecer com a Lurdes, pensei.

Anunciaram um zilhão de itens para a tal Black Friday, e a gente lá, firme, sem querer comprar celular, geladeira ou máquina de lavar, esperando pela volta da novela, interrompida pelo gerúndio (“estamos apresentando”).  Após os comerciais, qual não foi a surpresa ao ver apenas os créditos finais subindo na tela?

As redes sociais acusaram o golpe. A Globo dirá que foi um erro? Pode ser, vamos procurar uma posição da emissora assim que o dia raiar. Mas a impressão que se tem é que lançaram mão do truque sob o mote daquele humorístico do Multishow, “Vai que cola”, sabe?

É muito ruim esse tipo de estratégia. Deixa o espectador tão aborrecido que ele é capaz de boicotar os produtos que lhe impuseram naquele intervalo enganoso. É como atender a telefonema de telemarketing no sábado pela manhã ou com aquelas gravações fingindo coloquialismo e simpatia na conversa: ao constatar que se trata de um intruso, não desligo: aguardo que a mensagem anuncie quem ligou para boicotar o contratante do serviço. Faço questão.

Antes disso, a Globo apresentou uma ação casada de merchandising em cena de “Amor de Mãe” com o intervalo comercial seguinte da novela das nove. Uma personagem diz que vai passar nas Casas Bahia por causa de um celular e a outra aproveita para dizer que também vai aproveitar a Black Friday. No intervalo, como se não fosse óbvio, o comercial das Casas Bahia põe seu garoto-propaganda, Fabiano Augusto, para reforçar que a Black Friday da loja já mexeu até com os personagens da novela.

Até aí nenhum mal. A Globo não tem de se envergonhar de buscar novas formas de comercialização no momento em que todo o mundo vem pesquisando novos meios de faturamento, em razão da mudança de mãos do dinheiro publicitário e de sua pulverização com mídias menores, incluindo redes sociais. Faz parte do jogo. O grande drama do dia foi, depois de a gente já ter aceitado a ação casada, rever vários comerciais de varejo da Black Friday em um break que não equivalia ao “estamos apresentando”.

Lido em: https://telepadi.folha.uol.com.br/vai-que-cola-globo-engana-espectador-com-estamos-apresentando/     (1.12.19)

Jair Bolsonaro autoriza mais 57 agrotóxicos e total já chega a 439

(Imagem: Isac Nóbrega | PR)

Em menos de um ano, governo Bolsonaro já liberou registros de 439 agrotóxicos. "Sem precedentes, a gente nunca tinha visto isso", lamenta geógrafa Larissa Mies Bombardi

O governo Bolsonaro liberou, nesta quarta-feira (27), mais 57 novos registros de agrotóxicos. O novo ato do Ministério da Agricultura foi publicado no Diário Oficial da União (DOU).

Oficialmente, o governo confirma a licença de um total de 439 substâncias, mas, na verdade, o número pode chegar a 467 produtos. Independentemente, no entanto, da soma final, a quantidade de novos registros já é a maior dos últimos 14 anos, como destacam os dados da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida.

Entre 2008 e 2015, por exemplo, a média de aprovações ficava em torno de 130 novos pesticidas por ano. Liberações que saltam a partir de 2016, o ano do golpe que levou ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff e garantiu a presidência ao seu vice, Michel Temer. Foram 277 registros naquele ano, 405 em 2017 e 450 em 2018.

O governo justifica afirmando que, até o momento, é responsável pela liberação de 439 produtos – a diferença seria referente a aprovações da gestão Temer, mas que foram publicadas apenas neste ano no DOU.

Para a geógrafa e professora da Universidade de São Paulo (USP) Larissa Mies Bombardi, autora do Atlas Geografia do Uso de Agrotóxicos no Brasil e Conexões com a União Europeia, de toda forma o governo Bolsonaro “abre as portas do inferno” com a liberação de agrotóxicos, como reitera em entrevista à jornalista Marilu Cabañas, da Rádio Brasil Atual.

Não tem discussão, na verdade é um número sem precedência, a gente nunca tinha visto isso”, destaca. “Para ser precisa, este ano 34% dos novos agrotóxicos são proibidos na União Europeia”, afirma a pesquisadora, acrescentando que 34% dessas substâncias também são consideradas altamente tóxicas.

É algo grave que a gente tem que olhar porque, digamos assim, tem todo um argumento construído pelo governo que essas novas aprovações são substâncias menos tóxicas e mais modernas, mas, na verdade, de novas substâncias a gente só tem 6%. E a gente continua com um quadro que é grave, aprovando substâncias que são proibidas em outros países (…) Na lista dos 10 (agrotóxicos) mais vendidos no Brasil estão produtos que são proibidos na União Europeia e foram proibidos em função da sua toxicidade, seja humana ou para o ambiente, e não por condições climáticas adversas. Eram utilizados, mas foram proibidos”, contesta a geógrafa.

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/11/jair-bolsonaro-autoriza-agrotoxicos-total-439.html

29.11.19

Assange corre risco de morrer na prisão, dizem médicos em carta

 

Sessenta especialistas se basearam nas conclusões de Nils Melzer, relator especial das Nações Unidas sobre tortura e tratamentos cruéis, que analisou audiências de Assange na Justiça

Um grupo de 60 médicos de vários países enviou uma carta à secretária do Interior do Reino Unido, Priti Patel, alertando que o fundador do WikiLeaks, o australiano Julian Assange, pode morrer na prisão caso não receba "cuidados urgentes".

Segundo a rede SkyNews, a carta ressalta que Assange, de 48 anos, sofre de problemas físicos e psicológicos. "Do ponto de vista médico, e com base em informações atualmente disponíveis, nutrimos sérias preocupações em relação à saúde de Assange", diz a carta assinada por médicos de países como Estados Unidos, Itália, Alemanha e Sri Lanka.

"A nossa opinião é a de que ele necessita de uma avaliação médica urgente por parte de especialistas sobre seu estado físico e psicológico. Temos sérias preocupações de que ele possa morrer na prisão", alega o documento, publicado pelo próprio WikiLeaks.

Assange pode morrer na cadeia, dizem médicos

Os especialistas se basearam nas conclusões de Nils Melzer, relator especial das Nações Unidas sobre tortura e tratamentos cruéis, que analisou as audições de Assange de 21 de outubro e 1 de novembro no Reino Unido.

O australiano está detido na prisão de Belmarsh, no sul de Londres, desde maio, após o Equador revogar sua concessão de asilo - a qual permitiu que o jornalista vivesse por sete anos dentro da embaixada do país em Londres.

No próximo mês de fevereiro, devem começar as audiências sobre o pedido de extradição dos Estados Unidos, que acusam Assange de vazar documentos sigilosos através do WikiLeaks.

Lido em: https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/61823/assange-corre-risco-de-morrer-na-prisao-dizem-medicos-em-carta

Manifestantes contra o STF batem continência à estatua da Havan

Camisa verde e amarela, hino do Exército tocando e… continência à réplica da Estátua da Liberdade, símbolo da Havan de Luciano Hang

Jomarion: Hang... mais conhecido como o “véio da Havan”, o careca desgovernado que encheu o Brasil de “estatuas da liberdade” porque adora os EUA, ficou conhecido por ajudar a eleger Bolsonaro alegando que ia pedir falência...mas... logo após as eleições ele ficou tão rico que até comprou um avião a jato, novinho, que custou um absurdo. Há um mês atrás ele apareceu na capa da FORBES como um dos 5 mais ricos do Brasil... mas... como assim? Mais um que precisa ser investigado!

Uma cena inusitada aconteceu neste domingo 17 em meio a manifestações convocadas, por grupos bolsonaristas, para pedir pela prisão em 2ª instância.  Com a música do Exército ao fundo, um grupo vestido de verde e amarelo prestou continência à estátua da Havan, rede de lojas do empresário Luciano Hang. A estátua tenta imitar a Estátua da Liberdade, símbolo de Nova York. Os manifestantes parecem bem orgulhosos no gesto patriota.  “Essa é pra você, Gilmar Mendes! Aqui tem dono, meu amigo!”, diz o encarregado por conduzir o grupo na marcha nacionalista. A cena aconteceu em Araçatuba, interior de São Paulo, e repercutiu rapidamente nas redes sociais.

(Jomarion... em Santa Catarina, a beira de um rodovia importante, o veio da havan, mandou construir a maior estatua do Brasil – estatua da liberdade é claro – que é mais alta do que o Cristo Redentor do Rio (tem vídeos no youtube sobre esta bizarrice). Para aqueles que são anti-illuminati e anti-maçons lembro que a estatua da liberdade é uma homenagem a uma deusa pagã - Semirades – ligada a cultos satânicos da maçonaria e de algumas sociedades secretas escuras. Mas, no Brasil, ela é maior do que Cristo!)

“Não tem como desver”, avisa um internauta, antes de notar, por outro ângulo, que a marcha ocorre em frente a Havan.

Pessoal, para tudo. Vocês não vão acreditar. Quando a gente pensa que a coisa não pode piorar, piora e muito. Um vídeo que acabei de receber, mostra por outro ângulo. Sabe para quem eles estão marchando e prestando continência? Para a estátua da liberdade da Havan. pic.twitter.com/fqrTINCQlj  — Flávio Costa (@flaviocostaf) November 18, 2019

Luciano Hang é um dos empresários mais convictos do bolsonarismo no Brasil. Com seus ternos verde-e-amarelo, possui o título de “Véio da Havan” e toma grandes decisões para manter sua rede de lojas funcionando no País: recentemente, anunciou a suspensão das propagandas da Havan na Rede Globo após os ataques de Jair Bolsonaro à emissora, decorrentes da reportagem que mencionava o presidente no caso Marielle.

“Não compactuamos com o jornalismo ideológico e algumas programações da Rede Globo nacional e estamos sendo cobrados pela sociedade e nossos clientes”, diz a nota assinada pelo presidente da rede. Em 2018, Hang faturou cerca de 7 bilhões de reais com a Havan – mesmo sendo um devedor da Receita Social e do INSS.

A marcha imperialista faz todo o sentido agora.

VIDEO AQUI:  https://youtu.be/z5DO6irHoKA

Lido em: https://www.cartacapital.com.br/sociedade/manifestantes-contra-o-stf-batem-continencia-a-estatua-da-havan/

Vídeo do professor Pasquale sobre o governo Bolsonaro viraliza

 

“Pandemônio. Brasil mergulhou na ignorância e mediocridade”. Em evento em Lisboa, Portugal, professor Pasquale fala sobre Jair Bolsonaro e o ministro da Educação e vídeo viraliza nas redes sociais

O professor de gramática e colunista da rádio CBN e do sistema Globo, Pasquale Cipro Neto, criticou duramente o governo Bolsonaro em um vídeo que passou a circular nas redes sociais. O vídeo fazia parte de um evento que ele participou em Lisboa, Portugal.

De acordo com Pasquale, Jair Bolsonaro mergulhou o “Brasil de cabeça na ignorância, no obscurantismo, na mediocridade e o resultado disso é imprevisível”.

O professor ainda fez várias críticas ao ministro da Educação Abraham Weintraub. Pasquale chamou o ministro de iletrado e propôs um exercício para a plateia, onde ele questionou se em um governo petista as falas e tuítes de Weintraub seriam consideradas normais.

É uma usina que não tem freio, próximo ao descalabro. E com o incentivo que há hoje com a grosseria. O ministro da Educação é um iletrado. Iletrado. E fica por isso mesmo. Imagina se alguém de algum governo do PT tivesse dito uma, uma só, ou escrito, uma só, das pataquadas que esse indivíduo fala ou escreve. Imagine o que teria acontecido”, diz.

Para Pasquale, Bolsonaro e Weintraub causam um “pandemônio” no Brasil. “Pandemônio. Fim do mundo. O sujeito toda vez que se manifesta revela que é um iletrado. E por aí vai. É só incentivo à brutalidade, à violência, ao assassinato, ao crime, à invasão, à grosseria.”

Ele ainda citou a disputa interna do PSL, partido que elegeu Jair Bolsonaro como presidente da República. “Um baixo nível. Você agora vê os caras do PSL se matando, o que eles dizem um para o outro. Um palavreado. São bárbaros. Tá feio o trem, como se diz em Minas.”

Ana Carolina Mendonça, Estado de Minas

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/11/video-do-professor-pasquale-sobre-o-governo-bolsonaro-viraliza.html

Almirante dos EUA parabeniza golpe na Bolívia e sugere que pode haver intervenção militar na Venezuela

Bases americanas na America Latina

“O Comando Sul dispõe de até 4.000 homens para atuação imediata na América do Sul. O símbolo das tropas sob o comando de Faller é um escudo com uma águia ao alto, representando os Estados Unidos, e o mapa da América Central e do Sul abaixo.”

 

'Há pressão econômica, pressão diplomática e a dos militares; nossa força militar tem apoiado essa pressão', afirmou Craig Stephen Faller, responsável pelo Comando Sul, que inclui a IV Frota.  

O almirante norte-americano Craig Stephen Faller disse na última sexta-feira (15/11) que o Comando Sul do país acompanhou de perto os últimos acontecimentos da Bolívia e parabenizou o "profissionalismo" das Forças Armadas bolivianas na "defesa da democracia" no país. Na sequência da mesma entrevista, a um rede de TV digital da oposição venezuelana, a VPI TV, Faller pediu para que outras "forças armadas sejam profissionais, porque sei que há profissionais que fazem o correto".

O “Comando Sul” reúne um conjunto de forças militares norte-americanas responsável pelo planejamento de contingência, pelas operações e pela cooperação militar com países da América Central, do Sul e Caribe.

(Jomarion... Trata-se de ingerência da direita/capitalista neoliberal/predatória na America do Sul, com fins de espoliação dos povos e países.)

Uma das forças sob o comando de Faller é a chamada IV Frota, recriada recentemente.

O Comando Sul dispõe de até 4.000 homens para atuação imediata na América do Sul. O símbolo das tropas sob o comando de Faller é um escudo com uma águia ao alto, representando os Estados Unidos, e o mapa da América Central e do Sul abaixo.

A entrevista configura um verdadeiro chamado para uma intervenção militar na Venezuela. A jornalista que entrevista Craig pergunta diversas vezes quais são as ações e planos do Comando Sul e dos Estados Unidos para a Venezuela. 

As declarações do almirante aconteceram um dia antes de uma grande manifestação em apoio ao governo de Nicolás Maduro e do fracasso quase que total de um protesto de apoiadores da oposição e do presidente autoproclamado Juan Guaidó.

A fala de Faller incitava ainda que os militares da Venezuela "considerem seu juramento e façam a coisa certa", numa insinuação bastante explícita de que eles receberiam apoio dos EUA no caso de atuarem de forma semelhante ao que ocorreu na Bolívia.

"Nosso enfoque aqui é trabalhar junto as verdadeiras, boas e profissionais forças de seguranças de Colômbia e Brasil. E outras [forças] regionais que são muito efetivas, que ajudam a compartilhar informações e compreendem a gravidade da situação e tentam encontrar formas de ajudar. Nosso governo, dos Estados Unidos, segue fazendo pressão no governo de Maduro e assim desenvolvemos um papel de assistência aqui", afirmou. 

Em outra ocasião, Faller já havia comparado o governo do presidente Maduro ao da Síria de Bashar al-Assad, dizendo que a Venezuela se aproximaria de uma situação similar se o mandatário venezuelano não deixasse o poder. Questionado sobre uma possível intervenção militar na Venezuela, o almirante afirmou que já há "pressão" de países e que isso é um "fator importante", pois, segundo ele, Maduro "está cada vez mais isolado". 

"A comunidade internacional está aplicando muita pressão, são mais de 50 nações unidas. E esse é um fator importante na pressão que está sendo aplicada. Então, há pressão econômica, pressão diplomática e a dos militares. Nossa força militar tem apoiado essa pressão", disse.

(Jomarion... esta história de “pressão de 50 países é balela, falácia e mentira para idiotas.)

Faller ainda afirma, sem se preocupar minimamente em oferecer qualquer tipo de comprovação, que "há uma conexão do narcotráfico e o governo de Maduro", sendo o presidente um "narcotraficante que agora tem um livre reinado para governar junto com outros governos" e que apoia o terrorismo internacional.

(Jomarion... outra mentira redundante para “enganar trouxas”... o maior apoiador do tráfico internacional de drogas (e também consumidor) são os EUA.)

Durante a entrevista, Cuba, Rússia e China foram citados como apoiadores de Maduro.

(Jomarion... Juntemos a eles a Argentina, o México e as pessoas da “boa e justa esquerda” de qualquer país.)

O almirante afirmou ainda que toda a política estratégica do Comando Sul segue as linhas governamentais norte-americanas e disse que deixa aos "responsáveis políticos" as decisões e, assim, se "mantêm focado no papel militar". "Nosso trabalho deve ser estarmos prontos para cooperar com nossos sócios compartilhando informações e inteligências" (Jomarion... aqui entram as empresas malignas e satânicas – Google, Facebook e WhatsApp – a serviço da CIA), afirmou.

Jomarion...ontem a mídia noticiou que os EUA decretaram “embargo” sobre o já combalido povo do EGITO, sim, amigas que estiveram recentemente no Egito ficaram “abismadas” com a pobreza, sujeira e miséria nas ruas, mostrando que o país não recebe investimentos em áreas sociais...

Lido em: https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/61677/almirante-dos-eua-parabeniza-golpe-na-bolivia-e-sugere-que-pode-haver-intervencao-militar-na-venezuela

"Égua desdentada", diz ministro da Educação para mãe de seguidora

 

Abraham Weintraub respondeu a uma seguidora chamando a mãe dela de "égua sarnenta e desdentada". O comentário foi uma resposta a críticas que Abraham Weintraub recebeu por defender a Monarquia

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, respondeu a uma usuária do Twitter chamando a mãe dela de “égua sarnenta e desdentada”.  O comentário foi uma resposta a críticas que Weintraub recebeu por defender a Monarquia durante o feriado da proclamação da República na última sexta-feira (15).  o dia em que foi comemorado o fim do governo do último imperador do Brasil, Dom Pedro II, Weintraub publicou:

♦ treze mensagens no Twitter com elogios ao regime monárquico brasileiro;

♦ duas mensagens criticando uma reportagem do jornal Folha de São Paulo sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT);

♦ uma com críticas ao governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB);

♦ uma na qual caçoa de um repórter da Globo que chegou atrasado para uma entrevista coletiva;

♦ uma sobre reunião com ministros no Palácio do Planalto.

Abraham Weintraub e seu irmão, o assessor especial da presidência da República Arthur Weintraub são, dentro do governo, os responsáveis pelos discursos mais inflamados contra políticos de esquerda que fazem oposição a Bolsonaro.

“Doença terminal”

No último mês, o PSDB publicou um comentário no qual classifica Abraham Weintraub como “doença terminal da Educação no Brasil”. A mensagem foi uma resposta a um xingamento que o ministro fez ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Weintraub comparou o tucano à Aids.

(Congresso em Foco)

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/11/egua-desdentada-ministro-da-educacao.html

O que já se sabe do dia 14/03/2018 na vida de Jair Bolsonaro?

 

São muitas as perguntas que a cobertura jornalística não tem feito sobre a possível participação do clã Bolsonaro no assassinato de Marielle Franco. E a cada dia que passa aparecem mais promotores bolsonaristas militantes em funções chave na investigação interminável

Em jornalismo, usamos uma técnica para coberturas complexas. Consiste em juntar todos os elementos concretos e, assim que possível, montar uma narrativa plausível que os encaixe.

A partir daí, a cobertura vai filtrando as informações, para focar naquelas essenciais para comprovação ou correção da narrativa em curso.

Anos atrás o Ministério Público Federal descobriu essa técnica e a batizou de “teoria dos fatos” (não confundir com a teoria do domínio do fato), mas com algumas jabuticabas bem brasileiras, características típicas desses tempos de Lava Jato: desprezo a todos os fatos que desmentirem a narrativa original.

Os burocratas esconderão os fatos que comprometam a narrativa porque cada operação demanda recursos e um tiro errado significaria desperdício. Os marqueteiros desprezarão porque a narrativa foi vazada para jornalistas amigos, e ficaria chato admitir o erro. A Lava Jato desprezará porque sua intenção é política.

A teoria do fato de Bolsonaro

Entendido isso, vamos a uma teoria do fato sobre como foi o dia 14 de março de 2018, dia do assassinato de Marielle, na vida de Jair Bolsonaro.

Primeiro, vamos aos fatos objetivos:

1. Um twitter de uma jornalista respeitável, Thais Bilenky, no dia 14 de março, informando que Bolsonaro seguiria para o Rio por estar com problemas de intoxicação.

2. O depoimento do porteiro do Condomínio Vivendas da Barra, dizendo ligou para Bolsonaro para obter autorização para a entrada de Elcio Queiroz no condomínio. E a anotação no papel indicando a casa de Bolsonaro como destino.

3. A sessão da Câmara mostrando que, naquele dia, Bolsonaro estava lá, participando das sessões.

4. O sistema de telefonia do condomínio, que permite transferir ligações para celulares.

5. Posteriormente, vazamentos aos Bolsonaro de trechos da investigação de interesse deles, mais a identificação de dois promotores como bolsonaristas ativos, mostrando acesso da família às investigações.

Teoria do fato

Em cima desses dados, vamos formular uma hipótese – repito, hipótese – sobre o que teria ocorrido naquele dia.

1. Bolsonaro articulou uma reunião com Ronnie Lessa (do Escritório de Crime) e Elcio Queiroz para o dia 14, no Condomínio Vivendas da Barra.

2. Preparou um álibi para faltar à sessão daquele dia na Câmara Federal. A jornalista Thais Belinski foi informada de que ele iria voltar para o Rio de Janeiro por um problema de intoxicação alimentar. Era um álibi curioso: viajar intoxicado, podendo descansar e ser tratado em Brasilia.

3. Naquele dia, trocando ideias com assessores, Bolsonaro se deu conta de que a ida para o Rio de Janeiro poderia expô-lo. Assim, decidiu ficar na sessão da Câmara, onde apareceu sem nenhum sinal de quem estava intoxicado. A reunião no Condomínio foi mantida com os demais participantes.

4. Ao chegar ao condomínio, Élcio deu o número da casa de Bolsonaro. O porteiro ligou para o celular anexado ao número, Bolsonaro atendeu em Brasília e autorizou a entrada. E Élcio rumou para a casa de Ronnie Lessa, que fica na mesma rua da casa de Bolsonaro, cerca de duas ou três casas depois.

5. Quando a reunião foi identificada, após perícia no celular de Ronnie Lessa, os Bolsonaro foram informados por aliados infiltrados nas investigações, que atrasaram a perícia a fim de permitir que as provas fossem alteradas.

Repito: é uma hipótese de trabalho.

Motivação

Conforme já divulgado, Bolsonaro era radicalmente contrário à intercvenção militar no Rio de Janeiro, que considerava uma maneira de fortalecer o governo Temer e preparar a chapa Temer-Rodrigo Maia para as eleições de 2018, reduzindo a possibilidade de uma intervenção militar ampla.

Um dos modos de operação dos porões, quando Silvio Frota foi alijado da disputa pelo poder, era planejar atentados e imputar à oposição.

Apurou-se que, dias antes do assassinato de Marielle, Ronnie Lessa pesquisou no Google figuras críticas à intervenção militar. E fixou-se no nome de Marielle, que havia sido indicada para uma comissão na Câmara de Vereadores, para fiscalizar a intervenção.

As investigações

Desde o início, se afirmava que as investigações esbarravam em “gente poderosa” no Rio, por isso não avançavam. Até agora, oficialmente a “gente poderosa” que apareceu foi um conselheiro do Tribunal de Contas do Município, o tal Brazão. Isso em um estado em que ex-governadores, conselheiros do Tribunal de Contas do Estado, deputados federais e estaduais foram presos. É factível supor que toda a manipulação da Polícia Civil e, especialmente do Ministério Público Estadual, foi por influência de Brazão. A cada dia fica mais nítida a influência do bolsonarismo sobre promotores estaduais.

A elucidação do crime demandaria perícias e investigações isentas. Quem as fará? A cada dia que passa aparecem mais promotores bolsonaristas militantes em funções chave na investigação interminável.

Há duas maneiras dos promotores atuarem politicamente.

Encontrando um suspeito concreto, que assuma o crime e libere Bolsonaro das suspeitas.

1. Não encontrando, adiando a investigação indefinidamente.

2. Qual seria a alternativa? A Polícia Federal de Sérgio Moro.

O porteiro está sendo acusado de obstrução de justiça. Sérgio Moro encaminhou à denúncia à Procuradoria Geral da República. O caso caiu nas mãos do procurador Douglas Araújo, tido como “bolsonarista ferrenho”, segundo o Valor Econômico.

Insisto, é uma teoria do fato, uma narrativa que permite encaixar os principais elementos até agora divulgados. Quem tiver uma hipótese melhor, que as apresente, antes que calem-se para sempre as testemunhas.

A discussão inútil

O aparecimento do Twitter do dia de 14 de março de 2018, da jornalista Thais Bilenky, mencionando conversas com assessores de Bolsonaro, que teriam dito que ele faltaria a sessão e iria para o Rio, devido a uma intoxicação alimentar, suscitou enorme discussão.

O Twitter não dizia que Bolsonaro estava no Rio. Dizia de sua intenção de ir ao Rio naquele dia, fato reforçado pela descoberta de que seu gabinete comprara duas passagens de avião para o Rio naquele mesmo dia.

Abriu-se enorme e inútil discussão: Bolsonaro estava ou não no Rio no dia da morte de Marielle? Gastou-se esforço para um objetivo inútil. Se Bolsonaro havia comparecido à sessão na Câmara naquele dia, é evidente que não estava no Rio.

A questão a ser investigada era outra. Havia um enorme conjunto de evidências sobre sua intenção de estar no Rio naquele dia.

1. O Twitter da repórter.

2. A compra das passagens.

3. O registro na portaria do condomínio de que Helcio Queiroz mencionara a casa de Bolsonaro para obter autorização de entrada.

E há informações – que a imprensa burocraticamente evita – de que o sistema de telefonia do condomínio permite transferência para celulares. Portanto, seria perfeitamente factível que o porteiro tivesse transferido a ligação de Helcio para o celular de Bolsonaro.

Por que Bolsonaro desistiu de ir ao Rio?

A questão central era outra: porque Bolsonaro recuou no último momento, na ida ao Rio? Ele deveria ou não estar presente na reunião em que Élcio e Ronnie Lessa planejaram a morte de Marielle?

Colocando o foco correto, a cobertura jornalística sairia dessa masturbação midiática para focar nos pontos centrais:

1. Buscar explicações dos assessores sobre as razões de Bolsonaro ter afirmado que iria para o Rio devido a uma intoxicação alimentar, e ter participado da sessão da Câmara sem aparentar nenhum incômodo.

2. Confirmar se o sistema de telefonia do condomínio permitia ou não transferencia para celulares, especialmente de Bolsonaro.

3. Entender porque razão Carlos Bolsonaro – que só usava a casa no condomínio para ir à praia nos fins de semana – estava no condomínio naquele dia.

4. Insistir na perícia técnica do equipamento que registra as ligações.

5. Ouvir vizinhos sobre o relacionamento de Ronnie Lessa com os Bolsonaro. É inverossímil que ambos, vizinhos, ligados às milícias, não se conhecessem ou não compartilhassem os mesmos visitantes

Luis Nassif, GGN

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/11/jair-bolsonaro-14-03-2018-marielle-franco.html

Mathew Ward fala sobre Putin (canalização)

Jomarion: É incrível como o “americano” em geral foi programado para odiar/temer Putin acusando-o de  crimes e controle da mídia global (kkkkk)... assim ele (o americano) propaga “fake news” da cabala trevosa, que como já expliquei neste blog, odeia o presidente Putin porque este (a maneira do Czar Alexander) não colabora com os planos da Cabala Sionista (Rothchild e outros)...  vejamos a pergunta alienada feita a Mathew:

Pergunta: “Há alguns bons sinais de que coisas positivas estão começando, mas Putin e os trolls russos controlam as notícias da mídia. O que Putin está fazendo? Eu sei que Matthew disse que ele (Vladimir Putin) não faz parte da Cabala, mas ele parece ser capaz de matar sem remorso ou sentimento. Não é o que alguém chamaria de um bom rapaz! Ele poderia comentar sobre o que está acontecendo lá? ”

Mathew responde: O presidente Putin fez algumas coisas desagradáveis, com certeza, mas ele não é culpado das muitas acusações promulgadas pelos Illuminati em retaliação por sua recusa em cooperar (se “dobrar”) com seus planos. Na maioria dos casos, seus subordinados foram os responsáveis ​​pelo que atribuíram a ele ou ao seu país (como  recentemente, que ele estava se intrometendo nas eleições de outros países e no envenenamento de pai e filha no Reino Unido). 

Putin se justificou e negou o envolvimento, mas a opinião global o considera “culpado e o acusa”, aceitam o veredicto pronunciado pelos Illuminati. E, apontar um dedo para os trolls russos por influenciar a opinião das pessoas e exacerbar a divisão está dando aos trolls o crédito pelo que os Illuminati estão fazendo através de seus políticos e pela mídia ocidental (mainstream) corrupta e controlada (que manipula e distorce os fatos) bem como as mídias sociais.

Putin não quer uma guerra fria, muito menos “quente”, que eles, (os Illuminati, a Cabala, a Elite, os judeus khazares, Israel, etc…) querem que o Ocidente faça contra a Rússia e o Irã, e talvez se possível com a Coréia do Norte, onde tentarão evitar o resultado pacífico das negociações multinacionais. 

Não só os campos de batalha precisam da maquinaria da guerra fabricada por suas corporações (o Complexo Industrial Militar), mas precisam das baixas vibrações da violência e do medo para sustentar sua própria existência. Assim, punir o presidente russo pelo que ele não faria por eles tornou-se o que ele está fazendo contra eles (os servidores da agenda das trevas):  a portas fechadas Putin é um dos principais cooperadores para acabar com a rede internacional de atividades hediondas, e de responsabilizá-los (os Illuminati) legalmente e alcançar um mundo em paz.

Canalizado por Suzanne Ward – suzy@matthewbooks.com

Fonte: www.thoth3126.com.br

Dois terços dos brasileiros acreditam em fake news (Jomarion... não são fakenews)  sobre vacinas

Redes sociais se revelaram mais recorrentes que o Ministério da Saúde ou médicos como fonte de informação, aponta estudo.

O Brasil sofre com uma epidemia de informações falsas. De acordo com uma pesquisa realizada pela ONG Avaaz, em parceria com a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), 67% dos brasileiros acreditam em ao menos uma fake news sobre vacinação, sendo que as mentiras chegam principalmente via redes sociais. (Jomarion... texto tendencioso não?)

Ao menos 48% das 2 mil pessoas entrevistadas pelo Ibope para o estudo – maiores de 16 anos, em todos os Estados – disseram que redes ou canais como Facebook, YouTube, Instagram e WhatsApp são suas principais fontes de informação em relação às vacinas. Essas fontes se revelaram mais recorrentes que o Ministério da Saúde ou médicos.

O impacto disso na saúde pública do país é claro: 57% dos que deixaram de se imunizar recentemente citaram como causa uma informação que os médicos apontam como sendo incorreta.

De acordo com Nana Queiroz, coordenadora de campanhas da Avaaz, a discussão sobre o tema é normalmente contaminada pelo extremismo político. Nesse sentido, ela ressalta que o problema não deveria ser encarado como sendo de esquerda ou direita. O ideal, neste caso, seria unir a sociedade brasileira por se tratar de uma questão de saúde pública.

“As grandes plataformas precisam mostrar correções às pessoas expostas a essas desinformações. E se não o fizerem por iniciativa própria, o governo precisa garantir que o façam. É uma questão de saúde pública”, afirma.

Embora a maioria dos entrevistados (87%) tenha respondido nunca ter deixado de se vacinar ou de imunizar crianças sob seus cuidados, o índice é preocupante devido ao restante da estatística: os 13% que disseram o contrário representam um contingente superior a 21 milhões de pessoas, contando toda a população acima de 16 anos.

As respostas mais comuns entre esses 13%, segundo a pesquisa, foram “não achei a vacina necessária (31%)”; “medo de ter efeitos colaterais graves (na mosca!) após tomar uma vacina (24%)”; “medo de contrair a doença que estava tentando prevenir (na mosca!) com a vacina (18%)”; “por causa das notícias, histórias ou alertas que li online (9%)” e “por causa dos alertas, notícias e histórias de líderes religiosos” (4%).

Para o presidente da SBIm, Juarez Cunha, os números explicitam falta de conhecimento prévio para julgar adequadamente o que é correto e o que é incorreto.

“Nós, profissionais da saúde, sociedades de especialidades e autoridades, precisamos ter a mesma disponibilidade para ensinar e esclarecer o que é demonstrado por quem dissemina inverdades. Se não nos empenharmos, é possível vislumbrar um cenário perigoso. O retorno do sarampo já demonstrou isso”, diz Cunha.

Problema importado dos EUA

A pesquisa também concluiu que o discurso antivacinação, bastante presente na sociedade brasileira, é uma característica basicamente importada dos Estados Unidos (Lá eles acordaram primeiro porque os efeitos da vacina causaram estragos e destruíram famílias) . Após o Ibope apontar indícios de que notícias falsas sobre vacinas influenciam os brasileiros, a Avaaz conduziu uma investigação para apurar quais são e de onde vêm essas notícias.

Ao analisar mais de 1.600 links, a ONG indica que quase metade das fake news é proveniente de sites publicados originalmente em inglês, nos Estados Unidos. O site Natural News (um dos melhores sites do mundo sobre alimentação natural e saúde), por exemplo, é a fonte original de 32% da amostra e representa quase 70% do conteúdo não brasileiro.

“Além disso, há evidências de que o Natural News esteja servindo de inspiração para sites e influenciadores brasileiros que passaram a vender produtos naturais e ‘curas milagrosas’ ao lado de artigos antivacinação e que inspiram desconfiança na ciência tradicional”, revela Nana Queiroz.

Lido em: https://www.cartacapital.com.br/sociedade/dois-tercos-dos-brasileiros-acreditam-em-fake-news-sobre-vacinas/

Parlamento aprova obrigatoriedade da vacina contra sarampo na Alemanha

Noticia preocupante... resistir é preciso... ninguém pode obrigar/impor vacinas e nem remédios para as pessoas... se a Alemanha decidiu por isto é porque está alinhada com a elite trevosa (ONU, OMS e suas ramificações) que visam carrear lucros para as farmacêuticas que estão adoecendo, enfraquecendo e matando milhões de pessoas em nosso planeta (redução populacional)... leiam, pesquisem e se informem! 

Jomarion...sarampo é uma “doença benigna” ela é a “vacina natural”.

No final de agosto, a OMS alertou para um aumento acentuado dos casos de sarampo na Europa: somente no primeiro semestre de 2019, as transmissões ultrapassaram as registradas em todo o ano de 2018. A doença ressurgiu em quatro países europeus onde era considerada erradicada.

Segundo a OMS, foram 89.994 casos de sarampo em 48 países europeus nos primeiros seis meses de 2019, mais que o dobro do registrado no mesmo período de 2018, quando houve 44.175 casos. Os números já superam os 12 meses de 2018, quando foram registradas 84.462 ocorrências.

(Jomarion... o sarampo não está aumentando, as pessoas é que estão fracas, sem imunidade, situação provocada por comida-lixo e excesso de medicamentos) 

Em 2018, 35 dos 53 países que compõem a região europeia da OMS consideravam o sarampo erradicado. A doença é declarada endêmica em 12 países, incluindo França e Alemanha.

Dados divulgados pela OMS em meados de agosto mostraram que, em todo o mundo, o número de casos triplicou nos sete primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2018, chegando a 364.808. Entre janeiro e julho do ano passado, a cifra foi de 129.239.

No Brasil, os dados da OMS apontam 1.045 casos da doença nos primeiros sete meses do ano. O país é o segundo das Américas com maior número de contaminados, atrás apenas dos Estados Unidos, que com 1.172 enfrentam seu maior número de casos em 25 anos.

Segundo dados do Ministério da Saúde brasileiro, foram registrados 907 casos de sarampo entre os dias 5 de maio e 3 de agosto no país, sendo 901 em São Paulo, cinco no Rio de Janeiro e um na Bahia.

O sarampo é transmitido pelo ar e causa febre, mal estar, tosse e irritações na pele. Apesar de altamente contagiosa, a doença pode ser evitada com duas doses de vacina, mas, segundo a OMS, as vacinações não ocorrem na proporção adequada. Entre as complicações que a doença pode causar estão a cegueira e, no caso das mulheres grávidas, abortos espontâneos.

Jomarion... esta matéria só tem um objetivo: espalhar medo e insegurança e fazer as pessoas correrem para tomar vacina e levar suas crianças, um crime, pois se pesquisarem verão que há médicos e profissionais da saúde “contra” a vacina e há sites e blogs que recebem milhares de denúncias de “reações escabrosas” no pós vacina.

Lido em: https://operamundi.uol.com.br/sociedade/61656/parlamento-aprova-obrigatoriedade-da-vacina-contra-sarampo-na-alemanha

Fim do DPVAT atinge empresa de Bivar, desafeto de Bolsonaro

 

O fim do seguro obrigatório a veículos no país, o Dpvat, anunciado nesta terça-feira (11) pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), atinge diretamente os negócios de seu desafeto, o deputado Luciano Bivar.  Bivar é presidente nacional do PSL e entrou numa escalada de hostilidade com o Presidente da República pelo controle do partido.

Bivar é acionista e foi diretor presidente da Companhia Excelsior de Seguros, com sede em Recife e que tem 1% das ações da Seguradora Líder, que gerencia os recursos e administra o Dpvat. Segundo um balanço da seguradora de Bivar, em 2017, a empresa obteve de receita R$ 5,2 milhões oriundos do Dpvat (parte do recurso foi gasto com a própria administração do seguro dentro da empresa). Na Junta Comercial de Pernambuco, a Excelsior é registrada com um capital de R$ 35 milhões.

A seguradora, portanto, será diretamente atingida com o fim do seguro obrigatório anunciado na terça por uma Medida Provisória.  Em dez anos, o seguro Dpvat foi responsável pela indenização de mais de 4,5 milhões de acidentados no trânsito brasileiro (485 mil desses casos foram fatais). Além de indenizações por mortes, o seguro também cobre gastos hospitalares e sequelas permanentes.  Bolsonaro justificou o fim do seguro mediante os altos índices de fraudes e os elevados custos operacionais do seguro.

A gerenciadora do Dpvat , a Seguradora Líder, é formada por um consórcio de 73 empresas do ramo, entre elas a Mapfre, a Porto Seguro e as seguradoras dos bancos Caixa e Bradesco, por exemplo.  O fim do Dpvat foi feito por Medida Provisória, ou seja, tem força de lei a partir de sua edição. A nova regra deve ser votada pelo Congresso, que pode modificá-la, em até 120 dias. Caso contrário, caduca; nesse caso, isso significa que voltaria a existir o Dpvat .

Recentemente Bolsonaro tornou pública uma disputa interna de poder com Bivar pelo controle do partido.  A divergência dentro do PSL ficou evidente após Bolsonaro comentar com um de seus apoiadores que o presidente do partido estava "queimado pra caramba".

Na semana seguinte, a Polícia Federal deflagrou operação que teve o deputado federal como alvo e que buscava provas em um inquérito sobre candidaturas de laranjas no partido, em caso revelado pela Folha de S.Paulo em fevereiro.

(Fabrício Lobel/FolhaPress SNG)

Lido em: https://www.jb.com.br/pais/2019/11/1020244-fim-do-dpvat-atinge-empresa-de-bivar--desafeto-de-bolsonaro.html

Rússia... potência do futuro

Alteração climática pode se tornar oportunidade de ouro para Rússia, prenuncia jornal

A mudança climática está gradualmente se tornando uma ameaça à vida na Terra, porém, segundo jornal, a crise climática constitui uma oportunidade de ouro para a Rússia.

O jornal israelense Haaretz publicou um recente artigo dizendo que a mudança climática abre oportunidades inestimáveis para que a Rússia fortaleça seu status na arena internacional.

De acordo com o autor da publicação, Jonathan Jacobson, o país eslavo tem uma localização geográfica favorável.

Os geólogos descobriram há cerca de dez anos que 30% das reservas mundiais de gás natural e 13% das reservas mundiais de petróleo estão debaixo das geleiras da zona polar do Hemisfério Norte.

Recursos acessíveis

O fato é que, à medida que o gelo perene derrete no Ártico, estes recursos estão se tornando mais acessíveis, principalmente para a Rússia.

Além disso, as alterações climáticas estão transformando as rotas comerciais no oceano Ártico as tornando mais promissoras. O jornalista salienta que os países que têm portos nos mares do Norte e do Báltico serão os mais beneficiados – o que coloca a Rússia em primeiro lugar nessa vantagem.

Prevê-se que, se as rotas marítimas do Ártico ficarem operacionais durante todo o ano, dois terços do comércio que passa através do canal do Suez se deslocarão para novas rotas.

Jacobson prevê que Moscou será capaz de mudar o mapa do comércio global, cuja natureza há muito que tem sido determinada pelo Ocidente, liderado pelos Estados Unidos.

Ele acrescenta que o país também poderia se beneficiar do aquecimento global através do aumento da produção agrícola devido à disponibilidade de terras para o desenvolvimento agrícola.

(Jomarion... Edgard Cayce profetizou, mais de uma vez, que a Rússia seria o país líder no futuro, inclusive citou o presidente Vladimir como líder mundial).

Lido em: https://br.sputniknews.com/russia/2019111214763505-alteracao-climatica-pode-se-tornar-oportunidade-de-ouro-para-russia-prenuncia-jornal/

Quem é Luis Fernando Camacho, o 'Bolsonaro boliviano' que despontou em meio à renúncia de Evo  (proveniente das elites empresariais)

(Getty Imagens)

"A Bíblia vai voltar ao Palácio do Governo" diz ele...

Cercado pela multidão, Luis Fernando Camacho repetiu essa frase durante as últimas três semanas.  Seis meses atrás, poucos na Bolívia conheciam esse líder da oposição de 40 anos, mas hoje ele é um dos principais protagonistas da mobilização que forçou a renúncia de Evo Morales no domingo (10/11).

Evo decidiu sair horas depois de o comandante das Forças Armadas da Bolívia, general Williams Kaliman, declarar que o presidente deveria deixar o cargo, no intuito de resolver o impasse da crise política que assola o país desde as controversas eleições presidenciais, em 20 de outubro.

Nas eleições, que tiveram denúncias de fraudes a favor de Evo, Camacho não se candidatou. No entanto, ele conseguiu entrar no antigo Palácio do Governo, em La Paz, e depositou uma Bíblia em cima da bandeira boliviana alguns minutos antes do anúncio da renúncia do presidente.

Gestos como esse e suas constantes menções ao "poder de Deus" não passaram despercebidos no país e, em meio a uma enorme crise política, Camacho já foi chamado de "Bolsonaro boliviano", em referência ao presidente do Brasil e seus discursos de cunho religioso.

Camacho é um político que diz não fazer política. Conservador e ao mesmo tempo carismático, ele é proveniente das elites empresariais. Toda vez que se dirige às multidões que o apoiam, ele faz uma "oração ao Todo-Poderoso".

'O presidente'

Camacho atua como presidente do Comitê Cívico Pró-Santa Cruz, uma entidade que, na cidade mais populosa da Bolívia, Santa Cruz de la Sierra, é chamada de "governo moral". Nos últimos anos, a cidade se transformou em uma espécie de quartel-general da oposição a Evo.

Durante as últimas três semanas de protestos em todo o país, o líder da oposição foi apresentado em Santa Cruz como "o presidente".  Filho de empresários, o esforço de Camacho para obter reconhecimento nas instituições de Santa Cruz foi rápido, assim como sua irrupção no cenário nacional.

Em sua última aparição na cidade, em um dos vários conselhos organizados contra Evo Morales, Camacho entrou em cena acompanhado de uma imagem da Virgem Maria e com uma cruz como pano de fundo.

Os comitês cívicos da Bolívia reúnem diferentes setores das principais cidades do país, incluindo empresas, sindicatos e comunidades.  Essa oposição centralizada em Santa Cruz foi uma constante dor de cabeça para Morales em seus 13 anos, nove meses e 18 dias de mandato..

O mais radical

Quando as eleições na Bolívia começaram a ser questionadas por múltiplos setores da sociedade, o ex-presidente e candidato Carlos Mesa era considerado o principal nome do meio político para mobilizar a oposição a Evo.  A princípio, todos os grupos bolivianos de oposição e detratores de Evo se alinharam com a reclamação de Mesa sobre possíveis fraudes nas eleições.

Na noite do pleito, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu a transmissão da contagem dos votos com 83% das urnas apuradas, quando o resultado indicava segundo turno entre Morales e Mesa.  No dia seguinte, o sistema de contagem de votos, chamado Transmissão de Resultados Eleitorais Preliminares (TREP), foi subitamente reativado com 95% das urnas apuradas, indicando uma vitória apertada de Morales já no primeiro turno.

As suspeitas suscitadas pela interrupção da divulgação da contagem dos votos e a súbita guinada na tendência do resultado levaram a oposição a denunciar uma "fraude escandalosa". Até as missões de observação eleitoral da Organização dos Estados Americanos (OEA) e da União Europeia pediram um segundo turno das eleições presidenciais.

Enquanto parte da oposição pedia um segundo turno, Camacho aumentou a aposta.  O líder civil passou a reivindicar a renúncia de Evo. Muitos nomes da oposição, incluindo apoiadores de Mesa, criticaram o "radicalismo" de Camacho, acreditando que seria impossível pressionar Evo até uma renúncia.

Uma cruz em La Paz

Após o ultimato e a elaboração inédita de uma carta de demissão "para Evo Morales assinar", Camacho anunciou que chegaria a La Paz para entregar o documento ao governo.  Quase três dias de suspense cercaram a tentativa do líder da oposição até que ele finalmente pousou na capital.

Milhares de pessoas o receberam no aeroporto na quarta-feira e, um dia depois, ele foi a estrela de cenas raramente vistas na história da Bolívia. Camponeses, produtores indígenas e produtores de coca receberam Camacho e o aplaudiram de forma entusiasmada.

Santa Cruz de La Sierra historicamente desempenhou um papel de contrapeso político contra o povo de La Paz, cidade mais ligada a Evo. Esse antagonismo causou atritos regionais que marcaram a agenda do país em mais de uma ocasião.

Dessa vez, e apesar de seu discurso conservador, Camacho abraçou mulheres e aceitou um colar feito com folhas de coca.  Por outro lado, o apelido que ele recebeu de grupos de apoio, "Macho Camacho", acabou sendo repudiado por organizações sociais e coletivos feministas, que o chamam de misógino e ultradireitista.

O 'Bolsonaro boliviano'

"Como outros representantes da nova direita regional, como o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, Camacho usa um discurso com forte teor religioso", diz a jornalista Mariela Franzosi.  Em uma análise sobre Camacho, ela afirma que o líder usa "um discurso que, embora tente associar à paz e unidade do povo boliviano, acaba sendo repleto de racismo, ódio de classe e provocações".

Julio Cordova, sociólogo boliviano especializado em movimentos evangélicos, disse que Camacho "legitima sua posição autoritária com o discurso religioso no estilo Bolsonaro". O pesquisador argumenta que o líder civil é "uma expressão da direita protofascista boliviana".  Em seu momento de vitória, minutos após a renúncia de Morales, ele voltou a mostrar um crucifixo nas mãos.

Camacho diz que não será candidato à Presidência e que, quando terminar sua liderança no âmbito civil, ele retornará aos seus negócios particulares. Mas, neste momento na Bolívia, é difícil esconder que um novo líder popular de direita surgiu às margens da esquerda que governou o país por 13 anos.

Lido em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-50354666

BRICS BRAZIL 2019

 

Brasília, 13 e 14 de Novembro de 2019

O Brasil, em 2019, assumiu a presidência rotativa do bloco BRICS. Mas o que isto quer dizer? Isto significa que, neste período, o país é o responsável por propor as prioridades de pautas para o bloco, bem como fica incumbido de atuar ativamente na coordenação de reuniões, foros e grupos de trabalho sobre diversos temas, relacionados à economia, comércio, sistema financeiro, ciência, tecnologia, cultura, saúde e segurança. Além disso, também fica responsável por sediar a cúpula presidencial do Brics no ano, que, em 2019, está em sua décima primeira edição.

Esta não é a primeira vez que o Brasil recebe a reunião. Em 2010, Brasília também recebeu o encontro, e em 2014 foi a vez da cidade de Fortaleza receber os presidentes do bloco. E qual é a importância destes encontros?

Se olharmos pelo sentido econômico, verificamos que os países dos Brics, em 2018, foram destino de 30,7% das exportações brasileiras, rendendo US$ 73,8 bilhões em nossa balança comercial, uma alta de 23,5% em relação ao ano anterior (US$ 56,4 bilhões). No tocante às importações, também em 2018, compramos US$ 43,1 bilhões em mercadorias das nações do bloco, o que representou 23,8% do total das importações nacionais [1]. Registramos, assim, um superávit comercial de US$ 30,7 bilhões no ano passado com estes países. Neste sentido, todas as reuniões do bloco, não apenas as presidenciais, servem como um espaço de promoção dos interesses econômicos do Brasil, nas quais podem ser negociadas novas oportunidades e mercados para os negócios nacionais.

Quanto à perspectiva política, o Brics tradicionalmente ocupa um papel internacional de desenvolvimento de um modelo construtivo de governança baseado no multilateralismo. Além disso, possui como objetivo elaborar planos para evitar os efeitos negativos da globalização, elaborando uma estrutura sustentável de crescimento global. Na Cúpula presidencial de 2019, alguns temas relevantes e não consensuais entre os governos membros do bloco serão discutidos, em uma tentativa de alinhar e coordenar seus interesses. Temas como a crise na Venezuela, guerra comercial entre China e Estados Unidos, meio ambiente e a quinta geração de internet móvel (5G) são possíveis temas que entrarão nas pautas dos debates.

Cabe o destaque ainda  que a Cúpula dos Brics deste ano antecede a criação de um escritório regional do Novo Banco de Desenvolvimento em São Paulo, ou seja, um Banco do Brics no Brasil! Mais próximo agora de possíveis beneficiários nacionais, o objetivo da instituição é financiar projetos de infraestrutura e de desenvolvimento sustentável dentro dos países membros. Para o Brasil, os ganhos econômicos da participação dentro do Banco estão relacionados ao financiamento de obras de infraestrutura, bem como a participação de empresas nacionais em licitações de obras em outros países membros [2]

Apesar da reunião presidencial acontecer apenas em novembro, durante todo o ano estão ocorrendo encontros ministeriais, técnicos e empresariais entre os membros do grupo. Você pode conferir a agenda dos encontros no site do Itamaraty: https://brics2019.itamaraty.gov.br/todos-os-eventos

Este ano, o NEBRICS irá cobrir os principais assuntos discutidos durante a Cúpula dos Brics, nos dias 13 e 14 de novembro. Como preparativos até lá, também produziremos alguns textos de discussão das principais reuniões do Bloco em 2019, compartilhando-os em nosso site e em nossa página do facebook: https://www.facebook.com/NEBRICS/. 

Assim, caso queira saber mais informações sobre as diversas reuniões do Brics deste ano, fique atento em nossas páginas! 


[1] Fonte: Agência Brasil.  Disponível online em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2019-03/brasil-vai-sediar-cupula-do-brics-em-novembro

Lido em: https://www.ufrgs.br/nebrics/a-xi-cupula-dos-brics-brasilia-13-e-14-de-novembro/

Bernie Sanders: Prisão de Lula nunca deveria ter acontecido

Pré candidato à presidência dos EUA, Sanders disse que o petista, quando foi presidente, 'fez mais do que ninguém para diminuir a pobreza no Brasil'

O pré candidato à presidência da República dos Estados Unidos pelo partido Democratas, Bernie Sanders, disse nesta sexta-feira (08/11) que a prisão dos ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva "nunca deveria ter acontecido".

A mensagem de Sanders vem após Lula deixar a sede da Polícia Federal em Curitiba, depois de passar 580 dias na prisão. O norte-americano disse que o petista, quando foi presidente, "fez mais do que ninguém para diminuir a pobreza no Brasil".

"Como presidente, Lula fez mais do que ninguém para diminuir a pobreza no Brasil e defender os trabalhadores. Estou encantado por ele ter sido libertado da prisão, algo que nunca deveria ter acontecido em primeiro lugar", afirmou pelo Twitter. (As President, Lula has done more than anyone to lower poverty in Brazil and to stand up for workers. I am delighted that he has been released from jail, something that never should have happened in the first place. https://t.co/UNZZqjjMVF)

Lula Livre

Na tarde desta sexta-feira, o juiz federal titular da 12ª Vara de Execuções Penais, Danilo Pereira Júnior, autorizou a soltura do ex-presidente. A defesa de Lula havia entrado com pedido para a liberação do petista de manhã, após decisão do STF.

Ao sair da prisão, Lula falou aos militantes que faziam parte da Vigília Lula Livre que, durante os 580 dias, permaneceu no local e pediu a liberdade do ex-mandatário.

"Vocês não tem dimensão do significado de que estar aqui junto com vocês. Vocês eram o alimento da democracia que eu precisava para resistir. Eu fiquei mais fortalecido, mais corajoso", afirmou.

Lido em: https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/61519/bernie-sanders-prisao-de-lula-nunca-deveria-ter-acontecido

TV americana nunca teve tantos personagens LGBTQ (TRANS é o correto) diz relatório

 

Jomarion... Isto é bom? Claro que não! Industria do Entretenimento quer forçar a agenda transgênero sobre a sociedade (confusão de gênero), repudiar é preciso, sem ser “homofóbico” é claro!

Séries como “Batwoman,” “Pose” e “Euphoria” fizeram o número de personagens lésbicas, gays e transgêneros na televisão norte-americana atingir um pico, o que ajuda a acelerar a aceitação da diversidade sexual na sociedade como um todo, de acordo com um relatório divulgado nesta quinta-feira (7).

O grupo Aliança contra a Difamação de Gays e Lésbicas (GLAAD) disse que os personagens LGBTQ representaram 10,2% das séries transmitidas pelos canais abertos no horário nobre. Essa foi a maior porcentagem nos 15 anos que a organização passou registrando cifras, e um aumento de 1,4% em relação ao ano anterior.

Além daqueles com papéis recorrentes na temporada 2019-2020 em exibição, o GLAAD calculou que atualmente existem 488 personagens LGBTQ em programas de TV roteirizados nos Estados Unidos.

“Séries como ‘Pose,’ ‘Schitt’s Creek,’ ‘Batwoman’ e ‘Billions’ demonstram que não somente as histórias e personagens LGBTQ na televisão estão se tornando mais diversos, mas também que espectadores de todas as partes continuam a reagir com extrema positividade”, disse a presidente da GLAAD, Sarah Kate Ellis, em um comunicado.

A quantidade de personagens lésbicas e transgêneros mostrou um aumento particularmente robusto, graças em grande parte a “The L Word: Generation Q”, que está prestes a estrear, “Batwoman”, que mostrou a primeira super-heroína lésbica, e à também iminente “9-1-1: Lone Star”, que terá um ator negro transgênero.

A GLAAD disse que, segundo pesquisas de opinião recentes, menos de um quarto dos norte-americanos dizem conhecer pessoalmente algum transgênero.

Reuters

Lido em:  https://f5.folha.uol.com.br/televisao/2019/11/tv-americana-nunca-teve-tantos-personagens-lgbtq-diz-relatorio.shtml

Lula deixa a prisão, critica Bolsonaro e promete 'percorrer o país'

... aos 74 anos e meu coração só tem espaço para o amor, porque é o amor que vai vencer neste país"...

(Direito de imagem RODOLFO BUHRER / REUTERS)

Lula deixou a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba e se encontrou com apoiadores. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu da prisão em Curitiba no fim da tarde desta sexta-feira (08/11), depois de 19 meses preso.

Centenas de militantes aguardavam, do lado de fora da Superintendência da Polícia Federal na capital paranaense, a saída do político petista. Lula estava em uma cela no prédio da PF desde abril de 2018, quando se entregou após ter sido condenado em segunda instância pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Em seu discurso diante de simpatizantes e petistas ao sair da carceragem da PF, Lula fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro, e afirmou que depois que voltar a São Paulo "as portas estarão abertas para que eu possa percorrer este país".  "O Brasil piorou, o povo está passando fome, está desempregado, está trabalhando sem carteira assinada, de Uber ou de bicicleta entregando pizza", prosseguiu.

"Eu quero que vocês saibam que saio daqui com o maior sentimento de agradecimento que um ser humano pode ter por outro, é o que eu tenho por vocês (simpatizantes). Eu não tenho mágoa dos policiais federais, não tenho mágoa dos carceireiros. Eu tenho é vontade de provar que esse país pode ser muito melhor quando tiver um governo que não minta tanto pelo Twitter quanto o Bolsonaro mente e tenha coragem de conversar diretamente com o seu povo as soluções para esse país."

Criticou o ministro da Justiça Sergio Moro e o que chamou de "o lado mentiroso da PF e do Ministério Público". "Eles não prenderam um homem, tentaram matar uma ideia", declarou. Houve crítica também ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, que não foi citado nominalmente. "E depois de ter um ministro da Educação da qualidade do Haddad, colocaram um homem da grosseria desse ministro, que tenta destruir a nossa universidade."

Lula também agradeceu nominalmente quadros do PT, do Movimento Sem-Terra e de movimentos sindicais que mantiveram o acampamento montado ao lado da sede da PF em Curitiba. "Vocês não têm noção de o que representaram para mim. Fiquei mais fortalecido e corajoso. (...) Vocês eram o alimento da democracia que eu precisava para resistir."  Disse... sai da prisão "aos 74 anos e meu coração só tem espaço para o amor, porque é o amor que vai vencer neste país".

A Justiça Federal do Paraná expediu o alvará de soltura com base em uma decisão tomada no dia anterior pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que vetou a chamada execução antecipada da pena — impedindo que réus fossem presos após julgamento em segunda instância e antes do esgotamento de todos os recursos possíveis. A decisão do juiz Danilo Pereira Junior, da 12ª Vara Federal de Curitiba, foi uma resposta ao pedido feito pela defesa de Lula pela manhã.

"Determino, em face das situações já verificadas no curso do processo, que as autoridades públicas e os advogados do réu ajustem os protocolos de segurança para o adequado cumprimento da ordem, evitando-se situações de tumulto e risco à segurança pública."

Condenado a mais de 8 anos de prisão pelo Superior Tribunal da Justiça (STJ) no caso do tríplex no Guarujá (Jomarion... uma farsa montada ardilosamente com a ajuda da Globo, especialmente do Bonner), Lula está preso desde abril de 2018 na Superintendência da Polícia Federal no Paraná, em Curitiba.

Como foi o julgamento no STF

O STF decidiu, no começo da noite da quinta-feira (07/11), proibir por 6 votos a 5 o início do cumprimento da pena antes de esgotados todos os recursos dos réus, o chamado trânsito em julgado.  Iniciado em 17 de outubro, o julgamento foi o primeiro no qual a Corte analisou, de forma abstrata, se o Artigo 283 do Código de Processo Penal (CPP) está de acordo com a Constituição. Este artigo diz que "ninguém poderá ser preso senão (...) em decorrência de sentença condenatória transitada em julgado".

O julgamento no Supremo abriu o caminho para a soltura de até 4.895 presos, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Entre eles, está o ex-presidente. O caso mais avançado contra o petista, o do tríplex do Guarujá, ainda tem recursos pendentes. Isto é, ainda não transitou em julgado.

Votaram a favor da prisão apenas depois do trânsito em julgado os ministros Marco Aurélio Mello, relator do caso, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Dias Toffoli, presidente do STF.  Já a tese derrotada — à favor da prisão em segunda instância — foi defendida pelos ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Cármen Lúcia.

Lido em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-50341809

Carro autônomo da Uber teve 37 acidentes antes de matar uma pessoa nos EUA

 

O Conselho Nacional de Segurança nos Transportes dos EUA (NTSB) revelou que o sistema autônomo desenvolvido pela Uber se envolveu em 37 acidentes antes de atropelar e matar Elaine Herzberg, de 49 anos, no estado do Arizona, em março de 2018.  A informação foi dada pela CNBC, que informou que o primeiro dos acidentes da série havia ocorrido 18 meses antes.  Dos 37 acidentes, 33 foram com o veículo da Uber batendo com outros carros. Ainda assim, o procurador responsável disse no início deste ano que não havia base para responsabilizar criminalmente a empresa.  A decisão veio após os depoimentos da motorista do veículo no momento do acidente fatal, Rafaela Vazquez, além de uma análise mais profunda de vídeos do acidente.  A Uber preferiu não comentar a decisão do promotor, com investigações federais e ações judiciais ainda em curso.  Segundo a CNBC, a NTSB realizará uma audiência no dia 19 de novembro para falar sobre o caso da Uber.

Lido em: https://www.uol.com.br/carros/noticias/redacao/2019/11/08/carro-autonomo-da-uber-teve-37-acidentes-antes-de-matar-pessoa-em-2018.htm

Google, Facebook e Microsoft propõem que Pentágono controle inteligência artificial

(Jomarion... quanta prepotência e arrogância)

Microsoft, Google e Facebook estão pedindo para que Washington assuma controle sobre o desenvolvimento da inteligência artificial.  As gigantes do Vale do Silício do GAFAM, Google e Facebook, juntos com a Microsoft, exortam, através de seu segmento no Conselho de Inovação da Defesa (DIB em inglês) presidido por Joshua Marcuse, que o Pentágono controle a inteligência artificial.

Em meio aos temores angustiantes sobre a militarização da IA já iniciada pelo Pentágono, o DIB publicou um extenso conjunto de princípios e recomendações para o seu "uso ético". O DIB teme a ascensão da China, que anunciou que será o "líder mundial em IA em 2030", uma área em que investe fortemente.

DIB acrescenta que "da mesma forma, a Rússia investe pesadamente em aplicações de IA e experimenta tais sistemas em 'cenários de combate ao vivo'". O DIB reconhece que as "características e fragilidades únicas da IA requerem novas maneiras de vislumbrar suas possíveis consequências negativas e indesejáveis". O conselho "reafirma que a utilização da IA deve ter lugar no contexto da estrutura ética existente no Pentágono". O DIB fica assim integrado em pleno na conduta do Pentágono em suas recentes guerras do Vietnam à Líbia.

O Pentágono defende cinco princípios éticos na IA:

  • Responsabilidade: exercer níveis adequados de julgamento e permanecer responsável pelo desenvolvimento, implantação, utilização e resultados dos sistemas de IA.
  • Equitativo: o Pentágono deve tomar medidas deliberadas para evitar preconceitos involuntários no desenvolvimento e implementação de sistemas de IA em combate e fora de combate que inadvertidamente causariam danos às pessoas.
  • Rastreabilidade: a disciplina de engenharia de IA deve ser suficientemente avançada para que os especialistas técnicos possuam uma compreensão adequada da tecnologia, dos processos de desenvolvimento e métodos operacionais dos seus sistemas de IA, incluindo metodologias transparentes e auditáveis, fontes de dados e concepção de documentação e procedimentos.
  • Confiabilidade: os sistemas IA devem ter um domínio de utilização explícito e bem definido, e a segurança e robustez de tais sistemas devem ser testadas e garantidas ao longo de todo o seu ciclo de vida.
  • Governabilidade: deve ser projetada e alcançada para cumprir o objetivo de sua função enquanto possui a capacidade de detectar e evitar danos ou perturbações não intencionais, e para a remoção humana ou automática ou desativação de sistemas implantados que demonstrem uma escalada não intencional ou outro comportamento.(Jomarion...  Blá... Blá... Blá...)

Mecanismo de aplicação da Inteligência Artificial

Como podem estes cinco princípios éticos etéreos ser aplicados em um campo de batalha real ou em exercícios militares?  O DIB propõe então 12 "recomendações" a fim de articular e implementar seus princípios controversos, incluindo: formalizar os princípios éticos através de canais oficiais do Pentágono, especificamente o recém-criado Centro Conjunto de IA (JAIC, na sigla em inglês), estabelecer um amplo comitê de IA, cultivar e expandir o campo da engenharia de IA, em uníssono com o Escritório do Subsecretário de Pesquisa e Engenharia e os Laboratórios de Serviço.  No entanto, os princípios DIB não são vinculativos e omitem o escrutínio da militarização em curso da IA pelo Pentágono, desde tanques a mísseis, quando os seus respectivos algoritmos irão definir o curso da batalha com sua pré-programação.

Plano de ação

A militarização da IA já começou: em 2018 o Pentágono inaugurou o Centro Conjunto de Inteligência Artificial, embora seu diretor, o tenente-general Jack Shanahan, tenha prometido dar "mais clareza e transparência" diante da onda de protestos.

Um grupo de funcionários da Google se demitiu para protestar contra as ligações do Pentágono ao Vale do Silício, especificamente no Projeto Maven, que usa IA da Google para montar os drones do Exército dos EUA. Shanahan celebra a militarização da saúde preditiva que a IA usará para "análise de histórias clínicas, classificação de imagens, mitigação da síndrome de estresse pós-traumático e prevenção de suicídio".

(Jomarion... Uma desculpa para que aceitemos o domínio da I.A. em nossas vidas)

A militarização, aberta ou oculta, da IA logo cria controversa. A questão da bioética da IA é objeto de debate na China e na Câmara dos Lordes no Reino Unido. No Reino Unido, o Comitê Seleto da IA da Câmara dos Lordes publicou um relatório onde não aborda explicitamente a militarização da IA, mas alerta para "nunca conceder poder autônomo para prejudicar, destruir ou enganar humanos".

Lido em: https://br.sputniknews.com/ciencia_tecnologia/2019110814751718-google-facebook-e-microsoft-propoem-que-pentagono-controle-inteligencia-artificial/

Cidade do leste alemão declara 'emergência nazista'

Foi em Dresden que o movimento anti-islâmico e xenófobo Pegida começou, em 2014. Pegida é a sigla em alemão para "patriotas europeus contra a islamização do Ocidente", e o movimento organiza comícios regulares na cidade.

Dresden está localizada no estado da Saxônia, um reduto da Alternativa para a Alemanha (AfD), partido populista de direita que ficou em segundo lugar nas eleições estaduais em setembro.

Entre outras coisas, a resolução passada nesta semana convida a cidade e as organizações da sociedade civil a fortalecerem uma cultura democrática, a proteger as minorias e os direitos humanos e a ajudar as vítimas da violência de direita.

Apela, além disso, a um enfoque sobre "as causas e consequências do antissemitismo, do racismo e da posição de extrema direita para restaurar a confiança nas instituições democráticas e a valorização da diversidade e da solidariedade respeitosa".

Lido em: https://operamundi.uol.com.br/politica-e-economia/61402/cidade-do-leste-alemao-declara-emergencia-nazista

Midia Internacional em bloco (28.10.19) alardeia uma ação sensacional do governo Trump contra o terrorismo internacional (OPS isto já aconteceu em 2011!!)

Trump (2019) repete Obama (2011) para ficar bem na fita e talvez ser reeleito... vejamos o que a midia está empurrando goela abaixo...

1. Governo dos EUA ataca o terrorista nº 1 do estado islâmico e mata toda sua família (inclusive 3 crianças) (Obama em 2011 comandou um ataque a Osama Bin Laden nos mesmos moldes e a carnificina foi feita... Obama também visava a reeleição... milhares de americanos babacas foram as ruas para celebrar a mentira).

2. Trump e Obama, respectivamente em seu tempo, assistiram toda a ação via satélite no conforto da Casa Branca (logo vai sair o episódio no History, aguarde)

3. Obama e agora Trump informaram que "o corpo foi jogado ao mar" (hum que interessante!) A Mídia mente e se enrola... acordar é preciso... vamos procurar a verdadeira informação.

4. Os "snipers" que realizaram os ataques são "heróis" retratados e exaltados numa Hollywood falida e alienante.  Acordar é preciso!

Jomarion 

***********************************************************************************

Funcionários públicos estão com os salários praticamente congelados desde 2014, mas, no entanto, porém, todavia...

Lucro do Bradesco sobe 19,6% no 3º trimestre para R 6,5 bilhões

 

O Bradesco, segundo maior banco privado brasileiro, divulgou nesta quinta-feira um lucro líquido recorrente no terceiro trimestre, em linha com as expectativas, depois de registrar fortes resultados com seguros e crescimento dos empréstimos ao consumidor.

O lucro recorrente do Bradesco foi de 6,542 bilhões de reais no terceiro trimestre, um aumento de 19,6% em relação ao ano anterior e praticamente em linha com a estimativa dos analistas de 6,417 bilhões de reais, compilada pela Refinitiv.

A Bradesco Seguros, unidade de seguros do banco, registrou um resultado 7,5% maior em relação ao ano anterior, impulsionado pelos planos de previdência.

A carteira de crédito do Bradesco cresceu 3,2% no trimestre ante o período anterior, principalmente por conta de empréstimos ao consumidor e a pequenas empresas.

O índice de inadimplência acima de 90 dias também subiu 0,4 ponto percentual, para 3,6%, mas o banco diz que a alta se deu por problemas pontuais com empréstimos corporativos.

As provisões para perdas com empréstimos também aumentaram 4,3% em relação ao segundo trimestre.  Ainda assim, o resultado da intermediação financeira atingiu 11,437 bilhões de reais.  O retorno sobre o patrimônio líquido do banco ficou em 20,2%, uma queda de 0,4 ponto percentual em relação ao trimestre anterior.

A receita de tarifas continuou sob maior pressão da concorrência entre instituições financeiras, principalmente em cartões e gestão de ativos. O crescimento foi de 3,7% no trimestre, mas, no ano o aumento foi de 2,5%, ainda abaixo da expectativa do Bradesco de obter uma expansão entre 3% a 7% em 2019.

O CEO Octavio de Lazari Junior discutirá os resultados do Bradesco na quinta-feira com analistas e jornalistas.(Reuters)

Lido em: https://www.jb.com.br/economia/2019/10/1019442-lucro-do-bradesco-sobe-19-6--no-3--tri--para-r-6-5-bi.html

As Bolsonárias da Lei e da Justiça

 

Promotora (de branco) que disse que porteiro mentiu chama Bolsonaro de "mito" nas redes

Promotora que investiga assassinato de Marielle Franco no RJ chama Bolsonaro de "mito" nas redes sociais, veste camiseta com o rosto do presidente e posa ao lado de deputado que quebrou placa da ex-vereadora executada

Carmen Eliza Bastos é uma das três promotoras (imagem acima) que convocaram nesta quarta-feira (30) uma coletiva de imprensa para afirmar que o depoimento do porteiro envolvendo o nome de Jair Bolsonaro (PSL) no caso Marielle Franco é mentiroso. 

A promotora integra a força-tarefa do MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) que investiga a execução da vereadora Marielle Franco. O problema é que, por falta de isenção, Carmen Eliza não deveria atuar neste caso em específico.

Nas redes sociais, a promotora aparece vestindo camisetas de Jair Bolsonaro e chama o presidente de “mito”. Ela chegou a posar ao lado do deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL-RJ), responsável por destruir uma placa feita em homenagem a Marielle, durante a campanha eleitoral.

Carmen envolveu-se na campanha presidencial de Bolsonaro. No dia da posse do atual mandatário, ela escreveu nas redes sociais a seguinte frase: “Há anos que não me sinto tão emocionada”.  Carmen também integra um grupo de “promotoras anti-feministas” que divulgou recentemente um manifesto para impedir que o Conselho Nacional do Ministério Público defendesse cotas para mulheres no setor.

A falta de imparcialidade de Carmen para investigar um caso tão grave está repercutindo na internet. “É estarrecedor que o Ministério Público mantenha à frente de um caso tão importante como o de Marielle uma promotora que seja fã de Jair Bolsonaro”, escreveu um usuário.

“Bolsonaro é vizinho de Ronnie Lessa, assassino de Marielle; o filho do presidente namorou com a filha de Lessa; os chefões do ‘Escritório do Crime’, maior milícia do RJ, foram todos condecorados por Flávio Bolsonaro; mas, se depender dessas promotoras, o culpado é o porteiro”, disse outro.

Na entrevista de ontem, as promotoras apressaram-se para rebater o depoimento do porteiro e acusá-lo de mentiroso. De acordo com elas, a prova de que não foi Bolsonaro o responsável por autorizar a entrada de um dos assassinos de Marielle no condomínio é uma gravação do sistema de interfones que foi exibida por Carlos Bolsonaro nas redes sociais.

Na última terça-feira (29), uma reportagem do Jornal Nacional mostrou que, no do dia do assassinato de Marielle, o porteiro registrou no livro de visitantes o nome Élcio, o carro, um Logan, a placa, AGH 8202, e a casa que o visitante iria, a de número 58 (casa de Jair Bolsonaro).  O porteiro disse à polícia que ligou para a casa 58 para confirmar se o visitante tinha autorização para entrar e que identificou a voz de quem atendeu como sendo a do “Seu Jair”.

O porteiro explicou, conforme a reportagem, que acompanhou a movimentação do carro pelas câmeras de segurança e viu que o veículo tinha ido para a casa onde morava Lessa. O porteiro disse, em depoimento, que ligou de novo para a casa 58, e que o homem identificado por ele como “Seu Jair” teria dito que sabia para onde Élcio estava indo.

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/10/promotora-carmen-porteiro-bolsonaro-marielle-franco.html

Homens com seios

 

Milhares de homens estão desenvolvendo seios e ninguém (nem mídia nem médicos) querem explicar porque, o porquê eu já comentei na matéria anterior:  derrame de estrógeno em milhares de produtos de uso diário (laticínios, soja, agrotóxicos, remédios, vacinas, plásticos, filtro solar, cosméticos, etc). São os chamados fito-hormônios ou hormônios bio-idênticos que o corpo humano reconhece como real, estes “feminizam” o homem e provocam nas meninas a “puberdade precose” (de interesse da “agenda da pedofilia” que está pronta para ser apresentada a humanidade assim que conseguirem legalizar a “agenda transgenero” em todo o mundo). O sistema podre que governa o mundo quer transformar o ser humano em “outra coisa” e muita gente está apoiando. 

Vejamos o que diz a mídia nesta  matéria do UOL:

Homens conseguem reduzir as mamas com exercício? Sim, veja melhores opções

Para alguns homens, o aumento das mamas pode se tornar um incômodo tanto físico quanto emocional. Mas, dependendo da causa desse crescimento, é possível fazer com que a mama volte ao seu tamanho "normal" apenas com a prática de exercícios físicos e uma boa alimentação.

Quando o aumento é anormal, a principal causa são alterações hormonais, provocadas pelo próprio corpo, no caso de meninos na puberdade, ou por fatores externos, como anabolizantes, anti-hipertensivos, antidepressivos, abuso de álcool. Nesses casos, o acompanhamento médico é fundamental para excluir causas mais graves, como tumores, e iniciar o tratamento, que pode incluir medicamentos ou cirurgia.

Entretanto, quando o crescimento da mama tem como causa apenas o ganho de peso, a história é outra e pode ser controlada com dieta e exercícios prolongados de intensidade moderada. "Seriam atividades aeróbicas que o indivíduo consegue manter por 45 minutos ou um hora, como corrida, ciclismo e natação", diz Antonio Herbert Lancha Jr., coordenador do Laboratório de Nutrição e Metabolismo da EEFE USP (Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo).

O que seria uma intensidade moderada varia de pessoa para pessoa. "Enquanto para mim pode ser uma corrida a 10 km, para outro pode ser uma caminhada ou trote. Por isso, o ideal é procurar um professor especializado para fazer um teste de esforço", orienta Lancha.

Por que o exercício moderado e prolongado

Provavelmente, você já ouviu que exercícios intensos, como o HIIT, são tão bons ou até melhores para queimar gordura do que atividades moderadas. Então, por que no caso da gordura das mamas a indicação é treinar em ritmo moderado?

Em qualquer região do corpo, a gordura é oxidada (queimada) sistemicamente, ou seja, não podemos escolher qual área vai emagrecer primeiro ao fazer exercícios e dieta. Mas alguns locais têm seus "truques".

"O que faz queimar menos ou mais gordura em cada lugar é a característica morfológica das células do tecido adiposo. A gordura visceral do homem (acumulada na região do abdome), por exemplo, é quebrada mais facilmente mediante a secreção de adrenalina. Logo, é preciso um exercício mais intenso para secretar adrenalina e queimar a gordura da região da barriga", explica Lancha.

Não é tarefa fácil perder a gordura da mama --ela é uma das últimas a serem queimadas no corpo do homem

Já o tecido adiposo da mama tem morfologia diferente e, quando muita adrenalina é secretada, o corpo não consegue mobilizar a gordura desse local. Ela é mais facilmente perdida quando a liberação de adrenalina ocorre aos poucos e de forma constante.

"A mama masculina tem a gordura mais difícil de ser queimada", diz o educador físico. Segundo Lancha, se as gorduras do corpo forem colocadas em uma espécie de hierarquia, a da mama seria uma das últimas a liberar a reserva de gordura para o sistema. "É muito semelhante à gordura femoral da mulher, na região das pernas. Ambas são difíceis de eliminar".

Blá... Blá... Blá...

Ler na íntegra em: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2019/10/29/homens-conseguem-reduzir-as-mamas-apenas-com-exercicios-entenda-como.htm

Chile: milhares vão às ruas em 9º dia de protestos consecutivos contra Piñera

Imagem de manifestante com bandeira Mapuche no topo de estátua militar em Santiago se tornou símbolo dos protestos no Chile por reformas sociais

(Jomarion lembra que nos anos 90 Paulo Guedes implantou no Chile o “neoliberalismo” da Escola de Chicago que “privatizou” o país, isto acabou com a classe média e achatou a classe C ... o país tem um dos maiores índices de suicídio de idosos que não conseguem sobreviver com aposentadoria minguada... não existe SUS e as faculdades federais são pagas!)

De acordo com a emissora Tele13, policias prenderam manifestantes no centro de Santiago e alguns carabineros (polícia militar chilena) tentaram impedir que as pessoas se aproximassem do Palácio La Moneda, sede do governo.

Greve Geral

Organizações e movimentos sociais anunciaram nesta terça-feira uma nova greve geral no Chile. A paralisação está programada para esta quarta-feira (30/10).  A Unidade Social, que reúne mais de 50 movimento populares, afirmou que a mobilização é uma "forma de apoiar as manifestações sociais e as demandas do povo chileno". A frente de movimentos populares ainda escreveu dez pontos que reivindicam melhorias do governo à sociedade, e também  que é necessário que se abra uma Assembleia Constituinte a fim de que seja discutido um novo "Pacto Social".

Novos ministros

Na segunda-feira (28/10), Piñera anunciou a troca de oito ministros como uma reforma ministerial. No entanto, a reformulação nos ministérios não parou as manifestações no país. Ainda na segunda-feira, chileno foram às ruas para marchar contra o presidente e seu governo neoliberal. Os protestos que acontecem há duas semanas e reuniu na última sexta-feira (25/10) 1,2 milhão de pessoas na região central de Santiago. 

Lido em:  https://www.bbc.com/portuguese/brasil-50229216   (29.10.19)

Serviço religioso inspirado em Beyoncé explora questões de raça e gênero nos EUA

 

Jomarion... Olha só... a cantora satânica e decaída virou religião! Vamos ver como é a “Missa de Beyonce”? 

Em abril de 2018, 900 pessoas apareceram para um serviço religioso noturno que costuma atrair cerca de 50 fiéis à Grace Cathedral de San Francisco, nos dias de semana. Dias mais tarde, um vídeo da cerimônia foi ao ar no YouTube e se tornou sucesso viral, o que despertou convites para que o evento fosse repetido em diversas cidades, de Los Angeles a Lisboa.  O ímpeto para esse repentino interesse? Um fenômeno conhecido como a Missa de Beyoncé, um culto cristão inspirado pela vida e música de Beyoncé Knowles-Carter.

Criada pela reverenda Yolanda Norton, 37, estudiosa do texto hebraico da Bíblia e detentora da cátedra H. Eugene Farlough de Estudos Religiosos Negros no Seminário Teológico de San Francisco, a Missa de Beyoncé explora de que forma as questões de raça e gênero afetam as vidas, vozes e corpos das mulheres negras americanas.

O evento fez sua estreia em Nova York na quarta (23) na Primeira Igreja Presbiteriana de Brooklyn e na quinta (24) na Igreja Presbiteriana St. James, no Harlem, duas igrejas locais que contam com fortes lideranças negras. "A missa diz às jovens negras que elas são parte do que Deus tinha em mente quando, durante a criação, proclamou que 'e isso é bom'", disse Norton, durante um almoço em Hell's Kitchen no mês passado.  "Ao tornar as histórias e realidades das meninas e jovens mulheres negras componentes centrais dessa arte litúrgica, estamos firmando suas realidades em um mundo que é persistente e determinado em suas tentativas de rejeitá-las."

Pessoas que compareceram à missa dizem que saíram dela com uma grande sensação de bem-estar. "Há anos não estou envolvida com a Igreja, e retornar àquele espaço foi maravilhoso", disse Lydia Middleton, diretora de assuntos de estudantes negros no Claremont Colleges de Los Angeles, que participou de uma missa realizada no sul da Califórnia no dia de Martin Luther King, em 21 de janeiro deste ano.

"Foi um evento caloroso e convidativo, saí me sentindo curada. Pelo final do serviço, havia pessoas chorando, pessoas jubilosas, pessoas se abraçando." A missa, que destaca cantoras, dançarinas e oficiantes negras, é um serviço religioso completo, com sermão, leitura dos Evangelhos e Ceia do Senhor [um equivalente protestante da comunhão]. Mas não se trata de um culto a Beyoncé.

"Absolutamente não e sou membro de carteirinha da BeyHive", disse Norton, se referindo à vasta base internacional de fãs da cantora.  Em lugar disso, a missa recorre à história e às canções de Beyoncé, de "Formation" a "Flaws and All", para reenquadrar a narrativa e as dificuldades das mulheres negras por meio da lente dos evangelhos cristãos e de sua mensagem de hospitalidade e inclusão radicais.

"Os artistas negros sempre foram centrais para a luta pela liberdade negra, quer estejamos falando de Nina Simone ou Harry Belafonte, ou Bernice Johnson Reagon, do Sweet Honey in the Rock", disse a reverenda Kelly Brown Douglas, doutora em teologia e diretora da Escola Episcopal de Estudos Divinos no Union Theological Seminary, onde Norton no momento é pesquisadora residente.

"Beyoncé é parte desse legado. Há uma correspondência natural entre os tipos de coisas que ela faz em sua música e a igreja negra."(Jomarion... Igreja Negra... anti-ígreja... anti-Cristo...?)

Douglas mencionou a canção "Freedom" como exemplo. "Nela, temos Beyoncé apelando que as pessoas sejam livres, que encontrem sua liberdade, que sejam elas mesmas e é isso que as meninas negras veem fazendo" (Jomarion... ao imitar Beyonce as meninas se comportam como vadias decaidas), disse a reverenda, falando sobre a interpretação da canção por Beyoncé em "Homecoming", documentário da Netflix sobre seu show no festival Coachella de 2018.

"No vídeo, Beyoncé inclui não apenas um corpo negro de mulher", prosseguiu Douglas. "Ela mostra corpos de toda espécie. Não busca envergonhar qualquer pessoa pelo corpo que tenha. Não há barreira de cor. Isso é muito inspirador para uma mulher negra jovem."

(Jomarion... No Brasil temos uma "beyonce genérica"  fazendo o mesmo e ela começou do nada a se comportar como decaida e vadia, trata-se de Gabi Amarantos que teve sua estreia como cantora pornô no Rock in Rio, uma lástima, mais uma cria da Globo que tem programa no GNT para corromper meninas e falar idiotices, é impressionante e inacreditável o que está ocorrendo no mundo).

Tanto Douglas quanto Norton identificam a Missa de Beyoncé como parte de uma tradição de pensamento "womanist" tal como articulado pela escritora Alice Walker em "In Search of Our Mothers Gardens" [em busca dos jardins de nossas mães], coleção de ensaios que ela publicou em 1983.

Distinto do feminismo, que historicamente tomou por centro as experiências de mulheres brancas, "o 'womanism' privilegia o espaço intelectual e íntimo da mulher negra", disse Norton. "Tem a ver com a necessidade das mulheres negras de participar de comunidades maiores que as delas, pelo avanço de toda a humanidade."

Para Norton, que Beyoncé servisse como inspiração para a missa —a cantora ainda não comentou publicamente sobre o evento— foi tanto uma escolha pessoal quanto uma opção acadêmica. "À medida que a vida dela evolui, minha vida evolui", ela disse. "Quando ouço as músicas de Beyoncé ou as músicas do Destiny's Child, sei em que estágio de minha vida eu estava."

(Jomarion... Lembro que Beyonce gosta de se apresentar vestida de Nossa Senhora e também de Baphomet e em seu clipe mais famoso ela dança e faz sexo anal com o “marido” um rapper... em outro clip ela se masturba, com as pernas abertas em frente ao quadro da Santa Ceia tampando a figura de Jesus... estes são os “modelos” colocados para a juventude americana e mundial).  

Apesar das mensagens específicas da missa para as mulheres e meninas negras, o evento recebe qualquer pessoa que tenha sofrido exclusão pela igreja.  Andy Deeb, 27, ex-aluno de Norton que se identifica como transgênero e é branco, tocou baixo em todas exceto uma das missas realizadas até agora. "A mensagem que ouço nesse culto é a de que ele abre espaço para todos", disse Deeb. "Como pessoa transgênero, a igreja nunca foi algo seguro ou acolhedor para mim."

Deeb (o transgenero) também se matriculou na primeira turma de "Beyoncé e a Bíblia hebraica", o curso lecionado por Norton que deu origem à missa, no qual os alunos receberam a tarefa de "usar a música de Beyoncé para construir uma experiência de culto transformadora".

Beyoncé é um receptáculo ideal, disse Norton, porque suas mensagens de empoderamento estão enraizadas em suas decepções e triunfos pessoais.  "Se você ouve o depoimento de Beyoncé", ela disse, "ela revela a maneira pela qual ouve as críticas das pessoas, como ela se critica, as dificuldades que ela enfrenta. Só porque não teve de batalhar por dinheiro não significa que não tenha tido lutas físicas, emocionais e espirituais como ser humano".

"É poderoso e libertador para aqueles de nós que não são Beyoncé", prosseguiu Norton, "quando nos permitimos sentir o que sentimos, e saber que essa pessoa que parece ter tudo passou por alguns dos mesmos trauma e sofrimentos que muitos de nós".

Lido em: https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2019/10/servico-religioso-inspirado-em-beyonce-explora-questoes-de-raca-e-genero-nos-eua.shtml  (28.10.19)

Autobiografia de Snowden disseca o sistema de bisbilhotagem dos EUA

 

Snowden fugiu dos Estados Unidos e há seis anos vive exilado na Rússia, trabalhando para o público

Responsável por expor ao mundo o sistema de vigilância em massa instaurado pelos Estados Unidos no pós 11 de Setembro de 2001, o engenheiro de sistemas americano Edward Snowden, de 36 anos, apareceu numa videoconferência na Feira de Frankfurt 2019 para lançar a autobiografia Eterna Vigilância – Como Montei e Desvendei o Maior Sistema de Espionagem do Mundo.

Num evento fechado para editores de seu livro em 20 países ao redor do mundo (o Brasil incluído), em 17 de outubro, ele comemorou o processo que o governo dos EUA move contra ele por conta da obra. Mencionou que o livro estava em 29º lugar nas vendas da Amazon e saltou para a primeira posição após o anúncio do processo. Em tom de piada, afirmou que, certamente, o governo americano estava ouvindo aquela conversa e agradeceu-lhe por isso de viva-voz.

As primeiras linhas de Eterna Vigilância resumem bem o que virá a seguir. Aparentemente modesto, Snowden apresenta-se como um herói made in USA, ainda que rebelde contra o status quo de seu país. “Meu nome é Edward Joseph Snowden. Eu trabalhava para o governo, mas agora trabalho para o público. Levei quase três décadas para reconhecer que havia diferença entre um e outro e, quando reconheci, acabei tendo problemas no trabalho.

E o resultado disso foi que agora passo meu tempo tentando proteger o público da pessoa que eu era antes – um espião da Agência Central de Inteligência (CIA) e da Agência Nacional de Segurança (NSA). Apenas mais um jovem tecnólogo construindo o que eu tinha certeza que seria um mundo melhor.” Após a revelação do escândalo e o vazamento de documentos governamentais ultrassigilosos pelos jornalistas Laura Poitras e Glenn Greenwald (hoje bastante conhecido no Brasil), em 2013, Snowden fugiu do país natal e há seis anos vive exilado na Rússia, trabalhando para o público (ou para o povo, dependendo da tradução).

Frequentemente com linguajar de gênio dos computadores, Snowden narra sua história em detalhes, desde o nascimento numa família ligada ao militarismo (o avô era contra-almirante, e o pai trabalhava como instrutor de eletrônica na Guarda Costeira) e à monocultura da Comunidade de Inteligência (CI) dos Estados Unidos. “Todos os adolescentes são hackers”, afirma, enquanto defende que a internet em sua adolescência era um paraíso protegido pelo anonimato e hoje se transformou num inferno.

Lembra que existe uma geração de adultos que não conhece o mundo sem a derrubada das Torres Gêmeas e conta que seu principal arrependimento na vida é o apoio automático e inquestionável à “guerra sem limites” que os Estados Unidos moveram contra o mundo, a partir dos escombros do World Trade Center. “As duas décadas desde o 11 de Setembro têm sido uma sucessão de destruição estadunidense por meio da autodestruição, com a promulgação de políticas secretas, leis secretas, tribunais secretos e guerras secretas, cujo impacto traumatizante – e a própria existência – o governo dos EUA tem repetidamente escondido, negado, renunciado e distorcido”, escreve.

Os efeitos do 11 de Setembro para ele foram o alistamento no Exército e o “patriotismo apolítico”. A primeira parte diz não ter dado certo, e o jovem Ed terminou engenheiro de sistemas da CIA aos 23 anos e funcionário da empresa de informática Dell aos 26, mas trabalhando na verdade para a NSA. Seus princípios políticos à época, afirma, eram nenhum.

O mecanismo que ele descreve, de intercâmbio entre agências governamentais e empregos-disfarce em empresas privadas, lembra o jeitinho brasileiro bem conhecido da mobilidade de agentes entre a polícia e as firmas de segurança privada – no caso, as companhias são de tecnologia. Na CIA e na NSA, o então agente teve acesso irrestrito a dados “sobre negociações comerciais e golpes de Estado”

Pela Dell/NSA, no Japão, Snowden participou da criação do modelo de internet em nuvem, que define como uma “gigantesca rede secreta que garantia que, mesmo que a sede da NSA fosse reduzida a cinzas em uma explosão nuclear, nenhum dado seria perdido”. Afirma não ter compreendido, então, que participava de um “erro trágico”, que proporcionaria armazenar para sempre informações sobre todos os seres humanos que um dia usaram um computador ou celular.

Aos 29 anos, Snowden foi transferido para o Havaí e passou a trabalhar no “paraíso”, mas “nas profundezas de um túnel sob uma plantação de abacaxis”. No cenário cinematográfico (Eterna Vigilância parece candidato certo a virar filme) teve acesso privilegiado ao que existe de mais secreto para a CIA e a NSA, “sobre negociações comerciais e golpes de Estado”, e descobriu que havia 320 milhões de americanos (e não se sabe quantos terráqueos) vigiados pela Comunidade de Inteligência (CI), o que define como violação flagrante da Constituição estadunidense.

Trabalhando na embaixada americana em Genebra, percebeu que “o segredo mais mal guardado da diplomacia moderna é que a principal função de uma embaixada hoje em dia é servir de plataforma para a espionagem”. Os sete anos passados na Comunidade de Inteligência representaram, diz, uma tomada de consciência paulatina sobre a realidade da vigilância (os governos preferem chamar de “coleta de dados”) em massa que emergiu do mundo pós 11 de Setembro.

No percurso descobriu no seu país um lugar não tão democrático como os Estados Unidos gostam de apregoar para o mundo: “Aquilo que a China fazia publicamente com seus próprios cidadãos poderia estar sendo feito pelos EUA em segredo”. A coleta dos chamados metadados (não exatamente o conteúdo de tudo que fazemos na internet, mas sim o que os nossos ciber-hábitos revelam sobre nós) descortinou para ele a vigilância como “arma de massa contra o terrorismo e mais ainda contra a liberdade”.

O poder da vigilância em massa, para Edward Snowden, “aflige muito mais os inocentes do que os culpados”

Várias passagens de Eterna Vigilância fazem pensar no Brasil, ainda mais quando se sabe que um dos escândalos vazados por Greenwald e Poitras diz respeito à espionagem sobre a então presidenta brasileira Dilma Rousseff e a Petrobras. “A crise de 2008, que assentou grande parte das crises do populismo que uma década depois varreria a Europa e a América, ajudou-me a perceber que algo que é devastador para o público pode ser, e muitas vezes é, benéfico para as elites”, descobre.

Talvez não por acaso, 2013 é o ano em que Snowden deixou de ser um cidadão anônimo e que marca o princípio da derrocada dos governos petistas no Brasil, por meio das “jornadas de junho”. Glenn Greenwald... foi determinante para que Snowden desse... uma entrevista ao Brasil, nas páginas amarelas de Veja. Desde então, a dita grande imprensa local se calou sobre Eterna Vigilância.

Ponto explosivo do livro é o relato da conversão de Snowden de agente a delator. Ele faz uma longa explanação sobre o significado da palavra (whistleblower, em inglês) e sobre os sinônimos em diversas línguas. Trata a delação como um ato patriótico, mas não chega a mencionar as delações premiadas que fazem o império da brasileira Lava Jato, por exemplo. Na entrevista a Veja, ele respondeu a respeito da Lava Jato: “Não importa de onde a informação veio. Se ela é de interesse público e verdadeira, que seja divulgada”.

Perseguição implacável

Expulso da embaixada do Equador, Julian Assange, do WikiLeaks, está preso em Londres

A afirmação contradiz, em parte, o que Snowden defende no livro. “O governo dos EUA, em total desrespeito ao seu estatuto fundador, tornou-se justamente vítima dessa tentação (de espionar o mundo sem ninguém saber), e, uma vez tendo provado o fruto dessa árvore venenosa, foi tomado por uma febre implacável.

Sigilosamente, ele assumiu o poder da vigilância em massa, uma autoridade que, por definição, aflige muito mais os inocentes que os culpados”, tateia. O que ele diz ali, de modo implícito, é que a exploração das culpas e infrações de cada cidadão pode se tornar método para o extermínio de inimigos, nas mãos das elites que têm o poder e o privilégio de vigiar e espionar simplesmente todo mundo.

As delações não parecem ser premiadas em casos como os de Snowden ou de Julian Assange, do WikiLeaks, preso em 2019 após viver como refugiado na embaixada do Equador em Londres, desde 2012. No caso de Snowden, a vida é de refugiado no exílio, mas ele é bastante discreto a respeito e dedica pouquíssimas páginas de Eterna Vigilância ao cotidiano na Rússia. Talvez não lhe interesse entrar em detalhes, ou talvez venha aí um Volume 2 da autobiografia que, para incômodo dos Estados Unidos, escala as paradas de sucessos mundo afora.

Pedro Alexandre Sanches

Lido em: https://www.cartacapital.com.br/cultura/autobiografia-de-snowden-disseca-o-sistema-de-bisbilhotagem-dos-eua/

Uso de celular está deformando os dedos de pessoas ao redor do mundo

 

"O uso regular de telefones, especialmente usando o telefone para mensagens de texto ou digitar emails, podem causar movimentos repetitivos no polegar e deformar os dedos. No curto prazo, isso pode causar hipermobilidade das pequenas articulações em torno dos dedos e polegares como os ligamentos podem ser vir a serem um pouco esticados. No longo prazo, por um período de décadas, o uso excessivo dos dedos e polegares pode causar osteo-artrite como a cartilagem degenera entre as articulações."

Não é nenhum segredo que as pessoas hoje em dia são viciadas em seus smartphones, mas você já parou para considerar os danos que poderia ser feito para seu corpo? Nós já sabemos que o uso de um telefone pode perturbar o sono, visão e até mesmo levar a uns problemas pescoço", mas agora as pessoas estão começando a perceber que sua dependência de smartphones está causando uma deformidade.

Os usuários do Twitter têm usado a mídia social para compartilhar fotos chocantes que mostram como as suas mãos foram deixados deformadas pela forma como eles usam seus smartphones. Um usuário compartilhou uma imagem contrastante de ambas as mãos e seu dedo mindinho direito estava visivelmente dobrado em relação à sua esquerda. Ela escreveu: "Eu tenho uma lesão real causada pelo iphone. Meu dedo está dobrado e não vai endireitar. Preciso mudar a maneira que eu seguro meu telefone '

Outro usuário compartilhou uma foto de seu dedo mindinho, que parecia ter um sulco nele, e escreveu: 'meu dedo está dobrado, porque tudo que eu faço é segurar o meu telefone durante todo o dia " Pensa-se que o recuo entre a primeira e segunda articulações do seu dedo mindinho, como se vê nas fotos, são causados pelo peso de manter o seu telefone

Outros usuários do Twitter se juntaram a campanha, com mais fotos de dedos dobrados. O influxo de imagens vem depois de um provedor de celular japonês, a NTT Docomo, lançou um alerta no Twitter com fotos mostrando o que pode acontecer se você usar o seu dedo mindinho para equilibrar e suportar o peso de seu telefone.

Em declarações à Femail sobre as imagens, Tim Allardyce, Fisioterapeuta e Osteopata afirmou:

"O uso regular de telefones, especialmente usando o telefone para mensagens de texto ou digitar emails, podem causar movimentos repetitivos no polegar e deformar os dedos. No curto prazo, isso pode causar hipermobilidade das pequenas articulações em torno dos dedos e polegares como os ligamentos podem ser vir a serem um pouco esticados. No longo prazo, por um período de décadas, o uso excessivo dos dedos e polegares pode causar osteo-artrite como a cartilagem degenera entre as articulações."

Quando os dedos se tornam artríticos, eles tendem a formar ossos em excesso em torno das articulações, que pode ampliar e deformar os dedos polegar e articulações. Menos comumente, segurando o telefone em um determinado ângulo repetidamente por longas horas durante o dia pode causar algum desvio dos dedos em pessoas com articulações hipermóveis.

"É perigoso? Não, realmente não. E isso não vai afetar todo mundo, há outros fatores em jogo que influenciam as taxas de variação degenerativa nas articulações (como dieta, história familiar e saúde subjacente). É tudo uma questão de equilíbrio. As pessoas devem evitar o uso de mensagens de texto, e-mails longos em smartphones. Usar todas as noites, repetidamente,  podem causar hipermobilidade nos dedos das mãos, o que poderia levar à inflamação."

O médico recomenda que todos tentem segurar o telefone por menos tempo a cada dia, ou usar um suporte de telefone como um kit mãos-livres que podem reduzir o uso. Também usar as funções de ditado também podem ajudar, já que atualmente é possível ditar mensagens de texto a um alto grau de precisão.

Felipe Velloso

Lido em: https://www.tudocelular.com/curiosidade/noticias/n66460/Celular-dedo-deformado.html

Bozo não acerta uma... olha o absurdo

Bolsonaro diz que protestos no Chile acontecem porque ditadura acabou

O presidente acredita que o motivo que levou aos protestos são os manifestantes serem contrários às políticas americanas

O presidente Jair Bolsonaro se pronunciou, nesta terça-feira 22, sobre os protestos que acontecem no Chile contra o aumento da passagem do transporte público. Para o presidente, a culpa das manifestações é porque em 1990 acabou a ditadura do general Augusto Pinochet.  Além disso, o pesselista acredita que o motivo que levou aos protestos são que os manifestantes serem contrários às políticas americanas e imperialistas. (Jomariom... isto mostra como os chilenos são mais inteligentes e engajados do que os brasileiros).

“O problema do Chile nasceu em 1990, que ninguém dá valor para isso. Naquela época, as Farc fizeram parte, Fidel Castro, isso tudo. E qual o espírito dessa questão? Primeiro é bater contrário às políticas americanas, imperialistas, segundo eles. E depois são os países que se autoajudam para chegar ao poder”, disse Bolsonaro em Tóquio. 

O presidente havia se pronunciado sobre o cenário do país integrante do Mercosul na segunda-feira 21, mas de forma breve. “Tudo o que acontece na América do Sul a gente se preocupa”, afirmou o presidente. O presidente do Chile, Sebastian Piñera (Jô... também fascista de direita e vassalo dos EUA e de Trump), é um aliado político de Bolsonaro.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, também se pronunciou sobre os protestos que acontecem na capital chilena. Segundo o chanceler, o governo acompanha o conflito no Chile com “bastante atenção”, mas que o momento exige tranquilidade.  O único caso da América do Sul que Bolsonaro considera ter a situação controlada é a Argentina. “A Argentina está tranquila porque a tendência é elevar o pessoal da Cristina Kirchner”, afirmou.

Lido em: https://www.cartacapital.com.br/politica/bolsonaro-diz-que-protestos-no-chile-acontecem-porque-ditadura-acabou/

Joice denuncia os coleguinhas... e quem denunciará a Joice?

 

Joice denuncia que Flávio, Carlos e Eduardo têm rede de fake news com 1.500 perfis

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) denunciou em entrevista ao Roda Viva nesta segunda-feira (21) que Carlos, Eduardo e Flávio Bolsonaro são líderes de uma rede especializada em campanhas de difamação e notícias falsas usando aplicativos de mensagens. De acordo com ela, são mais ou menos 1.500 perfis que alimentam informações falsas na internet.

De acordo com ela, os filhos do presidente são os responsáveis por manter os funcionários que criam os perfis falsos nas redes sociais, como Instagram, WhatsApp e Twitter. Dessa forma, os perfis alimentam uma rede propulsora de informações, a chamada “milícia digital bolsonarista”, sendo a deputada um dos alvos preferidos dos últimos tempos.

Não é só fake news, mas também campanhas de difamação”, disse a deputada. Ela afirma que fará denúncia ao Ministério Público e apresentará queixa na Comissão de Ética da Câmara dos Deputados. “Não vou ficar apanhando e ficar quieta”, disse.

Durante o programa, Joice também criticou o que chamou de “puxadinho de família” no Planalto, em referência à influência exercida pelos filhos de Jair Bolsonaro no governo. “Muitas vezes eu disse ao presidente: me ajude a te ajudar. Fazer um puxadinho da família no Planalto não vai dar certo, isso é perigoso para o país”, disparou.

A deputada está no centro da crise do PSL. O presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) resolveu retirá-la da liderança do governo no Congresso nesta quinta-feira. O substituto no cargo será o senador Eduardo Gomes (MDB-GO).

Lido em: https://revistaforum.com.br/politica/joice-denuncia-que-flavio-carlos-e-eduardo-tem-rede-de-fake-news-com-1-500-perfis/

A maior startup do capitalismo é a desigualdade

 

Enquanto o capital estimula o “empreendedorismo” a produção de pobreza só aumenta.

Os últimos dados divulgados pelo IBGE explicitaram o quanto aumentou a desigualdade no Brasil a partir de 2015. A série que avalia o índice Gini desde 2012, mostrou que em 2018 atingiu-se o pior resultado já registrado. Enquanto os 30% mais pobres no Brasil tiveram sua renda diminuída, o 1% mais rico teve um aumento de 8,4% na renda média.

Aqueles que acreditam que o maior dos males do Brasil é a corrupção, buscarão justificativas nos moldes da Lava Jato, para justificar a quebradeira que foi promovida no país e, consequentemente, atribuir a desigualdade a esse fenômeno.

Mas, quem consegue ver para além do ódio de classe, poderá perceber que se estamos em uma crise econômica, seja por qual motivo for, existe uma parcela muito pequena da população, formada pelos mais ricos, que ganhou mais dinheiro nesse período e que, contraditoriamente, parece estar imune a qualquer crise.

Evidente que a partir de 2015 o país foi tomado por essa parcela ínfima e, sendo assim, o processo de redução da desigualdade no Brasil foi debelado a partir de mudanças nas políticas públicas e por uma condução econômica de viés liberal, que promoveu a retirada de programas importantes, que geravam distribuição de renda, geração de emprego e valorização da produção.

O rentismo voltou a ditar os rumos da economia e, como num passe de mágica, um país em recessão teve seus três principais bancos privados com recorde histórico nos lucros. Se a corrupção produz mazelas, não resta dúvidas que ainda mais nocivo é um estado que intensifica a proteção do capital e conduz suas políticas para que os mais ricos ganhem cada vez mais.

Contudo, o problema da desigualdade no Brasil e no mundo não é só um reflexo das políticas adotadas pelos estados. O capitalismo com sua capacidade criativa absurda está formando uma verdadeira legião de agentes da desigualdade. E o faz com tal o requinte, que consegue convencer muitas pessoas a pensar que, de alguma forma, estão trabalhando para promover algo de melhor para o mundo.

Essa afirmação parece estranha, mas observem que atingimos o maior nível de desigualdade no planeta e nunca se ouviu o uso de tantos termos que apontam pra uma situação diferente como a atual. No novo mundo do empreendedorismo, onde startups proliferam, o vocabulário está permeado de termos como colaborativo, desruptivo, ecossistema, coworking, descolados, participativos, antenados e até a figura do anjo-da-guarda dos negócios passou a ser um ente obrigatório nesse cenário.

Diante de tanta suposta boa vontade em dividir, o capitalismo criou um cenário que mascara o grau de dominação e exploração que promove. Estimula o empreendedorismo, fazendo milhões de pessoas pelo mundo acreditarem que todas as soluções para suas vidas estão na capacidade individual. Omitem fracassos e exaltam ao máximo sucessos pontuais, que servem de justificativa para que esse modelo seja reproduzido massivamente. O modelo é cruel. Se antes o capitalismo tinha que investir em talentos, hoje ele os estimula a fazer isso a custo zero, só esperando a hora que alguém tenha alguma ideia rentável, para que possa ser comprada e reproduzida sem nenhum custo de experimentação.

Focam suas atividades na ação especulativa. Com isso, já temos um dado assustador: toda a renda gerada pelo trabalho no mundo, ou seja, a soma dos esforços de todos os trabalhadores, é menor do que a gerada pela especulação financeira. Notem quão desumano é esse modelo. Não investem na capacidade produtiva, estimulam o individualismo empreendedor, rentabilizam especulando no mercado e detêm o controle do Estado que lhes protege enquanto a desigualdade só aumenta.

É triste, mas o mundo está gerando uma verdadeira dinastia de promoção da desigualdade. Cada vez mais se valoriza as individualidades e, com isso, políticas públicas de cunho coletivo são atacadas e rotuladas como fruto de viés político-ideológico, quando deveriam ser entendidas como uma premissa para se ter um mundo mais humanizado e menos desigual.

Até questões de ordem ambiental, como as que estão tão em voga, a exemplo da Amazônia, do aquecimento global e do derramamento de óleo na costa do Nordeste Brasileiro, quando são debatidas passam à margem da discussão sobre a redução da desigualdade no planeta.

Quando vemos uma menina de 16 anos virar ícone na ONU na defesa de temas ambientais, temos em seu discurso uma série de lacunas, que mostram a forma midiática que a questão é tratada, sem que se enfrente os reais motivos do desequilíbrio no meio-ambiente e que em paralelo a isso bilhões de pessoas vivem em extrema pobreza.

Em meio a tanta tecnologia, a capacidade criativa parece ter sido reduzida. Se vemos inovações quase que diárias, não temos nada que deixe conceitos que poderão ser realmente compartilhados. Nas artes, na ciência, na política e em quase todas as áreas não conseguimos destacar verdadeiras descobertas que representem a quebra de paradigmas, ou a elaboração de teses que possam produzir algo durador para a humanidade.

Enquanto apps e novos modelos de celulares norteiam as novas mentes, o capitalismo tira tudo que pode na forma de inovação e rentismo. O pensar para além do capital é ofuscado, quase como se fosse algo proibido num mundo formado por eus.

Prolifera a hipocrisia. A mediocridade toma conta. O mundo vê passar bilhões de gigabytes de informações, que escondem gente morrendo de fome. Todo esse tráfego de dados não promove saber, mas sim desigualdade. Diante de um cenário tão assustador, mesmo que não visto no Youtube ou nas mídias sociais na proporção devida, o mundo precisa melhorar urgentemente, ou teremos algo parecido com filmes de ficção, onde essa parcela gigantesca de pobreza terá que ser jogada para debaixo da terra.

Afinal, só cabe nesse mundo colaborativo a prosperidade, o resto não precisa ser visto. Quero saber quando vão criar o capitalismo desruptivo, onde especulação gere distribuição de renda e empreendedorismo seja acabar com a pobreza coletiva e não só eventualmente de um ou outro indivíduo.

*Anderson Pires é formado em comunicação social – jornalismo -  pela UFPB.

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/10/maior-startup-capitalismo-desigualdade.html

Catálogo da Avon Apresenta Imagem de Mulher Acariciando Baphomet

AVON já editou capas de apoio a agenda transgenero, outra com casal hetero simulando estupro, com mulheres tapando o olho esquerdo. Trata-se de mais um empresa satânica do Sistema... vamos boicotar!

 As pessoas estão questionando por que uma edição do popular catálogo de produtos de beleza da Avon mostra uma mulher colocando os braços em volta de uma figura satânica de Baphomet.

Os usuários desconfiados das mídias sociais comentaram a capa bizarra da campanha 22 da Avon de 2019, que mostra uma mulher de peruca rosa agarrando as orelhas do Baphomet, uma divindade híbrida de cabra meio animal e meio humana que há muito tempo está associada ao satanismo.

Mulheres experientes no Facebook e Twitter questionaram a aparência do Baphomet no folheto, com uma mulher chamando de "muito assustador e preocupante!"

Baphomet está nas manchetes recentemente, quando membros do Templo Satânico tentaram instalar uma estátua da figura com cabeça de cabra nos terrenos da capital do estado do Arkansas, onde atualmente está uma estátua dos Dez Mandamentos.

A Avon não respondeu ao pedido de comentários do site Infowars até o momento.

(Artigo de Adan Salazar republicado em Infowars.com)

Leia mais:  "Decodificando" os Símbolos da Estátua de Satanás

Morre a Baronesa Philippine de Rothschild, a Rainha dos Colares Satánicos

Fontes:
- Natural News: BIZARRE: Avon catalog features image of woman caressing baphomet
- Infowars: BIZARRE: AVON CATALOG FEATURES IMAGE OF WOMAN CARESSING BAPHOMET

Lido em: https://www.anovaordemmundial.com/2019/10/bizarro-catalogo-da-avon-apresenta-imagem-de-mulher-acariciando-baphomet.html

Agenda Secreta

Globalistas (Elite Satanista) Estão Usando Mercúrio e Alimentos Carregados de Pesticidas para Matar a Humanidade

 

Jomarion... e produtos carregados de disruptores endócrinos (estrógenos bioidenticos e/ou sintéticos) estão alterando a sexualidade humana, desde a infância (Agenda Transgenero)

Os globalistas e os democratas estão se esforçando para convencer a todos de que o aquecimento global e a superpopulação são reais; portanto, todos nós vamos votar no grande governo que nos salvará de nós mesmos, tributando-nos pesadamente e forçando-nos a injetar aquelas "vacinas seguras e eficazes”.

Precisamos cultivar alimentos geneticamente modificados para salvar o mundo faminto e superpovoado, assim eles afirmam. Depois, você dirige 30 minutos de praticamente qualquer cidade metropolitana, onde não há nada além de florestas, montanhas ou terrenos agrícolas.

As notícias não falam sobre o que há realmente de errado com o mundo, como alimentos carregados de pesticidas e vacinas contra gripe com mercúrio e veneno nuclear vazando de Fukushima no oceano (600 vezes mais alto do que os níveis "seguros"). Os meios de comunicação de massa não mencionarão que os antibióticos são usados ​​em excesso nos animais de fazenda da CAFO e nos hospitais dos EUA que estão prestes a se tornar obsoletos, enquanto as superbactérias (vírus e bactérias resistentes a antibióticos) se espalham fora de controle em seus hospitais e consultórios médicos.

Você sabia que as vacinas espalham doenças mais do que as previnem. Chama-se derramamento de vírus e é real. Verifique os fatos. O pior é que essas doenças não são apenas as selvagens, são geneticamente modificadas e contêm células de abortos humanos e rins de macacos africanos.

É uma história de horror médico que muitas pessoas não conhecem, ou elas também perceberiam que essa é uma forma de controle populacional e está funcionando muito bem. As crianças desenvolvem autismo, distúrbios do sistema nervoso central e, claro, problemas de fertilidade. É por isso que a indústria farmacêutica empurra a vacina contra o HPV em meninas de 9 anos. Não se trata de prevenir o câncer, especialmente quando esse tipo de câncer vem do compartilhamento de agulhas de heroína e do sexo.

Se você acha que as vacinas são seguras e estamos ficando sem alimentos, desligue a televisão e queime o jornal

Há um esquema de redução da população em andamento, mas não é porque o mundo está lotado demais ou "não há comida suficiente" para alimentar as massas. O governo do estado profundo deseja controle total de você e de seus filhos, e isso é mais fácil de conseguir se todos estiverem vivendo em uma nuvem, doentes e confusos, desnutridos e entoxicados.

O excesso de população é um problema falso.

São notícias falsas, assim como o aquecimento global. Existem várias razões pelas quais a população mundial está diminuindo e rapidamente. Aqui estão os seis primeiros:

# 1 Tempo de vida mais curto – Cancer, derrames, ataques cardíacos, diabetes e demência estão matando mais pessoas do que nunca, e mais cedo na vida.

# 2 Infertilidade “ misteriosa” - O complexo de assistência médica dos EUA simplesmente não consegue entender por que mais e mais jovens adultos não podem ter filhos (nenhum estudo da agência reguladora pode ser realizado sobre herbicidas, inseticidas, BPA ou vacinas) .

# 3 Novas doenças estão afetando um número maior de pessoas, incluindo vírus geneticamente modificados e demência induzida por inibidores seletivos da recaptação de serotonina (ISRS).

# 4 Radiação - Pense em dispositivos inteligentes 5G, fornos de micro-ondas e usinas nucleares com vazamentos.

# 5 Metais pesados ​​tóxicos e vacinas esterilizantes.

# 6 DDT, glifosato e outros pesticidas.

Olhe ao seu redor em outubro e veja todos com camisas e fitas cor de rosa, mas eles sabem que a indústria do câncer NÃO está procurando uma cura?

É o mês da conscientização do câncer. Torne tudo rosa e “marche para a cura” comendo frango KFC , bebendo refrigerantes e rezando para que o sistema de assistência médica de vários bilhões de dólares por ano encontre uma cura para sua doença tóxica de alimentos e bebidas. Não é provável que isso aconteça.

Quanto mais alimentos transgênicos você ingerir e mais mamografias com resultados negativos fizer, mais chances de você ter câncer e morrer por causa disso. Quanto mais óleo hidrogenado você ingerir e mercúrio injetar no tecido muscular, maior a probabilidade de você morrer de insuficiência cardíaca, câncer e demência. É tudo banhado de rosa com efeito total, e o objetivo a longo prazo é o controle da população. Entendeu?

Fontes:

- Natural News: SECRET AGENDA: Globalists are using vaccines and pesticide-laden food to kill off humanity

Anti Nova Ordem Mundial: OMS e UNICEF Acabam de Admitir que o Natural News Estava Certo: Surto de Poliomielite é Causado Pela Vacina

Natural News: MEDICAL HORROR: Genetic sequencing of common vaccine finds entire male human genome from aborted human baby… “a complete individual genome” with abnormal, modified genes… 560 genes linked to cancer
Notícias Naturais: A Mamografia é Prejudicial e Deve ser Abandonada, Conclui Estudo

- Heavy Metals: Lead exposure kills over 400,000 Americans a year, finds alarming new study published in The Lancet
Truth Wiki: Bill Gates and the Bill & Melinda Gates Foundation

Lido em: https://www.anovaordemmundial.com/2019/10/agenda-secreta-globalistas-estao-usando-mercurio-e-alimentos-carregados-de-pesticidas-para-matar-a-humanidade.html

A Primeira Igreja indígena na Amazônia

 

Una iglesia con rostro indígena en la Amazonía (y financiada por el Vaticano)

Será construida para la comunidad indígena yanomami de Matucará, que fue evangelizada en 1953 por los salesianos.

En un paraje remoto de la Amazonía brasileña, a varias horas en lancha de la ciudad más cercana, se construirá la primera iglesia indígena financiada por el Vaticano.

Un grupo de yanomami de Maturacá, en el norte del estado de Amazonas, se desplazó en 2016 hasta la ciudad de Sao Gabriel da Cachoeira para un encuentro con el nuncio apostólico y representante del Vaticano en Brasil, Giovanni d'Aniello. Sorprendidos por la belleza de la catedral que alberga la urbe, los yanomami de Maturacá, que ahora cuentan con una pequeña capilla, decidieron que querían tener su propia iglesia

D'Aniello escuchó su propuesta y la comunicó al papa Francisco –que ha hecho de la defensa de la Amazonía y sus tribus una de las prioridades de su Pontificado– quien aceptó apoyar parte de la construcción. La iglesia, cuyos obras no tienen todavía fecha de inicio, se llamará 'Nuestra Señora de Lourdes'. 

"Son más de 5.000 indígenas los que viven en la región y todos ellos son católicos (...) el nuncio vio su fe y escuchó sus testimonios. Desgraciadamente, son muy pobres y no tenían dinero para construir la iglesia que deseaban", relata el padre Thiago Faccini, miembro de la Conferencia Nacional de los Obispos de Brasil (CNBB).

Los yanomami fueron evangelizados en 1953 por los salesianos, que desde entonces están presentes en la zona con escuelas y otras infraestructuras para la comunidad. "Por eso se construirá la iglesia allí, porque hay un padre que está durante 24 horas atendiendo las realidades diarias", comenta Faccini. 

La misión salesiana –compuesta por dos padres– se encarga de la liturgia, de las catequesis, de las visitas a comunidades más distantes y de la escuela indígena Inmaculada Concepción, donde 23 profesores atienden a más de 500 alumnos de primaria y secundaria.

"Jesús con rostro indígena"

Hace tres años que el padre Marcelo llegó a Maturacá. Conoció la zona cuando todavía era un seminarista e inmediatamente se sintió atraído por el "espíritu de la selva". "El sentido comunitario, el trabajo desafiante, adaptarse a las nuevas realidades. Todo eso me atrajo", asegura.

"Cada día estoy llamado a la inculturación [integración, en este caso del cristianismo, con la cultura de otro pueblo]. Es decir, a encontrar a Jesús con un rostro indígena, que va al campo, que habla un idioma propio y que vive en contacto con la naturaleza", afirma.

Para el padre Marcelo hay una premisa: "Evangelizar de manera inculturada". Esta idea de la 'inculturación' también fue la piedra angular de los arquitectos especializados en edificaciones religiosas Teresa Cristina Cavaco y Tobias Bonk, cuando comenzaron a concebir el diseño de la iglesia. Conocer a los yanomami se convirtió en algo esencial. Acompañado por el padre Faccini, en 2016, Bonk embarcó en un viaje a Maturacá.

"Es una región muy aislada. Viajamos desde Sao Gabriel da Cachoeira, durante más de 10 horas río adentro, en una pequeña embarcación a motor hasta llegar a la tribu", recuerda.

Los días en la comunidad le sirvieron para aproximarse a los indígenas, conversar con ellos, con ayuda de un traductor, y entender sus costumbres. "La idea del proyecto se basa en la inculturación, en respetar de sus costumbres y en el trabajo en armonía", reitera.

La construcción

Para el diseño de la iglesia, los arquitectos tuvieron en cuenta el original shabono de los yanomami, una especie de aldea-casa de forma circular donde conviven. En el perímetro del shabono, los indígenas comen y descansan, y en el centro, en una plaza abierta, se reúnen para realizar sus ritos, festividades y actividades de ocio. 

En la actualidad, los indígenas construyen esos mismos shabonos, pero más pequeños, unos al lado de los otros, y siempre respetando el círculo, que define un principio y un fin. 'Nuestra Señora de Lourdes' está concebida en esos shabonos.

"Nos dimos cuenta que hay una gran similitud con la tradición cristiana. En el sentido de igualdad y la cuestión del círculo. Un punto central donde todo vuelve y que también es típico del cristianismo, donde Cristo está en el centro de todo. Cogimos elementos del cristianismo y de los yanomami y los congregamos en una sola edificación", relata el arquitecto.

La iglesia será un ejemplo de arquitectura vernácula, proyectada para sus habitantes, que participarán en la construcción. Considerando las grandes dificultades del transporte, está previsto utilizar materiales y recursos de la región.

Esfuerzos del Vaticano

El proyecto se enmarca en los esfuerzos del papa Francisco en su lucha por salvaguardar y encontrar nuevos caminos de evangelización en la Amazonía, donde según la Iglesia Católica no hay suficientes padres, lo que amenaza su futuro en la zona.

Desde el domingo 6 de octubre y hasta el 26 del mismo mes, el Vaticano acoge un sínodo (reunión de obispos) en el que, bajo el lema la "Amazonía: nuevos caminos para la Iglesia y para una ecología integral", participan padres, misioneros, especialistas e indígenas de esta selva devorada recientemente por los incendios. 

En su alocución en el inicio del sínodo, el papa llamó a controlar los impulsos de "domesticar a los indígenas", que quieren ser protagonistas de su propia historia. "Los pueblos tienen un sentir, una manera de ver su realidad, una historia", sentenció. 

El pontífice, que en el pasado pidió perdón por "los muchos y graves" pecados cometidos en nombre de Dios contra los pueblos originarios durante la colonización de América, dijo que durante mucho tiempo la Iglesia tuvo una actitud de "desprecio" hacia los indígenas y exigió su respeto.

"Cuántas veces el don de Dios no ha sido ofrecido sino impuesto, cuántas veces ha habido colonización en vez de evangelización", recordó.

De lo que se trata ahora, explica el Vaticano, es de "pasar de una Iglesia para los indígenas a una Iglesia indígena".

Marta Miera

Lido em: https://actualidad.rt.com/actualidad/330455-iglesia-rostro-indigena-corazon-amazonia

Quem são os curdos e por que são atacados pela Turquia

 

Os curdos habitam territórios localizados em 5 países

"Nós gastamos um volume absurdo de dinheiro ajudando os curdos, em termos de munição, armas, dinheiro, salários", eles atuaram sim ao lado dos Estados Unidos contra o Estado Islâmico, mas os curdos "estão lutando por sua terra". E, para falar a verdade, eles nem "nos ajudaram na Segunda Guerra Mundial, não nos ajudaram na Normandia, por exemplo".

É assim que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, explica sua decisão de retirar forças militares americanas da região na Síria controlada pelos curdos, o que terminou por abrir caminho para uma ofensiva da Turquia, que quer dominar a região à força.

Ao citar a ausência curda no Dia D, o líder americano se referia a um texto do articulista conservador Kurt Schlichter, que rejeitava qualquer obrigação dos Estados Unidos de defender os curdos no conflito contra a Turquia. Pelo contrário, segundo ele, já que os turcos fazem parte da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), precisariam ser socorridos caso sofram um ataque.

Os curdos formam uma população estimada entre 25 milhões e 35 milhões e habitam uma região montanhosa que se espalha pelos territórios de cinco países: Turquia, Iraque, Síria, Irã e Armênia. Eles compõem o quarto maior grupo étnico do Oriente Médio, mas nunca conseguiram um país próprio.

Na luta contra o Estado Islâmico na Síria, passaram a comandar uma vasta área no país, mas agora o domínio está ameaçado pela ofensiva turca.  O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirma que a ação militar visa "criar uma "zona segura e evitar a criação de um corredor terrorista ao longo da fronteira".

Nos últimos dias, a ofensiva da Turquia contra os curdos na Síria deixou dezenas de soldados mortos de ambos os lados e causou a morte de 11 civis. Esse é o capítulo mais recente de um conflito que dura décadas em torno de lutas por independência.

Qual é a origem dos curdos?

Os curdos são um dos povos originários das planícies da Mesopotâmia — território compreendido entre os rios Tigre e Eufrates — e dos planaltos da região onde hoje estão o sudeste da Turquia, o nordeste da Síria, o norte do Iraque, o noroeste do Irã e o sudoeste da Armênia.

Hoje, eles formam uma comunidade unida por raça, cultura e linguagem, ainda que não tenham um dialeto padrão. Eles têm diversas religiões e credos, mas a maioria é muçulmana sunita.

Por que os curdos não têm um Estado nacional?

No início do século 20, muitos curdos começaram a considerar a criação de um Estado, geralmente conhecido como Curdistão.  Depois da Primeira Guerra Mundial e da derrota do Império Otomano, os países ocidentais vitoriosos fizeram uma provisão para a criação de um Estado curdo em 1920 no Tratado de Sèvres.

Mas os planos foram frustrados três anos depois, quando o Tratado de Lausanne, que estabeleceu as fronteiras da Turquia moderna, não tratou de um Estado curdo e os deixou com status minoritário em seus respectivos países. Nas oito décadas seguintes, qualquer ação dos curdos para estabelecer um Estado independente foi brutalmente anulada.

Por que os curdos estavam à frente da luta contra o Estado Islâmico?

Em meados de 2013, o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) voltou seus olhos para três enclaves curdos que faziam fronteira com o território sob seu controle no norte da Síria. O EI lançou uma série de ataques que, até meados de 2014, eram revidados pelas Unidades de Proteção do Povo (YPG) — a ala armada do Partido da União Democrática Curda da Síria (PYD).

O avanço do Estado Islâmico no norte do Iraque em junho de 2014 também arrastou os curdos daquele país para o conflito. O governo da região autônoma do Curdistão no Iraque enviou suas forças de Peshmerga para áreas abandonadas pelo Exército iraquiano.

Em agosto de 2014, os jihadistas lançaram uma ofensiva surpresa, e os Peshmerga precisaram se retirar de diversas áreas. Várias cidades habitadas por minorias religiosas foram tomadas, principalmente Sinjar, onde militantes do Estado Islâmico mataram ou capturaram milhares de yazidis.

Em resposta, uma coalizão multinacional liderada pelos Estados Unidos lançou ataques aéreos no norte do Iraque e enviou assessores militares para ajudar os Peshmerga. O YPG e o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que lutam pela autonomia curda na Turquia há três décadas e têm bases no Iraque, também ajudaram no combate.

Em setembro de 2014, o Estado Islâmico fez um ataque em Kobane, região curda na Síria, forçando dezenas de milhares de pessoas a fugirem pela fronteira turca. Apesar da proximidade dos combates, a Turquia se recusou a atacar posições do Estado Islâmico ou permitir que curdos turcos cruzassem a fronteira para lutar.  Em janeiro de 2015, após uma batalha que deixou pelo menos 1.600 pessoas mortas, as forças curdas recuperaram o controle de Kobane.

Os curdos — lutando ao lado de várias milícias árabes locais sob a bandeira da aliança das Forças Democráticas Sírias (SDF) e auxiliados por ataques aéreos, armas e conselheiros da coalizão liderada pelos EUA — em seguida expulsaram o Estado Islâmico de dezenas de milhares de quilômetros quadrados de território no nordeste da Síria e estabeleceram o controle sobre uma grande extensão da fronteira com a Turquia.

Em outubro de 2017, os combatentes do SDF capturaram a "capital" do Estado Islâmico, Raqqa, e depois avançaram para sudeste na província vizinha de Deir al-Zour, o último ponto de apoio dos jihadistas na Síria.

O último reduto do território mantido pelo Estado Islâmico na Síria — ao redor da vila de Baghouz — foi tomado pelas Forças Democráticas Sírias em março de 2019. O grupo falou em "eliminação total" do "califado" do Estado Islâmico, mas alertou que as células adormecidas jihadistas continuam como a "grande ameaça" para o mundo.

O SDF passou também a lidar com os milhares de suspeitos de serem militantes do Estado Islâmico que foram capturados ao longo dos últimos dois anos da batalha, assim como as dezenas de milhares de mulheres e crianças associadas a esses suspeitos. Os EUA defenderam o repatriamento dos suspeitos estrangeiros, mas a maioria de seus países de origem rejeitou o plano.

Agora, os curdos enfrentam uma ofensiva militar da Turquia, que pretende implementar uma "zona segura" que avança 32 km pelo território do nordeste da Síria para "proteger sua fronteira" e reassentar até 2 milhões de refugiados sírios que vivem no país.

Em resposta, as Forças Democráticas Sírias dizem que defenderão o território "a todo custo" e que os avanços conquistados na batalha contra o Estado Islâmico estão sendo colocados em risco.

É preciso considerar também o governo sírio, de Bashar al-Assad, que tem o apoio da Rússia, e pretende retomar o controle de todo o território da Síria.

Forças Democráticas da Síria (mulheres) lideradas por curdos, capturaram Raqqa do Estado Islâmico  (Direito de imagem AFP)

Por que a Turquia considera os curdos uma ameaça?

Há uma hostilidade enraizada entre o Estado turco e os curdos do país, que representam de 15% a 20% da população da Turquia, em torno de 80 milhões de habitantes.

Os curdos receberam tratamento duro nas mãos das autoridades turcas ao longo de diversas gerações. Em resposta aos levantes nas décadas de 1920 e 1930, muitos curdos foram reassentados, nomes e roupas foram proibidos, o uso da língua curda foi limitado e até a existência de uma identidade étnica curda foi negada, com pessoas designadas como "Turcos da Montanha" .

Em 1978, Abdullah Ocalan fundou o PKK, que defendia um Estado independente curdo na Turquia. Seis anos depois, o grupo iniciou uma luta armada. Desde então, mais de 40 mil pessoas foram mortas e centenas de milhares foram desalojadas.

Nos anos 1990, o PKK recuou em seu pleito por independência, pedindo maior autonomia cultural e política, mas continuou a lutar. Em 2013, um cessar-fogo foi acordado após a realização de conversas a portas fechadas.

O cessar-fogo entrou em colapso em julho de 2015, depois que um atentado suicida atribuído ao Estado Islâmico matou 33 jovens ativistas na cidade de Suruc, de maioria curda, perto da fronteira com a Síria. O PKK acusou as autoridades da Turquia de cumplicidade e atacou soldados e policiais turcos. Em seguida, o governo turco lançou o que chamou de "guerra sincronizada ao terror" contra o PKK e o Estado Islâmico.  Desde então, milhares de pessoas, incluindo centenas de civis, foram mortas em confrontos no sudeste turco.

Forças estacionadas

A Turquia mantém uma presença militar no norte da Síria desde agosto de 2016, quando enviou tropas e tanques pela fronteira para apoiar uma ofensiva rebelde síria contra o Estado Islâmico. Essas forças capturaram a principal cidade fronteiriça de Jarablus, impedindo que as Forças Democráticas da Síria, liderados pelo curdo YPG, tomassem esse território e se ligassem ao reduto curdo de Afrin, a oeste.

Em 2018, tropas turcas e rebeldes sírios aliados lançaram uma operação para expulsar combatentes do YPG da região de Afrin. Dezenas de civis foram mortos e milhares deixaram suas casas.  O governo da Turquia diz que o YPG e o PYD são extensões do PKK, compartilham seu objetivo de independência por meio de luta armada e são organizações terroristas que devem ser eliminadas.

O que querem os curdos da Síria?

Os curdos representam entre 7% e 10% da população da Síria, que antes da guerra chegava a 24,5 milhões de habitantes, e hoje está em 18 milhões, segundo estimativa da Organização das Nações Unidas (ONU).

Antes do levante rebelde contra o autoritário presidente Bashar al-Assad, em 2011, a maioria vivia nas cidades de Damasco e Aleppo, e em três áreas não contíguas em torno de Kobane, Afrin e na cidade de Qamishli, no nordeste.

Os curdos da Síria há muito foram reprimidos, sem acesso a direitos básicos. Cerca de 300 mil tiveram sua cidadania negada desde os anos 1960, e as terras curdas foram confiscadas e redistribuídas aos árabes na tentativa de "arabizar" as regiões curdas.

Quando a revolta contra Assad evoluiu para uma guerra civil, os principais partidos curdos evitaram declarar preferência política publicamente. Em meados de 2012, forças do governo se retiraram da região para se concentrar na luta contra os rebeldes em outras partes do país, e os grupos curdos assumiram o controle.

Em janeiro de 2014, os partidos curdos, incluindo o dominante Partido da União Democrática (PYD), declararam a criação de "administrações autônomas" nos três rincões de Afrin, Kobane e Jazira.  Em março de 2016, anunciaram o estabelecimento de um "sistema federal" que incluía principalmente áreas árabes e turcomenas capturadas durante batalhas contra o Estado Islâmico.

O anúncio foi rejeitado pelo governo sírio, pela oposição síria, pela Turquia e pelos EUA. O PYD afirma que não está buscando independência, mas insiste que qualquer acordo político para acabar com o conflito na Síria deve incluir garantias legais para os direitos curdos e o reconhecimento da autonomia curda.

O presidente Assad prometeu retomar "cada centímetro" do território sírio, seja por meio de negociações ou ações militares. Seu governo também rejeitou as exigências curdas de autonomia, dizendo que "ninguém na Síria aceita falar sobre entidades independentes ou federalismo".

Qual é a situação dos campos entre a Síria e a Turquia?

As forças curdas operam diversos campos de refugiados para desabrigados e campos de detenção para familiares de pessoas suspeitas de ligação com o Estado Islâmico tanto dentro quanto fora da prometida "zona segura".

Mulheres e filhos de suspeitos de elo com o Estado Islâmico são mantidos em Ein Issa e Roj, que ficam nessa zona. Mas o maior ponto é o al-Hol, próximo à fronteira com o Iraque e quase 60 km ao sul da Turquia. Há 70 mil pessoas detidas em al-Hol, quase 90% mulheres e crianças, incluindo 11 mil estrangeiros. Os suspeitos de serem guerrilheiros do EI são mantidos em Raqqa, mais ao sul.

Os curdos dizem que não vão processar mulheres e crianças com comprovodas ligações com jihadistas, e tem havido pouca iniciativa da comunidade internacional para repatriar os estrangeiros.

A Casa Branca afirmou que a Turquia assumirá a responsabilidade sobre os acusados de ligação com o Estado Islâmico que foram presos pelas forças curdas.

Mas, se os curdos forem atacados, a capacidade e a disposição de cuidar desses campos serão colocados em xeque, e governos europeus temem que jihadistas e seus familiares sejam soltos e retornem aos países de origem.

Os curdos do Iraque conquistarão a independência?

Os curdos representam cerca de 15% a 20% da população do Iraque, que chega a 38,3 milhões de habitantes. Historicamente, eles gozam de mais direitos nacionais do que os curdos que vivem em Estados vizinhos, mas também enfrentaram uma repressão brutal.

Em 1946, Mustafa Barzani formou o Partido Democrata do Curdistão (KDP) para lutar pela autonomia no Iraque. Mas foi somente em 1961 que ele lançou uma luta armada completa. No final da década de 1970, o governo começou a assentar árabes em áreas com maiorias curdas, principalmente em torno da cidade de Kirkuk, rica em petróleo, e a desalojar curdos à força.

Essa política ganhou força na década de 1980 durante a Guerra Irã-Iraque, na qual os curdos apoiaram o Irã. Em 1988, o iraquiano Saddam Hussein lançou uma campanha de vingança contra os curdos, incluindo o ataque químico a Halabja.

Quando o Iraque foi derrotado na Guerra do Golfo de 1991, o filho de Barzani, Massoud, e Jalal Talabani, da União Patriótica do Curdistão (PUK), lideraram uma rebelião curda.

A violenta repressão local levou os EUA e seus aliados a imporem uma zona de exclusão aérea no norte, que permitia aos curdos desfrutarem de um domínio próprio. O KDP e o PUK concordaram em compartilhar o poder, mas as tensões aumentaram e uma guerra de quatro anos eclodiu entre eles em 1994.

Os partidos cooperaram com a invasão liderada pelos americanos em 2003, que derrubou Saddam Hussein e governaram em coalizão no Governo Regional do Curdistão (KRG), criado dois anos depois para administrar as províncias de Dohuk, Irbil e Sulaimaniya.

Massoud Barzani foi nomeado presidente da região, enquanto Jalal Talabani se tornou o primeiro chefe de Estado não árabe do Iraque.

Em setembro de 2017, foi realizado um referendo sobre a independência na região do Curdistão e nas áreas disputadas pelos Peshmerga em 2014, incluindo Kirkuk. A votação foi contestada pelo governo central do Iraque, que classifica o pleito de ilegal.

Mais de 90% dos 3,3 milhões de pessoas que votaram apoiaram a secessão. Autoridades do KRG disseram que o resultado lhes deu um mandato para iniciar negociações com Bagdá, mas o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, exigiu a anulação da votação.

No mês seguinte, as forças iraquianas pró-governo retomaram o território disputado pelos curdos. A perda de Kirkuk e sua receita com o petróleo foi um grande golpe para as aspirações curdas por seu próprio estado.

Após sua aposta sair pela culatra, Barzani deixou o cargo de presidente da região do Curdistão. Mas as divergências entre os principais partidos fizeram com que o cargo permanecesse vago até junho de 2019, quando ele foi sucedido por seu sobrinho Nechirvan.

Lido em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-50012988

Mais uma vítima do K-Pop, lembro que em 2017, morreu um jovem que era top desde gênero musical

 

Cantora de K-Pop, Sulli, é encontrada morta aos 25 anos

Ex-integrante do grupo feminino de k-pop f(x), a cantora Choi Jin-ri, mais conhecida por seu nome artístico Sulli, foi encontrada morta hoje em sua casa em Seongnam, informou a polícia.  Sulli tinha 25 anos. "O empresário a visitou após não ter conseguido encontrá-la desde a última ligação na noite anterior", afirmou a polícia em comunicado.

Comentario de um leitor:  

A Industria do K-POP é muito rígida com os artistas. Eles são produzidos como numa fábrica. São escolhidos a dedo, treinados, confeccionados e depois entregues ao público. Isso gera um stress emocional muito grande. Infelizmente muito fã de K-POP não gosta muito de falar nesse assunto, mas é a realidade. As músicas desse estilo não são feitas naturalmente com emoção e criatividade, mas sim através de estudos e tendências visando exclusivamente o lucro máximo em cima do artista produzido. E quando esse grupo não dá lucro, é simplesmente excluído e nunca mais aparece. Logo, eles reposicionam outro grupo como se fosse um produto. Não sei se é o caso dessa moça, mas muitos integrantes de K-Pop vivem com depressão por conta desse regime de trabalho...” 

Lido em:  https://entretenimento.uol.com.br/noticias/reuters/2019/10/14/cantora-de-k-pop-sulli-e-encontrada-morta-aos-25-anos.htm  (14.10.19)

Deputados "pitbull" do PSL atacam de novo

Deputados do PSL invadem colégio em busca de "conteúdo político"

 

Deputados do PSL invadem colégio sem autorização para fazer "vistoria" em busca de "conteúdo político". Eles disseram que enviariam um relatório para o ministro da Educação. Reitor da unidade acionou a Polícia Federal

Os deputados Rodrigo Amorim (PSL-RJ) e Daniel Silveira (PSL-RJ) invadiram na manhã desta sexta-feira (11) o Colégio Pedro II, campus de São Cristóvão, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Os parlamentares chegaram de surpresa na instituição de ensino acompanhados de assessores para fazer o que chamaram de “vistoria”. O reitor foi chamado e acionou a Polícia Federal, pois os deputados não tinham autorização para entrar no local.

Os deputados alegaram que não estavam fazendo fotografias apenas de material com conteúdo político, mas disseram que, caso encontrassem algum conteúdo nesse sentido, levariam ao ministro da Educação, Abraham Weintraub.

“Tiramos foto de vários locais. Nosso intuito não é ideologia. Contudo, se for visto a ideologia, é evidente que iremos catalogar e levar ao Ministério da Educação para que eles possam tomar medidas”, explicou Daniel Silveira.

(Jomarion... li e não acreditei... deputados “pitbull” do PSL aterrorizam escola no Rio... me interessei pela matéria porque trabalhei nesta escola (Colégio Pedro II) nos anos 80, no Rio de Janeiro.)

Ao parar em frente a um mural da escola que exibe recorte de várias notícias de jornal, o deputado Daniel Silveira questiona um deles, que menciona a mortalidade de jovens e destaca que um jovem negro morre a cada 13 minutos no Rio de Janeiro.

O parlamentar irritou-se com a informação exibida no mural e disse que quem morre são os “bandidos”. O reitor do colégio rebateu: “Mas tem criança de oito anos que não pode ser bandido”.

O reitor afirmou que vai fazer uma representação nos conselhos de ética do Congresso Nacional e da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) pois eles estavam fazendo imagens sem autorização no local, com a presença de crianças.

Os alunos reagiram à vistoria. Os parlamentares, que entraram sendo vaiados, deixaram o colégio sob gritos de “Ô, Marielle, quero justiça, não aceitamos deputado da milícia” dos estudantes.

Rodrigo Amorim e Daniel Silveira são os mesmos deputados que quebraram uma placa em homenagem à vereadora Marielle Franco durante um comício do então candidato ao governo do Rio, Wilson Witzel, em setembro do ano passado.

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/10/deputados-do-psl-invadem-colegio-rj.html

Aviões Boeing 737 NG da Gol têm rachaduras nos suportes das asas

Uma inspeção mundial urgente a todas as aeronaves Boeing 737 NG feita a pedido da agência reguladora americana encontrou rachaduras em 36 aeronaves, inclusive em 11 aviões da Gol Linhas Aéreas.

A Agência de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês) recomendou uma inspeção mundial urgente nos modelos Boeing 737 NG. A inspeção detectou rachaduras na estrutura primária que ajuda a fixar a asa na fuselagem em onze aviões da companhia Gol, que suspendeu os voos e declarou que as aeronaves ficarão em terra até que a manutenção seja realizada.

"A companhia retirou de operação as aeronaves nas quais foram encontrados indícios da necessidade de substituição de um componente especifico, cujas características se apresentaram fora dos padrões estabelecidos pelo fabricante, reportando essas ocorrências à FAA e à Boeing, de forma coordenada com a Agência Nacional de Aviação Civil [Anac]. Essas aeronaves permanecerão inoperantes até o cumprimento da manutenção", afirmou a Gol.

Nos Estados unidos, a companhia Southwest Airlines encontrou 2 aeronaves danificadas e tomou medidas similares.

"A Boeing lamenta o impacto que essa questão terá tanto na Gol, quanto nos nossos demais clientes ao redor do mundo", declarou a montadora norte-americana.

"Nós estamos trabalhando em parceria com os nossos clientes para lidar com os resultados das inspeções, para fazer a manutenção e planos de substituição, assim como fornecer todo o suporte técnico necessário para retornar as aeronaves a operação de maneira segura assim que possível".

O modelo Boeing 737 NG

O modelo "Next Generation" da Boeing é um dos mais antigos e populares modelos da montadora norte-americana, com centenas de jatos operando em todo o mundo.

As inspeções recomendadas pela FAA inspecionaram 686 aeronaves que, juntas, já realizaram mais de 35.000 voos. Falhas foram encontradas em 5% dos aviões, que apresentaram rachaduras estruturais em um componente que ajuda a manter a asa e tem papel relevante na sustentação do peso da aeronave.

"Essa condição poderia ter impactos adversos na estrutura integral e resultar na perda de controle da aeronave", declarou a agência reguladora.

A Boeing segue implicada nos problemas envolvendo o seu modelo mais recente, o 737 Max, cujas falhas no sistema de controle de voo levaram a três acidentes, sendo dois fatais, somente no ano passado. O modelo 737 MAX é o sucessor do 737 "Next Generation". Companhias aéreas ao redor do mundo deixaram de operar suas aeronaves modelo 737 Max.

(Jomarion... é esta empresa que comprou a Embraer a “preço de banana”... péssimo e lesivo negócio para o Brasil... mais uma patada de Bolsonaro e Guedes.)

Lido em:  https://br.sputniknews.com/brasil/2019101014618808-avioes-boeing-737-ng-da-gol-tem-rachaduras-nos-suportes-das-asas/

Adeus à Boeing: companhia aérea russa cancela compra de 22 aeronaves

A maior companhia aérea da Rússia, Aeroflot, cancelou formalmente o pedido de compra de 22 aeronaves Boeing 787 Dreamliner. O valor estimado da encomenda era de US$ 5,5 bilhões (R$ 22 bilhões).

A companhia aérea russa Aeroflot cancelou um pedido à montadora norte-americana Boeing estimado em R$ 22 bilhões. O cancelamento vem em um momento conturbado para a empresa, que enfrenta a crise ligada aos recentes acidentes fatais com o seu modelo 737 MAX.

O cancelamento não foi anunciado por nenhuma das partes, mas já saiu da relação de pedidos mensais da gigante norte-americana.  De acordo com fonte ouvida pela Reuters, a Boeing pode ter que cortar sua produção em 2022.

O calcanhar de Aquiles da montadora é o modelo 737 MAX, adquirido por companhias aéreas ao redor do mundo. Com falhas de projeto, as aeronaves não podem operar há quase oito meses, sem previsão para volta.

Outra fonte ouvida pela Reuters disse que a Boeing tem dezenas de slots de 787 por vender ou com perspectiva de ficarem vazios em sua linha de produção para 2022. O número exato de posições vagas na linha de produção depende da capacidade da montadora de atrair os pedidos prometidos pelas companhias aéreas, dados que são confidenciais.

De acordo com as estatísticas disponíveis, a demanda por aeronaves de fuselagem estreita continua consistente. Por outro lado, a demanda por aeronaves de fuselagem larga utilizadas em voos intercontinentais, como o Dreamliner 787 ou os Airbus A330 e A350, está em queda.

O diretor executivo da Boeing, Dennis Muilenburg, disse no mês passado que a empresa estava acompanhando de perto as chamadas "áreas de macrorrisco".

Ele ainda notou que a Boeing havia deixado slots reservados nas linhas de produção dos modelos 777 e 787 para pedidos da China que foram cancelados por causa da guerra comercial com os EUA.  "Há uma certa dependência da decisão final sobre os pedidos dos chineses", disse Muilenburg.  Alguns fornecedores da montadora ficaram surpresos com o comentário, uma vez que as empresas fabricantes costumam mobilizar seus recursos somente após receber encomendas, e não antes.

Dados da empresa mostram que a Boeing registrou oficialmente um pedido de oito aeronaves 787-10, o maior modelo Dreamliner, feito pela companhia Air New Zealand.

Lido em:  https://br.sputniknews.com/russia/2019101014620588-adeus-a-boeing-companhia-aerea-russa-cancela-compra-de-22-aeronaves-/

Governo vai tirar dinheiro do FGTS da Caixa e entregar a bancos privados

 

... a quebra do monopólio do banco terá impacto sobre as populações mais pobres, principalmente do Norte e Nordeste do país...

O governo de Jair Bolsonaro (PSL) quer aproveitar a Medida Provisória (MP) que libera os saques do FGTS para promover uma ampla reformulação do Fundo, e isso inclui tirar o controle único da Caixa e permitir que bancos privados também tenham acesso aos recursos. Medida pode afetar o financiamento de projetos de infraestrutura, saneamento e habitação.

Em 2018, a Caixa desembolsou R$ 62,3 bilhões em crédito para esses setores. A mudança já foi incorporada ao texto da MP pelo relator, deputado Hugo Motta (Republicanos-PB), após acordo entre Palácio do Planalto e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O parecer será lido em Comissão Mista do Congresso na terça-feira (8) e prevê que a Caixa continuará exercendo o papel de receber os depósitos e fazer a gestão do passivo, mas os bancos concorrentes terão acesso direto às verbas do Fundo para aplicar os recursos. Não há qualquer evidência de que a medida traz benefícios aos trabalhadores, que dependem do Fundo.

O acesso dos bancos privados a esses recursos, se aprovado, será regulamentado pelo Conselho Curador do FGTS. A partir disso, eles poderão estabelecer regras e modelos de negócio próprios. Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a quebra do monopólio do banco terá impacto sobre as populações mais pobres, principalmente do Norte e Nordeste do país.

“Nos dez anos do Minha Casa Minha Vida, a participação dos bancos privados é quase inexistente. Essas instituições estão presentes preponderantemente no Sul e no Sudeste, enquanto a Caixa está em 97% dos municípios brasileiros. Em 711 cidades só existe a Caixa. Isso quer dizer que o financiamento nas proximidades dos grandes centros até pode ficar mais barato, mas a 300 quilômetros de Manaus, o crédito vai ficar mais caro”, disse.

Com informações do O Globo.   7.10.19

Lido em: https://revistaforum.com.br/brasil/governo-vai-tirar-dinheiro-do-fgts-da-caixa-e-entregar-a-bancos-privados/

Diamante 'matrioshka' (um dentro do outro) único é encontrado na Rússia

 

Imagine um diamante que tenha dentro outro diamante que se move livremente. Isso é o que foi encontrado no Extremo Oriente da Rússia.  O diamante encontrado é a primeira pedra preciosa deste tipo na história da extração de diamantes e não tem análogos no mundo.  O diamante foi descoberto na Yakútia, em uma jazida da empresa Alrosa, o líder mundial na produção de diamantes.

A idade de pedra está estimada em cerca de 800 milhões de anos. Pesa 0,124 gramas e tem o tamanho de 4,8×4,9×2,8 milímetros. Segundo os cientistas russos, primeiramente se formou o diamante interior, tendo o exterior surgido depois.  "O mais interessante é entender como se formou uma bolha de ar entre os dois diamantes", disse o diretor adjunto da Alrosa para a inovação, Oleg Kovalchuk, ao jornal russo Komsomolskaya Pravda.

Ele explicou que há duas hipóteses principais. "Segundo a primeira, durante o crescimento o diamante foi capturado pelo mineral do manto, que mais tarde foi dissolvido na superfície terrestre". Segundo a outra hipótese, "devido ao crescimento ultrarrápido dentro de diamante, se formou uma camada de substância diamantífera policristalina porosa, que depois foi dissolvida por outros processos mais agressivos do manto", explicou Kovalchuk.

Segundo ele, esta "matrioshka" é realmente uma criação única. A fonte não divulga o preço do diamante.

Lido em: https://br.sputniknews.com/ciencia_tecnologia/2019100514601312-diamante-matrioshka-unico-e-encontrado-na-russia-video/

Economista: acordo Boeing-Embraer é 'lesivo para o Brasil' e UE tem razão em contestá-lo

 

... o negócio é "lesivo para o Brasil... não só para Embraer"... não há dúvidas de que a Embraer foi dada aos norte-americanos...

"Nós temos uma companhia que produz quase 100 aeronaves por ano, uma das maiores empresa competitivas do mundo, que gera reservas internacionais para o país no patamar de 9 bilhões de dólares ao ano. E nós estamos vendendo essa linha da Embraer de jatos comerciais para a Boeing por 4,5 bilhões de dólares. Então nós estamos vendendo a Embraer por seis meses de vendas de jatos que ela realiza no período"

O acordo entre Boeing e Embraer está sob escrutínio da União Europeia (UE), que suspeita que a negociação favoreça concentração de renda. A Sputnik Brasil ouviu um economista sobre essa questão.

Para a União Europeia, o acordo anunciado ainda durante o governo de Michel Temer (MDB), em 2018, pode prejudicar a competitividade internacional. Entre os países cujas empresas poderiam ser prejudicadas estão Rússia, China e Japão.

Na sexta-feira (4), reguladores antitruste da UE abriram uma investigação sobre o acordo entre as duas empresas. Para a Comissão Europeia, o acordo remove a Embraer do mercado e não há concorrentes que possam preencher a lacuna. Segundo a UE, isso reduz a concorrência e pode elevar preços.

A união entre Boeing e Embraer é uma das maiores transações comerciais da década e pode somar de até US$ 4,75 bilhões. A Embraer é líder de mercado em aeronaves civis de médio porte, o que será incorporado à empresa resultante da união com a Boeing. 

'Estamos vendendo a Embraer por seis meses de vendas de jatos'

Para analisar a situação do acordo Boeing-Embraer, a Sputnik Brasil ouviu o economista Volney Gouveia, gestor do Curso de Ciências Aeronáuticas da Universidade Municipal de São Caetano do Sul.

Gouveia acredita que, apesar de disputas semelhantes terem ocorrido no mercado anteriormente, esse caso específico de impasse com a União Europeia pode ser justificado. O economista concorda com o argumento europeu de que há tendências de concentração de mercado na união entre as empresas no setor específico das aeronaves de médio porte, e que a questão deve ser discutida na Organização Mundial do Comércio (OMC).

"É compreensível essa ação da União Europeia, até porque a própria Airbus fez um acordo recente com a Bombardier não nos moldes do que foi feito entre Boeing e Embraer", aponta Gouveia em entrevista à Sputnik Brasil.

O economista explica que nesse caso a Bombardier fez uma série de exigências diante da Airbus. Gouveia também afirma que esse exemplo é interessantes porque costuma ser utilizado para justificar o acordo contestado pela UE, que ele considera a "entrega da Embraer para a Boeing".

"Nós temos uma companhia que produz quase 100 aeronaves por ano, uma das maiores empresa competitivas do mundo, que gera reservas internacionais para o país no patamar de 9 bilhões de dólares ao ano. E nós estamos vendendo essa linha da Embraer de jatos comerciais para a Boeing por 4,5 bilhões de dólares. Então nós estamos vendendo a Embraer por seis meses de vendas de jatos que ela realiza no período", afirma.

Para Gouveia, o negócio é "lesivo para o Brasil, não só para Embraer". O economista é ainda categórico ao afirmar que não tem dúvidas de que a Embraer foi dada aos norte-americanos.

O economista entende que essa situação está ocorrendo devido a uma falta de visão estratégica do Brasil.  "Na minha visão há um compromisso mais de curto prazo com os negócios da companhia do que com o projeto do país de se tornar autossuficiente, de se tornar independente tecnologicamente", afirma.

A nova empresa criada a partir da união entre as fabricantes de aeronaves dá controle de 80% dos negócio para a Boeing e 20% para a Embraer, excluindo o setor militar da empresa brasileira. O acordo deve ser concluído em 2020. "A Boeing passa a controlar em substância todos os projetos estratégicos da Embraer no médio e longo prazo. Objetivamente é isso que nós estamos falando aqui. E nisso aí o Brasil perde protagonismo", explica.

Lido em: https://br.sputniknews.com/opiniao/2019100514603150-economista-acordo-boeing-embraer-e-lesivo-para-o-brasil-e-ue-tem-razao-em-contesta-lo/

Greta Thunberg debocha de Putin por chamá-la de "menina gentil"

 

A sueca Greta Thunberg, um símbolo da consciência climática da juventude global, zombou no Twitter das declarações do presidente russo, Vladimir Putin, que a descreveu nesta semana como "menina gentil".

(Jomarion...mais um indício de que ela trabalha para a elite global (ONU) pois Putin e Russia são temidos pelo sistema).

Em seu perfil no Twitter, a militante ambientalista, que possui 2,7 milhões de seguidores, agora se apresenta como "uma menina gentil, mas mal informada", em referência às declarações de Putin feitas na quarta-feira.

O que Putin falou

O presidente russo comentou o discurso emotivo de Greta em 23 de setembro, na Assembleia Geral da ONU, em Nova York. "Tenho certeza de que Greta é uma menina gentil, muito sincera, mas os adultos devem evitar levar adolescentes e crianças a situações extremas. Devem protegê-los de emoções extremas que podem destruí-los", declarou Putin, que afirma não compartilhar do "entusiasmo geral" produzido pelo discurso da jovem.

(Putin sabe que as “mudanças climáticas” e o “aquecimento global” estão sendo “fabricados” por geoengenharia para impor ao mundo miséria, catástrofes, guerras, sofrimento, excassez, etc... parece claro que existe uma guerra em andamento contra populações pobres e vulneráveis de qualquer lugar da Terra... isto já foi feito nas duas guerras mundiais recentes... a pergunta a se fazer é: Porque a elite global quer matar milhões de pessoas? Vamos refletir e pesquisar!)

"Ninguém explicou a Greta que o mundo de hoje é complicado e multiforme, que está se desenvolvendo rapidamente e que há pessoas na África e em muitos países asiáticos que querem viver no mesmo nível de prosperidade que na Suécia", acrescentou Putin.

O presidente russo disse, no entanto, que são "notícias muito boas que jovens e adolescentes atraiam a atenção para os grandes problemas de hoje em dia".  "Com certeza, é preciso apoiá-los", completou.

Em seu perfil no Twitter, Greta Thunberg já havia ironizado as palavras de Donald Trump a seu respeito.

Lido em: https://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2019/10/04/greta-thunberg-debocha-de-putin-por-chama-la-de-menina-gentil.htm

Programa Alarma TV... a latrina da TV

 

SBT exibe notícia de sexo tântrico antes de desenho animado

Cenas de pancadaria, discussões, violência, além de notícias sobre rituais espirituais de diversos países do mundo e situações bizarras fazem parte da programação de Alarma TV, atração que voltou à grade do SBT nesta quinta-feira, 3, um dia após ser retirado do ar.

Antes, o jornal ia ao ar às 19h20, depois da novela Abismo de Paixão. Agora, Alarma TV está sendo exibido às 10h30, antes de desenhos animados como Tom & Jerry.

Na quarta-feira, 2, a assessoria de imprensa do canal confirmou para a reportagem do E+ que a atração havia saído do ar "por causa da baixa audiência". Mas... No dia seguinte, o programa voltou a ser exibido.

Na edição desta quinta, o Alarma TV chegou a veicular uma notícia sobre sexo tântrico.  Os internautas criticaram. "No lugar desse programa, deveria colocar o desenho animado para criança assistir", escreveu um seguidor.

Anunciado como 'o jornal mais violento do mundo', Alarma TV mais parece uma série daquelas no estilo 'vídeos mais incríveis do mundo', em que os apresentadores narram acontecimentos catastróficos, com dezenas de mortes, ou notícias bizarras sem contextualização como data do ocorrido e circustâncias.

Janice Villagrán e Sergio Catalán, são os apresentadores do 'Alarma TV' no Brasil (SBT).

A atração é americana e foi criada para alcançar o público hispânico que mora nos Estados Unidos. Lá, o programa vai ao ar às 22h.

Lido em: https://www.terra.com.br/diversao/tv/sbt-exibe-noticia-de-sexo-tantrico-antes-de-desenho-animado,b77fc059131cf8b28fd45be13f3f74ee7zyq43ph.html

Marcia Tiburi chama ato de Silvio Santos de "assédio pedófilo"

 

A filósofa e ex-candidata ao governo do Rio de Janeiro, Marcia Tiburi, considerou “assédio pedófilo” o ato do apresentador Sílvio Santos, que perguntou a uma criança: “o que você acha melhor, sexo, poder ou dinheiro?”.

E o assédio pedófilo feito por Silvio Santos em plena televisão brasileira contra uma menina indefesa? O que Crivella e outros pastores dirão sobre essa violência? Ou um coronel da mídia pode assediar crianças assim só pq é dono e senhor da cabeça e dos olhos dos brasileiros?

(Jomarion... Silvio Santos deveria ir para a cadeia por assedio a crianças e lá ficar pois nunca agregou nada a sociedade brasileira, um lixo televisivo, sempre).

Marcia tuitou...

“E o assédio pedófilo feito por Silvio Santos em plena televisão brasileira contra uma menina indefesa? O que Crivella e outros pastores dirão sobre essa violência? Ou um coronel da mídia pode assediar crianças assim só pq é dono e senhor da cabeça e dos olhos dos brasileiros?”.  Marcia Tiburi (@marciatiburi) October 6, 2019

A fala do apresentador, que provocou risos de sua plateia, foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter na manhã deste domingo.

O blogueiro Felipe Neto também comentou o vídeo de Sílvio Santos: “Um senhor de 88 anos pergunta para uma criancinha: “você prefere sexo, poder ou dinheiro?” Na TV aberta! Adivinha quem não falou absolutamente nada? Crivella Malafaia Deputados do PSL Família Bolsonaro Psicóloga que falou que sou má influência... Psiu... Silêncio.”

Lido em: https://revistaforum.com.br/brasil/marcia-tiburi-chama-ato-de-silvio-santos-de-assedio-pedofilo/

Concurso de miss infantil do SBT será investigado pelo Ministério Público

 

‘Agora vocês vão ver quem tem as pernas mais bonitas, o colo mais bonito, o rosto mais bonito’, instigou Silvio sobre crianças de 7 e 8 anos

O concurso de miss infantil promovido pelo programa Sílvio Santos, no SBT, será investigado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em São Paulo e pela Promotoria de Justiça de Osasco. O evento, televisionado no dia 22 de setembro, foi alvo de críticas e repercussões negativas, caso da nota de repúdio divulgada pelo Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP).

O programa avaliava meninas de 7 e 8 anos de idade pelos seus atributos físicos. As crianças se apresentavam em três momentos, vestindo fantasia, maiô e depois um traje de gala para uma plateia que registrava o voto eletrônico pela garota predileta.  “Agora, vocês do auditório, que estão com o aparelhinho (de votação), vão ver quem tem as pernas mais bonitas, o colo mais bonito, o rosto mais bonito e o conjunto mais bonito”, disse Silvio Santos, em determinado momento.

O entendimento da procuradora do MPT Ana Maria Vila Real, coordenadora nacional de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Coordinfância), é o de que, em situações como essa, “as crianças podem estar sujeitas à erotização e sexualização precoces, a situações adultas, a desgastes emocionais, constrangimentos e exposições”. A Promotoria de Justiça de Osasco também instaurou inquérito civil e requisitou informações à emissora. A investigação está sob sigilo.

Outro ponto levantado por especialistas é que a exposição de crianças à sexualização aumenta o número de casos de abuso infantil.  As crianças têm proteção integral prevista na Constituição Brasileira. O trabalho artístico infantil em regra é proibido por lei para menores de 16 anos, sendo apenas autorizado em situações excepcionais, desde que amparado previamente por alvará judicial e observadas certas condições de natureza protetiva.

Lido em: https://www.cartacapital.com.br/sociedade/concurso-de-miss-infantil-do-sbt-sera-investigado-pelo-ministerio-publico/

Porque Greta Thumberg está tapando o "olho esquerdo"? Que "agenda" ela está representando?

Assim Como Suspeitamos, o Fantoche Greta Thunberg é Controlada por George Soros

Hoje ela está em todas as notícias, mas Greta Thunberg, de 16 anos, não é de origem doméstica ou popular. Seu truque climático é completamente um produto de George Soros e companhia, que alimenta as falas de Thunberg, enquanto ela percorre o mundo todo fingindo ter tido toda essa histeria climática sozinha.

Na verdade, Greta Thunberg nunca fica sem sua treinadora, Luisa-Marie Neubauer, uma ativista de extrema esquerda de 23 anos, da Alemanha, que é a "Embaixadora da Juventude" de uma organização internacional de lobby e campanha conhecida como "ONE Foundation", que é financiada por George Soros, Bill & Melinda Gates e Bono, entre outros nomes de celebridades.

Além do fato de que a própria Greta Thunberg vem de uma família de maçons, sua mãe supostamente tem vínculos com o fundador da Illuminati da Baviera Adam Weisshaupt, Neubauer, sua controladora, trabalha para uma grande entidade globalista que está trabalhando para implementar a Agenda 2030 na Alemanha através do Acordo Climático de Paris.

Neubauer também é membro da Alliance 90, The Greens e Green Youth, três organizações comunistas que estão usando a "ameaça" da mudança climática como uma cobertura para pressionar por mudanças radicais na política em todo o mundo - mudanças que, é claro, eliminam a liberdade com o objetivo de "salvar o planeta".

A própria Luisa-Marie Neubauer twittou sobre ser membro da ONE Foundation, gabando-se do fato de que ela viaja pelo mundo divulgando propaganda climática para outras pessoas que foram enganadas, como se acreditasse que o aquecimento global é real.

Bill Gates está usando Greta Thunberg para pressionar o despovoamento global através da farsa climática?

Segundo o site ONE.org, a ONE Foundation foi criada no início dos anos 2000 por Bill Gates e Bono, que se reuniram e decidiram que precisavam "informar melhor os americanos sobre a pobreza extrema em todo o mundo".

Com a ajuda de Melinda Gates, a esposa de Bill, além de Bobby Shriver, Ed Scott, Bob Geldof, Jamie Drummond e George Soros, Gates e Bono desenvolveram “uma organização de defesa contra a pobreza chamada DATA, focada na distribuição de celebridades e outros indivíduos influentes a alertar os líderes mundiais a agirem sobre questões específicas de desenvolvimento.”

A DATA acabou sendo fundida com várias outras organizações para formar a ONE, que agora funciona como um grupo ativista político que visa atingir várias "metas globais", incluindo "doenças, pobreza e outras questões urgentes de desenvolvimento".

Parece que Greta Neubauer foi recrutada para fazer parte da ONE, apenas para se virar e recrutar Thunberg. Ou talvez Greta Thunberg tenha sido preparada por outra pessoa para desempenhar esse papel, e Neubauer foi designada para ser sua “mentora”, seguindo-a por toda parte em que aparece publicamente.

Seja qual for o caso, é óbvio que Greta Thunberg não está apresentando por si própria os muitos scripts que lê no Congresso, na mídia e, mais recentemente, nas Nações Unidas. Caramba, ela nem fala inglês como sua primeira língua, mas de alguma forma devemos acreditar que Greta Thunberg é capaz de criar um fluxo contínuo de discursos profissionais para apresentar em um determinado dia?

Certo. Todos nós acreditamos nisso. Ou não. Mas o triste é que muitos liberais, aparentemente,  acreditam, revelando que Soros e seus companheiros ainda estão ganhando a guerra de informação em certos segmentos da sociedade.

Não importa quantas vezes as mudanças climáticas sejam expostas como uma farsa total, ainda há uma contingência da população que acredita que seja a verdade do evangelho - especialmente quando meninas aparecem em todas as notícias para repreender o mundo sobre a “ciência” por trás dela.

"A chamada 'mudança climática' continua sendo a maior fraude praticada na humanidade", escreveu um comentarista do The Gateway Pundit . "Nada mais é do que um esquema multibilionário de impostos e redistribuição de riqueza projetado pela ONU para destruir os EUA destruindo através da destruição do capitalismo".

Jomarion: Elite global está manipulando a Greta (uma adolescente autista) para alavancar suas agendas malignas sobre o mundo, mas a garota nao tem culpa pois ainda é muito jovem para compreender o que está acontecendo.  Elite satanista, através da ONU, está atacando sem piedade adolescentes e jovens com a agenda transgenero e pasmen "agenda autista", vejam a materia  na sequência desta).

Fontes:
Just as we suspected, climate youth puppet Greta Thunberg is controlled by George Soros
Gateway Pundit: SURPRISE! The Official Escort for 16-Year-Old Global Warming ‘Expert’ Greta Thunberg Is a Leftist Hack Funded by George Soros Org.
- Natural News: Over 30,000 scientists say 'Catastrophic Man-Made Global Warming' is a complete hoax and science lie

Lido em: https://www.anovaordemmundial.com/2019/09/assim-como-suspeitamos-o-fantoche-greta-thunberg-e-controlada-por-george-soros.html     (1.10.19)

********************************************************************************************************************************************************************************

Agenda Autista – O Sistema que controla a humanidade, entre outras barbaridades, está dando foco e mídia para autistas...vejamos:

* a repercussão da série “Good Doctor”... 

*a projeção do drag de 11 anos nos EUA que a mídias promovem e elogiam (a mãe se orgulha do filho trans e diz que isto o está curando do autismo)... (procurem abaixo nesta aba) 

* a manipulação de Greta por George Soros e uma líder feminista e LGBT...

Mensagem da elite: autismo é tudo de bom, autistas são muito especiais...

Mas, autistas, na real, são crianças adoecidas pelo sistema com comida-lixo, contaminada por agrotóxicos, vejam a matéria-denúncia abaixo: 

 

Agrotóxicos: “Até 2025 uma em Cada Duas Crianças Será Autista”, Afirma Cientista

Muito utilizado na agricultura, o Glifosato ganhou projeção mundial não só por seu uso na agricultura, mas também por controvérsias em torno de seus efeitos no meio ambiente e na saúde, tais como: Alzheimer, câncer e doenças cardiovasculares. Uma nova declaração sobre os possíveis malefícios do Glifosato, foi a de que ele estaria fortemente relacionado ao autismo, de tal maneira que, até 2025, 50% das crianças apresentariam o distúrbio por conta da substância.

Originalmente a declaração feita em um congresso foi publicada na revista “Alliance for Natural Health USA” e, depois, em diversos jornais e websites em todo o mundo, como por exemplo o “Jornal O Nortão”, no Brasil. E há muitos estudos envolvendo o glifosato e, portanto, muitas opiniões controversas.

Entretanto, corroborando com o crescente aumento das taxas de autismo, a cientista sênior de pesquisa do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Dra. Stephanie Seneff, divulgou em uma conferência que “o glifosato causará autismo em 50% das crianças até 2025”.

Quem é o culpado? Round-Up, o mais vendido da Monsanto que contém glifosato, está no topo da lista. O uso excessivo de glifosato em nossa alimentação está causando doenças como Alzheimer, autismo, câncer, doenças cardiovasculares e deficiências da nutrição, entre outros.Stephanie Seneff, já publicou mais de 170 artigos acadêmicos revisados ​​por pares, e estudou essas doenças por mais de três décadas, aponta os transgênicos (modificado geneticamente) como um dos principais contribuintes para doenças neurológicas em crianças.

Em uma recente conferência, a Dra. Seneff declarou: “No ritmo atual, em 2025, 1 em cada 2 crianças serão autistas. A equipe de pesquisa encontrou níveis “altos” de glifosato em três de 10 amostras de leite materno. As descobertas do relatório indicam que o ingrediente usado com frequência em colheitas geneticamente modificadas se acumula de fato no tecido humano. A Dra. Seneff disse o seguinte:

Atualmente, 1 em cada 68 crianças nos EUA nascem com autismo. Atualmente é a deficiência de desenvolvimento de mais rápido crescimento, com taxas aumentando em quase 120% desde o ano de 2000.

Em 10 anos, o custo para tratar as pessoas afetadas pelo autismo será de 400 bilhões de dólares por ano nos EUA, além dos custos emocionais incalculáveis, os ​​quais as famílias pagarão diariamente para viver e apoiar uma criança com autismo.

A Dra. Seneff notou que os sintomas de toxicidade do glifosato assemelha-se estreitamente com aqueles do autismo. Ela também apresentou dados na conferência que mostram uma correlação estranhamente consistente entre o uso de Roundup em plantações (e a criação das sementes transgênicas Roundup-ready), com o aumento das taxas de autismo.

A correlação entre os dois incluem biomarcadores, tais como a deficiência de zinco e ferro, baixo serum sulfate, convulsões e doenças mitocondriais. Todos as 70 ou mais pessoas que estavam presentes na conferência da Dra. Seneff, estavam se contorcendo, provavelmente porque agora tinham sérias dúvidas sobre o que servir para seus filhos, ou a elas próprias, porque qualquer coisa com milho ou soja, quase todos geneticamente modificados e, assim, contaminados com Roundup e seu glifosato.

A Dra. Seneff apontou que grande parte dos alimentos em prateleiras de supermercado contém milho e soja transgênicos, todos com pequenas quantidades de vestígios de glifosato. Isto inclui refrigerantes adoçados com xarope de milho alto teor de frutose (geneticamente modificado) e  batatas fritas, cereais, doces, e até mesmo barras de proteína de soja.

Mesmo que a declaração da cientista seja vista como um absurdo, é preciso creditar que agrotóxicos fazem mal à saúde humana e ao meio ambiente

Seneff observou que os efeitos colaterais do autismo imitam de perto os da toxicidade do glifosato e apresentaram dados mostrando uma correlação notavelmente consistente. Aqui a tabela que ela apresentou para mostrar que uso do glifosato possivelmente acompanha a incidência de autismo:

De fato, estudos acerca do aumento do autismo, ou de quaisquer outras doenças, carece de muitos diagnósticos. Outro cientista, David Warmflash, escreveu para o Projeto de Alfabetização Genética, argumentando que o autismo é genético. Em qual você deve acreditar? Neste prisma, reiteramos que mesmo que a declaração da cientista seja vista como um absurdo, (e talvez seja) é preciso creditar que agrotóxicos só fazem mal à saúde humana e ao meio ambiente.

Apesar das descobertas da cientista ainda estarem em processo de investigação, há famílias com crianças autistas que optaram por mudar sua dieta eliminando todos os agrotóxicos e a maior quantidade de neurotoxinas possível, tendo uma alimentação orgânica. Eles experimentaram resultados incríveis, observando melhorias nos padrões de fala das crianças, habilidades cognitivas e sociais, isso em semanas e não em anos. Esses resultados revelam muitas evidências circunstanciais e dão respaldo às reivindicações de Seneff.

PS – Todas as informações deste artigo foram conferidas pelo Portal Raízes (prós e contras). Compreendemos que vivemos num mundo capitalista, onde o que realmente importa aos governantes é a concentração de renda nas mãos das grandes empresas, laboratórios, bancos, industrias e etc, em detrimento dos direitos das minorias, dos trabalhadores e das famílias das classes médias e baixa. Precisamos nos organizar e com veemência protestarmos contra todos estes malefícios que estão nos empurrando garganta abaixo.

Leia mais: [Estudo] O Glifosato Contribui para o Aumento do Autismo

A Ligação entre a Exposição ao Glifosato e o Autismo

Previsões Mundiais Aterroradoras do Site Deagel.com! O que a Elite Pretende Fazer Conosco até 2025?

Fontes:
Portal Raízes: Agrotóxicos: “Até 2025 Uma Em Cada Duas Crianças Será Autista”, Afirma Cientista
Alliance for Natural Health USA: "Half Of All Children Will Be Autistic By 2025, Warns Senior Research Scientist At MIT.pdf (PDFy mirror)"
Lido em: https://www.anovaordemmundial.com/2019/03/agrotoxicos-ate-2025-uma-em-cada-duas-criancas-sera-autista-afirma-cientista.html

A Exploração do "Menino Drag"

 

Desmond é um artista drag de 11 anos que se tornou um queridinho da mídia tradicional. No entanto, depois que um vídeo dele se apresentando em um “clube gay” para receber dinheiro apareceu na Internet, um lado negro foi exposto. Será que Desmond está sendo explorado?

Desmond Napoles (também conhecido como Desmond is Amazing) é um artista drag de 11 anos que chegou à fama devido às suas aparições na televisão, revistas de moda e eventos relacionados aos LGBT. Ele se tornou um queridinho da mídia quando um vídeo dele dançando em uma parada do orgulho gay (com 8 anos) se tornou viral.

De acordo com seu site oficial, Desmond é um “garoto drag, performer, premiado ativista LGBT, jovem gay, modelo editorial, orador público, fundador de sua própria casa drag, designer de moda, musa e ícone”.

No entanto, apesar desses títulos elevados, muitos consideram que o trabalho de Desmond é abuso infantil e exploração por manipuladores adultos sem escrúpulos. A controvérsia em torno de Desmond chegou a outro nível quando um vídeo dele dançando em uma boate gay por dinheiro surgiu online, provocando um debate amargo na Internet e na mídia.

No centro de tudo isso está uma criança de 11 anos que foi exposta ao mundo drag desde que era um bebê.

Napoles se identifica como gay e afirma que ele se assumiu desde muito cedo. Os pais de Napoles afirmaram que com dois ou três anos de idade, eles entendiam que ele era um “provável gay” e o expuseram a uma variedade de cultura gay, incluindo mostrar a ele performances drag e levá-lo a paradas de orgulho.

Os pais de Napoles afirmaram que ele era "abertamente gay" quando entrou no jardim de infância. A mãe de Napoles relata que ele começou a realizar performances drag quando tinha dois anos quando assistiu RuPaul's Drag Race. De acordo com os pais de Napoles, ele é considerado autista sua atividade drag o ajuda a aliviar os sintomas do distúrbio do autismo. 

Desmond está "se expressando" ou está sendo explorado? Um olhar para sua "carreira" fornece as respostas.

Aqui estão alguns exemplos:

Um Vídeo do YouTube com um assassino condenado

Em 25 de dezembro de 2017, Desmond apareceu em um vídeo no YouTube com Michael Alig...

A maioria das pessoas conhece Michael Alig por um motivo mais obscuro: o horrível assassinato de Angel Melendez em 1996, pelo qual ele cumpriu 17 anos de prisão por homicídio.

Na noite de 17 de março de 1996, Alig e seu colega de quarto, Robert D. "Freeze" Riggs, assassinaram Melendez depois de uma discussão no apartamento de Alig sobre muitas coisas, incluindo uma dívida de drogas de longa data. Alig alegou muitas vezes que estava tão drogado com drogas que a sua memória dos acontecimentos não é clara. 

De acordo com Riggs, ele bateu em Melendez um total de três vezes na cabeça com o martelo. Então Alig pegou um travesseiro e tentou sufocá-lo. Enquanto Melendez estava inconsciente, Riggs foi para a outra sala; quando ele voltou, notou uma seringa quebrada no chão. Riggs alegou que Alig estava derramando "algum produto químico ou limpador" na boca de Melendez, em seguida, passou fita adesiva nele com a ajuda de Riggs. Após a morte de Melendez, Alig e Riggs não sabiam o que fazer com o corpo. Eles inicialmente deixaram na banheira, que eles encheram de gelo. 

Depois de alguns dias, o corpo começou a se decompor e ficou mal cheiroso. Depois de discutir o que fazer com o corpo de Melendez e quem deveria fazê-lo, Riggs foi até a Macy's comprar facas e uma caixa. Em troca de 10 sacos de heroína, Alig concordou em desmembrar o corpo de Melendez. Ele cortou as pernas, colocou-as em um saco de lixo, cortou a cabeça e colocou em outra bolsa, e enfiou o resto em uma caixa. Depois, ele e Riggs jogaram a caixa no rio Hudson. 

Alig foi liberto da prisão em 2014. Três anos depois, ele foi preso por invadir e fumar metanfetamina fora da Suprema Corte do Bronx em fevereiro de 2017. Poucos meses depois, Desmond se senta ao lado dele.

A Mídia Tradicional

2018 foi um grande ano para Desmond, já que ele fez várias aparições na grande mídia.

Desmond foi apresentado no Good Morning America e no Today Show.

Ele também foi destaque em várias revistas de moda (fazendo poses do “um olho”).  Como afirmado em artigos anteriores, o "sinal do um olho" é usado para   representar o controle da elite.

As contas de rede social de Desmond também são cheias de simbolismo. As contas são de propriedade da mãe.

Desmond em um outdoor na Times Squares (abaixo)

Desmond Dançando por Dinheiro

Como se a agenda dele não estivesse cheia o suficiente, Desmond também se apresenta em vários locais por dinheiro. Em dezembro passado, um vídeo de Desmond dançando na boate gay 3 Dollar Bill, no Brooklyn, apareceu na internet e causou indignação. Vestido com um top e maquiagem completa para se parecer com Gwen Stefani, Desmond dançou enquanto homens adultos jogavam dinheiro no palco... não muito diferente de uma stripper.

Desmond coleta dinheiro durante performance em boate gay de Nova York.

A filmagem causou muita controvérsia, já que muitos acharam que nenhuma criança deveria estar se apresentando em uma boate... diante da reação, a mãe de Desmond levou o assunto para a mídia social para justificar a performance.

Como você pode ver, a mãe afirma que está preocupada com o bem-estar da sua criança de 11 anos e que os comentários foram homofóbicos.

Ela ainda questiona...E se fosse uma menina pequena? que estivesse dançando na frente de homens heterossexuais? A indignação provavelmente teria sido dez vezes maior. Em outros posts, a mãe enfatiza o fato de que Desmond é autista, para justificar seu trabalho.

Haus of Amazing  - uma rede social para crianças trans

Recentemente, Desmond também fez notícia por um novo projeto “inovador”: Haus of Amazing, uma rede social na qual crianças drag podem compartilhar e se conectar.

O site diz: “visto que a casa drag é restrita a membros com 20 anos ou menos, os membros podem se comunicar de forma livre e franca com seus pares sem a interferência frequente dos adultos”.

Ao lado uma postagem do IG promovendo a rede social

Existe uma chance de que tal site atraia adultos “amantes de garotos”... porque existem outros “meninos drag” lá fora e seus atos são ainda mais perturbadores. Aqui está um exemplo. 

Queen Lactatia 

Queen Lactatia, um menino canadense de 10 anos chamado Nemis Quinn Mélançon-Golden, também está sendo fortemente promovido na grande mídia. Eu não descreverei sua vida inteira. Você só precisa ver algumas postagens nas mídias sociais para entender que há algo terrivelmente errado acontecendo aqui.

Queen Lactatia posando com o vencedor  do Ru Paul's Drag Race… que está nu

CONCLUSÃO

Apesar de tudo mencionado acima, a grande cobertura da mídia de Desmond Is Amazing é esmagadoramente brilhante. Eu não encontrei uma fonte de mídia que sequer mencionasse algumas das coisas questionáveis associadas ao seu ato. Muito pelo contrário, todos os artigos e reportagens que encontrei celebram a “ferocidade” de Desmond e pintam seus pais como santos. Por que a cobertura em torno dele é tão "orwelliana"?  Desmond não é simplesmente um “menino que gosta de se vestir de drag”.

Desmond está sendo usado pela elite para impulsionar várias agendas, como a confusão de gêneros, a sexualização de crianças e a normalização da pedofilia. Para isso, ele está sendo empurrado para um mundo que deveria ser reservado exclusivamente para adultos que consentem. Qualquer outra coisa é abuso infantil.

(Jomarion... prefiro não comentar!)

Fonte: The Vigilant Citizen

Lido em: https://danizudo.blogspot.com/2019/01/a-exploracao-do-menino-drag-desmond-is.html

Vejam a fala inteligente e equilibrada deste líder russo e depois comparem com Bolsonaro e Trump... sugiro aos leitores que assistam ao documentário “A Vida de Donald Trump”, imperdível, no History2 ou Netflix

 

Rusia ante la ONU: "Es difícil para Occidente aceptar que su dominio en los asuntos mundiales se está desvaneciendo"

Los países "que se han autoproclamado ganadores de la Guerra Fría" no quieren tener en cuenta los intereses legítimos de otras naciones y aceptar las realidades modernas, declaró el canciller ruso, Serguéi Lavrov.

En un discurso dirigido a los líderes mundiales en el marco de la cuarta jornada de la 74.ª sesión de la Asamblea General de las Naciones, este 27 de septiembre, el ministro de Relaciones Exteriores ruso, Serguéi Lavrov, consideró que Occidente no quiere aceptar el hecho de que su dominio en la arena mundial desaparece y el mundo aboga por un régimen multipolar.

"Es difícil para Occidente aceptar que su dominio en los asuntos mundiales, que duró varios siglos, se está desvaneciendo", manifestó el canciller.

Occidente busca revisar las normas del derecho internacional, sustituirlas por reglas ajustadas a sus propios esquemas y proclamarse como fuente indiscutible de la legitimidad (Serguéi Lavrov, ministro de Exteriores de Rusia)

"Han surgido y se están fortaleciendo nuevos centros de crecimiento económico e influencia política", aseveró. "Sin ellos, no se puede encontrar una solución sostenible a los problemas mundiales, que solo pueden abordarse sobre la base sólida de la Carta de la ONU: a través de un equilibrio de intereses de todos los Estados", añadió.

Negados a entenderlo así, "los países que se han autoproclamado ganadores de la Guerra Fría no quieren tener en cuenta los intereses legítimos de todos los demás Estados y aceptar las realidades del curso objetivo de la historia", subrayó el jefe de la diplomacia rusa.

(Jomarion... EUA se autoproclamam vencedores da Guerra Fria – uma sonora mentira – da mesma forma que dizem que “venceram” a II Guerra Mundial – outra mentira - as duas guerras foram sustadas graças aos russos e sua diplomacia, bom senso e inteligência, é bom ouvir “outras narrativas” para melhor compreender o mundo.)

¿Qué busca Occidente?

"Los países occidentales tratan de impedir el desarrollo de un mundo policéntrico", ha reiterado declarado Lavrov en su alocución, acusándoles de imponer normas de conducta basadas en una "interpretación limitada del liberalismo".

"En pocas palabras: 'Nosotros somos los liberales y podemos hacer cualquier cosa'", resumió Lavrov para caracterizar la postura de los países occidentales.

De acuerdo con el jefe de la diplomacia rusa, el propósito de esta actitud de Occidente "es obvio: revisar las normas del derecho internacional, que ya no le interesan a Occidente, y sustituirlas por reglas ajustadas a sus propios esquemas que se elaboran según sus intereses políticos; y proclamar a Occidente, y únicamente a Occidente, como fuente indiscutible de la legitimidad".

Para ahondar en dicha actitud, el ministro ruso ha expuesto cómo los países occidentales manejan el derecho a la autodeterminación.

"Cuando les conviene, el derecho a la autodeterminación de los pueblos es importante, pero sí no, se declara ilegítimo", ha hecho hincapié, denunciando que "para justificar las reglas revisionistas Occidente recurre a la manipulación de conciencia, a la divulgación de información falsa, dobles estándares en el campo de los derechos humanos, supresión de los medios indeseables y prohibiciones para practicar el periodismo".

En este sentido Lavrov ha revelado que "ahora Occidente tiene a 'buenos alumnos' entre sus tutelados en el espacio postsoviético".

Lido em: https://actualidad.rt.com/actualidad/328586-rusia-onu-dificil-occidente-aceptar-dominio-mundial-desvanecerse 1.10.19

Um pouco de História para compreender a crise entra China e Hong Kong

 

História de Hong Kong


Conheça a história de Hong Kong desde a era neolítica até se tornar um dos centros turísticos, industriais, financeiros e comerciais mais importantes do mundo.


Historicamente, a região de Hong Kong está ocupada pelos chineses desde a era neolítica. Inicialmente, eles formavam uma pequena comunidade pesqueira, sendo a zona um refúgio de piratas e contrabandistas de ópio. No século XVII, a região foi testemunha das lutas entre a dinastia Ming e a dinastia Ping, participando da história da própria China.

Hong Kong em guerra 

É depois da “Primeira Guerra do Ópio” que a ilha de Hong Kong ocupa um lugar na história ao ser cedida, em caráter indefinido, pela China à Grã-Bretanha mediante o Tratado de Nanking de 1842. 
Depois da “Segunda Guerra do Ópio” e pela Convenção de Pequim de 1860, foram estabelecidas novas cessões à Grã-Bretanha: parte da península de Kowloon e a ilha de Stonecutters.

A superfície da colônia aumentou significativamente com a incorporação dos
Novos Territórios, parte da península de Kowloon e a Ilha de Lantau, arrendados para a Grã-Bretanha por 99 anos, começando em 1º de julho de 1898 até 30 de junho de 1997.

Depois do estabelecimento da República da China em 1912, Hong Kong se tornou de novo um lugar de asilo para milhares de chineses exilados procedentes do continente. Em 1937, durante a guerra da China com o Japão por Manchúria, se tornou de novo um lugar de asilo para centenas de milhares de chineses deslocados pela invasão japonesa..

Durante a Segunda Guerra Mundial, Hong Kong caiu nas mãos dos japoneses, que a transformaram no centro militar de sua campanha na Ásia. Os britânicos recuperaram Hong Kong em 1945, depois da rendição incondicional do Japão.

A guerra civil entre nacionalistas e comunistas na China trouxe uma nova onda de chineses que se refugiaram no território antes e depois da vitória comunista de 1949.
Nos anos 1950, durante a guerra da Coreia, os Estados Unidos proibiram o comércio com a China comunista, o que prejudicou a atividade comercial de Hong Kong e dificultou seu crescimento econômico.

Crescimento de Hong Kong

A contínua chegada de chineses vindos do continente proporcionou mão-de-obra barata que possibilitou o rápido crescimento de Hong Kong, especialmente da indústria manufatureira.  O consequente desenvolvimento econômico transformou Hong Kong em uma das regiões mais ricas e produtivas da Ásia e, como consequência, durante a década de 1970, aumentou a afluência de refugiados do continente. No início da década de 1980, começaram a chegar grandes quantidades de refugiados do Vietnã.

Em 1982, devido à proximidade do fim do arrendamento britânico sobre os Novos Territórios, tiveram início as conversas entre China e Grã-Bretanha sobre o futuro de Hong Kong. 
Pela Declaração Conjunta assinada pela China e o Reino Unido em 19 de dezembro de 1984 em Pequim, a China prometeu que, sob a política “um país, dois sistemas”, o sistema econômico socialista da China não seria aplicado em Hong Kong, comprometendo-se a respeitar o sistema legal existente em Hong Kong até 50 anos após a transferência da soberania,
o que acontecerá em 2047. A China se encarregaria da política exterior e da defesa do território.

A Lei Básica

Depois de 1997, Hong Kong ganharia uma constituição que seria conhecida como Lei Básica e que seria elaborada por um comitê convocado em Pequem ao qual assistiriam representantes da colônia britânica. 
Em 1989, depois dos acontecimentos de Tiananmen, foram suspensos os trabalhos sobre a nova constituição e a Grã-Bretanha se negou a considerar uma possível renegociação da Declaração Conjunta.

No mês de abril de 1990, o Parlamento chinês aprovou a nova constituição, a chama Lei Básica, que inclusive permitia que algumas vagas no futuro Conselho Legislativo fossem eleitas antes de 1997. 
As relações entre China e Grã-Bretanha por Hong Kong se deterioram durante 1991 devido aos desacordos sobre o financiamento de um novo aeroporto na
Ilha de Lantau, sobre a qual finalmente chegaram a um acordo em novembro de 1994.

Outro motivo de conflito com a China foi dado pelo britânico Chris Patten, naquele momento Governador Britânico em Hong Kong, ao realizar reformas democráticas nos últimos anos da soberania britânica mal vistas pela China comunista. 
Hong Kong também viveu um momento delicado em maio de 1992, quando o governo da região iniciou a repatriação forçosa de todos os refugiados vietnamitas.

Em 1º de julho de 1997, Hong Kong passou à China como Região Administrativa Especial, regime que finalizará em 2047 com a plena integração na China. 
Hoje em dia, Hong Kong é um dos centros turísticos, industriais, financeiros e comerciais mais importantes do mundo, desempenhando o papel de trampolim para o comércio e os investimentos na China continental.

Fonte: https://www.tudosobrehongkong.com/historia

Comentário do Forum “Nova Ordem Mundial”:

A China não destrói países, ela investe e constrói. Veja o que ela vem fazendo na África. Diferente da Babilônia de Apocalipse 18, que sempre destruiu países para explorar, a China investirá 80 bilhões de dólares no Irã em infraestruturas e também comprará o petróleo boicotado.
A China possui uma cultura formidável, um povo muito ordeiro e com uma tradição milenar. A Babilônia de Apocalipse  18, acusada de "anti-comunista" e “rainha da cabala negra, sentada sob a besta” é Israel. A rainha do pornô, a rainha das drogas, a rainha da prostituição, a rainha do aborto, a rainha da mentira, a rainha da magia negra, a rainha da rebeldia. 
Será mesmo que o dragão é a China?
Não tem mais jeito, a ordem e disciplina é a tônica da Ordem Mundial. A China vence com sua ditadura e disciplina em uma época de degeneração e desordem social e moral generalizado. Só punho de aço que resolve mesmo. E os EUA com sua libertinagem e decadência moral agora em diante é só ladeira abaixo. Pegue a pipoca porque daqui por diante tenho certeza que o show vai ser espetácular!
A mão de ferro vence a Liberdade/Libertinagem na época que vivemos.

Lido em:  https://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-mais-um-produto-falsificado-made-in-china-a-democracia-vendida-por-pequim

Barbie sem gênero... mais uma “bizarrice” jogada sobre crianças 

Fabricante da Barbie lança boneca sem gênero nos EUA para “promover inclusão e imaginação”

 

Jomarion... a intenção é implantar, sob pressão, a fajuta “ideologia de gênero” que defende que ninguém nasce homem ou mulher.

Nem menina, nem menino: a Mattel, fabricante das bonescas Barbie, anunciou nesta quarta-feira (25), o lançamento de uma nova gama de bonecas sem gênero. Batizadas de "Creatable World" (mundo criativo), os brinquedos são personalizáveis.

"É uma gama pensada para evitar etiquetas e incluir todo mundo", explica a Mattel em sua conta no Twitter. Segundo a empresa, "no mundo atual, as bonecas devem ser tão ilimitadas quanto as crianças que brincam com elas".

Nos vídeos divulgados pela Mattel, nenhuma das bonecas da nova linha apresenta qualquer elemento sexualmente distintivo, que possa ser associado a meninas ou meninos. É a própria criança que vai escolher se vai querer ou não dar um gênero ao brinquedo, graças aos acessórios: perucas, chapéus, roupas.

Além disso, a empresa também pensou em propor diferentes características, como cores de pele e tipos de cabelo. "Desta forma, todos se sentirão convidados para brincar. A Creatable World é onde deixamos os brinquedos serem brinquedos, para que crianças sejam crianças", explica a Mattel no Twitter. As bonecas serão comercializadas nos Estados Unidos a US$ 29,99 (cerca de R$ 122).

Objetivo é incluir e estimular a imaginação

Em um entrevista ao site da revista Time, o presidente da Mattel, Richard Dickson, justificou o lançamento da linha, descartando que a empresa faça política com seus produtos. "Respeitamos as decisões de cada família sobre suas maneiras de criar seus filhos" afirmou.

(Jô... será mesmo??... sabemos que crianças são empurradas por mídia e propaganda para consumir certos brinquedos “da moda”.) 

Segundo ele, o objetivo da Mattel é promover a inclusão e estimular a imaginação das crianças. "Nossos brinquedos são um suporte para o engajamento em conversas culturais. Mas a conversa é de vocês, não nossa. A opinião é de vocês, não é nossa", salientou.

(Jô... como eles - Mattel -  são bonzinhos e corretos!)

Lido em: https://www.msn.com/pt-br/news/ciencia-e-tecnologia/fabricante-da-barbie-lan-c3-a7a-boneca-sem-g-c3-aanero-nos-eua-para-e2-80-9cpromover-inclus-c3-a3o-e-imagina-c3-a7-c3-a3o-e2-80-9d/ar-AAHPHln

Universidade de Coimbra diz 'não' ao uso de carne bovina nas cantinas e indigna agropecuaristas

 

O reitor da Universidade de Coimbra, em Portugal, anunciou que os refeitórios da instituição vão deixar de servir carne bovina. A declaração foi feita durante a recepção de novos alunos nesta terça-feira (17) e gera polêmica em Portugal.

A medida faz parte de um conjunto de ações para que, até 2030, a Universidade de Coimbra se torne a primeira instituição portuguesa neutra nas emissões de gás carbônico. "O primeiro passo será dado já em janeiro de 2020, com a eliminação total da aquisição e consumo de carne de vaca na nossa oferta alimentar nas cantinas universitárias", declarou o reitor Amílcar Falcão.

A Universidade de Coimbra tem 14 refeitórios que consomem, por ano, 20 toneladas de carne bovina. Segundo o reitor, o produto vai ser substituído "por outros nutrientes que irão ser estudados, mas que será também uma forma de diminuir aquela que é a fonte de maior produção de CO2 que existe ao nível da produção de carne animal".

Indignação do setor agropecuário

A medida não foi bem recebida pelo setor agropecuário nacional. Em comunicado enviado à Sputnik Brasil, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) se diz "perplexa" com a notícia.

"A anunciada imposição, que privará alunos, professores e funcionários, de um elemento que faz parte da dieta alimentar portuguesa e mediterrânica, é uma limitação à sua liberdade de escolha e contribui para confundir os portugueses, porque é alarmista e assenta em pressupostos infundados", lê-se na nota.

A entidade reconhece que as atuais emergências climáticas devem ser consideradas, mas afirma que a decisão da Universidade de Coimbra tem base em "alarmismos incompreensíveis".

"O esforço de descarbonização faz-se com a Agricultura e com os Agricultores e não contra a Agricultura e contra os Agricultores. As pastagens biodiversas fixam mais toneladas de CO2 do que aquelas que são emitidas, ou seja, há um balanço positivo, que será tão mais positivo quanto mais produzirmos em território nacional com o nosso tradicional tipo de produção", afirma a CAP na nota.

Outras entidades do setor, como a Confederação Nacional de Agricultura e Associação dos Produtores de Leite de Portugal, também se manifestaram publicamente contra a medida. A Associação Académica de Coimbra, que representa os estudantes, apoiou a decisão do reitor.

Alarme das Nações Unidas

Dados da ONU apontam que a criação de gado é responsável por 18% das emissões de gases de efeito estufa em todo o mundo e as previsões são de aumento caso o modelo atual de agricultura não seja revisto. Até 2050, a Fundação das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) estima um crescimento de 70% na produção de carne global.

'Universidade mais brasileira fora do Brasil'

Fundada em 1290, a Universidade de Coimbra é a nona mais antiga do mundo e tem renome internacional. Patrimônio Mundial da Unesco desde 2013, foi a primeira instituição portuguesa a aderir ao programa Enem Portugal, em 2014, que aceita a nota do Exame Nacional do Ensino Médio para o ingresso de brasileiros. Atualmente, é considerada a "universidade mais brasileira fora do Brasil", com mais de dois mil estudantes do país matriculados.

Lido em: https://br.sputniknews.com/europa/2019091914532776-universidade-de-coimbra-diz-nao-ao-uso-de-carne-bovina-nas-cantinas-e-indigna-agropecuaristas/

Jair Bolsonaro libera mais 63 agrotóxicos; 15 extremamente tóxicos

 

Não satisfeito em quebrar todos os recordes em liberação de agrotóxicos, Jair Bolsonaro autoriza nova remessa com 63, dos quais 15 são extremamente tóxicos. Sete são inéditos no país que já liberou 353 venenos em menos de nove meses

A Coordenação-Geral de Agrotóxicos e Afins do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento publicou nesta terça-feira (17) no Diário Oficial da União nova remessa com 63 agrotóxicos liberados para venda no país.

Agora são 353 em menos de nove meses, os venenos autorizados desde o início do governo de Jair Bolsonaro (PSL). O país líder mundial no consumo desses produtos vai se tornando também o paraíso para fabricantes, importadores e exportadores.

Da lista publicada hoje, sete substâncias classificadas como extremamente tóxicas são princípio-ativo de 15 produtos liberados. Entre eles estão o sulfoxaflor e imazapir, um dos responsáveis pela mortandade de abelhas no Brasil e em todo o mundo.

Há quatro princípios altamente tóxicos em 10 novas liberações, como o clorfenapir, banido no Reino Unido, e o Fipronil, que não foi aprovado nem nos Estados Unidos nem pelos britânicos. O produto está entre os mais nocivos às abelhas, tanto que o Ministério Público do Rio Grande do Sul pediu à Justiça a sua suspensão do cadastro estadual de agrotóxicos.

E sete substâncias medianamente tóxicas compõem 22 novos itens do portfólio cada vez mais variado da indústria de agrotóxicos. Entre eles o clorpirifós. Proibido em diversos países, como Arábia Saudita, que anunciou hoje acordo de importação de frutas e castanhas do Brasil, é muito usado em lavouras de frutas cítricas.

Segundo o Ministério da Agricultura, a ampla maioria dos produtos registrados já tiveram a patente expirada. E esses genéricos “aumentam a concorrência no mercado e diminuem o preço, caindo o custo de produção”.

O problema é que quanto mais barato, maior o consumo. Além disso, as maiores lavouras – soja, milho, algodão, eucalipto – são à base de plantas geneticamente modificadas para resistir a maiores doses de venenos agrícolas.

A farra dos agrotóxicos no Brasil tem motivado diversas ações de boicote aos produtos brasileiros. É o caso de supermercadistas da Suécia.

Em janeiro, a Rússia havia imposto ao Ministério da Agricultura uma condição para continuar comprando a soja brasileira: reduzir o uso desses produtos.

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/09/jair-bolsonaro-libera-agrotoxicos.html

Mais uma premiação “exdrúxula” cheia de satanismo, drags, mulheres decaidas e principalmente um “público alienado” apoiando. 

VMA 2019: Não foi sobre Música... foi sobre Promover Narrativas

(Blog Vigilante Citizen)

Pirâmide Latina...  “Esta mensagem foi trazida a você pela elite. Suba os degraus da nossa pirâmide e alcance a elite oculta."

Quase tudo o que aconteceu no VMA 2019 estava ligado a algum tipo de agenda sendo impulsionada pela mídia de massa. Aqui está uma análise do que realmente aconteceu no VMA deste ano.

Assistir a cerimônias de premiações é um ato de auto-sacrifício que faço algumas vezes por ano em benefício dos fiéis leitores deste site. Embora eu não goste de ficar sentado assistindo a horas intermináveis​​ de lixo na televisão, acredito que é crucial relatar as mensagens que estão sendo promovidas por toda parte.

Porque, embora a maioria das fontes de mídia concentre sua "cobertura" em itens aleatórios, como o vestido de Cardi B, há muito mais acontecendo durante esses programas. E os jovens que os assistem absorvem o que está acontecendo da mesma maneira que uma esponja nova absorve a água suja e fedorenta de uma pia de cozinha desagradável. E, sim, nessa bela metáfora, a água suja e fedorenta representa a implacável agenda social da elite.

Desde 2010, temos analisado as cerimônias de premiação, principalmente no que tange ao simbolismo oculto encontrado nas apresentações musicais. No entanto, nos últimos anos, a propaganda da elite oculta mudou, transformou-se e evoluiu. Atualmente, trata-se menos de expor os espectadores ao simbolismo oculto, e mais em ditar diretamente o que os espectadores devem estar pensando e quais atitudes devem adotar.

O VMA 2019 definitivamente não foi uma exceção. Tudo foi orquestrado para se concentrar em tópicos sociais específicos - todos alinhados com a agenda da elite. O principal deles é a "diversidade". Como você pode ver, coloquei a palavra entre aspas, porque o que está sendo promovido é exatamente o oposto de diversidade. Em vez de celebrar a todos, a mídia agora seleciona cuidadosamente quem tem o direito de ser celebrado, enquanto evita todos os outros. Trata-se de reduzir as pessoas a um único rótulo e tratá-las de acordo com esse rótulo.

Em vez de ver as pessoas como seres humanos completos, a sociedade "acordada" apenas vê as pessoas como negras, latinas, gays ou qualquer outra coisa.

Essa tendência insuportável de "sinalização de virtude" extrema vem ocorrendo há anos e muitas pessoas estão cansadas disso. O resultado: o programa obteve a audiência mais baixa da história do VMA. Um total de 1,93 milhão de espectadores assistiram ao show - uma queda de 14% em relação ao ano passado (que já era o mais baixo de todos os tempos).

A primeira apresentação do VMA ilustrou perfeitamente a nova agenda.

Taylor Swift Precisa Se Acalmar

Se você leu outros artigos neste site, já sabe que Taylor Swift é uma peoa definitiva da indústria. Exatamente há 10 anos atrás, o VMA 2009 focou fortemente nela, quando a iniciaram ritualisticamente na indústria. Desde então, ela fez tudo que for necessário para permanecer nas boas graças da indústria. Há um ano, Swift fez o que tinha que fazer: renunciou a sua neutralidade política para abraçar completamente a agenda de "despertar" da elite. Coloquei a palavra "despertar" entre aspas, porque é exatamente o oposto de estar desperto.

Este ano, todo sua performance foi sobre ser "pró-LGBT" (mesmo que ela não seja gay). E o jeito que ela está fazendo isso é tão exagerado que cheira a falta de sinceridade. Mais precisamente, cheira a uma artista sendo usada para promover uma agenda.

Taylor Swift apresentou "You Need to Calm Down", uma música que foi criada exclusivamente para ser parte da agenda. A performance foi tão ridiculamente exagerada que até incomodou os gays, que não gostaram de ser usados ​​para uma manobra de marketing e de serem retratados de maneira tão caricatural e estereotipada. No entanto, Swift está em uma onda de "sinalização de virtude", e nada a impedirá de "sinalizar mais virtude" do que todo mundo na indústria.

Como esperado, a performance (e todo o VMA) esteve repleta de pessoas trans e drag queens de todas as formas e tamanhos.

No meu vídeo sobre o Eurovision 2019, destaquei a super-representação maciça de drag queens ao longo do show. Nada disso é aleatório, ela faz parte da agenda de "confusão de gênero" que foi identificada neste site há anos. E continua se intensificando.

Como se estivesse exemplificando o objetivo final dessa agenda, John Travolta, de maneira estranha e confusa, deu um troféu  por engano à rainha drag Jade Jolie, ao invés de Taylor Swift. (???)

A performance de Taylor Swift em "You Need to Calm Down" terminou com uma mensagem política específica. “Lei da Igualdade”.

Mais tarde, durante seu discurso ao  receber o prêmio “Vídeo do Ano”, Taylor Swift alertou a Casa Branca sobre a Lei da Igualdade.

O que é exatamente isso que está sendo promovido na MTV por uma famosa estrela pop? Bem, apesar do que Taylor Swift disse, a Lei da Igualdade não se trata de "tratar as pessoas da mesma forma". É uma legislação agressiva que exige uma transformação profunda do sistema de justiça e uma redefinição radical dos conceitos centrais da sociedade. Aqui está uma explicação de suas profundas implicações.

Primeiro, a Lei da Igualdade faz muito mais do que apenas tornar as pessoas iguais. Acrescenta orientação sexual e identidade de gênero ao Título VII da Lei dos Direitos Civis, consagrando proteções completas sob a lei e atropelando o direito à liberdade religiosa consagrado na Primeira Emenda. Em casos de reivindicações de direitos concorrentes, a Lei da Igualdade determina que as minorias sexuais e de gênero ganhem por padrão, quando os padrões atuais da Lei de Restauração da Liberdade Religiosa permitem a ponderação de ambos os lados. Isso não torna as pessoas gays e transgêneras iguais - eleva seus direitos sobre os das minorias religiosas.

E as redefinições radicais da Lei da Igualdade não param por aí. Também redefine o sexo - não o gênero - sob a lei como sujeito à auto-identificação. Muitos americanos, provavelmente incluindo fãs de Swift de diferentes origens políticas, simplesmente não se sentem à vontade para erradicar o sexo biológico sob a lei, e isso não os torna oponentes malignos da igualdade. 
(Brad Polumbo, Taylor Swift’s VMA virtue-signaling wildly distorts the Equality Act)

Se Taylor Swift realmente se importasse com as pessoas, a igualdade ou o que quer que seja, provavelmente não teria saído com monstros famosos da indústria (Harvey Weinstein)

French Montana Fala Sobre Imigração

Rapper French Montana e a atriz Alison Brie

Quando French Montana chegou ao microfone para apresentar o prêmio de melhor vídeo latino, ele começou com uma declaração profunda:  "Posso fazer um hhaaaaann?Então, sem nenhuma razão, ele começou a falar sobre imigração. Ele provavelmente foi convidado a fazê-lo.

"Estou tão orgulhoso de pronunciar esse prêmio porque, como imigrante **aplausos**, sinto que somos as pessoas que fazem este país e sinto que quero ser uma voz".

Então Alison Brie mergulha na política:  "O que está acontecendo com os imigrantes neste país é inconstitucional e francamente nojento."

Então, mais uma vez, a premiação foi sequestrada para impulsionar uma agenda específica. Desta vez, trata-se de reunir (e propositadamente confundir) imigração legal com imigração ilegal maciça. Essa mistura é feita de propósito. Ela permite que a mídia chame qualquer pessoa que seja contra a agenda da elite de fronteiras abertas como racista.

Montana então continua com mais desinformação:  "Esses indicados, e a maioria deles também são imigrantes, estão liderando o maior movimento da música, confira."

Aqui, Montana parece estar confundindo ser latino com ser imigrante. Nem todos os latinos são imigrantes. Os indicados Bad Bunny e Daddy Yankee são porto-riquenhos e ainda vivem lá. Maluma é colombiano. Benny Blanco é um judeu da Virgínia. A vencedora do prêmio, Rosalia, é de Barcelona, ​​Espanha. Ela nem é latina, é européia. Nenhum deles imigrou para os EUA ou para qualquer outro lugar.

Li Nas X

Li Nas X lançou independentemente um vídeo de "Old Town Road" em seu canal no YouTube com imagens de "Red Dead Redemption II", um videogame popular sobre cowboys que parece ser a inspiração por trás da música. Quando a música se tornou viral, rapidamente assinou com a Columbia Records. A agenda da elite acelerou rapidamente depois. Li Nas se assumiu gay, o que acrescentou uma dimensão LGBT completa à sua história. Então, ele foi ao VMA.

Para receber seu primeiro prêmio de todos, Lil Nas X estava vestindo um terno de cowboy vermelho (cor de iniciação e sacrifício). Nas costas: um olho que tudo vê dentro de um triângulo, o símbolo da elite oculta.

Jonathan Van Ness

 Logo após a performance de Lil Nas X, o apresentador do Queer Eye, Jonathan Van Ness, apresentou o prêmio "Video for Good" - uma categoria que é exclusivamente dedicada à sinalização da virtude. Por quê? Porque, em suas palavras: "É 2019 e não se importar não é algo bonito!" Por trás dessa frase estranha está uma ameaça velada: ou você adota a agenda ou está fora do setor. É claro que Taylor Swift ganhou o prêmio pelo seu vídeo "You Need to Calm Down". Tudo nessa premiação foi elaborado para celebrar Taylor Swift e sua música.

A Narrativa de Miley Cyrus

A filha do maior sucesso de vendas da história da música country se apresentou no VMA. Por que ela estava lá? Foi por suas canções pioneiras e inovadoras? Claro que não. É porque há toda uma narrativa em torno dela ultimamente. Miley tocou "Slide Away", que é uma música sobre terminar. Coincidentemente, Miley Cyrus está no meio de um divórcio muito divulgado com o ator Liam Hemsworth. Agora, ela está em um relacionamento publicamente divulgado com a blogueira Kaitlynn Carter.

Miley Cyrus e Kaitlynn Carter  de mãos dadas após o VMA.

Embora nenhum desses fatos seja particularmente interessante ou relevante para alguém, a mídia de massa fez questão de divulgar tudo sobre esse relacionamento. Por quê? Porque há uma narrativa por trás disso.

Conclusão

O VMA 2019 foi difícil de assistir. O show era tão previsível e a agenda era tão óbvia que equivalia a assistir a um anúncio político que dura três horas. Não há nada de inovador ou rebelde nas mensagens enviadas: a mesma agenda exata agora pode ser encontrada em todas as premiações em todo o mundo. Por quê? Porque existe uma fonte centralizada de poder que dá as ordens e decide quais mensagens precisam ser promovidas para os jovens.

No entanto, a indústria do entretenimento está tão desconectada dos interesses e das preocupações do público em geral que alienou com êxito a maior parte de sua audiência. Ao transformar “entretenimento” em “propaganda” direta, a elite forçou muitas pessoas a perceber que seus ídolos e heróis são realmente escravos promovendo lixo tóxico. Eles criaram uma cultura de "sinalização de virtude" hipócrita, do politicamente correto opressivo e da censura generalizada. Enquanto eles acreditam que estão mudando o mundo, o mundo está realmente... mudando de canal.

The Vigilant Citizen

Ler na integra esta materia em:  https://danizudo.blogspot.com/2019/08/vma-2019-nao-foi-sobre-musica-foi-sobre.html

Aqui a verdade do ataque às refinarias da Arábia Saudita (com o consentimento dela)... desligue a mídia... só fakes e manipulação!

Motivo verdadeiro...  Evitar a falência dos EUA aumentando o preço do petróleo, forçando países como a China a comprar petróleo dos EUA... e... enganar as forças armadas iranianas e americanas para iniciar uma Terceira Guerra Mundial, dando início ao "Armageddon" e abrindo o caminho para Jared Kushner (o 666)  como o “Messias”.

BENJAMIN FULFORD - "ATUALIZAÇÃO SEMANAL" 16.9.19

MÁFIA KHAZARIANA TOMA ÚLTIMO IMPULSO PARA O FALSO ARMAGEDOM COM “ATAQUE DO IRÔ À ARÁBIA SAUDITA

A máfia khazariana, confrontada com a iminente falência da Washington DC Corporation, encenou um “ataque” contra a produção de petróleo da Arábia Saudita, numa desesperada tentativa de iniciar sua tão planejada Terceira Guerra Mundial, concordaram várias fontes.

O ataque teria um duplo objetivo:   1. Evitar a falência dos EUA aumentando o preço do petróleo, forçando países como a China a comprar petróleo dos EUA...  2. Enganar as forças armadas iranianas e americanas para iniciar uma Terceira Guerra Mundial, dando início ao "Armageddon" e abrindo o caminho para Jared Kushner como  “Messias”.

A primeira coisa a se entender é que o “Líder Supremo” do Irã, Ali Khamenei e o Presidente dos EUA Donald Trump são funcionários da família Rothschild (Escudos Vermelhos satânicos ).

Aqueles de vocês que ainda estão bebendo o Kool-Aid da mídia corporativa, por favor, façam uma verificação independente dos fatos. Muitos de vocês sabem que é uma questão de conhecimento público que toda vez que Donald Trump falhou como empresário, foi salvo pelos Rothschilds. Por acaso, vocês sabiam que o aiatolá Khomeini, líder da revolução iraniana, na verdade era de origem britânico-indiana e filho de um funcionário da British Petroleum? Que BP de propriedade de Rothschild, então, era conhecida como Anglo-Iranian Oil? 

Aqui está o que um dissidente iraniano tem a dizer sobre o sucessor de Khomeini: “Todos os iranianos conhecem e odeiam Ali Rothschild (Khamenei)”.  Então, agora, temos o Presidente Trump, escravo de Rothschild, tuitando que: “A produção de petróleo da Arábia Saudita foi atacada. Há razões para acreditar que conhecemos o culpado, estão bloqueados e incriminados, com base na verificação”.

Depois, temos um líder iraniano, escravo de Rothschild, Khamenei, ordenando ao comandante da Guarda Republicana, Amir Ali Hajizadeh que diga que o Irã estava “pronto para uma guerra de pleno direito” e ameace que “as bases militares e porta-aviões dos EUA, que estão estacionados a 1.243 milhas ao redor Irã, estavam ao alcance dos mísseis iranianos”.

Parece  também que os principais líderes iranianos e norte-americanos estão em campanha pela reeleição, em 17 de Setembro do criminoso de guerra e assassino em massa, Benjamin Netanyahu, antes que o povo judeu acorde e o coloque na cadeia, lugar onde deveria estar.

Muitos membros da comunidade militar/de inteligência dos EUA ainda se apegam à esperança de que Trump esteja apenas seguindo os Sionistas como parte de um plano elaborado para removê-los do controle dos EUA.

Fontes do Pentágono dizem que Trump “estabeleceu Bibi [Netanyahu] para derrotá-lo com um tratado de defesa mútua”. As fontes dizem que “o controverso tratado de defesa mútua com Israel é contestado pelas Forças de defesa israelenses e pelo Departamento de Defesa dos EUA e pode nunca ser ratificado pelo Senado, uma vez que nem mesmo  a lei sobre os direitos do mar da ONU seria tratado, 34 senadores são suficientes para bloqueá-lo”

Além disso, “mesmo que ratificado, Israel não pode implementá-lo, porque os militares dos EUA não derramarão nem uma gota de sangue pelos Sionistas, quando estiverem cercados por mísseis S400, bombas nucleares submarinas, mísseis e drones avançados da Rússia, Irã e Hezbollah”, dizem as fontes.

Na semana passada, o ministro criminoso israelense, Netanyahu, visitou a Rússia em nome de seus chefes Rothschild, na esperança de obter apoio para os ataques israelenses contra o Irã. Em vez disso, o Presidente russo Vladimir Putin “leu para ele a lei anti-motim”  e ameaçou abater qualquer aeronave israelense atacante, dizem as fontes do Pentágono.

Em vez disso, escreve Gordon Duff do Veterans Today (que tem amplos contatos com as forças aéreas dos EUA), realmente, foram os israelenses que atacaram a Arábia Saudita na tentativa de culpar o Irã.

Apesar de tudo isso, algumas de nossas fontes do Pentágono ainda parecem ter esperança de que Trump esteja trabalhando secretamente contra os Sionistas, mesmo que pretenda se dar bem com tudo o que eles querem. Dizem que Trump enviou “um aviso ameaçador a Israel, demitindo John Bolton, na véspera do 11 de Setembro e expondo a espionagem israelense na Casa Branca e no Congresso”. A negação pública de Trump da espionagem israelense foi apenas uma cobertura, parece acreditar a fonte. 

De qualquer forma, fontes do Pentágono dizem que a demissão de Bolton e uma vitória de Houthi sobre a Arábia Saudita “pode levar” a numa reunião “produtiva” entre Trump e o presidente iraniano Hassan Rouhani, na reunião da Assembleia Geral da ONU a ser realizada no dia 17 de Setembro. Trump “pode ser forçado a suspender as sanções ao Irã com o petróleo saudita offline para conseguir um encontro com Khamenei”, acrescentou a fonte. 

Além disso, o líder fantoche israelense “Mohammed bin Salman pode ser deposto, depois que os Sauditas foram derrotados com o ataque às instalações de petróleo perto de Riade”, disse a fonte. Isso “deve eliminar o IPO da Aramco, enquanto expõe os mísseis de defesa aérea Patriot como inúteis, desferindo um duro golpe na Raytheon e no Complexo Industrial Militar”, acrescenta. 

De qualquer forma, o ataque, aparentemente exagerado, às instalações petrolíferas Sauditas oferece benefícios de curto prazo para o governo corporativo dos EUA. Trump tuitou, “Autorizei a liberação de petróleo da Reserva Estratégica de Petróleo, se necessário, numa quantidade a ser determinada suficiente para manter os mercados bem abastecidos. Também informei todas as agências apropriadas para acelerar as aprovações dos oleodutos atualmente em processo de licenciamento no Texas e em outros Estados. 

Traduzindo: “Evitaremos a falência em 30 de Setembro vendendo mais petróleo”. .

Num sinal que esta medida foi planejada com antecedência, fontes da Sociedade Secreta Asiática e do CSIS, nos dizem que os ex-primeiros-ministros japoneses Junichiro Koizumi e Yasuhiro Nakasone foram presos, como relatado em 02 de Setembro, por agentes que trabalhavam para um servo dos Rothschilds, Michael Greenberg. Foram liberados depois de prometerem fazer lobby contra a energia nuclear e pressionar o Japão a comprar mais petróleo da Corporação dos EUA, dizem as fontes. 

Estes esforços para evitar a falência acontecem, na medida em que a Commonwealth Britânica, os chineses, os russos e a maioria do resto do mundo estão tentando convencer o Complexo Industrial Militar dos EUA a permitir que o governo corporativo dos EUA fracasse. 

A Corporação dos EUA, que tomou o lugar da República dos Estados Unidos da América em 1871, tem sido um desastre para o povo americano, especialmente nos últimos anos. Para 90% dos americanos, os padrões de vida reais vêm caindo desde 1972; os EUA têm a maior taxa de encarceramento em prisões do mundo; as despesas médicas são as mais altas do mundo, mesmo com a queda da expectativa de vida; os padrões de educação são sombrios e os fanáticos sionistas controlam um Congresso que 90% dos americanos não apoiam.

O plano em discussão é substituir a Corporação dos EUA por um Estados Unidos Democrático da América do Norte. Nesse plano, a elite invicta das Forças Armadas do Canadá se juntaria com as Forças Armadas dos EUA. Enquanto isso, os americanos obteriam uma boa governança, melhores cuidados de saúde, padrões de vida mais elevados, menores taxas de criminalidade, etc.

Para aqueles que pensam que Trump ainda é seu salvador, pensem no seguinte. Atualmente existem mais de 120.000 acusações seladas, todavia, Trump está impedindo que elas sejam abertas; a verdade do 11 de Setembro não foi revelada como havia prometido; “QAnon” foi encerrado e o genro de Trump Jared Kushner fica na“666 Fifth Avenue”. Fontes do Pentágono acrescentam que Trump está fazendo tudo ao seu alcance para interromper os tribunais militares e encobrir as revelações sobre Jeffrey Epstein.

Realmente, esperamos que Trump esteja apenas brincando com os Sionistas como muitos acreditam, mas até agora suas ações mostram o contrário. Por favor, puxem o plugue e salvem a América dos loucos fanáticos messiânicos que tomaram o poder. 

De qualquer forma, mesmo que o governo corporativo dos EUA consiga chutar a lata um pouco mais adiante, ele está matematicamente condenado. O lendário investidor Jim Rogers, falando na semana passada no Foreign Correspondents Club of Japan, prevê que o atual sistema financeiro “entrará em colapso nos próximos 2 a 3 anos” e que o Federal Reserve Board dos EUA “desaparecerá”. 

Como a maioria dos financiadores veteranos, Rogers sabe que o atual sistema de taxas de juros negativas serve para injetar dinheiro nas empresas zumbis... Conforme apontado pelo Bank of America, os ativos financeiros dos EUA estão avaliados bem acima de cinco vezes o PIB. Em outras palavras, os ativos teriam de cair 80% em valor para se adaptarem à economia real. Rogers, que nasceu em 1942, espera “o pior [colapso do mercado] da sua vida”.  Se o Complexo Industrial Militar dos EUA não for acompanhado com uma falência ordenada do Capítulo 11 e pelo reinício do governo dos EUA, haverá caos. “Muitos governos  entrarão em colapso e desaparecerão”, prevê Rogers. 

Em vez de anarquia, seria melhor reiniciar o sistema financeiro mundial começando com um jubileu e uma campanha de vários trilhões de dólares para acabar com a pobreza e interromper a destruição ambiental. Os chineses, a Commonwealth Britânica, os russos, o Vaticano e muitos outros apoiam este plano. São apenas os fanáticos Sionistas messiânicos e delirantes que estão fazendo tudo o que podem para evitar que isso aconteça. E ainda querem matar 90% da população mundial e escravizar o resto. 

Os militares dos EUA devem prender Jared Kushner e colocá-lo sob vigilância. Garanto que não demorará muito até que ele mostre sinais de possessão satânica. Também deveriam ler o ato de motim para Trump.  Numa nota final, nossas fontes russas dizem que estão verificando porque nos enviaram uma foto da atriz americana Janet Leigh como sendo a avó de Melania Trump, insistindo que era a Tenente Olga Orlif do Exército Soviético.

Autor: Benjamin Fulford 

Lido em: https://www.sementesdasestrelas.com.br/2019/09/benjamin-fulford-atualizacao-semanal_18.html

O agrotóxico que matou 50 milhões de abelhas em Santa Catarina em um só mês

 

Uma investigação em Santa Catarina revelou que cerca de 50 milhões de abelhas morreram envenenadas por agrotóxicos em janeiro deste ano.  Os testes - pagos com recursos do Ministério Público estadual - mostraram que a principal causa foi o uso do inseticida fipronil, usado em lavouras de soja na região.

A substância foi proibida em países como Vietnã, Uruguai e África do Sul após pesquisas comprovarem que ela é letal para as abelhas.  Santa Catarina é o maior exportador de mel do Brasil e tem 99% de sua produção certificada como orgânica. Os produtores temem que a mortandade gere dúvidas sobre a qualidade do mel catarinense e abale seus negócios. Ao inspecionar seus apiários, em janeiro, produtores do Planalto Norte catarinense - região onde as florestas nativas vêm perdendo espaço para o eucalipto - encontraram as abelhas dizimadas.

Entre os dias 22 e 31 de janeiro, a Cidasc (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina), órgão do governo do Estado, coletou amostras de abelhas mortas nas duas cidades mais afetadas, Major Vieira e Rio Negrinho, e as enviou ao Ministério Público. As amostras também foram mandadas a um laboratório em Piracicaba (SP).

Os exames encontraram três agrotóxicos: o fungicida trifloxistrobina, o inseticida triflumuron, ambos fabricados pela Bayer, e, em maior quantidade, o inseticida fipronil, introduzido no país pela Basf — que deteve a patente do princípio ativo até 2008. "O impacto desses agrotóxicos é que eles são letais para as abelhas, agem diretamente no sistema nervoso central. As que não morrem durante o voo retornam adoecidas e contaminam toda a colmeia", explica o agrônomo Rubens Onofre Nodari, professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Os três agrotóxicos encontrados no laudo são classificados pelo Ministério da Saúde como classe dois, que significa "altamente tóxico". A classificação varia de um, "extremamente tóxico", a quatro, "pouco tóxico". Apesar disso, o Brasil os libera para uso em lavouras.

"O Brasil anda em marcha à ré em comparação ao resto do mundo. Substâncias que provocam mortes em animais e pessoas continuam no mercado. Sem contar que, somente neste ano, de janeiro a agosto, foram liberados 290 novos agrotóxicos. 40% desses venenos são proibidos em outros países", diz a promotora Greicia Malheiros, que preside o Fórum de Combate aos Agrotóxicos e Transgênicos, órgão integrado por 80 instituições públicas e privadas.

Nos últimos três anos, foram liberados 1.587 agrotóxicos no país. De acordo com a Anvisa, 40% dessas substâncias estão classificadas como extremamente ou altamente tóxicas.  De 1990 até 2016, o consumo nacional de agrotóxicos cresceu em 770%, segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), sendo que a área agrícola do país cresceu somente 48%.

Floração da soja

O fipronil é bastante utilizado nas lavouras para matar insetos como o bicudo e costuma ser pulverizado por aviões monomotores, o que é proibido. Ele também é aplicado na terra, antes do plantio, e nas sementes.  Segundo a Cidasc, os venenos foram pulverizados durante o período de floração da soja, quando há uma recomendação para que os produtores utilizem o bom senso e não envenenem as flores, pois haverá visita de polinizadores. Não há proibição ao uso, entretanto.

O professor Nodari, da UFSC, diz que as primeiras abelhas a morrer são as "operárias mais experientes que saem de manhã para vasculhar o território e procurar flores".  "Quando encontram néctar, elas voltam para a colmeia e com uma dança comunicam a direção e a distância das flores. A flor de soja não é a preferida das abelhas, mas, com o desmatamento e a monocultura, elas têm cada vez menos opções", disse.

Quase meio bilhão de mortes

Segundo a Repórter Brasil e a Agência Pública, o fipronil e neonicotinoides (inseticidas derivados de nicotina) foram responsáveis pela morte de 400 milhões de abelhas no Rio Grande do Sul, 45 milhões no Mato Grosso do Sul e 7 milhões em São Paulo entre o Natal de 2018 e fevereiro deste ano.

Os laudos foram feitos pelas secretarias de Agricultura dos Estados com apoio de universidades. Os estudos mostraram que 80% das abelhas mortas tinham essas substâncias no organismo.  "A questão pode ser ainda mais preocupante se considerarmos que, nesse cálculo de quase meio bilhão de abelhas mortas no Brasil em um curto período de três meses, as abelhas silvestres sequer entraram na conta", disse o professor Nodari.

Sumiço das abelhas

Outro fenômeno que tem preocupado biólogos no Brasil e no exterior é o desaparecimento de abelhas operárias, que deixam para trás a colônia e sua rainha com muitas crias famintas. O sumiço tem vários nomes populares, como doença de maio, colapso de outono e síndrome do ácaro vampiro.  Nos EUA, pesquisadores o chamam de CCD (Colony Collapse Disorder), uma desordem no sistema de navegação das abelhas provocada por agrotóxicos, que faz com que elas se percam.

Os EUA têm amplas pesquisas sobre o assunto, porque perderam 50% das abelhas em meio século, o que tem relação direta com o fipronil e os neonicotinoides.

No Brasil, o CCD foi registrado pela primeira vez na região de Altinópolis (SP) entre agosto e setembro de 2008. A região tem intensa produção de cana-de-açúcar com uso de neonicotinoides e fipronil.

Mel contaminado

De acordo com a Faasc (Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina), a mortandade atingiu mais de 200 apicultores, cujo mel é quase todo exportado para Alemanha e Estados Unidos. Apenas 10% da produção ficam no Brasil.

O presidente da Faasc, Ênio Cesconetto, afirmou que os produtores têm receio de que esse episódio possa repercutir e cancelar o registro do mel como orgânico, o que afetaria as exportações. Santa Catarina está negociando para exportar mel para o Canadá.  "Não podemos correr o risco de exportar mel contaminado", disse Cesconetto. Anualmente, são produzidas oito mil toneladas de mel em Santa Catarina.

"Este episódio não afeta o mercado do mel catarinense, que é considerado um dos melhores do mundo, visto que a quantidade não representa impacto na produção estadual, porém expõe a problemática da utilização indiscriminada e feita de forma incorreta de agrotóxicos", diz Ivanir Cella, chefe da divisão de estudos apícolas da Epagri, vice-presidente da Confederação Brasileira de Apicultura e Meliponicultura e vice-presidente da Federação das Associações de apicultores e meliponicultores de Santa Catarina.

Queda na produção agrícola

Mortes de abelhas, principais polinizadoras da natureza, não afetam somente a cadeia do mel, diz o agrônomo Rubens Onofre Nodari, da UFSC.  "Sem a polinização das abelhas, a produção agrícola sofreria uma redução dramática, num diagnóstico conservador de 30% a 40%, mas há correntes de pesquisadores que falam em 73%, o que poderia gerar, inclusive, guerras por alimentos", disse.

Ainda não houve pesquisas sobre a redução na produção agrícola de Santa Catarina por causa da mortandade de abelhas. Mas sabe-se que, sem elas, não haveria maçãs — importante cultura da região serrana, responsável pela segunda maior produção do país.  Em Sichuan, na China, as abelhas desapareceram. A polinização é feita por trabalhadores, os "homens-abelhas". Eles sobem em árvores com uma pena de pássaro cheia de pólen para tocar as flores uma por vez.

O desaparecimento das abelhas na região, ocorrido há cerca de 20 anos, se deveu ao uso excessivo de agrotóxicos do tipo neonicotinoides.  Segundo o projeto Polinizadores do Brasil, 30% do valor anual da produção agrícola no nosso país dependem de polinizadores. Caso o serviço de polinização fosse pago, custaria em torno de US$ 12 bilhões por ano.

Fipronil entrou no Brasil em 1994

De acordo com Dayson Castilhos, doutor pelo Departamento de Ciências Animais da Universidade Federal Rural do Semi-Árido com pesquisa sobre desaparecimento e morte de abelhas no Brasil, o fipronil foi descoberto em 1987 e comercializado a partir de 1993. No Brasil, conforme o Ministério do Meio Ambiente, foi regulamentado em 1994.

"Inicialmente se pretendia que o fipronil fosse mais um herbicida, característica da família dos azóis, mas se mostrou um potente inseticida", disse o pesquisador. Castilhou diz que o fipronil causa hiperexcitação neuronal nas abelhas, produzindo descargas elétricas que levam à paralisia e exaustão celular dos insetos.

Ele diz que a substância é altamente tóxica aos insetos em mínimas quantidades. "Processo semelhante ocorre com os neonicotinoides, a nova geração de agrotóxicos sintéticos", disse.  Diante da comprovação dos malefícios do fipronil, o governo do Estado negocia internamente duas propostas que deverão ser incluídas no plano de gestão até o fim do ano. A primeira é limitar o uso do fipronil a sementes - o que pode fazer de Santa Catarina o primeiro Estado do Brasil a restringir o uso do produto.

Outra medida seria exigir dos agrônomos que prescrevam uso de fipronil informação sobre a geolocalização das lavouras, para que fique no banco de dados do Estado. Se a plantação estiver próxima a colmeias, será emitido um alerta para que técnicos da Cidasc monitorem as abelhas.

Taxação de agrotóxicos

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, eleito pelo PSL com 71% dos votos, surpreendeu a todos por ir em sentido contrário ao do presidente Jair Bolsonaro e criar uma medida provisória para tributação escalonada de agrotóxicos. A medida passará a valer em janeiro do ano que vem. Produtos altamente e extremamente tóxicos passarão a ser tributados em 17%, conforme a alíquota do ICMS.

Produtos moderadamente tóxicos terão carga tributária equivalente a 12%. Produtos pouco tóxicos, 7%. Improváveis de causar dano agudo, 4,8%, e bioinsumos terão isenção.  A Tributação Verde, como foi batizada, é inédita no país e pretende incentivar uma agricultura saudável em Santa Catarina.

"A tributação não é ideológica, não serve para agradar direita ou esquerda. É uma questão de segurança alimentar e saúde pública. Não é lógico que o governo incentive, onerando de tributos, produtos que comprovadamente causam danos às pessoas e ao meio ambiente", disse o governador.

Pesquisas internacionais

Em 2012, o World Conservation Congress lançou a resolução 127, que denunciava os neonicotinoides, o fipronil e outros inseticidas sistêmicos como prováveis causadores do CCD. Em 2013, a União Europeia baniu temporariamente os neonicotinoides clotianidina, imidaclopride e tiametoxam.

Em abril de 2015, a revista Science publicou um estudo da Escola de Saúde pública de Harvard, segundo o qual esses agrotóxicos são absorvidos pelas raízes e folhas e distribuídos por toda a planta, incluindo seu pólen e néctar.  A tese foi reiterada inúmeras vezes. Cientistas da Universidade de Sussex, no Reino Unido, também estudaram efeitos dos pesticidas quando a União Europeia baniu três neonicotinoides.

Eles concluíram que, além dos danos às abelhas, esses venenos podem estar ligados ao declínio das borboletas, pássaros, de insetos aquáticos e possivelmente de morcegos.

Ineficiência Brasileira

O rastreamento dos resíduos no solo, na água e no ar é extremamente limitado no Brasil e não há nenhuma informação pública que traga um diagnóstico realista sobre os impactos ambientais causados por inseticidas.  O secretário de Santa Catarina, Ricardo Miotto confirma a falta de informações.  "Não sabemos a quantidade de fipronil necessária para matar as abelhas, se a morte é repentina ou em longo prazo e se afeta mais animais. Não temos pesquisas", disse.

No entanto, há no Brasil um esforço para o levantamento de dados. Um exemplo é o Bee Alert, a primeira plataforma de identificação por geolocalização das ocorrências de desaparecimento e morte de abelhas. Os dados coletados são fornecidos por apicultores, meliponicultores e pela comunidade científica, numa atividade colaborativa.

Entre 2014 e 2017 foram monitoradas mortes de 770 milhões de abelhas em 18 Estados brasileiros. Como nem todos os apicultores utilizam a plataforma, a projeção é que tenham morrido um bilhão e meio de abelhas nesse período.  Em parceria com a Universidade Federal Rural do Semi-Árido, foram coletadas amostras e em 67% dos casos houve envenenamento por agrotóxicos, sendo que, das amostras envenenadas, 92% tinham fipronil do organismo.

Ler na íntegra em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-49657447    (17.9.19)

Empresa membro das corporações malignas do Sistema,  se instala no Brasil e esmaga as concorrentes.... boicotar é preciso... isto faz parte do entreguismo e desconstrução do Brasil... pelo “neoliberalismo” extremo e imoral.  

Da concorrência ao consumidor, os impactos da ofensiva da gigante Amazon no mercado brasileiro

(BBC Brasil)

 

A gigante do varejo Amazon, uma das maiores do mundo, começou a dar passos mais firmes para conquistar parte do mercado brasileiro. Com a inauguração de um centro de distribuição próprio e o lançamento de serviço de assinatura, a empresa de Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, entra de vez no país.

Mas por que levou tanto tempo? E qual será o impacto desse movimento?

Nunca houve dúvida sobre o interesse da Amazon em crescer no e-commerce do Brasil. Mas a estratégia adotada para o país sempre foi questionada - de lenta e fora do timing, para alguns, a excessivamente cautelosa, para outros.

Boa parte da desconfiança em relação à gigante americana começa a cair por terra neste ano com dois movimentos estratégicos relevantes.

Em janeiro, a varejista inaugurou o Centro de Distribuição (CD) em Cajamar (SP) incrementando a oferta de produtos. Agora, traz ao Brasil o seu serviço de assinatura - o Amazon Prime.

O Prime funciona como um grande pacote que oferece aos assinantes promoções exclusivas, frete grátis e uma série de conteúdos de mídia distribuídos via streaming.

A Amazon demorou para iniciar sua atuação no país e o fez de maneira tímida. Em 2012, começou a vender no Brasil apenas livros e o Kindle, seu leitor digital. Cinco anos depois, em 2017, abriu sua plataforma de vendas para pequenas empresas, quando a maior parte dos concorrentes já estava bem posicionada neste segmento.

Só em janeiro deste ano, ao inaugurar o CD na Grande São Paulo, com 40 mil m² de área, pode expandir para a venda direta e ampliar a gama de produtos oferecidos, agora com itens que vão de fraldas a ferramentas, incluindo itens de limpeza, beleza e eletroeletrônicos.

"A entrada da Amazon no país pode parecer lenta, mas não é. Ela tem uma estratégia de longo prazo para o Brasil, país que é muito complexo de atuar", comenta Alberto Serrentino, consultor da Varese Retail Strategy, acrescentando que "só após achar o modelo vencedor é que a varejista fica agressiva".

O analista de digital consumer da Euromonitor Ricardo Sfeir faz coro e reforça a visão de longo prazo da varejista nos mercados em que atua.

"Ela não ficou parada, ao contrário, estava ser organizando em um país difícil de navegar, com questões tributárias e logísticas relevantes. Com o caminho pavimentado, dá seus passos mais importantes agora com o CD e o Prime", explica Sfeir.

Crescimento do varejo online

O interesse da Amazon em fincar os dois pés no mercado brasileiro se justifica pela força que o setor vem demonstrando no país.

A pesquisa Webshopper, realizada pela Ebit | Nielsen, revela que, em 2018, o faturamento com vendas online - entre produtos novos, usados, ingressos e passagens aéreas - chegou a R$ 133 bilhões, 18% maior do que em 2017, ano em que já tinha avançado 20% sobre 2016.

No Brasil, 36% da população compram ou já compraram pela internet. Se forem considerados apenas produtos novos e o marketplace, o faturamento foi de R$ 53,2 bilhões em 2017, alta de 12% sobre ano anterior.

O dado mais recente da Ebit | Nielsen aponta novo avanço no mesmo percentual, 12%, no primeiro semestre de 2019 sobre janeiro a junho de 2018. O valor médio das compras feitas online no ano deve ficar em R$ 415.

A expectativa dos consultores é que, a partir de agora, a Amazon conquiste uma fatia maior deste mercado bilionário e passe a incomodar de forma mais efetiva a concorrência.

Isso deve ocorrer principalmente no Sudeste e no entorno por conta das facilidades que o CD de Cajamar proporciona em termos logísticos.

"Quando a varejista chegou aqui, pelo seu tamanho global, já causou efeito na concorrência que precisou se mexer e agora, com o Prime, não será diferente. Todos devem investir para melhorar a entrega, o serviço oferecido e também para chegar a mais cidades", analisa Sfeir, da Euromonitor.

O formato de lançamento do serviço de assinatura no Brasil é essencial nas análises dos consultores.

O Amazon Prime chega para clientes no Brasil com a maior oferta de benefícios já disponibilizada nos lançamentos do programa em 14 anos de história, em que chegou a 100 milhões de membros em 18 países. Por R$ 9,90 por mês, ou R$ 89 no pacote anual, o Amazon Prime oferece além de frete grátis e rapidez, uma série de conteúdos por streaming.

Os assinantes terão acesso a filmes, série originais, uma seleção gratuita de loots (itens virtuais extras dentro de games) e jogos no Twitch Prime. A assinatura também dá acesso a músicas, sem anúncios, no Prime Music e a um catálogo rotativo de revistas e livros digitais.

"O Prime não é só varejo, mas uma estratégia para o digital muito inteligente. A Amazon streaming ataca segmentos que crescem muito, como o de games com taxas de dois dígitos ao ano", comenta o analista da Euromonitor.

Concorrência

A comparação entre o que oferece o serviço lançado pela Amazon e seus concorrentes, não apenas no e-commerce, é inevitável. O principal diferencial é que com uma única assinatura vários conteúdos ficam disponíveis.

O cliente Prime terá acesso a 2 milhões de músicas sem propaganda concorrendo, de certa forma, com o serviço gratuito do Spotify, com mais títulos mas que obriga o usuário a conviver com comerciais.

Considerando quando o serviço é pago à parte, a briga já vinha ocorrendo entre Amazon Music Unlimited, Spotify e Apple Music, com acervos mais completos. Em filmes e séries, o Prime bate de frente com a Netflix. No varejo online, seus principais concorrentes têm produtos semelhantes.

A B2W possui o Submarino Prime, com entrega rápida e gratuita por R$ 79,90 ao ano; a Magazine Luiza só entrega de graça para compras feitas pelo aplicativo e a partir de determinado valor.

Já o Mercado Livre tem o Mercado Pontos, em que para ter direito ao benefício de um desconto no frete - ou mesmo gratuidade - o cliente precisa acumular pontos.

"Alguns destes serviços, quando o frete é gratuito, atendem a menos CEPs do que a proposta da Amazon, em outros casos anunciam a entrega em um prazo maior do que a varejista americana. O serviço da Amazon é mais abrangente. Três dias para locais como Salvador e Recife está ótimo", comenta Sfeir.

"O Prime é o pulo do gato da Amazon aqui e no mundo foi assim. Só trouxeram agora porque precisavam de massa crítica, de um volume de clientes que já compram na plataforma", explica Serrentino, acrescentando que "o cliente do Prime tendem a se tornar recorrente concentrando as compras na plataforma, o que inclusive permite à empresa trabalhar com margens mais interessantes, fugindo um pouco da guerra de preços".

No ano passado, a Amazon foi a oitava maior varejista online do país, segundo dados da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), com um faturamento de R$ 600 milhões, 46% superior aos R$ 410 milhões de 2017, ano em que já havia dobrado a receita. Mesmo com o forte crescimento, a Amazon está distante dos líderes.

A B2W - dona da Submarino, Americanas.com e outras - faturou R$ 8 bilhões, seguida pela Via Varejo - Ponto Frio e Casas Bahia - com R$ 6,9 bilhões. Na terceira posição, Magazine Luiza com R$ 6,7 bilhões.

Com capital aberto na bolsa, os principais concorrentes viram suas ações despencarem no dia do anúncio do Prime no país: B2W caiu 4,8%, Via Varejo recuou 3,7% e Magazine Luiza registrou perda de 5,5%. No dia seguinte, o anúncio do IBGE de que as vendas no varejo subiram 1% em julho surpreendeu e as varejistas recuperaram em parte as perdas.

Os consultores falam em uníssono que, daqui em diante, a Amazon será mais agressiva no Brasil, o que provocará reações preventivas dos concorrentes. No entanto, este incômodo terá um limite, já que para ganhar capilaridade e chegar às primeiras colocações a varejista precisa investir em logística.

"Acredito que os próximos passos sejam ampliar o CD de Cajamar e também instalar mais centros de distribuição em outras regiões, quando ficaria em pé de igualdade para concorrer com os líderes do e-commerce", comenta Alberto Serrentino.

Jiane Carvalho para a BBC News Brasil

Lido em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-49696075

Opinião - Drauzio Varella: Ideologia de gênero

(Folha de São Paulo)

Mal começamos a entender a diversidade sexual humana, vozes medievais emergiram das catacumbas para inventar a tal “ideologia de gênero”.

Como nunca vi esse termo mencionado em artigos científicos nem nos livros de psicologia ou de qualquer ramo da biologia, fico confuso.

Suponho que se refiram a algum conjunto de ideias reunidas por gente imoral, para convencer crianças e adolescentes a adotar comportamentos homossexuais. Será que devo a heterossexualidade à inexistência dessa malfadada ideologia, nos meus tempos escolares? Caso existisse, eu estaria casado com homem?

Embora disfarcem, o que esses moralistas de botequim defendem é a repressão do comportamento homossexual que, sei lá por que tormentos psicológicos, lhes causa tamanho horror.

Para contextualizar a coluna de hoje, leitor, não falarei de aspectos comportamentais ou culturais, resumirei apenas alguns fenômenos biológicos ligados à sexualidade, uma vez que a diferenciação sexual é fenômeno de altíssima complexidade em que estão envolvidos fatores hormonais, genéticos e celulares.

Até a quinta semana de gestação, o embrião é assexuado. Só a partir da sexta semana é que as gônadas começam a se diferenciar. Se houver desenvolvimento de ovários, eles secretarão predominantemente estrogênios; se forem testículos, a produção predominante será de testosterona. Digo predominante, porque pelo resto da vida homens também produzirão estrogênios; e mulheres, testosterona, embora em pequenas quantidades.

Variações nesse delicado equilíbrio hormonal modificam os caracteres sexuais secundários, a anatomia dos genitais e o comportamento sexual.

Por outro lado, o conceito de que o sexo seria definido pela presença ou ausência do cromossomo Y é uma simplificação. Muitas vezes, os cromossomos sexuais não se distribuem igualmente entre as células do embrião. Da desigualdade, resultam homens com células XX em alguns órgãos e mulheres com cromossomos XY.

Talvez você não saiba, caríssima leitora, que fetos masculinos liberam células-tronco XY que cruzarão a placenta e se alojarão até no cérebro de suas mães, para sempre.

Quando a genética é levada em conta, as fronteiras sexuais ficam ainda mais nebulosas. Há dezenas de genes envolvidos na anatomia e na fisiologia sexual. A multiplicidade de interações entre os dominantes e os recessivos torna mais complexa a diversidade sexual existente entre homens, bem como entre mulheres, e faz surgir áreas de intersecção que tornam problemático para algumas pessoas definir sua sexualidade dentro dos limites impostos pela ordem social.

Como deveríamos então definir o sexo de cada indivíduo? Pelo binário dos cromossomos XX e XY? Pelos genes, pelos hormônios ou pela anatomia genital? O que fazer quando essas características se contrapõem?

Segundo Eric Vilain, diretor do Centro de Biologia Baseada em Gênero, na Universidade da Califórnia: “Na falta de parâmetros biológicos, se você quiser saber o sexo de uma pessoa, o melhor é perguntar para ela”.

Esses conhecimentos passam ao largo de grande parte da população. Para muitos, a homossexualidade é uma opção de gente sem vergonha. Repetem esse absurdo porque são ignorantes, sem a menor noção das raízes biológicas e comportamentais da sexualidade.

O argumento mais elaborado que conseguem usar como justificativa é o de que a homossexualidade não é fenômeno natural. Outra estupidez: relações homossexuais têm sido documentadas pelos etologistas em todas as espécies de mamíferos, e até nas aves, únicos dinossauros que sobreviveram à catástrofe de 62 milhões de anos atrás.

Assim como a heterossexualidade, a homossexualidade se impõe. Não é nem pode ser questão de escolha. É possível controlar o comportamento, mas o desejo sexual é água morro abaixo.

Nos dias assustadores em que vivemos, em que os boçais se orgulham das idiotices que vomitam com ares de sabedoria, vários demagogos se apropriaram do preconceito social, para criar a tal “ideologia de gênero”, com o pretexto de defender a integridade da família brasileira. Partem do princípio de que assim ganharão mais votos, uma vez que os iletrados são maioria num país de baixa escolaridade, infelizmente.

Mandar recolher livros e disputar a primazia do combate a essa ideologia cretina e sem sentido é apenas uma demonstração de arrogância preconceituosa tão a gosto dos pobres de espírito.

Fábio Braga/Folhapress  -  15.9.19

Lido em: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/drauziovarella/2019/09/ideologia-de-genero.shtml

Trump, Bolsonaro e Boris: ultradireita mundial tenta o tudo-ou-nada

(Foto BBC News)

Em ações simultâneas, e possivelmente coordenadas, Trump, Boris Johnson e Bolsonaro radicalizam posições, afastam antigos aliados e ampliam ataque à democracia. Há estratégia por trás deste movimento? Como revertê-lo?

A estupidez não tira férias?

No final de agosto, a troika ultradireitista formada por Donald Trump, Boris Johnson e Jair Bolsonaro provou mais uma vez que os Estados Unidos, o Reino Unido e o Brasil estariam até melhores sem governante algum do que com esses personagens duvidosos que fingem governar os países.

Nos três casos, os governantes intensificaram suas políticas de destruição nacional nos últimos meses, de maneira a afastar até seus apoiadores antigos. Mais uma vez, demonstraram que não têm qualquer interesse em “make America, Reino Unido ou Brasil great again”. Só estão interessados em fazer o maior estrago possível até que sejam arrastados para fora do poder.

Boris Johnson tenta um golpe

Boris Johnson é um malandro trapalhão com uma obsessão única: o Brexit. Prometeu cortar as relações do Reino Unido com a União Europeia até 31 de outubro (halloween) mesmo que isso signifique fazê-lo sem um acordo que diminua as dores da separação.

A data limite, coincidente com o Halloween, é sombriamente apropriada. Um Brexit sem acordo daria um ótimo filme de terror sangrento. Meta uma máscara de fantasma no primeiro-ministro britânico, dê a ele uma faca para decepar o cordão umbilical com a Europa e voilà: “Pânico 5”.

A última tática de Johnson para conseguir o que quer foi suspender o Parlamento por cinco semanas, para limitar o debate sobre alternativas à sua opção pelo dia do juízo final. Espera fazer com que seja impossível para o Parlamento aprovar até mesmo uma legislação de emergência que impeça o Brexit sem acordo. Parece inacreditável, mas o sistema britânico permite tais manobras. Por isso, a rainha Elizabeth teve que dar a bênção à suspensão. 

Quando Trump se envolve em suas atividades antidemocráticas, o Partido Republicano geralmente costuma tolerá-lo. Mas não é assim no Reino Unido, onde até os conservadores estão em pé de guerra por causa do golpe silencioso de Johnson. Depois do anúncio de suspensão ser feito pelo primeiro-ministro, o “chicote”¹ do governo na Câmara dos Lordes renunciou, assim como o líder do Partido Conservador Escocês. O ex-primeiro-ministro Conservador John Major, enquanto isso, atacou Johnson e uniu-se à objeção legal à suspensão.

Essa semana, Johnson perdeu a maioria que tinha no Parlamento por um voto, quando o membro do Partido Conservador Philip Lee desertou para o lado dos Democratas Liberais, no momento em que o primeiro-ministro falava à câmara.

A maior parte dos membros do Parlamento, incluindo alguns Conservadores, opõe-se à saída da União Europeia sem acordo. Não importa: Johnson está seguindo o roteiro de Trump, ao refazer o Partido Conservador de acordo com sua própria imagem, ameaçando banir quem não siga sua linha dura.

Após perder um voto, o que permite que o Parlamento apresente uma lei para atrasar o Brexit, Johnson expulsou 21 dissidentes, incluindo alguns antigos ministros e o neto de Winston Churchill.

Agora, Johnson fala em realizar eleições relâmpago em meados de outubro. Os Conservadores superam confortavelmente os Trabalhistas, os Democratas Liberais e os Verdes. No entanto, se todas as forças dos que se opõem ao Brexit se unirem contra Johnson, poderão sair vitoriosas. Mas Johnson pode, também, prometer eleições para 14 de outubro e em seguida, de surpresa, adiá-las até depois do Halloween, fazendo do Brexit um fato consumado.

Uma vez Johnson disse: “Brexit quer dizer Brexit, e nós o obteremos com sucesso titânico”. Determinado a fazer a coisa errada mesmo sabendo que está errada, Johnson está conduzindo o Reino Unido em direção a um iceberg. Nigel Farage, seu marinheiro chefe, e o resto do país estão aglomerados na proa, preparando-se para o impacto.

Caso houvesse um segundo referendo, cabeças mais sábias poderiam tomar o controle do leme e evitar desastres, mas Johnson está fazendo de tudo para acelerar a saída, seguindo o princípio de que não importa em que direção você vai, desde que vá depressa.

Bolsonaro abana as chamas... a estupidez adora companhia.

Jair Bolsonaro chama a si mesmo de Trump dos trópicos. A comparação é adequada. Algum poeta do futuro, ao descrever o inferno do presente, vai meter Trump, Bolsonaro e Johnson primeiro pelos pés na boca do Demônio do nono círculo. Por ter alimentado os incêndios das mudanças climáticas, Bolsonaro certamente merecerá tal destino após a morte.

Como a revista britânica The Economist aponta ...

Bolsonaro como candidato prometeu acabar com as multas por violações de leis ambientais, diminuir as áreas de proteção que representam metade da Amazônia brasileira e lutar contra as ONGs, pelas quais ele guarda um ódio visceral. Como presidente, seu governo estripou o ministério do Meio Ambiente e o Ibama, agências ambientais semiautônomas. Seis dos dez cargos mais antigos da Secretaria de Florestas e Desenvolvimento Sustentável, no ministério, estão vagos, de acordo com seu website. O governo fala de uma tal “capitalização” da Amazônia, mas sabotou um fundo de 1,3 bilhões de dólares que tinham o objetivo de valorizar a floresta em pé.

Resultado da política de não intervenção de Bolsonaro, o desmatamento na Amazônia saiu de controle, este ano. Encorajados pelas ações presidenciais, fazendeiros brasileiros organizaram um Dia do Fogo para fazer uma limpa na terra, para plantações. “Precisamos mostrar para o presidente que queremos trabalhar e o único jeito é derrubando. Para formar e limpar nossas pastagens, é com fogo”, disse um dos organizadores da ação. O número de queimadas na Amazônia quase dobrou, neste ano, se comparado ao mesmo período do ano passado.

Não é como se o mundo já não tivesse sido avisado. As queimadas da Amazônia foram capa da revista norte-americana Time exatamente trinta anos atrás.

Dessa vez, o impacto é direto. A Amazônia captura enormes quantidades de carbono. Queimá-la significa acelerar o aquecimento global. Também haverá uma perda de biodiversidade irreversível. O “lado bom”? Mais soja, que o Brasil pode vender à China, porque ela não está mais comprando as colheitas de fazendeiros dos EUA.

Ah, e mais lucros no bolso dos amigos de Bolsonaro, das indústrias que estão pavimentando o paraíso da Amazônia e abrindo um estacionamento por cima.

Lido em: https://operamundi.uol.com.br/analise/60455/trump-bolsonaro-e-boris-ultradireita-mundial-tenta-o-tudo-ou-nada

11 Setembro 2001 - o dia em que as torres vieram abaixo por detonação nuclear e não por aviões

 

FACTOS QUE UM DIA SERÃO CONHECIDOS E DEIXARÃO DE SER TEORIAS DA CONSPIRAÇÃO:

As 2 torres caíram devido à detonação de bombas nucleares no subsolo.  O Estado Profundo / Cabala Escura / Máfia Khazariana (EUA, Israel e Arábia Saudita) foram os responsáveis e não Osama Bin Laden.

O 11 de setembro foi feito por exemplo para que o governo secreto pudesse continuar a gastar triliões nos programas secretos até aos dias de hoje e houvesse guerra. Nesse dia, estava prevista uma declaração pública que face ao sucedido, não aconteceu.

O edifício 7 do WTC também caiu, mas recorde-se que o mesmo não foi atingido por nenhum avião. Dois relatórios independentes apresentados agora em setembro de 2019, alertam que o mesmo ruiu devido à detonação de bombas. O Pentágono foi atingido por um míssil e não por um avião.

Todas as gravações das câmaras de vigilância foram apreendidas. O objetivo era eliminar as investigações em curso.  A mídia de massa (meios de comunicação) nunca quis investigar ou rever o assunto (é natural, porque a mesma é controlada).

Porque é que há guerras?

Porque somos governados por um grupo de elite de psicopatas que possuem os bancos que controlam os governos e a comunicação social (mídia). Eles financiam ambos os lados da guerra com fins lucrativos e produzem o consentimento do público através da propaganda da comunicação social (mídia).

Bem-vindo a como o mundo realmente funciona.11 de Setembro de 2001 é provavelmente um dos dias mais marcantes deste século XXI.

O que a humanidade desconhece é que a história contada, é um dos maiores embustes da história. O mundo acreditou que o embate de 2 simples aviões seria suficiente para implodir as 2 torres, mas a verdade é que se tornou a maior mentira do século XXI.  Os verdadeiros criminosos do 11 de Setembro ainda andam por aí. O relatório da comissão do 11 de setembro foi uma fraude.

Nós acreditamos em tudo o que nos foi dito. As mesmas pessoas que nos disseram que havia armas de destruição maciça no Iraque quando eles sabiam que não havia. Estas são as mesmas pessoas que inventaram a história oficial do 11 de setembro. Eles criaram o 11 de setembro e logo arranjaram culpados. Logo conseguiram que o mundo os apoiasse. A MENTIRA TEM A PERNA CURTA E TODOS UM DIA SABERÃO A VERDADE! Já antes este Estado Profundo tinha assassinado John Kennedy!

11 de setembro foi um ataque nuclear dos próprios Estados Unidos (O Estado Profundo)

Um investigador do 11 de Setembro revelou informações altamente confidenciais sobre os acontecimentos reais do 11 de Setembro, não um ataque terrorista, mas antes um ataque nuclear contra os Estados Unidos, não uma surpresa, mas um que os EUA esperavam, um previsto por um antigo presidente americano e um deliberadamente ignorado pelo Presidente Clinton e muito provavelmente facilitado por George W. Bush, que certamente encobriu a situação.

Arquitectos e engenheiros dizem que os aviões não derrubam arranha-céus

Os físicos nucleares dizem que só as bombas atómicas podem produzir este tipo de calor e danos. Os verdadeiros investigadores que foram silenciados por um grande júri e uma grande quantidade de ameaças disseram que era uma conspiração e nomearam muitos nomes, alguns esperados, outros não.  Agora, um físico independente (Heinz Pommer) provou o trabalho feito pelos investigadores originais que foram silenciados e muito trabalho novo foi apresentado. Sua modelagem e detalhes é de tirar o fôlego.

O Departamento de Energia dos EUA e a AIEA apresentaram o falso relatório do 11 de Setembro para que a culpa fosse atribuída ao Iraque e ao Afeganistão

A tua mente não é a tua consciência. A tua consciência é o teu estado ou qualidade de consciência da tua existência, de seres uma pessoa.
A tua mente, no entanto, pode ser sequestrada e controlada. Os teus pensamentos podem ser guiados para isto e aquilo, e finalmente a tua mente pode simplesmente desempenhar o papel de um cão sem educação

Se a tua mente estiver distorcida da forma correcta (no sentido dos perpetradores do 11 de Setembro) não aceitarás nada, excepto o conto de fadas de Osama bin Laden. Então a sua mente e os seus pensamentos irão agarrar-se e agarrar-se às últimas palhinhas, de modo a salvar a sua visão do mundo. Não aceitará nada, muito menos uma verdade ofensiva.

Factos verídicos – durante 3 meses tivemos temperaturas elevadíssimas

O metal fundido nas pegadas do WTC 1, 2, e 7 que durante três meses não pôde ser extinto pela água ou pelas mudanças diárias do solo, consumiu concreto, aço, vidro, combustíveis de escritório. O aumento da incidência de cancros (cânceres) só de radiação de residentes é outro sinal de avisador de um “evento” nuclear.

Depois, há as extraordinárias altas temperaturas (430 a 700ºC) do calor superficial do WTC após o 11 de Setembro. Foi gravado em 16 de setembro de 2001 pelas câmeras térmicas da NASA em fotografias aéreas tiradas a 6.500 pés de altitude. Esses dados foram refletidos no período excepcionalmente longo – de 11 de setembro a 19 de dezembro.

“Em vez de o calor diminuir numa semana, como é geralmente o caso dos grandes incêndios, os níveis de calor astronomicamente elevados permaneceram durante três meses.” A fornecedora de limpeza Bechtel Corporation – com 40 funcionários na Pile – emitiu este comentário sobre as condições de trabalho: “A pilha de detritos no Ground Zero sempre foi tremendamente quente. As medições térmicas feitas por helicóptero todos os dias mostravam temperaturas subterrâneas que variavam de 200ºC a mais de 1.500ºC. A superfície estava tão quente que ficar muito tempo num ponto amolecia (e até derretia) as solas dos nossos sapatos de segurança.

Pentágono

Eles usaram o seu principal agente no Departamento de Defesa para atrair os investigadores do Able Danger para a sala de reuniões da Agência de Inteligência Naval no Pentágono, onde seriam assassinados por um míssil de cruzeiro Tomahawk que foi disparado de um submarino do Tipo Dólar israelita comprado da Alemanha.

Trinta e cinco dos investigadores da Able Danger que estavam a investigar e a monitorizar o roubo israelita (israelense) de 350 poços nucleares W-54 Davy Crockett desmantelados ilegalmente em Pantex, no Texas, foram assassinados por este ataque com o Tomahawk, que foi sincronizado com a detonação de bombas pré-instaladas na ala de Inteligência Naval que tinha tido recentemente obras de reforço na estrutura.

Além desta situação, também houve outras razões para eliminar parte do pentágono: havia muita gente que sabia demais sobre determinados assuntos e era preciso eliminar.

O Alto Comando Militar Americano sabe que Bibi Netanyahu ordenou que a sua Mossad e cidadãos de dupla nacionalidade atacassem a América usando armas nucleares a 11 de Setembro de 2001 em nome da máfia Khazariana (MK) Rothschild

Bibi Netanyahu, o chefe operacional da MK, desdobrou a Mossad e esses cidadãos de dupla nacionalidade para configurarem e implementarem esse ataque à América que foi atribuído, pelo grupo de 6 consórcios que controlam os meios de comunicação de massas, aos muçulmanos.

Eles informaram os seus principais Rabinos e “Amigos do Sionismo Mundial” para não voarem naquele dia e ficarem fora de Nova Iorque, assim como “Larry Silverfish”, um dos principais homens envolvidos na operação.

Os líderes da MK Rothschild decidem que é hora de usar a América para concluírem finalmente a sua investida e ocupação do mundo inteiro, instituindo um grande ataque de bandeira falsa dentro da América para culpar os islâmicos que eles querem que a América ataque erradamente em seu nome.

Este artigo será posteriormente atualizado com  mais detalhes sobre o 11 de setembro e neste caso (normalmente não o fazemos) partilhe-o!

Algumas fontes deste artigo:
Sucesso de público: Wikileaks suprimido, Mossad dirigiu operação terrorista de 11 de setembro de 2001
Breaking: 11 de setembro, Preenchendo o mapa, rastreando as armas nucleares
Desmembrando as 28 páginas, revelado o documento Top Secret 9/11
9-11 Revelações continuam, humilhando as vítimas, dançando em suas covas
O B-61, o Nuke mais utilizável
O DOE defende o 11 de setembro nuclear
Também classificado para publicar: exposta a pirataria nuclear de Bush
Revelado o Câncer de Nuke do 11 de Setembro
9/11 PROVA DE DEMOLIÇÃO DA NUKE: cânceres de radiação de bombeiros “fora de escala”  

Lido em: https://www.oevento.pt/2019/09/11/11-setembro-2001-detonacao-nuclear/

Eduardo Bozo visita o Bozo pai com “arma na cintura”, dentro do Hospital... Que Tal? Urge desmantelar esta família doente!

A reação de turistas ao verem Eduardo Bolsonaro com uma arma na cintura

Vulgo zero-três visitou o pai no hospital Vila Nova Star com uma pistola Glock enfiada na cinta.

Foto de Eduardo Bolsonaro com pistola é mais um tiro no pé do turismo e piora a imagem internacional do Brasil. Se as pessoas estão portando armas na cintura até para visitar o pai – que é presidente – dentro de um hospital, qual o grau de segurança desse lugar? Você optaria pelo Brasil para a próxima viagem?

No mesmo dia em que um de seus irmãos deixou explícito que as mudanças pretendidas pelos Bolsonaro não se dariam por vias democráticas e que seu pai revelou o nível de profundidade intelectual de seu programa de TV favorito (Chaves Chapolin) , Eduardo Bolsonaro também não surpreendeu.

Nada de novo. Na primeira vez que vi Eduardo Bolsonaro numa das manifestações pró impeachment, ele estava armado. Sabe-se que anda assim sempre. Zero-três possui porte de arma por ter cargo de policial federal.

E como não bastasse ser troglodita, é preciso mostrar-se troglodita. Postou a foto nas redes sociais com a legenda:

“Tudo bem com Jair Bolsonaro. Mais uma vez agradecemos a equipe médica que realizou a cirurgia e a todos que oraram, rezaram ou de alguma maneira enviaram energias positivas. Deu certo.”

Pergunto-me o que um pretenso turista, em planejamento de férias, pensaria ao ver uma imagem como aquela.

Se as pessoas estão portando armas na cintura até para visitar o pai – que é presidente do país – dentro de um hospital, qual o grau de segurança desse lugar? Você optaria pelo Brasil para a próxima viagem?

Enquanto seu pai assistia ao programa infantil Chaves (acredite se quiser), Eduardo Bolsonaro conseguiu, num só tiro, desacreditar o aparato de segurança da presidência e piorar mais um pouco a imagem do país perante o mundo.

O candidato à diplomata (indicado por notório saber na arte de fritar hambúrgueres) deve crer que sua pose de pistoleiro colabora com a imagem do Brasil.  Na verdade, associado aos vídeos toscos na mesa da sala de casa, expõe-nos como um país de jagunços.

Enquanto o território arde em chamas, programas de assistência social viram cinzas e a economia patina... a segurança pública vai de mal a pior e o clã biroliro demonstra truculência em verborragia e fotos.

“Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá”, disse Carlucho. “Cara, se quiser fechar o STF sabe o que você faz? Não manda nem um jipe. Manda um soldado e um cabo”, falou Eduardo. “Isso daí, tá ok”, meditou o patriarca.

Assim vamos assistindo a imagem do país se deteriorando em velocidade assustadora.

A inaptidão dessa turma não se resume a nomear como embaixador do turismo brasileiro alguém que está com o passaporte apreendido (sim, a Embratur – instituto ligado ao Ministério do Turismo – cometeu a façanha ao dar o cargo ao jogador Ronaldinho Gaúcho). É preciso desrespeitar esposas de presidentes com termos baixos, é necessário cometer a grosseria de não receber um ministro francês alegando agenda cheia e, provocativamente, fazer uma live direto da barbearia.

É preciso incentivar o extermínio de populações indígenas e liberar centenas de agrotóxicos proibidos no resto do mundo.  O que os Bolsonaro estão fazendo com o país foi sintetizado ontem: Apreço pela ditadura, incentivo à violência civil armada e emburrecimento em frente à TV. Tudo num só dia. Qual futuro nos espera?

Lido em:  https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/09/eduardo-bolsonaro-arma-na-cintura.html  (10.9.19)

Mais um crime hediondo nos EUA

Menino de 14 anos mata toda a família em cidade pacata dos EUA

Massacre nos EUA: adolescente de 14 anos descarrega arma de fogo contra o seu pai, sua madrasta e seus três irmãos, de 6 e 5 anos e um bebê de apenas seis meses

Um adolescente de apenas 14 anos matou toda a sua família na noite da última segunda-feira (2) na pacata cidade de Elkmont, no estado do Alabama (EUA). As informações são do The Washington Post e do The Independent.

A imprensa norte-americana acompanha o caso desde o início da semana. A princípio, não se sabia que o garoto era o autor do massacre, já que ele ligou para o serviço de emergência pedindo socorro.

No telefonema, o adolescente denunciou ter ouvido tiros no primeiro andar de sua casa. Posteriormente, ao ser interrogado, o jovem assumiu que assassinou todos os 5 membros da sua família.

O nome do adolescente não foi divulgado pelo Departamento de Polícia. Ele disparou contra seu pai, John Sisk, de 38 anos, sua madrasta, Mary, de 35 anos, e seus três irmãos – de 6 e 5 anos e um bebê de apenas seis meses. As crianças chegaram a ser socorridas com vida, mas morreram no hospital.

O adolescente está preso em um centro de detenção para jovens e responderá à Justiça pelos cinco homicídios. A polícia investiga a origem da arma usada e se havia outras pessoas na casa no momento dos assassinatos.

A pequena cidade de Elkmont tem apenas 430 habitantes e está chocada com o massacre. Ali nunca houve ato de tamanha violência, segundo Mike West, investigador do condado.

A escola de ensino médio de Elkmont informou ter colocado seus conselheiros pedagógicos à disposição das autoridades. Mary Sisk, madrasta do adolescente, era professora da escola secundária Mountain Gap.

Os investigadores ainda desconhecem a motivação do crime. Daisy McCarty, prima de John Sisk, afirmou à imprensa que ele havia contado ao filho que Mary não era sua mãe biológica na semana passada.

Para Daisy, esta teria sido a motivação do crime. “Ele não sabia quem era sua mãe. Eles contaram para ele recentemente, e eu acho que foi o que motivou o garoto, para ser honesta”, afirmou.

No entanto, ela afirma que o garoto dava sinais de que algo estava errado havia um ano. O adolescente chegou a queimar animais vivos e vandalizava a escola.

As mortes por armas de fogo são uma característica predominante na vida americana, com mais de 36.000 mortes por ano – número elevadíssimo para um país de primeiro mundo.

Há um mês, um homem descarregou uma AK-47 em um hipermercado Walmart em El Paso, no Texas, e deixou 22 mortos e dezenas de feridos.

No Brasil, um massacre familiar que ganhou repercussão nacional foi o da família Pesseghini. Na ocasião, um menino de 13 anos foi acusado de matar todos os familiares, mas o crime ainda permanece sem respostas. (Todos morreram)

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/09/menino-14-anos-mata-familia-eua-alabama.html

Olha o dedo da CIA aqui... promovendo e manipulando mentes jovens e burras contra sua própria raça e seu próprio país... ai que dó! (Jomarion)

 

Manifestantes pedem ajuda a Trump e cantam hino americano em Hong Kong

A polícia de Hong Kong jogou gás lacrimogêneo para dispersar, neste domingo (8), milhares de manifestantes que se reuniram em frente ao consulado americano pedir ajuda dos EUA. (Jomarion... que vergonha chinas traíras!)

Os ativistas cantaram o hino nacional dos EUA e pediram ajuda ao presidente Donald Trump para liberar Hong Kong, enquanto seguravam cartazes que pediam democracia.

(Jomarion... é chocante o nível de alienação destes manifestantes)

“Lute pela liberdade, lute por Hong Kong”, diziam os ativistas, que entregaram petições ao consulado dos Estados Unidos. 

O secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, pediu moderação à China neste sábado (7), depois que a polícia de Hong Kong impediu manifestantes de chegarem ao aeroporto do país para protestar

Em plena guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo, a China afirma que a situação de Hong Kong é um assunto interno e acusa os Estados Unidos de incentivar os protestos  (Jomarion... isto é óbvio), o que poderia causar danos à economia. A China controla o território de Hong Kong desde 1997. 

Nos EUA, parlamentares pretendem dar prioridade à questão de Hong Kong na próxima semana, quando voltam do recesso.

Uma proposta no Congresso americano chamada de “Ato pelos Direitos Humanos e Democracia de Hong Kong” visa permitir o congelamento de bens e impedir a entrada em solo americano de oficiais do governo de Hong Kong que ameacem a autonomia do território.

(Jomarion... Trump está desesperado para iniciar uma III guerra... e qualquer país serve, desde que seja pequeno!!)

Manifestantes em Hong Kong fazem protestos na expectativa da proposta ser aprovada na íntegra.

Protestos continuam

Como resposta à crise em Hong Kong, a chefe-executiva Carrie Lam afirmou na semana passada que vai retirar oficialmente o projeto de lei de extradição que detonou uma onda de manifestações no território nos últimos meses. O projeto, que já estava suspenso desde junho, permitiria a extradição de presos para serem julgados pelos tribunais controlados pelo Partido Comunista  na China continental.

(A China, assim como a Rússia, deixaram o comunismo faz tempo... portanto esta conversa aqui na Folha é ridícula e visa confundir os leitores!)

Neste domingo (8), Joshua Wong, um dos líderes do grupo pró-democracia chamado Guarda-Chuva, foi preso novamente no aeroporto, quando voltava de uma viagem à Alemanha e aos Estados Unidos, por ter violado regras de sua condicional.

Ele pode ser liberado novamente nesta segunda-feira (9).

Durante os protestos de domingo, a polícia perseguiu manifestantes em frente ao consulado e na região central, até que eles se dispersaram pelas regiões de Wan Chai e Causeway Bay. Os ativistas fizeram barricadas, colocaram fogo em ruas e danificaram estações de metrô.

O distrito central, onde estão bancos, joalherias e lojas de marca de luxo, foi coberto de grafites e teve  fachadas e janelas quebradas. Os protestos já duram meses e vêm sendo combatidos pela polícia com canhões de água, balas de borracha e gás lacrimogêneo. 

(Jomarion... o mesmo mecanismo foi usado no Brasil para derrubar a Dilma... no Egito (primavera árabe) ou ainda protestos na Turquia em 2013... mais os distúrbios graves na Ucrânia... sempre os EUA por traz de tudo... com o pretexto de derrubar a “esquerda”... lamentável!)

Lido em:  https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2019/09/manifestantes-pedem-ajuda-a-trump-e-cantam-hino-americano-em-hong-kong.shtml

Me surpreendeu (nem tanto assim) ver a Midia Maligna defender com unhas e dentes o lançamento do Gibi “Vingadores para Crianças” (Lixo em versão infantil) mas com “beijo gay”embutido (entre adultos)... um absurdo que devemos repudiar (céticos, ateus, espiritualistas, direita ou esquerda)... a obra tendenciosa e pró agenda transgenero se chama “A Cruzada das Crianças”. (Jomarion)

BBC Publicou: Marvel vs. Crivella: autor da HQ alvo do prefeito do Rio tem no currículo 'Grey's Anatomy' e 'Sex and the City' (duas perfeitas “porcarias”)

A carreira do americano Allan Heinberg, criador da coletânea em quadrinhos Vingadores, a Cruzada das Crianças, que nesta sexta-feira (06/09) ganhou atenção no Brasil depois que o prefeito do Rio Marcelo Crivella tentou impedir que fosse vendida na Bienal do Livro, vai muito além do universo das HQs.

O escritor de 52 anos, nascido em Tulsa, Oklahoma, tem em seu currículo megassucessos (mega porcarias) na TV e no cinema.

Heinberg foi produtor do bem-sucedido Mulher Maravilha (2017), que arrecadou US$ 821,8 milhões em bilheteria no mundo todo e é protagonizado pela israelense Gal Gadot, além dos seriados Grey's Anatomy (2005), um dos dramas mais populares da televisão americana, além de Sex and the City (1998), seriado da HBO estrelado por Sarah Jessica Parker. (Tudo lixo televisivo e hollywoodiano)

A coletânea, de autoria de Allan Heinberg e do desenhista Jim Cheung, chegou às bancas no Brasil em abril e traz uma cena de dois personagens masculinos se beijando. Segundo o prefeito, a cena seria "conteúdo sexual para menores". Mais cedo, em nota, a Prefeitura informou que estava cumprindo o Estatuto da Infância e do Adolescente e ameaçou cassar a licença da Bienal

A Bienal respondeu, por meio de um comunicado, que não irá retirar os livros e que dá voz a todos os públicos, "sem distinção, como uma democracia deve ser". E que os consumidores podem receber seu dinheiro de volta se não gostarem de sua compra. (é dessa forma, sem pedir licença, que a elite da desconstrução age na sociedade)

No universo dos quadrinhos, Heinberg foi o criador dos dois personagens que causaram polêmica: Wiccano e Hulkling. Ele os lançou na série Jovens Vingadores, da Marvel Comics.

O escritor também criou uma história em cinco partes da Liga da Justiça para a DC Comics junto com Geoff Johns em 2005. Também escreveu uma série de quatro edições da HQ da Mulher Maravilha. De acordo com o site IMDb, ele deixou de escrever os quadrinhos quando ficou difícil conciliar o trabalho com sua atribulada carreira na TV.

Já o ilustrador dos quadrinhos, Jim Cheung, é um desenhista britânico de quadrinhos mais conhecidos por trabalhar em histórias da Marvel, como Novos Vingadores,  Illuminati, Jovens Vingadores e Vingadores.

A edição especial que desagradou Crivella conta a trajetória de Wiccano e seu irmão Célere, que precisam da ajuda da Feiticeira Escarlate  (bruxa vermelha... hum... interessante) para descobrir informações sobre seu passado, em uma jornada que envolve seus colegas dos Jovens Vingadores e grandes vilões da Marvel, como Dr. Destino e Magneto.

(Marvel – filhote da Disney – são coorporações malignas do entretenimento decaído, pornográfico e satânico.)

Lido em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-49615034  (6.9.19)

Quem tem medo de Cristina Kirchner?

Bolsonaro tem medo de Cristina Kirchner

Quando as pesquisas começaram a apontar para o favoritismo da dupla Alberto Fernandez/Cristina Kirchner nas eleições presidenciais argentinas, Jair Bolsonaro partiu para o ataque: se utilizando dos mesmos expedientes da campanha eleitoral brasileira do ano passado, invocou a possibilidade da “Argentina virar uma Venezuela”. Como se não bastasse, chamou os candidatos de “bandidos de esquerda”. Pelo visto, as agressões não surtiram efeito, e só serviram para fortalecer a chapa peronista.

Dizem que o medo e o ódio tem a mesma origem. No caso em análise, não é preciso ser psicanalista para perceber algo tão claro. Cristina reúne todos os atributos que Bolsonaro mais teme.

Em primeiro lugar, ela é mulher, e o capitão já deu mostras de possuir um pânico que beira o irracional em relação ao sexo feminino. Seus objetos de admiração e amor são homens, geralmente autoritários e armados. Ele apenas aceita (suporta) a mulher em uma condição de submissão. Seus embates na vida política com Maria do Rosário e Dilma Rousseff demonstram claramente o nível da fobia, chegando ao limite de exaltar a figura de um torturador como o Coronel Ustra, que não hesitava em agredir mulheres sem a menor possibilidade de defesa.

Cristina Kirchner, a primeira mulher eleita presidente pelo voto direto na Argentina, não se colocava em uma posição de subalternidade em relação ao marido Nestor. Os dois se conheceram durante a graduação na faculdade de Direito, e construíram a vida profissional e política em parceria. Em 1985 foi eleita deputada estadual; de 1995 a 2001 foi reeleita deputada federal e senadora. Estamos falando de uma advogada e política com luz e caraterísticas próprias.

Mas não é só isso. Para “piorar” a situação, Cristina é peronista! Sim, ela faz parte de um movimento político, que apesar de suas contradições internas, tem uma tradição histórica, retomada com Nestor a partir de 2003, de lutar pela soberania nacional e melhora das condições de vida dos trabalhadores.

Ao contrário do entreguismo bolsonarista, o kirchnerismo/peronismo não teve medo de enfrentar os interesses estadunidenses ao se posicionar contra a ALCA. Também promoveu um resgate da memória argentina sobre os crimes praticados durante a ditadura naquele país (1976-1983). Quem não se lembra de Nestor ordenando “bajar los cuadros” dos ditadores Rafael Videla e Reynaldo Bignone, na escola militar?

Para completar esse cenário “tenebroso” para a extrema direita brasileira, Cristina promulgou a lei de democratização dos meios, enfrentando o monopólio do Clarín (a Globo argentina), no seu mandato foi aprovada a lei do matrimônio igualitário. Também se posicionou pela descriminalização do aborto.

Não custa lembrar que estamos falando da candidata à vice-presidência; mesmo assim Bolsonaro não consegue disfarçar sua paúra.
Mas eu entendo o capitão. Não deve ser fácil engolir uma mulher independente, articulada e popular colocando toda a sua energia no combate ao neoliberalismo tardio que devastou a economia do nosso vizinho e era visto pelos formadores de opinião da grande mídia como um modelo a ser seguido no Brasil.

É para sentir medo mesmo, já que temos milhares de “Cristinas” construindo a resistência a um sistema econômico autoritário e ultrapassado, que assim como na Argentina, já está caindo de podre.

Por Rafael Molina Vita ...  formado em Direito, membro do coletivo estadual de Direitos Humanos do PT/SP e da ABJD.

Referências:

1- https://www.redebrasilatual.com.br/mundo/2013/05/argentina-kirchnerismo-cBrasompleta-dez-anos-entre-altos-e-baixos-7335/;

2- https://latinoamericana.wiki.br/verbetes/k/kirchner-cristina;

3- https://veja.abril.com.br/mundo/bolsonaro-chama-fernandez-e-cristina-kirchner-de-bandidos-de-esquerda/.

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/09/bolsonaro-medo-cristina-kirchner-argentina.html

5.9.19

11 de Setembro: Comissário dos Bombeiros de Nova York Pede Nova Investigação

A história acaba de ser criada, pois o primeiro órgão legislativo do país anuncia oficialmente seu apoio à reabertura da investigação do 11 de setembro. Citando “evidências esmagadoras” de explosivos pré-plantados, o comissário do Departamento de Bombeiros do Franklin Square e Munson deu apoio unânime a uma resolução que pedia uma nova análise do que aconteceu naquele dia horrível, 18 anos atrás.

Após a aprovação da proposta, o Comissário Christopher Gioia informou que seu objetivo a longo prazo é fazer com que todos os bombeiros dos distritos do estado de Nova York adotem resoluções semelhantes. Gioia redigiu a resolução para Franklin Square e Munson, um distrito que serve um povoado de 30.000 pessoas nos arredores de Queens.


Somos uma comunidade unida e nunca esquecemos nossos irmãos caídos. É melhor você acreditar que quando todo o corpo de bombeiros do estado de Nova York estiver a bordo, seremos uma força incontrolável”, afirmou Gioia.

Fomos o primeiro distrito de bombeiros a aprovar esta resolução. Não seremos o último”, acrescentou.

Contestando a narrativa

Como relata o site Architects and Engineers for 9/11 Truth, o Comitê de Advogados para o Inquérito do 11 de Setembro apresentou uma petição no ano passado ao procurador do Distrito Sul de Nova York, Geoffrey S. Berman. Esta petição descreveu evidências sobre o 11 de setembro de que o World Trade Center foi realmente destruído por meio de explosivos pré-plantados.

Combinando essas evidências com um forte desejo de obter justiça para seus irmãos caídos, o comissário do Departamento de Bombeiros do Franklin Square e Munson foi levado a começar sua própria resolução. Na petição, o Franklin Square nomeia a petição do Comitê de Advogados como um de seus principais motivadores. A resolução declara:

[As] evidências esmagadoras apresentadas na petição demonstram sem sombra de dúvida que explosivos e/ou bombas incendiárias foram pré-plantados - não apenas aviões e os incêndios que se seguiram - causaram a destruição dos três edifícios do World Trade Center, matando a maioria das vítimas que pereceram naquele dia.”

Franklin Square e Munson tem expectativa

O distrito sofreu muito no 11 de setembro e durante as consequências, perdendo vários moradores civis e um de seus bombeiros, Thomas J. Hetzel, que era membro em tempo integral do Corpo de Bombeiros de Nova York e bombeiro voluntário de Franklin Square.

O site Architects and Engineers for 9/11 Truth relata ainda mais:

O impacto do 11 de setembro na comunidade vai muito além das vítimas e de suas famílias em luto. Em 12 de setembro de 2001, o Departamento de Bombeiros de Franklin Square foi chamado para ajudar no enorme esforço de resgate e recuperação que estava apenas começando. Inúmeros membros do departamento, incluindo Gioia e os comissários Philip Malloy e Joseph Torregrossa (então bombeiros comuns), passaram semanas sobre os escombros procurando em vão por civis e colegas que ainda poderiam estar vivos. Hoje, Malloy e Torregrossa estão entre os milhares que sofrem efeitos crônicos de saúde.

Em sua resolução, o Franklin Square cita esses eventos devastadores como mais combustível para sua causa. Em breve, eles esperam tomar sua iniciativa em todo o estado.

Em sua própria resolução, o Departamento de Bombeiros de Franklin Square promete apoiar uma nova investigação e "todo e qualquer esforço de outras entidades governamentais para investigar e descobrir toda a verdade em torno dos eventos daquele dia horrível".

Leia mais:  FBI Lança Fotos Nunca Antes Vistas do 11/09 do Acidente do Pentágono

Putin Ameaça Revelar Evidências Bombásticas que o 11 de Setembro Teve Envolvimento do Governo dos EUA

Fontes:
- False Flag News: 9/11 revisited: New York Fire Commissioners call for new investigation
The Washington Standard: New York Fire Commissioners Call For New 9/11 Investigation: “Overwhelming Evidence Of Explosives”
- Architects and Engineers for 9/11 Truth: New York Area Fire Commissioners Make History, Call for New 9/11 Investigation

Lido em: https://www.anovaordemmundial.com/2019/08/11-de-setembro-comissario-dos-bombeiros-de-nova-york-pede-nova-investigacao.html

Porque o Furacão Dorian não se move? Resposta: Porque ele pode não ser natural, é geo-engenharia controlado para assustar, matar pessoas (pobres de preferência), e amedrontar o mundo e na sequência “virar tempestade tropical”... observem “como” a mídia acompanha os furacões.

¿Por qué Dorian no se mueve? El huracán sigue estancado en Bahamas y detiene su marcha rumbo a Florida

El paso del huracán Dorian por Bahamas fue devastador, con ráfagas que bordearon los 300 kilómetros por hora y provocaron la muerte de al menos cinco personas y la destrucción de más de 13.000 viviendas. Su camino debía seguir rumbo al sudeste de EE.UU., pero el fenómeno, devenido en categoría 3, detuvo su avance debido a las condiciones atmosféricas. (???)

Para definir su movimiento, los huracanes dependen de las corrientes de aire, pero en este caso las ubicadas a 18.000 pies de altura (5.486 metros) se encuentran detenidas, por lo que no pueden fijar la dirección de Dorian, que continúa en la zona de Bahamas, publicó la agencia AP. (hum... hum...)

En ese sentido, el director meteorológico de Weather Underground, Jeff Masters, afirmó que "nunca" registraron un huracán de categoría 5 "estancado durante tanto tiempo en el Atlántico". "Esto no tiene precedentes", agregó.

Fuerzas encontradas

Un sistema de alta presión ubicado en la zona de Bermudas es clave para que Dorian permanezca quieto, ya que actúa como una 'pared' que impide su avance hacia EE.UU. Mientras, otro, de baja presión, se mueve hacia el este y es el que intenta llevar el huracán hacia el norte. Según Masters, esos dos sistemas "están luchando y ninguno de los dos está ganando".

Además, el especialista explicó que el aire a menudo se estanca durante el verano y lo que ocurre en la actualidad es una versión extrema de eso, a la vez que destacó que los huracanes que se detienen en un lugar suelen desaparecer, debido a que aumenta la presencia de agua fría, cuando necesitan de la cálida para mantenerse.

Por último, Masters manifestó que cuanto más tiempo permanezca el fenómeno en Bahamas, aumentan las posibilidades de que el sistema de baja presión se imponga sobre la 'pared' generada por el de alta presión y empuje a Dorian hacia Florida.

Lido em: https://actualidad.rt.com/actualidad/325968-huracan-dorian-estancado-bahamas

Sua TV Espiona Você; Globalistas Traficam Crianças; Google Visa Conservadores; e Outras Verdades que Estão Tornando-se Realidade

 

... smart TV estão... assistindo e ouvindo as pessoas enquanto elas olham para essas telas gigantes... smartphones estão sendo usados ​​por gigantes da tecnologia como o Facebook para... ouvir conversas privadas sem o conhecimento ou consentimento das pessoas... e acompanhar cada movimento delas...

Caso você não tenha notado, muito do que nós previmos ao longo dos anos não só está se tornando realidade, como também está sendo relatado pela mídia tradicional. Isso prova, mais uma vez, que muitas das chamadas “teorias da conspiração” que a mídia independente é frequentemente acusada de se espalhar são, na verdade, verdadeiras bombas sendo lançadas muito antes de o establishment decidir tomar conhecimento delas.

Tome a revolução "inteligente", por exemplo. Durante anos, alertamos que os chamados dispositivos “inteligentes” são na verdade apenas dispositivos espiões que entidades como a Agência Nacional de Segurança (NSA) estão usando para violar os direitos da Quarta Emenda dos americanos - e nós recebemos muitas críticas por sugerir tal coisa. Mas desde então tem sido demonstrado que as televisores “smart”, por exemplo, estão, de fato, assistindo e ouvindo as pessoas enquanto elas olham para essas telas gigantes.

O mesmo vale para todos os “smartphones” que as pessoas observam o dia todo, que alertamos no último outono que estão sendo usados ​​por gigantes da tecnologia como o Facebook para não apenas ouvir conversas privadas sem o conhecimento ou consentimento das pessoas, mas também acompanhar cada movimento deles - novamente, sem permissão.

Não faz muito tempo que usar palavras como “globalistas

” ou “estado profundo” para descrever as entidades de bastidores que controlam nosso planeta era considerado uma “doença mental”. Mas agora, mais uma vez, tais termos se tornaram comuns porque, ao contrário do que o establishment quer que todos nós acreditemos, existe realmente um governo das sombras trabalhando nos bastidores para destruir os EUA por dentro, e tirar seu povo de todos os direitos e liberdades.

Ou que tal a corrupção do Partido Democrata, que tentou roubar a eleição de 2016 em favor de Hillary Clinton? Este ainda está sendo negado pelo establishment como uma “teoria da conspiração”, embora evidências copiosas continuem a aparecer, mostrando que os Clinton, os Obama e muitos outros grupos de estado profundo tramaram um golpe traidor para impedir que Donald Trump tivesse acesso ao Salão Oval.

"Traidores do estado profundo como Robert Mueller e Barack Obama podem ser designados combatentes inimigos pelo presidente", escreveu Mike Adams, editor do Natural News, no ano passado em resposta aos muitos despejos de informação que implicaram muitos democratas e republicanos proeminentes por conluio para derrubar um presidente legitimamente eleito. "Há evidências mais do que suficientes para serem desclassificadas, o que claramente apóia essa designação", acrescentou ele.

A grande mídia geralmente é a ÚLTIMA a contar verdades controversas...

Outro tópico há muito tempo negado pelo establishment que se tornou mainstream é o problema desenfreado do tráfico de crianças e pedofilia dentro dos altos escalões do poder, tanto nos Estados Unidos quanto ao redor do mundo. Jeffrey Epstein, que talvez seja o exemplo mais proeminente disso, foi recentemente denunciado como morto por suicídio depois de ser preso por acusações relacionadas à sua infame “Ilha da Pedofilia”.

Mas lembre-se de alguns anos atrás, quando toda a conversa sobre o "Pizzagate" foi apelidada de "teoria da conspiração selvagem" pela imprensa do establishment? Acontece que a mídia independente estava no caminho certo sobre esse caso também, e a grande mídia está somente agora alcançando o fato de que aqueles que ocupam os mais altos níveis de governo e empresas são muitas vezes apenas um monte de pervertidos que molestam crianças.

E não nos esqueçamos da indústria tecnológica, que graças ao bravo trabalho do Project Veritas e outros está sendo exposta agora por distorcer as notícias; intromissão nas eleições; e visando conservadores, entre outros crimes. Isso também foi apelidado de “teoria da conspiração” apenas alguns anos atrás, embora seja inegável que na verdade era um fato conspiratório.

Estas e muitas outras verdades bombásticas foram trazidas à luz pela mídia independente, é importante notar, que sustentou uma barragem sem fim de ataques simplesmente por sugerir isso. Mas, eventualmente, como em tantos outros tópicos e questões “controversos”, a grande mídia pegou e, de repente, tornou-se notícia regular, agora que eles estão dizendo isso.

Estamos começando a ver a mesma coisa acontecer com tópicos como "aquecimento global" e "mudança climática" também. Aqueles que rejeitaram a narrativa oficial de que a Terra está se aquecendo devido ao uso de combustíveis fósseis têm sido apelidados de “negadores do clima”, mas agora vem à luz, como nós alertamos há muito tempo, que a alegada “ciência” por trás da narrativa oficial do clima é falha, na melhor das hipóteses.

“Cientistas da mudança climática sabem muito bem que a mídia desonesta terá prazer em relatar a ciência falsa como factual e verdadeira, desde que promova sua agenda de desinformação sobre mudança climática”, adverte Adams sobre como tudo funciona. "Eles não se importam se os fatos foram verificados."

“Tudo com o que se importam é se o presidente Trump pode de alguma forma ser culpado (e Al Gore pode ser celebrado como um deus, mesmo que ele não saiba nada sobre a ciência atmosférica real)… fatos científicos são de interesse zero para a mídia, que é quase inteiramente composta por 'jornalistas' que são cientificamente analfabetos e não saberiam o que é uma 'tendência linear menos quadrada' se sua vida dependesse disso."

Ler mais em:

Estado de Vigilância: 1 a cada 2 Adultos Americanos já Está no Banco de Dados de Reconhecimento Facial do FBI

Por que o Facebook Está Espionando o ÁUDIO de Seus Usuários?

Whisterblower: "Eu vi Algo Obscuro e Nefasto Acontecendo Dentro dos Planos do Google para Derrubar os EUA"

Lido em: https://www.anovaordemmundial.com/2019/08/sua-tv-espiona-voce-globalistas-traficam-criancas-google-visa-conservadores-e-outras-verdades-que-estao-tornando-se-realidade.html   (29.8.19)

BENJAMIN FULFORD - "ATUALIZAÇÃO SEMANAL" - 27.8.19

PENTÁGONO PLANEJA DEPORTAR SIONISTAS, NA MEDIDA EM QUE A REDEFINIÇÃO MONETÁRIA GLOBAL SE APROXIMA.

** Epstein ‘morreu’ aos 66 anos, 6 meses, 22 dias = 66,6 anos às 6 da manhã do dia de luto judeu (Tisha B’Av) ... (numerologia semelhante à morte de David Bowe – peão da indústria satânica para implementação de agendas transgenero, pedófila, pornográfica e outras mais...)

O complexo industrial militar dos EUA está fazendo sérios movimentos contra os Sionistas, preparando-se para expulsar muitos deles para uma zona autônoma judaica na Sibéria, dizem fontes do Pentágono, enquanto o Pentágono e seus aliados estão muito ansiosos para assumirem o controle Sionista.

Até mesmo os, banqueiros centrais e líderes do G7 reunidos na semana passada em Jackson Hole, Wyoming e Biarritz, na França, admitem que é necessária uma mudança de paradigma econômico. Esses movimentos estão relacionados a uma Redefinição Monetária Global que acabaria com o controle Sionista de bancos centrais privados, dizem as fontes.

Agora, toda uma grande quantidade de figurões do establishment está publicamente pedindo por uma reinicialização financeira. Entre eles estão a chefe do FMI, Christine Lagarde, o Presidente russo Vladimir Putin, o presidente chinês Xi Jinping, economistas alinhados aos Rothschild e outros. Todos eles pedindo a substituição do dólar por uma nova moeda internacional.

Tal moeda, quase por definição, ficaria fora do controle sionista uma vez que os interesses da economia mundial e os do governo corporativo dos EUA, controlado pelos Sionistas, estão em conflito.

“A guerra comercial é uma frente para a redefinição global da moeda”, confirmam fontes do Pentágono. O Presidente dos EUA, Donald Trump, chamou os diretores executivos do JPMorgan Chase Bank, do Bank of America, do Citigroup e outros para obter apoio para sua posição sobre a guerra comercial, disseram as fontes.

O cancelamento, por parte do JPMorgan Chase de todas as dívidas de cartão de crédito no Canadá, a implosão do Deutsche Bank, a exposição à fraude da General Electric, a desvalorização do iuane e um dólar lastreado em ouro fazem parte do comércio contínuo do novo sistema, dizem elas.

Por mais que Trump faça alardes e chamadas, os números deixam claro que o novo sistema enfraquecerá o poder dos Estados Unidos. Atualmente, os Estados Unidos respondem por apenas 10% do comércio mundial, no entanto, mais de 70% do PIB mundial usa o dólar dos EUA como moeda âncora, segundo o Banco da Inglaterra. Isso se torna óbvio que qualquer Redefinição Monetária Global  tiraria o enorme poder da corporação dos EUA.

Na semana passada, Trump admitiu que poderia “declarar uma emergência nacional” sobre a questão porque anualmente “perdemos quase um trilhão de dólares por muitos anos”.

Isto é o mais próximo que um presidente americano em exercício chegou ao ponto de, publicamente, declarar falência. Outras declarações e ações de Trump apontam para alguma crise existencial. Ele tentou assumir a Groenlândia e seus recursos, cobrar dos aliados custos totais das bases militares dos EUA “mais 50%” e colocar tarifas sobre tudo o que é chinês, tudo por causa dessa iminente inadimplência, concordam várias fontes.

Militares dos EUA estão se preparando para grandes mudanças, colocando o Exército sob comando dos militares enquanto a Marinha assume o controle das várias agências de inteligência, disseram as fontes do Pentágono. Isso significa um novo chefe de todas as agências de inteligência dos EUA fontes do Pentágono.

Isso significa que o novo chefe de todas as agências de inteligência dos EUA é o ex-vice-almirante da Marinha, Joe Maguire, o novo Diretor da Inteligência Nacional, de acordo com fontes do Pentágono. Maguire assume o comando, após a demissão de “não apenas do ex-Senador Dan Coats, mas também do seu adjunto e [ex-Diretor da CIA John] Brennan e Sue Gordon, lacaio da CIA”, dizem. 

O governo militar, de fato, dos EUA “declarou guerra à máfia judaica no seu dia mais triste, o Tisha B’av”, dizem as fontes.

Documentos relacionados ao chantagista pedófilo Jeffrey Epstein foram abertos no dia 9 e “ele foi ‘suicidado’ em 10 de Agosto para acelerar a acusação de outros, já que todas as evidências, agora, são admissíveis sem nenhum contratempo judicial, dizem as fontes do Pentágono.

(Sobre o Tisha B’Av)  “O primeiro templo, destruído em 586 AC, o segundo templo em 70 DC, a expulsão da Inglaterra em 1290, a expulsão da Espanha em 1492 e, agora, a máfia Sionista no Tisha B’av pode levar a transferências forçadas para a zona autônoma judaica no Extremo Oriente russo, na medida em que os judeus recebem justiça cármica por seus séculos de perfídia anti-goy”, declaram  fontes do Pentágono.

Tais fontes acrescentam que “Epstein,  aparentemente, seria um operacional militar que pode ter sido exilado para erradicar as operações de chantagem do Mossad no Ocidente, os parasitas Sionistas, o megagrupo AIPAC e toda a quinta coluna israelense”.

“Numa volta da vitória sobre satanistas e Sionistas, **Epstein ‘morreu’ aos 66 anos, 6 meses, 22 dias = 66,6 anos às 6 da manhã do dia de luto judeu”, continuam as fontes.

“O dia 10 de Agosto é também o 70º aniversário do Departamento de Defesa, que varreu a Ilha Epstein com satélites multiespectrais, na investigação de pedofilia homicida e outros crimes hediondos”, dizem.

As fontes também dizem que, “Trump habilmente expôs Bibi (Primeiro-Ministro israelense, Benjamin Netanyahu) aos congressistas de bandeira Muçulmana, Ilhan Omar e Rashida Tlaib, expondo Israel como um estado opressivo, fraturando o apoio bipartidário, enquanto impulsiona o BDS [o movimento Boicote, Desinvestimento, Sanções]. Bibi, o criminoso de guerra do 11 de Setembro e 11 de Março, parece agora um lacaio de Trump que pode não ganhar a reeleição.

O fato de Trump ter declarado “inimigos” o presidente chinês Xi Jinping e o presidente do FED, Jerome Powell, deixa bem claro que a falência dos EUA está conduzindo à reações antissionistas e anti-China. No entanto, o problema real não é tão simples.

O governador do Banco da Inglaterra, Mark Carney, deixou isso claro num discurso muito interessante, para seus colegas banqueiros centrais, na semana passada. De acordo com Carney, existem falhas profundas no Sistema Monetário e Financeiro Internacional (IMFS) causadas em grande parte por “uma assimetria desestabilizadora no coração do IMFS” – o dólar americano. Os Estados Unidos representam agora 10% do comércio mundial e 15% do PIB mundial, mas “o dólar serve como âncora monetária nesses países, representando mais de dois terços ou mais de 70% do PIB mundial”.

As economias de mercado emergentes (EMEs) que, em grande parte, estão excluídas da gestão do FMIS agora, representam 60% do PIB global e serão responsáveis por 75% até 2030, diz ele.  Sua exclusão do controle do sistema financeiro desacelera o crescimento econômico para “cinco sextos da economia mundial”.

Carney, também, tem como objetivo o atual regime de taxas de juros ultrabaixas, observando que “Os exemplos passados de taxas muito baixas tenderam a coincidir com eventos de alto risco, como guerras, crises financeiras e rupturas no regime monetário”. Carney conclui dizendo: “Vamos acabar com a negligência maligna do FMI e construir um sistema digno da economia global diversificada e multipolar que está emergindo”.

Curiosamente, a análise de Carney veio quando o Departamento do Tesouro dos EUA emitiu a seguinte declaração:

“O Secretário do Tesouro… deve considerar se os países manipulam a taxa de câmbio entre sua moeda e o dólar dos Estados Unidos com a finalidade de evitar ajustes efetivos na balança de pagamentos ou ganhar vantagem competitiva injusta no comércio internacional. O Secretário Mnuchin, sob os auspícios do Presidente Trump, hoje designou a China um manipulador de moedas.

O Presidente Trump tuitou, “ao longo de muitos anos, estupidamente, nosso país perdeu trilhões de dólares com a China. Não precisamos da China e, francamente, estaríamos muito melhor sem ela”. Ele, também, tuitou, “A pergunta que está sendo feita é: Por que estamos pagando muito mais em juros do que a Alemanha e alguns outros países? A resposta, é claro, é que o dólar americano tal como existe atualmente não é bom para a economia dos EUA.

A solução proposta por Carney é substituir o dólar pela “libra” (a nova moeda do Facebook), uma moeda criptográfica, controlada por seus antigos chefes da cabala. No entanto, a solução real, é claro, é algo que seu correspondente vem dizendo há anos: Os EUA precisam emitir uma nova moeda separada do não mais dólar americano da ONU.

Uma fonte do comitê dirigente das 13 linhagens de sangue que controlam o velho sistema diz: “No grande esquema das coisas, estamos indo muito rápido; no banco de investimento chama-se aceleração”. A fonte, um membro da realeza real europeia, diz que uma futura agência de planejamento está sendo ativamente considerada. Teria uma estrutura de votação baseada na atual realidade mundial e não no mundo existente, após a Segunda Guerra Mundial, quando o sistema que agora utilizamos foi criado, diz ela.

O mundo é como um superpetroleiro gigante com tanto ímpeto que a sua recuperação demora muito tempo, mesmo que haja um novo capitão que queira mudar de rumo. É por isso que, embora a mudança esteja ocorrendo muito rapidamente, através, de medidas tradicionais, o progresso parece muito lento.

No entanto, será interessante ver o que acontecerá por volta da data de 30 de Setembro, em que a corporação dos EUA terá que fazer pagamentos a credores internacionais. Este escritor não é um investidor de fundos de cobertura, mas se fosse, apostaria na volatilidade deste Outono.

Se o Ocidente não fizer nada de decisivo até lá, é uma boa aposta que os asiáticos se movimentem após o Ano Novo Chinês de 2020. Se o fizerem, lembrem-se que os chineses são muito cautelosos, mas quando se movimentam, vão com tudo.

Lido em: https://www.sementesdasestrelas.com.br/2019/08/benjamin-fulford-atualizacao-semanal_27.html

Lavajato trabalhou no Ódio à Lula... vejam os comentários feitos por procuradores e blogueiros sobre a morte de Dona Marisa... vazados hoje (27/8) pelo Intercept

"... Vagabunda, morreu tarde", diz mulher (nas redes sociais) ao comentar matéria sobre morte de Marisa

“Vagabunda. Bandida", diz mulher ao comentar/apoiar o deboche de procuradores da Lava Jato sobre o falecimento de dona Marisa Letícia

A revelação pelo portal UOL de que membros da força-tarefa da Lava Jato tripudiaram da morte de Marisa Letícia foi uma das notícias mais comentadas na manhã desta terça-feira (27). As informações estão embasadas nos vazamentos do arquivo do The Intercept Brasil.

Dona Marisa Letícia deu entrada no hospital no dia 27 de janeiro de 2017, após sofrer um AVC hemorrágico. A morte cerebral foi diagnosticada no dia 3 de fevereiro. Um dia depois, a colunista do jornal Folha de S.Paulo, Mônica Bergamo, descreveu a agonia vivida por Marisa em seus últimos dias de vida.

Em abril deste ano, em entrevista à mesma colunista, o ex-presidente Lula disse que “Marisa morreu por conta do que fizeram com ela e com os filhos dela”. “Dona Marisa perdeu motivação de vida, não saía mais de casa, não queria mais conversar nada”, continuou o presidente ao responder uma pergunta sobre a possibilidade de a saúde da esposa ter sido afetada pelas investigações da Lava Jato.

“Querem que eu fique pro enterro?”  Nas conversas divulgadas na matéria mais recente dos portais Intercept e UOL, a visão apresentada pelos procuradores da Lava Jato era bem distante da humanizada.  No dia 24 de janeiro de 2017, quando foi noticiada a internação de dona Marisa Letícia, o procurador Januário Paludo escreveu no chat “Filhos do Januário 1”: “Estão eliminando as testemunhas…”

 

No dia 2 de fevereiro, quando saiu nos jornais que o cérebro da ex-primeira dama parou de receber sangue, a procuradora Laura Tessler disse no mesmo grupo: “quem for fazer a próxima audiência do Lula, é bom que vá com uma dose extra de paciência para a sessão de vitimização”.

No dia seguinte, quando confirmado o falecimento de Marisa Letícia, a procuradora Jerusa Viecili comentou: “Querem que eu fique pro enterro?”. A frase foi acompanhada com o símbolo de um emoticon sorrindo com os dentes à mostra.

No dia 4 de fevereiro, Telles disse sobre a nota de Mônica Bergamo descrevendo a agonia dos últimos dias de dona Marisa Letícia: “Ridículo… uma carne mais salgada já seria suficiente para subir a pressão… ou a descoberta de um dos milhares de humilhantes pulos de cerca do Lula…” (???)

“Morreu tarde, vagabunda”  Ao comentar no Facebook a matéria da reação dos procuradores da Lava Jato diante da morte de Marisa Letícia, a internauta Fernanda Dress escreveu: “Foda-se, morreu tarde. #Vagabunda. #Ladra. #Bandida”.

Jomarion... guardem bem o nome desta infeliz - Fernanda Dress -  ela representa o pior e o podre de muitas mulheres e homens do Brasil... estas pessoas assustam pois são perigosas, alienadas e arrogantes. Estas são as que matam por motivo fútil, são os “haters” (odiadores) que elegeram Bolsonaro.

A publicação da internauta foi criticada por outros usuários. “Que gente escrota que apoia esse tipo de frieza e falta de compaixão. E ainda se dizem cristãos”, publicou um usuário.  “Até hoje não entendi todo furor que houve em torno de um evento do qual ninguém escapará. Quem está bem jamais vai se regozijar com a morte. Tanto é que elegeram alguém que tem a morte como um estandarte”, escreveu outra.

Para o advogado Arnobio Rocha, as conversas dos procuradores sobre a morte de Marisa, Vavá e Arthur são as mais cruéis e abjetas já reveladas até agora no escândalo da Vaza Jato.  “Os procuradores tratam de maneira sórdida as mortes de familiares de Lula. De forma jocosa e perversa, tramam como obstar a ida de Lula aos velórios de seus entes mortos.

Ironizam, por exemplo, a internação de D. Mariza Letícia como ‘queima de arquivo’, por vezes como se a doença dela venha das ‘puladas de cerca do marido’, ou que o estado dela era “vegetal”, não servindo mais nem para testemunhar ou ser Ré”, observa Arnobio.

“A morte do irmão do ex-presidente traz uma discussão sobre a possível ida ao velório e enterro, e é vista não como um direito, mas como a oportunidade de Lula fugir, tabulam soluções para impedir e a todo momento a morte é tratada com desdém, a dor e o Direito são secundados”, continua o advogado.

“Na morte do neto de Lula, o pequeno Arthur, os procuradores aprofundam seus ódios e suas falas perversas, propõem a ‘solução Toffoli’, que era levar o cadáver até um local onde Lula o visse e não aparecesse para ninguém que estava velando o neto, assim, ele, Lula, não se vitimaria, não aparecendo publicamente”, acrescenta o advogado.

“Em todos os momentos, os procuradores da República, servidores públicos concursados, muito bem remunerados, formados em excelentes faculdades, a maioria públicas, uma espécie de elite do serviço público, tratam Lula como um inimigo público, sem direitos”, finaliza.

Jomarion... entendem porque o Brasil não consegue dar um passo sequer para melhorar? O peso de carma criado com a barbaridades perpetradas contra o Presidente Lula, não tem precedentes em nossa história... a coisa fica pior quando sabemos que Lula foi condenado “sem culpa” vítima de uma mega armação para jogar o Brasil na mão de loucos perigosos e debiloides de extrema direita e de “viés” (como gosta de falar o Bozo) evangélico fundamentalista!

Lido em: https://www.pragmatismopolitico.com.br/2019/08/morreu-tarde-marisa-leticia.html

As Pessoas já Estão Sofrendo com o 5G em Genebra

A indústria de telecomunicações deu depoimento no Congresso dos EUA em fevereiro que eles não têm provas científicas de que a exposição à tecnologia 5G é segura.  Muita pesquisa indica que não é realmente. 

Em 2017, o médico suíço Bertrand Buchs
lançou uma petição pedindo uma moratória na instalação do 5G e muitos médicos e cientistas já a assinaram. 
A oposição mundial ao
5G está crescendo e inclui indivíduos e organizações preocupados com outras questões associadas a essa tecnologia, além dos riscos biológicos e ambientais.

Independentemente disso, o 5G continua a ser instalado e operado nos EUA e em todo o mundo, embora tenha sido relatado que as pessoas e seus animais de estimação estão ficando doentes devido à exposição. Isso agora também está sendo relatado em Genebra, na Suíça.

Obrigado ao pesquisador de EMF - Dr. Bob Morr - que postou isto em seu site:

Eu vi um artigo no site suíço Lillustré  onde os moradores de repente relatam sobre os efeitos colaterais estranhos que eles tiveram depois que as torres 5G  foram ligadas em Genebra, na Suíça. Esses moradores do mesmo bairro em Genebra estão sofrendo de vários problemas de saúde. Eles são vítimas de uma tecnologia 5G cujos perigos não foram suficientemente testados em qualquer parte do mundo? Estamos sendo irradiados à força por micro-ondas 5G.

Johan Perruchoud, de 29 anos, que vive em Genebra há 11 anos, diz que todos os problemas começaram em abril de 2019, quando o 5G em Genebra foi oficialmente ligado. De repente, ele começou a ter problemas para dormir. Ele se sentia em casa como estando em um micro-ondas. Três antenas 5G acabaram de ser postas em serviço perto de onde ele mora e outras pessoas reclamaram de distúrbios idênticos, dores de cabeça, fadiga.

Ele ligou para Swisscom, que é responsável pelas antenas 5G instaladas em Genebra, e imediatamente o operador entrou em modo defensivo, dizendo que tudo é testado e perfeitamente saudável. Ele alega que teve uma infecção sinusal de 2 meses que nunca havia sentido antes.

Além disso, seu vizinho, Elidan Arzoni, de 50 anos, não está melhor. Na mesma data, sintomas semelhantes, mais agudos, apareceram neste ator, que é diretor da Company Metamorphoses, em Genebra. Ele começou a sentir sintomas estranhos como um zumbido, soando constante em seus ouvidos. Ao mesmo tempo, sentiu uma forte dor no lado esquerdo da cabeça e atrás do crânio. Ele também estava preocupado que fosse ter um ataque cardíaco, porque seu coração estava batendo muito rápido.

Bem, fizemos uma entrevista com esse cavalheiro de Genebra para tentar descobrir mais sobre todo o problema 5G.

(O artigo inclui entrevistas com outros moradores de Genebra, bem como links para onde as torres 5G já foram instaladas...  O Dr. Buchs também foi entrevistado:

Eu me deparo cada vez mais com problemas semelhantes. Na ausência de estudos claros, não temos o direito de responder a essas pessoas. Com as ondas mais curtas do 5G, ninguém sabe o que pode acontecer. Sem mencionar sua potencialização, isto é, sua mistura com 3G, 4G, wi-fi.  
As autoridades de Genebra estão indo contra o senso comum. O princípio da precaução é claramente violado. Por que em apenas dois meses aparecem tantas antenas (100 só hoje na Suíça)? Enquanto para qualquer medicamento, passamos anos testando, seja ela boa ou ruim?

FONTES:
- Activist Post: People Already Hurting From 5G in Geneva, Switzerland
- Enviromental Health Trust: EMF Scientist Appeal Advisors Call For Moratorium On 5G
- AlterMedicine: Sideeffects of living near 5G towers in Geneva Switzerland – testimonial
- Lillustré: «Avec la 5G, nous nous sentons comme des cobayes»

Lido em:   https://www.anovaordemmundial.com/2019/08/as-pessoas-ja-estao-sofrendo-com-o-5g-em-genebra.html

Agenda Transgenero agride a população e força aceitação em São Paulo...(Jomarion)

 

São Paulo vai iluminar pontos turísticos com as cores da bandeira LGBT

A homenagem é feita para a Conferência Internacional da Diversidade e do Turismo LGBT (???) que acontece na próxima semana na cidade

A cidade de São Paulo irá sediar, na próxima semana, a Conferência Internacional da Diversidade e do Turismo LGBT. Essa é a terceira edição do maior encontro econômico brasileiro sobre este segmento. Serão 3 dias de palestras, debates e divulgações.

(Jomarion... Vejam que absurdo... palestras e debates para alavancar a “agenda transgenero” no Brasil... estão aproveitando-se da lei contra a homofobia para forçar a sociedade a aceitar isto... lembro que homofobia é uma coisa e agenda transgenero é outra! O movimento tenta confundir as pessoas!)

Em homenagem ao evento, a prefeitura de São Paulo, que é uma das apoiadoras do encontro,  irá iluminar pontos turísticos da cidade com as cores do arco-iris, marca da bandeira LGBT. Os locais escolhidos foram: o Edifício Matarazzo – sede da administração municipal – a ponte estaiada e o viaduto do Chá, próximo ao Teatro Municipal.

(Jomarion... os paulistanos não irão protestar porque temem ser confundidos com “bolsonários”, pois a “direita brasileira” radicalizou o país.).

O evento começa na segunda-feira 26 e vai até quarta -feira 28. A Prefeitura informou que os pontos turísticos ficarão iluminados até o final do mês pelo dia da visibilidade lésbica, que acontece no dia 29 de agosto.

Além do turismo, um dos assuntos tratados no encontro será a cultura LGBT (Uau... como os LGBTS...YZ são especiais ...  possuem cultura própria... )

Esse debate acontece em um momento crítico para iniciativas culturais que tratam sobre esse tema. Nesta semana, o governo de Jair Bolsonaro censurou séries que seriam transmitidas em canais públicos de televisão por trata do tema LGBT.

(Jomarion... Garanto aos leitores que a maioria dos paulistanos e brasileiros, de direita ou de esquerda, estão fartos desta palhaçada e também não concordam com “cultura gay e agenda transgenero” em filmes e seriados...)

Além disso, Bolsonaro já falou que o Brasil não é o país do turismo gay (que é uma humilhação para os brasileiros como se já não bastasse a péssima reputação que as “brasileiras” têm no estrangeiro).

A declaração do presidente foi se referindo a parada LGBT de São Paulo, a maior do mundo (uma vergonha para nosso país) , que aconteceu em julho deste ano e  arrecadou mais de R$400 milhões para a cidade (Vale tudo por dinheiro?).

Jomarion: Isto chama “predição” ou seja insistir em uma agenda anos a fio (décadas) usando a mídia e a cultura  para implantar conceitos que visam degradar a sociedade e destruir a relação homem/mulher legitima e sagrada... trata-se de “engenharia social” e quem a comanda é a “elite caida” que implanta ideologias nefastas e satânicas no mundo através da ONU e seus Organismos Internacionais – A Besta, Suas Cabeças e Muitos Chifres!

Lido em: https://www.cartacapital.com.br/sociedade/sao-paulo-vai-iluminar-pontos-turisticos-com-as-cores-da-bandeira-lgbt/

As únicas coisas que prosperam no Brasil são as asneiras de Bolsonaro

 

O desgoverno que chega ao seu sétimo mês é um retrato do caos, com estagnação econômica e desemprego

Diferentemente das promessas feitas durante a campanha eleitoral – quando se gabava de que iria resolver todos os problemas da economia brasileira entregando o ministério para o ultraliberal Paulo Guedes –, o desgoverno Bolsonaro, que chega ao seu sétimo mês, é um retrato do caos, com estagnação econômica e desemprego. Há, de acordo com especialistas das mais variadas vertentes, uma queda vertiginosa na maioria dos indicadores sociais e econômicos. As previsões do Produto Interno Bruto deste ano recuaram pelo segundo trimestre consecutivo e já indicam um quadro de recessão técnica.

O PIB, que havia recuado 0,2% no primeiro trimestre, quando comparado com os últimos três meses de 2018, apresentou indício de um novo recuo de 0,13% entre abril e junho, segundo o IBC-Br do Banco Central, uma espécie de prévia dos dados oficiais do IBGE. Os indicativos de crescimento também foram reduzidos mais de 20 vezes desde o início desta desastrosa gestão, atingindo a expectativa de apenas 0,8%. Os números mostram que, mesmo aprovada a reforma da Previdência, vendida pelo governo como solução mágica para a crise, o Brasil continua a afundar.

Na balança comercial, a diferença entre o que o Brasil exportou e importou gerou um saldo positivo de 26 bilhões de dólares no semestre, menor do que o resultado do mesmo período do ano passado (30 bilhões). O valor das exportações caiu 3,5%. No semestre, a produção industrial medida pelo IBGE recuou 1,6% na comparação com os seis primeiros meses de 2018.

Em poucas palavras:

Bolsonaro acabou com direitos dos trabalhadores e não resolveu o problema econômico do País. Ao contrário, a situação só se agravou. Atrasos de pagamentos referentes a obras do programa Minha Casa Minha Vida – que hoje ultrapassam 60 dias e somam 500 milhões de reais somente na faixa 1 do programa – ameaçam diretamente o emprego de 200 mil trabalhadores de 512 empresas responsáveis por 900 empreendimentos de habitação popular em andamento no Brasil.  O rombo compromete principalmente as construtoras que atuam na chamada faixa 1, destinada a famílias com renda de até 1,8 mil reais mensais.

O mercado sente os efeitos nas faixas 1,5 (renda familiar até 2,6 mil), 2 (até 4 mil) e 3 (até 7 mil) do programa, que também operam com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, responsável por 90% do desconto e do subsídio, enquanto a União garante os outros 10%.

E a tendência é que este cenário piore ainda mais com a Medida Provisória enviada no fim do mês de julho e cujos efeitos são imediatos. A MP cria novas modalidades de saque do FGTS e do PIS/Pasep e traz uma imensa cilada para os trabalhadores: o “saque-aniversário”.

Quem fizer essa opção e retirar o porcentual permitido de sua conta ativa do FGTS, na “janela” do aniversário de abertura da conta, perderá o direito de sacar o saldo total depositado, inclusive em caso de demissão sem justa causa, por um período de até dois anos, a menos que faça a migração para outra modalidade. O “detalhe” é que o governo não tem divulgado essa informação.

Ou seja, você mexe na conta para tirar um pequeno valor e bloqueia todo o saldo por um período mínimo de dois anos, mesmo que dependa desses recursos para sobreviver. Outra consequência danosa será a retirada de recursos em massa do fundo, um dos principais financiadores de obras de infraestrutura.

Em meio ao desastre de seu governo, 13 milhões de brasileiros sofrem com o desemprego. Milhares de famílias reduzem o consumo, até em áreas consideradas essenciais, como alimentação e produtos de higiene.

E se os consumidores não compram, o comércio, consequentemente, não vende e a indústria não produz, ciclo que acarreta mais quedas no PIB. Números recentes repassados pelo mercado indicam que no segundo trimestre as vendas do comércio caíram 0,3%, o setor de serviços recuou 0,6% e a produção industrial reduziu 0,7%. Não são mentiras ou boatos. Trata-se de dados oficiais.

Incapaz de solucionar essa equação, Bolsonaro cobra a conta do povo. Em 2019, o governo anunciou dois cortes orçamentários que têm a educação como a área mais afetada. A pasta já perdeu 6,2 bilhões de reais. Houve queda no número de bolsas de pesquisa e o esvaziamento de ações para a educação básica. Investimentos federais para bolsas de alfabetização e apoio à educação integral foram zerados. Houve uma redução de 58% no número de alunos do Pronatec (educação profissional). 

Enquanto isso, Bolsonaro segue a falar asneiras nas redes sociais, gerando novas e intermináveis cortinas de fumaça para esconder seu verdadeiro objetivo, a destruição do Brasil.

Marília Arraes (deputada federal - PT/PE

Lido em: https://www.cartacapital.com.br/opiniao/as-unicas-coisas-que-prosperam-no-brasil-sao-as-asneiras-de-bolsonaro/

Carma se paga assim e aqui!

Blogueira que comemorou morte de neto de Lula pede dinheiro nas redes para se defender de processo

 

A blogueira Alessandra Strutzel, que classificou a morte do neto de 7 anos do ex-presidente Lula como “uma notícia boa”, criou uma vaquinha nas redes sociais para conseguir pagar a indenização movida pela família do ex-presidente e, até o momento, não conseguiu nem um centavo.

Strutzel abriu uma vaquinha virtual com a meta de R$ 50 mil, mas por enquanto não recebeu nada. Ela diz que conseguiu cerca de R$ 1 mil através do grupo LDRV, mas comentários em postagem feita pela blogueira demonstraram o contrário, que o grupo não se dispôs a financiar a indenização após a publicação maldosa.

“Preciso de ajuda em qualquer quantia pra me ajudar no processo que o ex presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, moveu contra minha pessoa por conta de um comentário isolado. Estou desesperada, tenho mãe acamada, me arrependi. Preciso levantar essa grana urgente”, postou em seu Facebook.

Na descrição da vaquinha, no entanto, o arrependimento não transparece e ela fala em “vencer o PT” junto do LDRV e ao grupo Ilha da Macacada, famoso por publicações de cunho preconceituoso. “Galera, preciso provar que podemos juntos vencer o PT. Me ajudem por favor… Peço ajuda a todos meus fãs, aos membros do LDRV em especial e ilha da macacada”, diz a descrição.

 

 

 

 

 

 

 

Jomarion... vejam a "vaquinha" da "vaca blogueira"... Doações: ZERO

Lido em: https://revistaforum.com.br/politica/lula-livre/blogueira-que-comemorou-morte-de-neto-de-lula-pede-dinheiro-nas-redes-para-se-defender-de-processo/   (22.8.19)

Assalto na ponte Rio-Niteroi... você engoliu? Parece “fake”, cena de filme, armação! Um rapaz de 20 anos assaltou com arma de brinquedo! Voce conhece “Projeto Monarca” que prepara jovens para perpetrar crimes hediondos nas grades cidades? Sem saber ao certo o que tinha acontecido a “mídia mundial vendida” repassou a história rapidamente sem checar! Que tal??  

Witzel é 'oportunista diante da tragédia', diz Talíria Petrone após sequestro na Rio-Niterói

*... O sequestro foi transmitido ao vivo pela internet permitindo ver a comemoração das pessoas no local quando o sequestrador foi morto por um atirador de elite... o governador Wilson Witzel... após a morte do sequestrador chegou à ponte Rio-Niterói de helicóptero e desceu da aeronave comemorando com os braços... como se estivesse em um jogo de futebol... e concedendo entrevista coletiva ainda na ponte Rio-Niterói...*

A deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) estava na ponte Rio-Niterói no momento em que ocorreu um sequestro a um ônibus que paralisou a via e terminou com a morte do sequestrador. Ela falou à Sputnik Brasil sobre o incidente que ocorreu nesta terça-feira (20).

Petrone, que já foi vereadora em Niterói, estava indo em direção ao aeroporto para voltar à capital Brasília quando o sequestro fechou a via e a impediu de pegar o voo.

"Em um fato excepcional como esse, que é diferente de uma ação cotidiana nas favelas - eu não sei exatamente como foi porque eu estava no local e não consegui acompanhar as reportagens - mas acho que os agentes da segurança pública devem mediar o conflito protegendo o máximo de vidas possíveis", diz a deputada federal em entrevista à Sputnik Brasil.

O sequestro foi transmitido ao vivo pela internet permitindo ver a comemoração das pessoas no local quando o sequestrador foi morto por um atirador de elite. O sequestrador, William Augusto Nascimento, tinha 20 anos e trabalhava como vigilante. Nenhum refém ficou ferido.

"É desesperador ver que pessoas comemoram a morte de alguém, comemoram a barbárie. Estamos todos felizes que nenhum refém saiu ferido, mas há uma morte. Se houve a necessidade ou não, temos que avaliar tecnicamente, mas há uma morte e isso expressa a barbárie que estamos vivendo no Rio de Janeiro. Não há nada a se comemorar com o fato de hoje mais cedo", diz.

Para ela, é possível que o homem não estivesse em condições psicológicas normais.

"Um homem que pega uma arma de brinquedo e sequestra um ônibus com uma faca é um homem que não está no seu estado psicológico [normal]. É uma questão de adoecimento, isso não tem que ser comemorado, a morte desse homem não tem que ser comemorada", diz.

A deputada afirma que a avaliação técnica do ocorrido deve ser feita depois para avaliar se a morte do sequestrador foi ou não necessária, mas enfatiza que não concorda com a comemoração de uma morte.

"O que eu acho é que sempre que se perde uma vida, adiante, é um fato que não deve ser comemorado", aponta.

Talíria Petrone também condenou a postura do governador do estado, Wilson Witzel, que após a morte do sequestrador chegou à ponte Rio-Niterói de helicóptero e desceu da aeronave comemorando com os braços.

"Para mim é a coisa mais lamentável, comemorando como se estivesse em um jogo de futebol. Um sequestro de um ônibus por uma pessoa possivelmente com problemas de saúde mental que deixou 31 pessoas em pânico e que resultou em uma morte. E o governador balança os braços no alto como se tivesse ganho um jogo de futebol. Isso é brincar com a vida dos moradores do Rio de Janeiro", afirma.

Uso político do caso?

A deputada federal do PSOL teme que o governador utilize o caso do sequestro desta terça-feira (20) para justificar sua política de enfrentamento no estado do Rio de Janeiro. A letalidade policial no estado durante os primeiros seis meses do governador foi a maior em 17 anos.

Para ela, Witzel está sendo oportunista com a forma como agiu diante do ocorrido, chegando de helicóptero no local e concedendo entrevista coletiva ainda na ponte Rio-Niterói. Durante a entrevista, Witzel relacionou a morte do sequestrador com a ação da polícia nas favelas do Rio de Janeiro.

"Eu acho que o governador está comparando o que ele faz nas favelas com o que aconteceu hoje. Acho que são fatos que não são comparáveis a princípio", explica.

"Isso mostra tanto um oportunismo diante de uma tragédia - é um governador que é oportunista diante de uma tragédia. E também uma comparação impossível de ser feita. Você não compara um sequestro com a situação que hoje é vivenciada por quem mora nas favelas do Rio de Janeiro", diz.

A deputada acrescenta que essa letalidade policial no estado não ocorre em áreas controladas pelas milícias.

Witzel ganhou manchetes com suas falas polêmicas sobre a ação policial. Em uma delas, descreveu a ação de snipers contra traficantes logo após ser eleito, em 2018, quando afirmou que "A polícia vai mirar na cabecinha e… fogo".

"É preciso ver como foi a ação policial tecnicamente. Mas a princípio o que eu acho é que dizer que vai fazer na favela o que fez hoje nesse trágico fato, mostra no mínimo, como ponto de partida, um desconhecimento técnico do que é segurança pública. Um sequestro não é a situação que a gente vive no Rio de Janeiro nas favelas", afirma.

"Infelizmente o que o governador hoje tem implementado no Rio de Janeiro é uma política da morte", lamenta.

Lido em: https://br.sputniknews.com/brasil/2019082014412823-witzel-e-oportunista-diante-da-tragedia-diz-taliria-petrone-apos-sequestro-na-rio-niteroi/

Propagandas e Comerciais... uma tortura diária para todos (TV e internet) e não tem pra quem reclamar! 

 

Especialistas Questionam a Ética dos Anúncios Personalizados e Manipuladores

O poder da publicidade

Estamos sujeitos a publicidade subconsciente e manipuladora em todos os lugares que vamos. Toda empresa sabe que esse tipo de marketing influencia diretamente as escolhas que fazemos.

A organização Open Democracy adverte:

A publicidade está em todo lugar. A mídia que antes era livre de comerciais - de filmes para a internet - agora vem repleta de mensagens comerciais. Não muito tempo atrás, a maioria dos músicos estava relutante em ver seu trabalho usado para endossar xampu ou tênis. Hoje, as indústrias da música e da publicidade estão envolvidas em um abraço lucrativo.

Agora temos comerciais em nossas escolas e em nossas roupas. Eles entopem - com velocidade crescente - quase todas as formas de comunicação que imaginamos. …

Por toda a sua diversidade, os anúncios compartilham um sistema básico de valores. As propagandas podem ser individualmente inocentes, coletivamente elas são a ala de propaganda de uma ideologia consumista. A moral das milhares de histórias diferentes que eles contam é que a única maneira de garantir prazer, popularidade, segurança, felicidade ou [realização] é através da compra de mais; mais consumo - independentemente de quanto já temos.

É este facto fundamental - que a publicidade nos convence de que não temos o suficiente para sermos felizes - que a torna tão perigosa. Permitir que as mentes das crianças sejam moldadas dessa maneira só pode levar à infelicidade.

Talvez essa seja uma das razões pelas quais os estudos descobriram que os adolescentes que são viciados em dispositivos eletrônicos estão em maior risco de desenvolver problemas de saúde mental, como depressão e ansiedade.

A maioria de nós é cativa (da tecnologia), embora provavelmente não tenhamos percebido isso. Sentam-se em qualquer restaurante, em qualquer forma de transporte público ou em praticamente qualquer lugar onde as pessoas se reúnem, e rapidamente fica óbvio que é impossível para muitos de nós escaparmos do que os especialistas chamam de "tirania da era digital".

Coladas às telas de smartphones e tablets desde a mais tenra idade - as últimas estatísticas dizem que a maioria das crianças ganha seu primeiro smartphone aos 10 anos - nos deixamos vulneráveis ​​ao que o cientista comportamental BJ Fogg chama de "captologia", escravização voluntária ao invisível e manipulador poder da tecnologia.

Se isso soa como paranoia, pense novamente. As corporações há muito tempo estão conscientes do poder massivo da publicidade, e as mídias sociais e a internet levaram essa manipulação a um nível totalmente novo.

E embora podemos, com algumas decisões cuidadosas, optar por evitar a publicidade “normal”, a menos que evitemos completamente a internet, é impossível evitar a tecnologia persuasiva explorada pelos gigantes das mídias sociais como o Facebook e o YouTube.

Isso deu origem à questão: é ético forçar as pessoas a suportar esse tipo de manipulação dia após dia?

Uma perda de tempo

A maneira como os sites de mídia social são criados é projetada para nos manter conectados a uma plataforma específica. Ao clicar em um vídeo do YouTube, por exemplo, você pode ter certeza de que será levado a abrir vários outros vídeos com conteúdo semelhante.

Embora isso possa parecer útil, a realidade é que os gigantes das mídias sociais usam esse tipo de informação para ver o que você está mais interessado, para que eles possam vender essas informações para entidades comerciais.

E clicar em um vídeo após o outro - geralmente sobre algo sem importância - rouba nossa mercadoria mais preciosa: o tempo.

“Uma ferramenta, não uma armadilha”

Como observado pelo estudante de engenharia francês Tim Krief, a internet "deve ser uma ferramenta, não uma armadilha".

A internet é uma ferramenta incrivelmente poderosa, à qual dedicamos muito tempo. E tendemos a confiar nas informações que coletamos online. Isso colocou uma enorme quantidade de poder nas mãos de um número muito pequeno de empresas. E essas empresas estão determinadas a explorar esse poder, fazendo o que julgarem necessário para maximizar os lucros.

Leia mais:  Youtube não é Seguro para Seus Filhos: A Plataforma de Vídeo Está Coletando Dados de Usuários Jovens
Fontes:
- Natural News: Experts question the ethics of personalized, manipulative ads
Daily Mail: Experts warn it's becoming impossible to escape 'persuasive technology' as competing products battle for our attention
Open Democracy: The power of advertising: a threat to our way of life

Lido em: https://www.anovaordemmundial.com/2019/08/especialistas-questionam-a-etica-dos-anuncios-personalizados-e-manipuladores.html#more

Lula: "Lava Jato foi criada para entrega